História Nossa História (KaiSoo) - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Armydekororoko

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Kaisoo, Máfia, Mais Ou Menos Hunhan, Nossa História, Obsessão, Policia, Possessivo, Relacionamento Abusivo, Submissão
Visualizações 332
Palavras 1.159
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 📖

Capítulo 6 - Cap 6


KyungSoo on*

Eu também te amo meu Soo

Eu não estava acreditando que tinha realmente ouvido aquilo, ele me ama, porém não me pediu em namoro, e isso me deixa muito inseguro sobre algumas coisas, e muitas delas termina com ele me largando

Sou tirado de meu pensamentos por um celular tocando

Kai: Soo é o seu – pego meu celular para ver quem era, me surpreendo, levantei-me de seu colo indo atender

Soo: alô

Appa: onde é que você está – pela sua voz da para perceber que estava bem irritado

Soo: na casa de um amigo

Appa: vem para federal agora

Soo: mais porque, você quase nunca precisa de mim aí

Appa: precisamos de você, para ser chefe da inteligência, nesse novo caso – sua voz já era mais calma

Soo: tá, já eu chego aí – desliguei sem esperar resposta, me virei para JongIn – hum... JongIn – chamei

Kai: quando você me chama assim, é porque quê alguma coisa - encarou-me – então pequeno o que você quer me pedir

Soo: poderia me deixar na federal? – sorri amarelo, e só por um segundo vi seu corpo tencionar

Kai: claro.... É humm vamos – pegou a chave do carro e fomos até a garagem, pegar a Lamborghini Aventador

[...]

Chegamos na federal, e sinceramente eu não estava querendo entrar lá, estava com um pressentimento muito ruim

Kai: não vai entrar amor – o olhei meio trêmulo – ei calma, não precisa ficar pálido desse jeito, está tudo bem – beijo minha testa, o que me fez ficar mais calmo – é só entrar lá e ver o que eles querem, certo? – assenti – ótimo, vai ficar tudo bem – não senti firmeza em suas palavras, deixou um selinho em meus lábios, saí do carro, é o vi dar partida

Entrando na federal, o hall de entrada estava uma bagunça que só. Um dos agentes de meu pai, veio me avisar que ele estava, em sua sala me esperado, junto do resto do pessoal que seria minha equipe

Fui para o último andar e entrei em sua sala, de início me desesperei ao saber que teria uma equipe, mas assim que vi quem era me tranquilizei

Appa: entre Kyung – entrei, e sentei-me de frente para meu Appa – bom chamei todos aqui para dizer que... Vocês ceram a equipe principal desse novo caso

Seh: e que caso seria esse? – perguntou visivelmente desconfortável por está sentado ao lado de LuHan

Appa: vocês caçaram o maior mafioso da Ásia – o clima ficou ainda mais pesado – e o líder da inteligência de vocês será o Kyung – meu corpo gelou – porém ainda sim colocaremos mais dois agentes na equipe – já desconfiava de quem ele estava falando – por favor Kris e Tao entrem – todos sorriram para eles

Kris: é bom estar de volta

LH: é bom ver que vocês estão melhores que nunca – sorrimos ainda mais diante da afirmação

Appa: espero que não nos decepcionem de novo

Tao: não iremos chefe - curvou-se em respeito

Soo: então quando começaremos? – chamei a atenção de todos para o assunto principal

Appa: vocês começaram agora, podem se retirar – nos curvamos em respeito e saímos

BH: e agora?

Soo: vamos para o andar da inteligência – assentiram

Fomos para o andar da inteligência e entramos, na sala de reuniões, tranquei a porta, e fui em direção ao quadro branco, tudo isso sendo seguido pelos olhares de minha equipe

Soo: seremos divididos assim – comecei a escrever – 3 no grupo de inteligência e os outros 3 em campo, e é claro precisaremos de alguém para ser o líder de campo, alguém se disponibiliza – virei me para eles

BH: pode ser o SeHun, já que ele é o mais treinado aqui – disse Baek sentado em cima da mesa

LH: e também ele conhece esse lugar como ninguém – SeHun ficou envergonhado ao ouvir aqui, do crush

Soo: então tá, SeHun líder de campo, e os grupos serão divididos assim

Grupos

Inteligência:

KyungSoo → líder

LuHan

BaekHyun

Campo:

SeHun → líder

Kris

Tao

Soo: todos de acordo – assentiram – certo, teremos que dividir as tarefas agora. Sugestões?

LH: Baek e você Soo podem com a parte de encontrar o Kai, e eu fico com a parte de encontrar todos aqueles que estão, ligados a ele o acha – concordei

Soo: como ficará no campo SeHun?

Seh: assim que você encontrarem o Kai, eu fico de olho nele, Kris e Tao ficam de olhos nos que estão ligados a ele

Soo: de acordo com isso também – concordaram, voltei para o quadro marcando as “tarefas”

Missões

KyungSoo e BaekHyun: encontrar Kai

LuHan: encontrar os ligados ao Kai

SeHun: ficar de em Kai

Tao e Kris: ficar de olhos em quem tem ligação com o Kai

Soo: certo essa será a missão de cada um – assentiram – e antes de irem embora, tenho algo a dizer

Tao: e o que seria?

Soo: não importa a informação, digam a todos que estão nessa sala, e também todos nós sabemos, que é bem possível, um de nós estar ligado de alguma forma ao Kai, então por favor não importa a circunstância nos conte, até porque somos uma equipe, trabalhamos em grupo, e não individualmente – olhei para Tao e Kris que estavam de cabeça baixa, possivelmente envergonhados e arrependidos do que fizeram – não estou aqui para atacar ninguém, estou dizendo o que precisamos fazer, então Kris e Tao não levem para o pessoal

Kris: não iremos, até porque sabemos que foi errado o que fizemos, e não pretendemos fazer de novo, e nos também sabemos, que você espera isso de nós – concordei – não se preocupem iremos trabalhar em grupo, né Tao? – sorri concordando, é isso foi o suficiente para nós tranquilizar

Seh: eu tenho uma dúvida – o olhamos esperando que continuasse – assim e se por exemplo o Baek tiver ligação com um dos capangas ou fornecedores de Kai, ou até mesmo o próprio Kai, devo informar do mesmo jeito

Soo: deve – respirei fundo antes de continuar – bom estão todos dispensados, amanhã começaremos a busca – retiraram-se da sala me deixando sozinho

Alguns minutos depois, ouvi a porta sendo aberta e por ela passando meu pai, que parou no batente da porta

Soo: precisa de algo? – perguntei voltando meu olhar para o quadro

Appa: só vim avisar que hoje teremos um jantar, às dez da noite, com a família Jung, não se atrase – fechou a porta deixando-me novamente sozinho, suspirei

Não acreditava que eu realmente iria me casar, e o pior é que eu sei o porquê de meu pai estar fazendo isso, ele acha que se eu me caso com uma mulher eu irei deixar de ser gay, ele não sabe o quanto está enganado quanto a isso

Peguei meu celular, e liguei para um número que eu já sabia de cabeça

Xx: alô – atendeu

Soo: preciso de você – mordi o lábio inferior

Xx: onde você está? – ouvi uma movimentação, possivelmente estava se levantado da cama

Soo: na federal – sai da sala indo, para fora do prédio

Xx: em cinco minutos eu chego aí

Soo: estou te esperando


Notas Finais


Deixem seus comentários e sugestões

Espero que tenham gostado 😉😉😉

Até a próxima 👋👋

🌹❤🌹


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...