História Nossa Promessa Eterna - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Angel, Carla (Charle), Erza Scarlet, Gildartz, Gray Fullbuster, Happy, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Wendy Marvell
Tags Angel, Fairy Tail, Narano, Natsu, Romance, Sorano
Exibições 238
Palavras 2.495
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Ecchi, Hentai, Magia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo minna-san mais um capitulo para vocês espero que gostem

ha e nesse capitulo tem um hentai, eu estou avisando que se alguém não gostar de hentais pode pular essa parte do capitulo.

Capítulo 23 - Lua De Mel


Natsu e Sorano estavam na carruagem quase chegando no seu destino, Natsu realmente estava grato por Wendy ter usado sua magia nele, se não ele estaria enjoado e não poderia aproveitar o tempo da viagem com Sorano, eles depois de mais alguns minutos de viagem chegaram no Akane Resort, a carruagem parou e o homem que a estava guiando desceu e pegou suas bagagens.

Natsu também desceu e foi para o lado que Sorano estava, abriu a porta para ela e estendeu a mão para ajudá-la a descer, ela sorriu e agradeceu.

Sorano (sorrindo): Então vamos entrar?

Natsu (sorrindo): Claro.

Eles caminharam em direção ao grande hotel, onde Natsu e sua ex equipe ficaram a outras vez que estiveram aqui, o homem estava bem atrás deles com sua bagagem, eles chegaram na recepção onde o homem deixou suas malas e Natsu o pagou, eles foram falar com  a   recepcionista e falaram o nome em que sua reserva estava, e foram indicados em que quarto eles estavam.

Eles foram acompanhados por um funcionário do Hotel que estava carregando suas malas, o quarto deles era no segundo andar, eles rapidamente chegaram e suas malas foram deixadas lá, seu quarto era grande com vista para a praia, o seu quarto tinha uma cama de casal, uma escrivaninha um banheiro, e era decorado com alguns quadros com a parede sendo da cor creme, o quarto também tinha duas portas de vidro, que davam para uma pequena varanda com vista para a praia e o mar.

Sorano foi até lá e começou a observar o mar sendo iluminado pela lua, era uma vista muito bonita Natsu foi até ela e a abraçou por trás e perguntou.

Natsu (sorrindo): Você gosta da vista?

Sorano (sorrindo): Sim eu gosto, é muito linda.

Natsu (sorrindo): Sabe eu realmente nunca imaginei que um dia eu iria me casar.

Sorano (sorrindo): Eu também nunca me imaginei casada um dia.

Ela se vira e olha Natsu nos olhos, ambos estavam sorrindo um para o outro Sorano e Natsu então aproximam seus rostos e começam a se beijar intensamente, era um beijo cheio de desejo, o beijo começou a se tornar mais intenso ao ponto onde Sorano se agarrou a Natsu entrelaçando suas pernas em sua cintura, e ele colocou suas mãos em sua bunda firmemente para segurá-la.

Natsu com uma mão fechou a porta da varanda, e fechou as cortinas depois caminhou até a cama ainda beijando Sorano, então ele deitou com ela na cama ficando por cima dela, quando a necessidade para o ar ficou conhecida para ambos, eles se separaram e Natsu olhou nos olhos de Sorano e disse sorrindo.

Natsu (sorrindo): Você está com bastante pressa não está?

Sorano (sorrindo): A nossa lua de mel é uma coisa que só vai acontecer uma vez na nossa vida, então eu quero aproveitar o Maximo que eu posso – Natsu se levanta e começa a retirar sua roupa.

Natsu (sorrindo): Já que é assim, vamos aproveitar o Maximo que pudermos.

Sorano (sorrindo): É isso que eu queria ouvir.

Ela também começa a retirar suas roupas, logo ambos já tinham terminado Natsu só estava usando uma cueca Box vermelha, e Sorano só estava com um sutiã e calcinha da cor azul bebê, Natsu e Sorano então se deitam novamente, dessa vez Sorano estava por cima dele.

Eles então começaram a se beijar intensamente, então depois de uns segundos separam o beijo e Sorano retira seu sutiã e posiciona o seio direito na boca de Natsu, ele sem pensar duas vezes começa a chupá-lo, ela então pega a mão esquerda dele e põe em seu seio esquerdo que ele começa a apertar.

Enquanto isso Sorano abaixa sua boca até seu pescoço e começa a chupá-lo e beijá-lo, logo Natsu inverte os papeis em seus seios, ele começa a chupar o esquerdo e apertar o direito, Sorano enquanto beijava e chupava seu pescoço soltava gemidos de prazer, logo Natsu acaba de brincar com seus seios.

Ele então muda as suas posições rapidamente, ele fica por cima de Sorano na cama e olha para ela sorrindo e diz.

Natsu (sorrindo): Você está bem excitada hoje não é?

Sorano (sorrindo): Não posso fazer nada, meu marido é muito bonito para conseguir manter minhas mãos longe dele – ele ri.

Natsu (rindo): Só você mesmo para dizer algo assim.

Ele se abaixa até feminilidade que ainda estava coberta e começa a retirar sua cacinha, depois de terminar ele levemente beija sua feminilidade a fazendo estremecer, ele então começa a lamber o local a fazendo gemer de prazer, ele com sua língua também fazia círculos em sua feminilidade.

Ele então a penetra com sua língua, nesse momento ele pode sentir todo o corpo de Sorano se tornar rígido, mas então ela logo relaxou e ele começou explorá-la com sua língua, Sorano o tempo todo estava dando suspiros e gemidos com prazer, depois de uns minutos ela percebeu que estava quase tendo seu primeiro orgasmo da noite.

Sorano (excitada): Natsu eu estou......quase lá – quando ela acabou de dizer isso, a boca de Natsu foi preenchida com seu orgasmo.

Sorano (excitada): Haaaaaa Natsuuuuuuuu –  ele então bebeu tudo e levantou seu rosto sorrindo.

Natsu (sorrindo): O gosto estava muito bom como sempre.

Ele levou seu rosto até o dela e eles compartilharam mais um beijo intenso, quando eles se separaram Natsu já ia descer para sua feminilidade mais uma vez, quando de repente em um movimento rápido ela inverteu suas posições ficando por cima dele, com sua feminilidade descoberta rosando em seu membro coberto já ereto.

Natsu (confuso): O que foi Sorano? – ela sorri um sorriso perverso.

Sorano (sorrindo perversamente): Sabe Natsu eu venho percebendo que você sempre é quem domina quando estamos na cama, mas sabe eu não gosto muito disso eu não gosto de ser dominada......eu é quem domino.

Sorano (sorrindo perversamente): Então eu decidi que a partir de agora, enquanto estamos no quarto fazendo sexo eu que mando, a parti de agora você vai me chamar de Sorano-sama – Natsu ri.

Natsu (rindo): Ah, mas eu não vou mesmo – o sorriso dela fica maior, e ela pega suas duas mãos e as segura acima de sua cabeça e aperta sua feminilidade sobre membro o fazendo gemer.

Sorano (sorrindo perversamente): Então Natsu você vai aceitar do jeito fácil ou difícil? – ele olha desafiadoramente para ela, então ela se remexe em cima dele arrancando mais um gemido dele, ela então se abaixa e chupa seu pescoço – vamos Natsu não é tão difícil assim.

Natsu (desafiante): Não eu não vou aceitar – ele tenta livrar suas mãos do seu aperto, mas não tem sucesso a fazendo rir e se remexer mais para torturá-lo.

Sorano (rindo): Por favor, Natsu você sabe que em questão de força física eu sou mais forte do que você, para você escapar você terá que usar magia e eu sei que você não vai, e isso é culpa sua depois de daquele treinamento louco, minha força aumentou muito por sua culpa.

Ela então continua a se remexer em cima de seu membro, então começa também a espremê-lo com sua feminilidade deixando Natsu muito mais excitado do que já estava, sinceramente ele não agüentava mais e disse em um tom derrotado.

Natsu (tom derrotado): Tudo bem, tudo bem você ganha é você quem manda..... – ela espreme mais seu membro.

Sorano (sorrindo perversamente): Quem eu sou Natsu?

Natsu (tom derrotado): Sorano-sama – ela sorri vitoriosamente e solta suas mãos.

Sorano (sorrindo vitoriosamente): Viu não foi tão difícil assim – ela se aproxima dele e eles se beijam.

Sorano então fica em pé na cama vira de costas para Natsu, e se agachou em cima dele colocando uma perna de cada lado dele ficando assim com sua bunda e feminilidade perto de seu rosto e seu rosto perto de seu membro, antes que ele pudesse perguntar o que ela ia fazer ela rasgou sua cueca box rapidamente, olhou para ele e disse em um tom de comando.

Sorano (tom de comando): Comece a trabalhar Natsu.

Natsu não tinha por que reclamar ou não fazer o que ela queria, um por que ele já tinha aceito suas exigências e dois por que ele queria, ele então segurou firmemente sua bunda se aproximou de sua feminilidade e começou a penetrá-la com a língua de novo, Sorano então pega seu membro em sua mão direita e o abocanha arrancando um suspiro de Natsu.

Sorano estava com seu membro em sua boca, o explorando habilmente com sua língua, ela fazia movimentos de vai e vem com ele, e Natsu estava explorando sua feminilidade com sua língua, e ambos estavam soltando alguns gemidos de prazer enquanto faziam isso.

Logo Sorano sem aviso tem seu segundo orgasmo da noite, a boca de Natsu foi prontamente preenchida novamente e ele engoliu tudo, depois de mais alguns segundos Natsu não agüentou mais e gozou na boca de Sorano, ela ainda com a boca em seu membro engoliu tudo ficou de pé mais uma vez e se sentou na barriga de Natsu olhando para ele com desejo.

Sorano (com desejo): Vamos Natsu nós ainda não acabamos – Natsu põe suas mãos na sua cintura e inverte suas posições e fica com seu membro posicionado na entrada de sua feminilidade.

Natsu (com desejo): Pronta?

Sorano (com desejo): Pronta.

Ele então lentamente começa a penetrá-la, quando ele já tinha entrado totalmente ele começou a fazer movimentos de vai e vem em um ritmo lento, Sorano então entrelaçou suas pernas em sua cintura e disse.

Sorano (excitada): Vamos Natsu vai mais rápido – ele respondeu em um tom sarcástico.

Natsu (sarcástico): Como quiser Sorano-sama.

Ele então aumentou a velocidade de seus movimentos, ambos estavam gemendo bastante de prazer Natsu estava indo bem rápido com seus movimentos, mas Sorano então em um movimento rápido aperta suas pernas em sua cintura segura seus braços e muda suas posições ficando sentada em cima de seu membro, e começa a cavalgá-lo com rapidez.

Nesse ponto ambos estavam gemendo muito alto, no outro dia eles poderiam até receber reclamações dos outros hospedes, mas eles não ligavam para isso, depois de mais algumas cavalgadas a feminilidade de Sorano se contraiu contra o membro de Natsu, significando que ela estava quase tendo mais um orgasmo, ela então cavalgou mais algumas vezes e atingiu o orgasmo.

Sorano (excitada): Haaaaaaaaaaa Natsuuuuuuuuu – esse orgasmo foi o mais forte que ela teve até agora.

Natsu segura sua cintura e começa a ajudá-la com os movimentos, depois de mais alguns segundos fazendo isso ele sentiu que estava quase lá, e fez um movimento para retirá-la de cima dele, mas ela o deteve.

Sorano (timidamente): Espera Natsu não saia de mim, eu quero......ter......filhos – ele olha surpreso para ela e pergunta.

Natsu (surpreso): Você tem certeza que você quer isso? – ela assente e ele sorri – então vamos tentar eu sempre quis uma família grande mesmo – eles voltam a fazer os movimentos, e rapidamente Natsu chega ao seu clímax.

Natsu (excitado): Haaaaaaaaaaaaa Soranooooo – ele goza dentro dela, então ele sente Sorano ficar mole e ela deita em cima de seu peito.

Sorano (cansada): Espero que a gente consiga – ele sorri e passa a mão direita por seus cabelos.

Natsu (cansado): Eu também.

Sorano (cansada): Sabe nós devíamos tomar um banho e irmos dormir.

Natsu (cansado): Você tem razão, nos temos um dia cheio amanhã para aproveitarmos esse lugar.

Sorano então se levanta tirando o membro de Natsu de dentro dela, e ambos se dirigem para o banheiro para tomarem banho, após terminarem ambos voltaram para o quarto e assim que se deitaram acabaram adormecendo por estarem cansados.

NO DIA SEGUINTE

No dia seguinte ambos acordaram cedo e saíram do quarto para se divertirem Natsu colocou uma sunga preta e Sorano colocou um conjunto de biquíni da cor vermelha, eles então foram para a praia e passaram bastante tempo lá nadando e pegando um pouco de sol, quando já era quase hora do almoço eles decidiram irem até o parque de diversões.

Quando eles chegaram lá e estavam prestes a entrar na roda gigante, eles ouviram alguns tiros e olharam na direção do som para verem quatro homens encapuzados, atacando as pessoas e as roubando, um deles então atira com uma arma mágica para cima e fala.

????: ESCUTEM TODOS, DESLIGUEM TODOS OS BRINQUEDOS E NOS DEEM TODO O DINHEIRO QUE VOCÊS TEM.

Todos os brinquedos são desligados pelos funcionários e eles começam a recolher o dinheiro, Sorano olha com raiva por sua diversão ter sido arruinada e fala em um tom irritado.

Sorano (irritado): Eu vou acabar com esses idiotas, ninguém vai estragar minha lua de mel – ela faz força no chão e ele racha sob a pressão, vendo isso Natsu estremece de medo – eu já volto Natsu espere aqui e não se meta – ela sai pisando duramente no chão.

Natsu (com medo): Idiotas eles escolheram o dia errado para tentarem roubar esse lugar.

Enquanto os encapuzados estavam recolhendo o dinheiro, Sorano chegou perto deles e falou com raiva.

Sorano (com raiva): Ei idiotas parem com isso – eles se viram para ela riram e o que parecia o ser líder falou

Líder (rindo): Hahahaha e quem é você para nos dar ordens garota?

Sorano (com raiva): Meu nome não interessa para você, mas então vocês vão parar com isso ou não? – ele aponta a arma para ela e diz.

Líder (rindo): Olha garota saia daqui antes que você se machuque – ela suspira e diz.

Sorano (suspira): idiota devia ter ouvido – ela então rapidamente avança nele toma a arma de sua mão e o soca o peito o fazendo cair no chão, e ela então põe seu pé direito em seu peito e começa a fazer pressão.

???? (com raiva): Chefe, como você ousa?

???? (com raiva): Nós vamos acabar com você.

???? (com raiva): Maldita – eles começam a atirar nela, mas Sorano simplesmente boceja e com um movimento de sua mão esquerda, um escudo de magia das trevas aparece na frente dela parando os tiros assustando os bandidos.

Sorano (com raiva): Olha aqui idiotas, eu vou ensinar a vocês a nunca mais tentarem estragar a lua de mel de uma mulher de novo – ela segura a arma com as duas mãos e a quebra no meio – eu não vou nem usar magia para acabar com vocês, não valeria a pena – o líder deles no chão fala com medo.

Líder (com medo): O que é você?

Sorano (sorrindo assustadoramente): Seu pior pesadelo.

Ela estala os dedos e os minutos mais dolorosos da vida desses homens começa........

ALGUNS MINUTOS MAIS TARDE

Sorano depois de dar a maior surra nos bandidos e eles serem presos, voltou para Natsu sorrindo e quando ele viu que ela não estava mais com raiva sorriu também.

Sorano (sorrindo): Sinto-me mais calma agora.

Natsu (sorrindo): Vamos almoçar então?

Sorano (sorrindo): Vamos eu estou com fome.

Eles dão as mãos e se dirigem para o hotel para almoçarem, ambos ainda tinham muito o que aproveitar em sua lua de mel, e ambos estavam muito felizes com isso.

CONTINUA 


Notas Finais


E ai gostaram? espero que sim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...