História Nossa Química - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Amor, Army, Bangtan, Bangtan Boys, Bias, Bighit, Bts, Hentai, Imagine, Jimin, Kpop, Kpopper, Química, Romance, Sexo, Shoujo, Você
Visualizações 19
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


No capitulo anterior:

-FILHA!!! VAI SE ATRASAR PRO SEU PRIMEIRO DIA!!

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

-Aluna... Você deixou cair isto. -Olho para o belo homem que segurava minha carteira em minha direção-.

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

-Oi!! Você é caloura? -Diz uma garota me assustando-.

-Ah... Sim, sou...

-Eu me chamo _____* e você?

-_____...

-Quer ajuda pra achar sua sala?

-Ah, quero sim!

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

Um tempo depois o professor entra na sala.

ERA AQUELE MOÇO QUE ME DEVOLVEU MINHA CARTEIRA MAIS CEDO!

"Que coincidência é essa?"

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

Paro para olhar algumas exposições espalhadas pelos corredores da universidade.

-Gosta desse tipo de coisa também? -Ele me olha com um sorriso mínimo nos lábios-.

-A-ah... Gosto... Elas me dão uma boa sensação... Me trazem calma.

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

Ao sair da universidade, na calçada um garoto passa "voando" com a bicicleta e quase me derrubou, ou melhor, me derrubou em cima do professor e eu o olho diretamente em seus olhos assustada e o mesmo ele faz.

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

Fiquem agora com o próximo capítulo!

Boa leitura~♡

Capítulo 2 - Dia de má sorte


-Você tá bem? -Ele pergunta me ajudando a levantar do chão-.

-Sim... Estou e você?

-Estou...

-Me desculpa, eu acabei caindo em cima de você. -Digo toda invergonhada-.

-Não foi sua culpa e sim daquele moleque. -Ele diz olhando irritado pra direção onde o rapaz foi-.

-É... -Digo e sinto uma ardência no meu braço direito e vejo que está ralado-.

Desdobro a manga de minha blusa escondendo o machucado para que ele não perceba.

-Já que está bem, então vou indo. -Ele sorri pra mim e faz a reverência e eu faço o mesmo pra ele e o vejo indo embora-.

Dou um suspiro abaixando a cabeça e pondo minha mão em meu cotovelo machucado e vejo que estava sangrando e acabou manchando a blusa branca.

-Que saco... -Respiro fundo e vou embora-.

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

No dia seguinte...

-AH COMO ASSIM NÃO DESPERTOU?! SEU INÚTIL! -Digo com raiva do despertador que não tocou e o taco na parede com força o quebrando e minha mãe vem desesperada pro meu quarto assustada com o Junior em seus braços-.

-Mas o que aconteceu aqui minha filha? -Elas diz olhando pro aparelho quebrado no chão-.

-Essa porcaria não despertou e agora eu to atrasada! Aish!! -Digo me levantando da cama e pegando minha toalha pro banho-.

-Se acalme e vá se arrumar de pressa!

-Isso foi meio contraditório... -Digo pra ela-.

Ela sorri e sai do meu quarto fechando a porta.

Entro no banheiro e acabo pisando no sabonete e levando um belo de um tompo.

-AI!!!

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

Desço pra cozinha com cara de poucos amigos e passando a mão na minha bunda que agora estava dolorida por causa do tombo.

-O que aconteceu...? -Pergunta meu pai-.

-Cai no banheiro... e pera.... não foi trabalhar hoje? -O olho surpresa-.

-Tirei um dia de folga. -Ele diz tomando uma xícara de café-.

-Entendi... Bem, vou indo agora. -Pego uma fatia de pão com Nnutell e dou um beijo na bochecha de minha mãe e de meu pai e saio as pressas e quando chego no ponto vejo que o ônibus estava a sair e eu acabei o perdendo.- DROGA!!

Saio correndo até a universidade começa a chover de repente.

-"Esse com certeza não é o meu dia de sorte" -Penso e coloco minha bolsa sobre minha cabeça por conta da chuva e continuo a correr até a universidade a acabo chegando alguns minutos atrasada-.

-Está atrasada senhorita. -Diz a professora de química orgânica séria-.

-Desculpe... -Faço a reverencia a pedido de desculpa-.

-Vá se sentar em seu lugar. -Vou até meu lugar e me sento e começo a prestar a atenção na aula-.

-Careta... -Digo bem baixo a ver a professora sair da sala assim que a aula acaba-.

Arrumo minhas coisas e saio. Na saída da universidade eu paro e olho uma exposição ali e dou um suspiro.

Vou pra calçada e olho pra todos os lados pra ver se não tem nenhum desnaturada em cima de uma bicicleta que possa me atropelar novamente.

Paro na ponta da calçada com o sinal de pedestre fechado e um carro passa em alta velocidade sobre uma possa e joga toda aquela água suja em mim.

-Só pode ser brincadeira... -Digo com os olhos fechados pra agua não cair neles e passo a mão no meu rosto na tentativa de tirar a agua dele-.

Respiro fundo novamente e e assim que abre o sinal eu atravesso mas um carro não para e dá uma freada quase batendo em mim e pelo susto eu caio no meu da rua.

-YAHH!! O SINAL TA FECHADO EM IMBECIL! -Digo revoltada olhando pro carro e dele sai meu professor de química e eu me calo-.

-Meu Deus... Srt. _____. Você tá bem? -Ele vem todo preocupado e me da a mão me ajudando a levantar-.

-Sinceramente... Não estou nem um pouco.

-É eu estou vendo... -Ele diz me olhando da cabeça aos pés.- Você tá horrivel!

-Muito obrigada pela sua sinceridade Dr. Park. -Sorrio sarcástica-.

-Me desculpe... Vem, eu te dou uma carona.-Ele abre a porta do carro pra mim entrar-.

-Mas vai molhar o banco... eu to ensopada...

-Melhor do que você pegar uma gripe... e o banco é de couro, não se preocupe.- Ele sorri pra mim e eu entro e ele da a volta e entra do outro lado logo dando a partida no veiculo.- Desculpe por aquilo... Tentei freiar mas por causa da chuva o carro não freiou... foi por pouco... -Ele diz apertando o volante-.

-Tudo bem... Não aconteceu nada, então não precisa se preocupar.

-Então você me perdoa?

-Claro, alias não foi sua culpa... Eu que não estou com boa sorte hoje...

-Mas o que aconteceu hoje...?

-Deixa eu ver... O despertador não tocou e eu perdi a hora, caí de bunda no chão no banheiro.-Ele sorri- Perdi meu ônibus e tive que ir correndo a pé até a universidade e começou a chover no meio do caminho e ainda levei uma brinca da professora Kim e quando eu saí da universidade um carro passou em uma possa e jogou toda a agua em mim e depois em seguida aquele incidente com você. -Digo e dou um suspiro forte-.

-E eu pensava que essa má sorte era coisa de filme... To surpreso. -Ele dá risada-.

-Yahh... Não ria da minha desgraça!

-Desculpa, mas foi inevitável -Ele sorri mais calmo.- Mas no sinal... Você me chamou de imbe...

-Ah, esqueça isso! Eu estava stressada e nem sabia que era você...

-Entendo... Mas só retirou o que disse por que sou seu professor? E se fosse outra pessoa?

-Eu não disse que retirei... -Ele me olha surpreso-.

-Bom saber -Ele dá risada novamente-.

-Pensei que iria ficar bravo ou me dar uma nota baixa. -Dou uma risada também-.

-E você queria isso?

-Claro que não! -Rimos juntos-.


~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

-Chegamos. -Ele diz parando em frente a minha casa-.

-Obrigada Dr. Park. -Digo saindo do carro-.

-De nada... E pode me chamar de Jimin! -Sorrio e faço "sim" com a cabeça-.

Fecho a porta do carro e entro em casa. Encosto na porta e suspiro novamente.

-"Acho que o dia valeu." -Penso comigo mesma e sorrio boba-.

Continua...


Notas Finais


Gostou? Então deixo o seu comentário! Críticas e/ou elogios são bem-vindos! ^^

Espero que tenham gostado! Até o próximo!

Bjoos!~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...