História Nossas Gêmeas - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~anny_majo1

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate, Rebelde (RBD)
Personagens Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chavez, Christopher Uckermann, Dulce Maria, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Maite Perroni, Manuela Agnes, Téo Cavichioli
Tags Chaverroni, Jobela, Mateo, Ponny, Vondy
Exibições 76
Palavras 1.158
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura !!!!

Capítulo 7 - A troca


Fanfic / Fanfiction Nossas Gêmeas - Capítulo 7 - A troca

Isa: A mamãe é linda – falou depois de ter clicado em “photos” 

Manu: Eu sei – sorriu – mas o papai ... – olhando a foto dele sorrindo – espero que ele não tenha namorada, porque eu ia odiar – riu

Isa : É claro que não tem, eu boto todas para correr – riu também. 


I&M : Queria tanto conhecer a mamãe/ o papai – falaram as duas juntas e caíram na cama rindo, se olharam cúmplices

Isa : Acho que o meu cérebro de gêmea esta começando a funcionar - sorriu sapeca

Manu : Eu acho que o meu também – se sentou na cama de pernas de índio – eu quero, você quer? – Isabela afirmou com a cabeça – então vamos ter que começar a planejar a nossa volta para casa

Isa : Hum, acho que podemos ficar trocadas por um mês, e depois teremos que contar a verdade – suspirou – porque querendo ou não, papai nunca vai deixar eu viajar sem ele saber pra onde vou, ou seja você – colocou uma mecha de cabelo atrás da orelha

Manu: Ficamos um mês e depois contamos a verdade – apertou a mão de isa como um acordo – não vejo a hora de conhecer o papai – feliz, clicou em uma pasta escrito “família” no pc – antes tenho que te mostrar todos que estão sempre ao meu redor , presta atenção mana – Isabela olhou para ela pelo modo que a chamou, mas não falou nada, Manu foi clicando nas fotos – Esse aqui é o vovô José, ele é muito mulherengo, troca de namorada como se tivesse trocando de roupa – riu – Esses são a Tia Dul e o Tio Ucker, eles são casados e se amam muito – clicou em outra foto – priscila você conhece – fecho todas as janelas do pc – acho que essas pessoas são o suficiente .

Isa : Entendi – abrindo a pasta do pc dela – minha vez de mostra, clicou nas fotos – Essa aqui e a Lúcia, só que chamo ela de Lulu, ela é a governanta lá de casa, esses são Apolo e Atena, são praticamente da família, Atena esta prenha e logo, logo vai ter os filhotinhos – sorriu – esse é o Charlie, papai me deu quando ainda era criança , espero que você goste de cavalgar, porque todos os dias cavalgo com papai entre os pé de uva... Hum acho que só, não convivo muito com pessoas, fico mais na fazenda, vou a escola de manhã, só que como estamos de férias não precisa se preocupar com isso – sorriu também, fechou o pc.

O tempo foi passando, elas ficaram muito unidas, só as vezes que se bicavam como duas irmãs, ensinaram uma para outra tudo o que faziam na vida cotidiana, o que gostavam e não gostavam, essas coisas simples.

Isa: Não esquece de me ligar se alguma coisa acontecer – terminou de arrumar a mala

Manu: E você também – elas se aproximaram uma da outra – espero que ninguém note nossa diferença – suspirou – não esquece que vai ter que usar as tiaras sempre – arrumando a tiara na cabeça da irmã

Isa: E você também, coloque sempre as mexas , os óculos e o turbante – riu – e não grite por qualquer coisa, papai sabe que não tenho medo de animais – alguém bateu a porta – entra – as duas olharam para a porta era priscila

Pri: Vamos isa, o ônibus já vai sair para o aeroporto – priscila foi até Manuela – vou sentir sua falta amiga – beijou o rosto dela – se cuida lá, e boa sorte com seu pai – sorriu – sei o quão você queria conhece-lo

Manu: Obrigada bebita – se abraçaram de novo – ajuda a isabela com as coisas, não deixa ela se “entregar” – isa mostrou a língua para ela – te amo minha irmã, cuida bem da mamãe – abraçou isa que retribuiu

Isa: Eu também e você cuida do papai - sorriu

Manuela ia embora só a tarde, a viagem para a Argentina não era tão longa quando a Londres.

Manu: Ah! Não esquece o que combinamos para juntar eles viu, começaremos assim que aproveitarmos bastantes cada um deles - se despediram e isa foi “embora” com priscila .

( Londres )


O avião que partiu dos Estados Unidos para Londres, acabara de pousar, lá estava isa e priscila esperando para poder descer.

Isa : Nossa, estou cansada dessa viagem, oh lugar longe – deu um sorriso sonolento

Pri: Normal – riu, pegou sua bolsinha de mão e se levantou junto com todos. Saíram do avião e seguiram para o portão de desembarque – Lá esta a minha mãe – sorriu, dando um tchau para a mãe – ela se chama Safira, só que a manu, a chama de Tia safi – informando para a nova amiga

Safira: Olá gatinhas – abraçou as duas juntas – como esta manu?

Isa : Estou bem, tia safi – sorrio, ao receber o beijou dela

Safira : Sua mãe pediu para te levar para casa, ela teve que ir ao ateliê – isa deu um sorrisinho e seguiu as duas para o carro.

(Argentina)

O avião atrasou um pouco e manuela estava meio impaciente, queria muito desembarcar.
Depois do pouso, lá estava manu saindo do avião a caminho do portão de desembarque, caminhou devagar olhando para todos os lados tentando reconhecer o pai.

Manu: espero que ele não descubra – suspirou e virou para procurar o pai, caminhou até um banco e se sentou esperando o pai atrasado

Xxx : isa querida – uma senhora sorriu para ela, provavelmente aquela deveria ser a tal senhora que a isa tinha falado – Saudades de você minha menina – já chegou abraçando ela e beijando o topo da cabeça

Manu : Lulu – falou como se fosse uma pergunta, por sorte Lúcia não percebeu – saudades de você também – respondeu logo percebendo que ela era mesmo Lúcia como não tinha protestado

Lúcia : Minha menina, como foi a viagem? - Manuela sorriu

Manu: Foi maravilhosa – Lúcia a olhou espantada e Manuela se arrependeu de ser tão “alegre”

Xxx :É para quem não queria nem ir – falou alguém com uma voz rouca e grossa, manuela se virou e viu o pai carregando um urso de pelúcia nas mãos

Manu : Pai – se levantou e pulou nos braços dele, abraçando ele com carinho, Poncho retribuía rindo – que saudades de você – estava a ponto de chorar

Poncho: Saudades de você também princesa – beijou o topo da cabeça da filha – olha o que comprei para você de aniversario – Manuela olhou o ursinho e sorriu, adorava ursinhos

Lúcia: Falei para ele não compra querida, sei que não é mais criança e ...

Manu: Não importa hoje, estou feliz em velos – voltou abraçar o pai

Poncho: Até parece que faz anos que não me vê – riu e pegou a mala dela

Manu : Quase isso – falou em um pequeno sussurro, foi abraçada pela cintura por Lúcia e foram seguindo Poncho até o carro.

Poncho: Tenho uma grande surpresa para você em casa – sorriu para a filha pelo retrovisor

Manu: É mesmo? – ansiosa – o que é? – Poncho sorriu novamente

Poncho: Você vai ver em casa – piscou para ela pelo retrovisor

Notas Finais


Tá chegando cena jobela ......


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...