História Nossas Gêmeas - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~anny_majo1

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate, Rebelde (RBD)
Personagens Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chavez, Christopher Uckermann, Dulce Maria, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Maite Perroni, Manuela Agnes, Téo Cavichioli
Tags Chaverroni, Jobela, Mateo, Ponny, Vondy
Exibições 83
Palavras 2.558
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura !!!

Capítulo 9 - Segredos


Fanfic / Fanfiction Nossas Gêmeas - Capítulo 9 - Segredos

(Londres)

Tinham terminado de tomar o chá quando o celular de isabela vibrou

Isa: Com Licença, vou ao toalete – se levantou da mesa e saiu da cozinha indo para a sala, lá não se encontrava mas Joaquim e suspirou de alivio, então foi procurar um banheiro, se fosse manuela já saberia onde era, procurou, procurou e quando estava no segundo andar da casa alguém lhe tocou a cintura

Quim: Perdida? – ela se virou para ele um pouco assustada e sorriu sem graça

Isa: Não – se afastando das mãos dele – estava indo ao banheiro

Quim: Certeza? – riu e apontou para a porta que ela já tinha passado – porque o banheiro é ali – isa deu um sorriso debochado  

Isa: Eu sei – tentando o convencer. Quando ia caminhar até o banheiro ele lhe pegou a cintura de novo e puxou para ele – o que esta fazendo? – ele estava tão próximo dela que dava pra sentir a respiração dele em seu rosto, ele apenas a abraçou e cheiro o pescoço dela que disfarçou o arrepio

Quim: Você mudou de perfume – a soltou devagar, isabela se afastou dele – sempre adorei seu cheiro – isa ficou imaginando o que a irmã tinha feito com esse menino. – Vá ao banheiro, depois vamos conversar, ta bom? – isa apenas assentiu com a cabeça e entro no banheiro, se encostou na porta e estava sentindo umas coisas estranhas no estomago como se fossem borboletas voando.

Pegou rápido o celular e se sentou na tampa do vaso sanitário, colocou a senha para desbloquear e viu a mensagem de Manuela 

Mensagem :


Isabela,você é muito apressada garota, rs. Estava com o papai no píer por isso só vi sua mensagem agora, não te falei do Joaquim porque ele não estava morando em Londres :P, fique longe dele, ele é ENCRENCA! Brigávamos muito porque ele é um babaca, só ficamos uma vez quando dormi na casa da tia Dulce, ele pensa que estávamos namorando, tínhamos doze anos e a Tia dul falou para dormir no mesmo quarto, só que prometemos um ao outro ficar junto quando ele voltasse da Alemanha. Nunca gostei dele, só achava o sorriso dele lindo, alias quem é lindo mesmo é o irmão da nova “amiguinha” do papai #odeioela.
As coisas estão ótimas, papai esta namorando, uma veterinária aqui da fazenda.

Obs: Espero que esteja sentada quando ler esse SMS ,rs

ps: O vestido é meu _|_ #teamo


Isabela quase engasgou quando leu a palavra “namorada”, como assim ele estava namorando? Nem ligou para toda a mensagem, logo começou a escrever uma nova mensagem para Manuela


( Argentina )

Manuela ainda estava no quarto, sabia que Isabela iria responder, viu que a mensagem tinha chegado e abriu e começou a ler. 

Mensagem :


NAMORANDO?

Papai nunca namoro ninguém depois da mamãe, essa mulher é uma bruxa? Esta fazendo feitiços ¬¬. Não deixe ele ficar muito com ela, temos que juntar o papai e a mamãe, você sabe disso, faça de tudo para que esse namoro não vingue, conto com você maninha. Nosso plano tem que começar logo, porque se não até a mamãe arranja um novo namorado ¬¬

Ps: vamos curtir eles por mas uma semana e depois o plano começa 

Manuela que tinha se engasgado como assim até a mamãe poderia arranjar um namorado? Teriam que começar o plano agora, porque se não acabariam separadas para sempre. Respondeu a mensagem e fechou o celular. 

Mensagem :


Ok.

Então que comece o plano (y)

Beijos, qualquer coisa manda mensagem 

Manuela, fechou o celular também, respirou fundo e olhou pela janela seu pai e Paula conversando perto do píer, respirou fundo novamente e saiu do quarto, o plano teria que começar para ontem

Três dias depois


( Argentina )

Lá estava Poncho passeando de mãos dadas com Paula, manuela olhava pela janela e não sabia como iria abordar o pai, suspirou e se sentou na cama, alguém bateu na porta

Manu: Entra – falou desanimada se levantando da cama e colocando o ultimo urso de pelúcia para decorar a cama. Olhou para a porta era Pedro lhe sorrindo.

Pedro: Quer dar uma volta a cavalo? – ela sorriu.

Manu: Claro – se aproximou dele para saírem do quarto.

Paula e Pedro sempre estavam na fazenda, por isso Manuela começou a conversar com Pedro e estavam em uma afinidade muito boa, Pedro era um garoto sensível e carinhoso apesar de se gabar muito, o que sempre irritava Manuela, gostava de conversar com ele, já que o pai sempre estava com Paula.

Pedro: Charlie? – deu uma risada quando ouviu o nome do cavalo

Manu: É meu e coloco o nome que eu quiser – mostrou a língua para ele

Pedro: opa! Pisa em mim logo – deu risada, montaram nos cavalos e seguiram devagar pela fazenda.

Manu: vamos aportas corrida? – parou com Charlie e olhou para Pedro, ele deu um sorriso – no “já”, 1,2 ... – foi interrompida

Pedro: Já – ele disparou na frente e Manuela correu atrás dele, ela ria muito pois ele tinha trapaceado. Cavalaram até perto da cachoeira e Pedro havia ganhado – Ganhei! – levantou os braços vitorioso e desceu do cavalo, Manuela chegou logo atrás rindo

Manu : Trapaceiro – fez bico, Pedro foi te ela para ajudar a descer do cavalo – você correu antes de mim – desceu com a ajuda dele, ele sorria para ela

Pedro: Eu? Claro que não – ela estava encostada em Charlie e ele de frente para ela.

Manu: É linda essa cachoeira né? – desviando dele e daquele sorriso que tanto lhe fazia tremer as pernas, Pedro percebia sempre que ela desviava e achava até bonitinho.

Pedro: É perfeita – olhou para ela, Manu sorriu envergonhada e caminhou até uma pedra e se sentou nela olhando para ele – você já veio muito com seu pai aqui? – sentou do lado dela, manu não sabia a verdadeira resposta.

Manu: Er, algumas vezes – sorriu amarelo

Pedro: Paula esta “roubando” seu pai de você ne? – falou sincero e manu lhe olhou com espanto – É você deve esta me achando um idiota falando isso, mas Paula não gosta muito de mim – sorriu torto

Manu: Não entendo – ainda meio assustada 

Pedro: Depois que papai e mamãe morreram, ela teve que cuidar de mim, só que não somos irmãos de verdade

Manu: Como não? – Pedro deu uma risada pelo espanto dela

Pedro : você tem que prometer não contar isso para ninguém – suspirou – Será um segredo nosso

Manu: Eu prometo Pedro – pegou a mão dele e sorriu, ele suspirou e se virou para ela 

Pedro: Paula é adotada, papai e mamãe adotaram ela antes de estarem grávidos de mim – sorriu amarelo – eu nasci depois de uns anos, sempre fomos muitos felizes, ela sempre teve ciúmes de mim – suspirou – papai e mamãe morreram e ela se sentiu obrigada a cuidar de mim – fechou os olhos – sinto falta dos meus pais – se segurando para não chorar – e sei como deve estar chateada com Paula por estar sempre para cima e para baixo com seu pai, Peter é um cara legal, mais Paula não presta, sempre gostou muito de dinheiro – denunciava a irmã em segredo. Manu estava muito chocada com tudo o que ouvia.

Manu: Nossa! Fiquei em choque – olhando em direção a água caindo da cachoeira

Pedro: É o meu maior segredo – suspirou, manu olhou para ele e abraçou sem pedir permissão ele aceitou o abraço. Naquele momento manu se sentia um pouco mal por causa do segredo, tinha um segredo ou melhor um grande segredo.

( Londres )

Any : Ei princesa, estou indo lá na casa da Dulce – apareceu na porta do quarto e isa estava ouvindo musica – quer ir?

Isa: Ir a casa da tia Dulce? – sorriu  – não mamãe prefiro ficar ouvindo musica e lendo umas coisas – disfarçando o sorriso nervoso

Any: Qualquer coisa – pegou o celular e mostrou para ela – me liga – mandou um beijo para ela e saiu do quarto. Isabela se virou na cama ficando de barriga para cima e fechou os olhos o que fez lembrar de três dias atrás enquanto conversava com Joaquim 

FlashBack On 

Isa tinha saído do banheiro e olhou para os dois lados esperando não se encontrar com o tal Joaquim, viu o corredor vazio e andou apressada para as escadas, só que foi impedida por duas grandes mãos em sua cintura, sabia que era Joaquim, que a puxou para uma porta fechando ela, encostou ela na porta e aproximou o rosto do dela

Isa: O que esta fazendo? – tentando sair dali, ele apertou a cintura dela

Quim : Agora que crescemos e eu voltei quero ficar com você – tentando beija-la

Isa : Não – empurrou ele de leve com as mãos

Quim : você esta tão linda – passou a mão nos cabelos dela e levou a nuca – que vontade de te beijar- sorriu sedutor

Isa : Me larga – se soltando dele, estava um pouco apavorada, nem conhecia ele direito

Quim: Manuela – passou a mão pelos cabelos e olhou carinhoso para ela – não sabe o quanto estava ansioso para vê-la – sorriu charmoso, isa deu um pequeno sorriso

Isa: É mesmo? Então por que já chegou me provocando? – cruzou os braços, olhando nos olhos dele

Quim : Gosto de te ver nervosinha – ele tocou-lhe a bochecha acariciando – você fica linda bravinha – piscou para ela que deu um tapa na mão dele

Isa : Idiota – queria sair de perto dele, mas estava presa entre ele e a parede, ele se aproximou de novo e ela virou a cabeça

Quim: Me deixa te beijar? – sussurrou no ouvido dela

Isa: Não – olhou para ele, suspirou – não sou quem pensa que sou – ele fez cara de confuso – Ok, você não entendeu, vou te explicar – empurrou ele de perto de si e se sentou em uma cadeira perto de um computador, ele se sentou na cama e ela explicou a história todinha para ele, depois que terminou olhou para ele que não respondeu, então saiu do quarto “correndo” e pediu para ir embora, não queria vê-lo.

FlashBack Off

Se ele contasse a verdade para Any , ela pensou e pulou da cama e abriu a janela vendo a mãe entra no carro

Isa: Mãe – gritou e any olhou para ela – eu decidir que quero ir – any sorriu e esperou ela descer as escadas, teria que impedir joaquim caso ele quisesse contar alguma coisa a any.

( Argentina )

Manuela e Pedro estavam voltando para a casa andando e puxando os cavalos pelas regias, riam e se divertiam fazendo caretas um para o outro

Manu: Para com isso Pedro – riu e deu um tapa no braço dele depois que lhe mostrou a língua

Pedro: Já parei princesa – deu risada – estou morrendo de fome, será que já vai ter rango? – manu deu risadas da cara que ele fazia

Manu : Não sei – olhou a casa bem pequena de longe – será que papai já voltou? – entrando no estábulo junto com Pedro e deixando os cavalos lá

Pedro: Não sei – imitando ela que riu – vamos lá ver – pegou a mão dela e entrelaçou os dedos, Manu olhou as mãos e deu um pequeno sorriso – er, antes que chegarmos lá, queria lhe pedir de novo que não comentasse o que te contei hoje – manu sorriu, chegou perto dele e o abraçou

Manu: Pode confiar em mim – lhe beijou a face.


(Londres )


Dul: Que bom que chegaram – abraçou a amiga e depois a “sobrinha”, entraram na casa e se sentaram no sofá – Quero lhes mostras umas coisas que comprei – sorriu saindo da sala subindo as escadas, ouviram ela falar com alguém ao subir e viram Joaquim aparecendo na sala

Quim: Tia any – foi até ela e abraçou depois de ter levantado do sofá – que bom que estas aqui – sorriu charmoso e olhou para isabela – Oi pirralha – sentou em uma poltrona e ficou olhando para isa que desviava os olhos – Tia, depois queria conversar com você e – isa vendo ele sorrir olhou para a mãe e levantou do sofá

Isa: A tia dul esta demorando mamãe, por que não vai ver se ela precisa de ajuda – sorriu amarelo, puxando any e a levando até a escada, any subiu um pouco rápido sem entender. Isabela voltou até o sofá, só que agora perto do de joaquim e olhou brava para ele – você quer morrer né? – falou irritada

Quim: Não – se levantou e se sentou ao lado dela no sofá, super próximo dela – só queria ver sua carinha de brava – Isaí se afastou um pouco – É isabela né? – falou um pouco alto para provoca-la já que alguém estava descendo as escadas, isa pulou pra cima dele e lhe tampou a boca com as mãos, estava apavorada

Isa: Para com isso – raivosa – você esta querendo me entregar ? – perguntou ainda com a mão na boca dele, alguém entrou na sala

Ucker : Esta querendo matar o meu cunhado Dona Manuela? – christopher acabara de entrar na sala

Isa: Tio ucker – se afastou com pressa de Joaquim e se sentou “comportada”. Ucker chegou perto dos garotos e lhes beijou a cabeça

Ucker : Estou saindo pombinhos, podem aproveitar enquanto aquelas doidas – apontando para o andar de cima – estão distraídas e não vão interrogar vocês – deu uma gargalhada, isa ficou vermelha e joaquim se aproveitou e abraçou ela pelo ombro

Quim: Cunhadinho, não conta pra elas que estamos juntos – suspirou, segurando para não rir – você sabe com a Dulce é histérica – isa olhou nervosa para Joaquim, o que ele estava falando?  - a Manu é muito tímida – beijou as bochechas vermelhas dela – não é amor? – isa estava parecendo um pimentão, apenas afirmou com a cabeça, depois que viram ucker piscar e sair de casa isabela empurrou ele com força, estava parecendo um pimentão ainda – já te falei que você fica linda assim – piscou para ela que queria pular em cima dele e lhe encher de tapa

Isa : Você é um idiota – queria gritar mais não queria que a mãe descobrisse tudo – porque falou que estamos juntos? – braços cruzados e batendo de leve os pés no chão, símbolo de irritação.

Quim: porque estamos juntos – falou naturalmente, se esticando no sofá

Isa : O que? – alterada – estas louco é – fez um gesto de louco com os dedos perto da cabeça

Quim: Só se for por você – sorriu todo charmoso, se levantando e indo até ela – só escuta uma coisa – pegando a cintura dela – a partir de agora somos namorados – isabela arregalou os olhos e tentou empurrar ele – se não conto para a titia any o nosso segredo

Any : Que segredo? – isabela olhou assustada para a porta e Joaquim puxou ela pela cintura, para chegar mais perto e sorrindo para Any

Isa: Nada mamãe – tentando se soltar dele

Quim: É segredo nosso tia – apertou de leve a cintura da menina, até o momento any não tinha reparado as mãos dele onde estava

Any: Dulce, corre aqui – gritou para a amiga que vinha descendo as escadas, isa olhou para joaquim sem entender – olha o casal mais novo do ano – apontando para isa e Joaquim, pronto agora mesmo que isa estava ferrada. Joaquim abriu o maior sorriso e isa voltou a ficar vermelha

Isa: Mamãe er – queria falar a verdade, que não estavam juntos, joaquim a interrompeu

Quim: Bom, vocês acabaram de descobrir nosso segredinho – olhou para isa– não é mesmo Manu – isa deu um sorriso , antes aturar ele do que ser mandada para casa antes do tempo. [...] Isa não queria admitir, mas estava amando estar grudadinha em  Joaquim .

Notas Finais


Para ou continua ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...