História Nosso amor, nosso pecado - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Ashley Tisdale, Austin Butler, Tyler Blackburn, Vanessa Hudgens, Zac Efron
Personagens Ashley Benson, Ashley Tisdale, Austin Butler, Personagens Originais, Tyler Blackburn, Vanessa Hudgens, Zac Efron
Tags Amor Entre Primos, Amor Proibido, Ashley Benson, Ashley Tisdale, Austin Butler, Drama, Família, Incesto, Romance, Tyler Blackburn, Vanessa Hudgens, Zac Efron, Zanessa
Exibições 28
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, é o seguinte. Com provas, aulas e infelizmente a falta de tempo recente, passaremos a postar pelo menos um capítulo por semana. Esperamos que entendam.
Ass: Bianca e Jenni

Capítulo 12 - 12°


Fanfic / Fanfiction Nosso amor, nosso pecado - Capítulo 12 - 12°

 Lucas P.O.V
Westminster, Londres, Inglaterra.
23:40 PM

Continuei daquela maneira pensando muito sobre o que Hazel havia me dito, foram muitas as coisas que me vieram na cabeça naquele mesmo momento. Apenas acordei de meus devaneios quando ouvi Sasha e Gray pronunciando meu nome várias vezes.

Então os olhei e passei a mão pelo cabelo.

- Lucca, tá tudo bem cara? - Gray perguntou e Sasha o olhou, decidi não responder o Gray.

- Lucas tá tudo bem? - Sasha perguntou e me olhou fixamente nos olhos.

 - A Hazel.... - falei e dei um longo suspiro.

- Cara o que houve com ela?! - Gray perguntou, olhei para ele e vi que estava com o semblante de preocupação, aliás Hazel lhe era uma grande amiga.

- A Hazel....Tá.... – eu tentei falar, mas algo dentro de mim ainda não queria acreditar e então não conseguia dizer.

- Lucas quer conversar? - perguntou Sasha e olhou para os outros - Sozinhos...... Claro, apenas se quiser...

Eu assenti e ela segurou minha mão. Falar com ela seria uma boa ideia.

Fomos até um pequeno parque, naquele horário encontrava-se vazio, então nos sentamos em um dos bancos vazios de lá e ela começou a me olhar.

- Pode falar... – ela disse e ao ouvir isso, suspirei bem fundo e a olhei.

- Hazel me ligou e disse que... – eu tentei dizer, mas travei involuntariamente naquele instante.

- Pode falar, eu to aqui pra te ajudar agora! – ela disse começando a ficar com o semblante de preocupação.

- Ela me ligou e disse que tá grávida.... - falei e Sasha arregalou os olhos por uns poucos segundos e depois voltou ao normal e olhou ao redor.

- Nossa... Sério? – ela perguntou engolindo em seco, na qual, foi visível o suficiente para que eu notasse.

- Sim... - falei totalmente sem noção do que acontecia ali.

Sasha deu um sorriso de canto me olhando e não sei como, mas aquilo me alegrou de certa maneira por dentro que acabei por sorrir junto, não sei porquê, mas ficar perto da Sasha me trazia sensações diferentes, no momento mais triste eu estaria sorrindo se pelo menos estivesse vendo-a, acabaria com minhas felicidades se a visse chorando! Eu me sentia totalmente diferente quando estava perto dela, quando me aproximava dela. Um calafrio estava dando em meu corpo, acho que por nervosismo pois passei muito tempo longe dela.

Sorria junto a ela até que me lembro totalmente da situação que passo e não me sinto tão bem pelo que acontecia no momento e volto a olhar para Sasha, só que dessa vez sem o mesmo sorriso de antes.

- E como se sente em relação a isso? – ela perguntou deitando a cabeça sobre meu ombro.

- Nem eu mais o que eu estou sentindo, ainda sinto um pouco de felicidade por estar ao seu lado, um enorme nervosismo pelo que acabo de saber, dentre tantas outras coisas que não sei se deveria sentir mesmo já que estou ao seu lado - falei dando um longo suspiro e passando as mãos pelo rosto.

Logo vejo Sasha arquear a sobrancelha em curiosidade sobre minhas últimas palavras ditas e fico apenas a olhando.

- E quais seriam essas coisas que não deveria sentir perto de mim? – ela perguntou me olhando nos olhos e engulo em seco.

- Talvez um dia vai poder descobrir ainda mais coisas que apenas essas.......Talvez um dia.... -falei e segurei na mão de Sasha e a mesma entrelaçou nossos dedos.

- Está bem. – ela falou, deu um pequeno sorriso e eu he dei um beijo em sua testa.

[....]

Ficamos conversando sobre muitas coisas inclusive da faculdade, até que falar com ela sobre essas coisas me fez me sentir um pouco melhor, me fez esquecer um pouco do que estava acontecendo na qual me aperreava tanto.

-Tá ficando tarde, quer voltar? - perguntei olhando a lua.

- Tá não, a gente chegou faz pouco tempo! Ainda tem como ficar conversando mais. – ela disse me olhando.

- Olha o visor do seu celular. - falei sorrindo, logo Sasha pegou seu celular e olhou arregalando os olhos um pouco me fazendo rir nasalado.

- Entenda que em 1 ano eu aprendi a notar coisas que você não aprenderia nem em 10 anos, tipo, olha pra lua. - falei e Sasha pôs-se a olhar para a lua. - Então tá, você olha ela de 10 em 10 minutos e quanto mais baixa e menor ela estiver mais tarde é!

- Entendi!....1:45 da madrugada. – ela falou voltando a olhar para a lua.

- Então vamos voltar, amanhã ainda temos aula. – disse aquilo, me levantei e Sasha fez bico e eu arqueie a sobrancelha. -O que foi?

- Me carrega nas suas costas? – ela perguntou me olhando, ainda fazendo bico.

- Está bem! – eu disse e me abaixei de costas para ela, que logo subiu em minhas costas colocando os braços em volta de meu pescoço, enquanto eu me levantava segurando suas pernas.

- E o que mais aprendeu assim pra não precisar depender muito de celular e essas coisas? – ela perguntou

- O quase mesmo para o sol, só que apenas quanto mais alto no céu ele estiver mais tarde será! - falei olhando para cima como se pensasse em algo.

- Ata, algo mais que queira me ensinar? – ela perguntou.

- Pra falar tenho sim! – falei.

- O que?! – ela disse e percebi que ela ficou seriamente curiosa.

- Tem que tentar prestar atenção. – eu disse e corri um pouco, a joguei para a frente, lhe segurei pelas pernas de cabeça pra baixo em quanto Sasha gritava (e rindo) e eu ri baixo.

- LUCAS NÃO ME DEIXA CAIR!!!! - Sasha gritava desesperadamente ainda rindo.

- Não vou! - falei rindo, a coloquei de volta em minhas costas e recebi vários murros em minhas costas porém não doeram pelo fato de terem sido fracos.

Chegamos em casa rindo, mas quando entramos tivemos de nos calar na mesma hora pela cena que vimos. Bri e Gray dormindo nos colchões no chão da sala, e então nos entreolhamos.

- Caramba eles dormiram muito rápido. - sussurrei para Sasha, que logo me olhou, olhou para os outros parando seus olhos em sua amiga Bri, ficou olhando e apontou para ela, olhei junto e vi a amiga de Sasha abraçada no Gray que dormia lhe abraçando na cintura.

- O pessoal fica íntimo muito rápido né? – eu perguntei sussurrando e Sasha riu baixo assentindo.

- Viu a Vanessa? – ela perguntou, ainda sussurrando.

- Não sei. Ela ficou com o Yann conversando lá fora, acho que ele deixou ela dormir lá pelo quarto dele. - sussurrei e fui até a cozinha para tomar água com Sasha indo junto.

- É, pode ser também. – ela falou e bocejou em seguida.

- Tá com sono? – perguntei.

- Sim, um pouco. – ela disse e bocejou novamente.

- Vem então. – eu disse, segurei sua mão e a levei até meu quarto. - Esse é o meu quarto pode dormir aí, tem um colchão eu vou dormir nele então fique á vontade com a minha cama!

- Agora sim bateu o sono. - ela rindo após se deitar em minha cama, enquanto entrei no banheiro e ri junto.

- Pode dormir ué! - falei rindo e tirei minha camisa e coloquei uma bermuda que havia ali pelo banheiro, voltando para o quarto, Sasha logo me olha e arqueia a sobrancelha.

- Desculpa é que eu só sei dormir assim! - falo e Sasha demora um pouco para deixar de me olhar e volta a fitar o teto do quarto.


Notas Finais


E PRA LEMBRAR..... HJ FOI NIVER DO NOSSO QUERIDO ZAC EFRON SZSZSZSZ EEEEEEEEBBBBBBAAAAA PARABÉNS PRO ZAC MOZÃO DLÇ DA NSS VIDAAAAAAAAAAAAAAA
(qm sabe a gente n faz um especial hein?)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...