História Nosso Amor Proibido - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Princesinha Sofia
Personagens Bailleywck, Cedric, o Feiticeiro, Clover, Personagens Originais, Princesa Amber, Princesa Sofia, Príncipe James, Rainha Miranda, Rei Roland II
Tags Amor, Princesinha Sofia, Proibido
Exibições 69
Palavras 960
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie atrasei um pouco de novo mas era por que eu havia perdido o horário outra vez ahhhhhhhhh preciso de um despertador kkkkkkkkkkkkk. Posso ter atrasado mas não esqueci de posta antes tarde do que nunca. Mas fiquem com o capítulos esse é para aqueles que amam um clichê básico e um romance beijos 😍😍😍😍😘😘

Capítulo 13 - ENCONTRO !


Fanfic / Fanfiction Nosso Amor Proibido - Capítulo 13 - ENCONTRO !

~P.O.V Sofia ~ 

Acordei com uma alegria que mal cabia em meu peito, meu coração dançava de alegria e nada poderia estragar meu dia. Começo minha manhã dando bom dia para meus bichinhos de estimação.

- Eai princesa, acordou de bom humor - falou Clover subindo em meu colo

- Bom dia Sofia - falaram juntas Mia e Robin me ajudando a arrumar minha pequena bagunça.

Eles me ajudaram com tudo e então fui me lavar, depois de limpa entro no meu vasto closet e escolho um dos vários vestidos que possuo, optei por um amarelo que tinham o mesmo tom dos cabelos de James. O coloquei com a ajuda de meus amiguinhos e arrumei meus cabelos deixando-os soltos e bem definidos nas pontas. Meus cabelos haviam crescido bastante e agora batiam próximo as minhas coxas. Saio do quarto e começo a cantarolar até o quarto de Amber, bati duas vezes e ouço sua voz cantarolando um "pode entrar " bem animado. entrei em seu quarto e a vi rodopiando em meio a montanhas de vestidos, todos os dias ela fazia uma vasta seleção dos vestidos que usaria durante a semana. Eu sempre achei engraçado essa forma que ela havia arranjado para aproveitar melhor o seu tempo.

- Bom dia Amber querida - falei abrançando-a por trás. Minha cabeça ficava abaixo do seu queixo, eu realmente era pequena, fico frustrada e fecho a cara fazendo um biquinho quando Amber se vira e me olha de cima dando um sorrisinho de lado. 

- Bom dia Sofia - ela falou beijando minha testa - Já está pronta? Mas hoje não teremos aula.

Amber me olhou curiosa, ela sabia que havia algo acontecendo pois ela conhecia minhas manias e nesse exato momento eu estava balançando meus braços de um lado para o outro enquanto brincava com meus dedos.

- Sofia ?! - Ela arqueou uma sobrancelha - Oque você quer que eu faça? 

Ela sorriu derrotada, eu sabia que podia confiar nela, entao eu sorri para ela.

~P.O.V Sofia off~ 


~ P.O.V James on ~ 

Eu estava bastante ansioso que quase não consegui dormi noite passada. A sensação do seu corpo ao meu ainda permanece em mim e o seu cheiro ainda me desnorteia a mente. Eu nunca pensei que eu e ela teríamos  os mesmos sentimentos um pelo outro, quando ela havia falado "eu te amo " na noite em que lhe falei aquelas duras palavras pensei que ela teria mudado de ideia ou apenas dito aquilo da boca para fora, Mas pelo sim e pelo não eu não conseguia mais esconder e segurar essa chama que aquece meu peito toda vez que lhe vejo. Ela mexeu comigo de uma forma que me fez esquecer as barreiras que nos impede de ficarmos juntos e demonstrarmos isso para os outros. Levanto de minha cama e me ponho a me lavar, saio e adentro em meu closet, pelo uma camisa branca, uma calça Preta, um sapato preto azulado e um casaco azul,  o mesmo azul que forma as piscinas em que me afogo ao olhar para os olhos de minha amada. Saio de meu quarto andando devagar mas apresso os passos ao vê Sofia saindo do quarto de Amber acompanhada da mesma, corri um pouco e alcancei as duas que estavam um ao lado da outra. Cheguei de mansinho e agarrei o braço de cada uma.

- Bom dia Senhoritas - falei beijando a testa de Amber e o canto da boca de Sofia. 

- Bom dia James - elas falaram em uníssono.

Caminhei com elas até a entrada do Palácio e é uma carruagem estava nos esperando.

- Qual o nosso destino querido irmão ? - perguntou Amber entrando na carruagem.

- Planejei um dia maravilhoso para nós três - falei ajudando Sofia a entrar na carruagem entrando logo depois dela. O caminho até o local que escolhi foi calmo, estávamos nesse momento á vinte mil pés do chão e a brisa acariciava minha face como se me acolhesse. Sofia por causa do cansaço - que ela mencionara pois ficou acordada abrindo os presentes - apoiou sua cabeça em meu ombro e eu o mesmo fiz apoiando minha cabeça na dela, aproveitei e entrelacei meus dedos aos seus e assim ficamos até aterrissarmos.

O local que escolhi era uma ilha conhecida como ilha dos  Amores roubados, era uma pequena e aconchegante ilha que possuía águas cristalinas e árvores frutíferas. Descemos da carruagem e nos ajeitamos próximo a uma enorme árvore que fazia uma bela sombra, ali arrumamos a toalha, os cestos e nos sentamos. Amber foi nadar um pouco em um lago que ficava a alguns metros dali enquanto Sofia se encantava com um livro, o cocheiro saiu e voltou para o Palácio pedi a ele para vim nos pegar dentro de cinco horas pois queríamos fazer bom proveito da natureza. Sofia havia deitado sua cabeça em minhas pernas e continuava de olho em seu livro, enquanto aproveitava as carícias que eu fazia em seus cabelos. 

Abaixei seu livro horas depois e lhe beijei os lábios, A sensação era maravilhosa, meu coração se alegrou e um calor tomou conta do meu corpo, ela havia se levantado e estava do meu lado, nossos beijos ficaram mais intensos e agora eu estava por cima dela e ainda a beijava, São distribuindo beijos por toda a extensão de seu corpo que não estava coberto por alguma coisa. Ela soltava suspiros baixos depois de cada beijo. Voltei para seu rosto e comecei a distribuir beijinhos por todo seu rosto e terminei com um selinho demorado.

- Eu te amo - falei com a testa colada a dela.

- Eu também amo você - ela falou beijando minha testa. 

Ficamos deitados na grama, até que adormecemos, e eu estava muito feliz pois tinha a mulher da minha vida deitada em meus braços. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado tentarei não atrase mais, mas estou em época de prova então me deem um desconto por favor kkkkkkk até segunda. 😘😚😚😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...