História Nosso Amor Proibido - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Princesinha Sofia
Personagens Bailleywck, Cedric, o Feiticeiro, Clover, Personagens Originais, Princesa Amber, Princesa Sofia, Príncipe James, Rainha Miranda, Rei Roland II
Tags Amor, Princesinha Sofia, Proibido
Exibições 37
Palavras 760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie, Gente so não postei uns minutos atrás porque minha net tinha caído .

Capítulo 15 - Reconciliação


Fanfic / Fanfiction Nosso Amor Proibido - Capítulo 15 - Reconciliação

Sofia andava num estado melancólico, ela sorria para seus amigos não se preocuparem com ela mas ao se afastar deles ela chorava pelos cantos. Ela não queria acreditar no que tinha visto, ela não podia acreditar. Ela andava despeça oque a prejudicou, ela não se alimentava direito e fazia de tudo para não ter que dirigir a palavra a James, Que depois daquele dia andava se exibindo com Agatha, ela se agarrava a James de uma forma que dava náuseas em Sofia. 

Sofia estava sentada em um banco Dourado com asas feitas de diamante quando foi surpreendida por uma mão que lhe tampou os olhos.

- Quem é ? - o som risonho em sua voz era aparente.

- Sou eu - uma voz fingindo ser grossa soou em seus ouvidos.

- Amber ! - ela virou -se encontrando o rosto risonho de Amber.

- Oi cunhadinha - ela falou sentando ao lado de Sofia - É meio estranho falar isso, Mas gosto.

Sofia olhava para o rosto de Amber e ela desejava lhe contar oque aconteceu entre ela e James mas ela sabia que a irmã iria fazer uma confusão então preferiu não entrar em detalhes. 

- Vamos caminhar - ela falou se levantando - quero colher algumas rosas.

- Vamos - elas começaram a caminhar em direção ao canteiro de rosas brancas que eram as mais belas do Colégio. Sofia se abaixou e sentou-se na grama que ainda estava úmida por causa da chuva. Elas conversavam e trocavam informações sobre fofocas habituais. Amber lhe contou que Hild iria casar-se com um príncipe das ilhas asiáticas com quem ela trocava cartas e que Clio estava sendo cortejada por Jackson, o príncipe das ilhas flutuantes. Sofia ficou feliz por saber dessas novidades, ela achava bastante romântico o ato de se casar, ela queria isso para si própria mas a pessoa que ela ama, lhe usou e depois jogou fora.

E com esses pensamentos ela não viu quando espetou o dedo em um espinho da rosa. O pequeno corte em seu dedo começou a ficar vermelho e o sangue começou aos pingos caindo e se chocando ao chão e em alguns minutos a mão que segurava a rosa havia se tornado vermelha, E Sofia ao vê aquilo se assustou e jogou a flor no chão e se levantou bruscamente assustando sua irmã que ao vê a flor ensanguentada no chão levantou-se também e se aterrorizou com a visão de sua irmã suja.

- Sofia ! - gritou Amber indo ao encontro de Sofia com um lenço em mãos.

Sofia levantou sua mão e viu o sangue descendo, ela não sentiu dor, não ardia e não fazia a menor diferença, ela estava ferida por dentro, E não existia nada que pudesse mudar isso, era o que ela pensava.

- SOFIA ! - gritou James se aproximando da garota com cuidado.

Ele fazia a ela mil e uma perguntas mas o mais importante, ele estava lá por ela, ele queria saber como ela estava, e isso fez com que a ferida de Sofia se curasse e ela fez oque ela nem mesmo pensava em fazer, ela o beijou, e ele deu passagem para ela e o beijo se aprofundou a ponto deles não ligarem mas para quem estaria lá, nada importava para eles. Eles pararam por causa da a falta de ar. E eles juntaram suas testas e James a á olhava feliz. 

Eles se levantaram e James a levou para se sentar no banco, seu termo estava sujo de sangue mas ele não ligou, ele encaixou o dedo dela com o pedaço de pano que ele rasgou da camisa.

- Sofia, eu queria lhe explicar o que aconteceu naquele dia - James aproveitou a chance para se explicar.

Ela não falou, ela engoliu em seco e afirmou com a cabeça.

- Eu fiz aquilo para lhe proteger- ele iniciou - Agatha que planejou aquele ataque a você, ela queria que eles lhe matassem, Sabe aquele dia em que nós nos beijamos na árvore? - ele perguntou a olhando.

Ela afirmou e suas bochechas enrubreceram.

- Ela estava escondida e viu, ela ameaçou de lhe envenenar ou de contar para nossos pais, eu sei que eu deveria ter falado com você mas eu agi por impulso, me perdoe - Sofia deixou uma lágrima rolar.

- James na próxima nos iremos fazer tudo juntos, eu quero lutar por esse amor - e eles se beijaram

Amber viu e ouviu tudo e correu para abraçar os irmãos e depois foram embora sendo felizes será ? No momento em que James e Sofia se beijavam havia uma pessoa os olhando. Hugo amaldiçoou os dois.


Notas Finais


Gente achei por direito por um pouco de clichê kkkkk ok mas, espero que tenham gostado, deixem nos comentários a vossa opinião beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...