História Nosso amor quase proibido. - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Novela, Romance
Visualizações 160
Palavras 1.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 31 - Nada vai acontecer.


Camila POV:
O jantar com os Jauregui's foi agradável, como sempre. Minha família sempre se deu muito bem com a família da Lauren, e isso nos deixava mais próximas ainda. 
 Assim que comemos em meio de assuntos aleatórios, o clima estava agradável e como não tinha o que fazer em casa, resolvi aceitar o pedido de ver um filme com eles. E outra que eu queria realmente ficar mais tempo com a Lauren.
-Nada de terror-Taylor falou assim que fomos todos pra sala. Sentou no sofá e Sofi sentou ao seu lado.
-Também acho-Sofi concordou, me fazendo sorrir e concordar também.
-Podemos ver um filme de ação-Alejandro disse sentando ao lado da Sinu.
-Por mim, tudo bem-Ela disse dando de ombros.
-Vou pegar cobertas-Lauren disse indo até a escada-Pode me ajudar, Camz?
 Apenas atendi seu pedido e segui ela pela escada, mas já sabia o que ela queria. Lauren entrou no quarto e eu entrei junto, fechando a porta.
-Eu quero tanto beijar você-Sussurrou vindo até mim. Sorri e passei meus braços pelo seu pescoço-E...
 Apenas calei com um beijo, sentindo ela abraçar minha cintura. Sua língua estava em perfeita sincronia com a minha, e suas mãos foram parar em meu cabelo, afagando ele durante o beijo. Acho que fui pro céu e voltei mil vezes.
-Ei...-Disse separando o beijo, mas Lauren não quis ouvir, desceu seus beijos pro meu pescoço. Meu corpo inteiro arrepiou ao sentir aqueles beijos-Precisamos descer, lembra?
-Não quero-Me olhou e fez um biquinho lindo nos lábios, que eu logo tratei de beijar, arrancando um sorriso perfeito dela.
-Eu queria poder dormir com você hoje-Escondi meu rosto em seu pescoço, abraçando a cintura dela-Que cheiro bom...-Pensei em voz alta.
-Eu também queria, pequena-Senti um beijo no topo da minha cabeça.
-Vamos pegar as cobertas?-Perguntei rindo, nos soltando do abraço.
-Vamos-Ganhei outro beijo.
 Assim que descemos com as cobertas nas mãos, jogamos as 3 em cada sofá. Sofi estava com Tay em um, e os pais da Lauren estavam no sofá do meio. Sentei com a Lolo no outro, uma do lado da outra.
-Qual filme escolheram?-Perguntei.
-Guerra mundial Z-Sinu disse dando play no filme.
 A sala estava escura, só a TV iluminava tudo. Eu estava concentrada no filme quando senti a cabeça da Lauren encostar no meu ombro. Dei um beijo discreto em sua testa, fazendo ela sorrir. Procurei sua mão por baixo do cobertor, entrelaçando ela na minha.
 Senti a mão da Lauren largar a minha aos poucos, e sua cabeça pesar mais em meu ombro, indicando que ela pegou no sono. 
-Melhor filme do mundo!-Taylor falou assim que terminou. Sofi estava dormindo com a cabeça no colo dela.
-Sem duvidas um dos melhores que nós vimos-Alejandro disse, fazendo Sinu concordar.
-A Lauren que deve ter amado-Falei rindo, soltando discretamente nossas mãos por baixo do cobertor.
-Tem essa mania de dormir durante o filme-Tay disse-Mas a Sofi também caiu no sono, e o filme nem tinha começado ainda.
-Dois nenês...-Falei sem pensar, fazendo Sinu e Alejandro me olharem. Senti minhas bochechas queimando.
-Acho que vou deitar-Tay disse, mudando o assunto. 
 Tenho certeza que ela sabe sobre Camren.
 Acordei a Lauren, sacudindo ela um pouco, que acordou confusa e logo deu um sorriso desajeitado. Que coisa mais linda.
-O filme já acabou, Lolo-Falei assim que ela tirou a cabeça do meu ombro.
-Por que não me acordou?
 Você fica linda dormindo, e eu não posso acordar um bebê desses.
-Por que você ia dormir de novo-Sorri de lado, e ela apenas assentiu.
 Taylor acordou Sofi e logo já estávamos indo embora, dei tchau pra Sinu e o Alejandro, e a Tay me deu um tapa de despedida. Lauren levou eu e minha irmã até a porta, nos despedimos com um beijo na bochecha e ela abraçou Sofi.
-Me liga...-Sussurrei no ouvido da Lauren, que sorriu mordendo o lábio inferior.
 Quando chegamos em casa, meus pais ainda não estavam. Sofi estava caindo de novo, então coloquei a pequena na cama e dei um beijo na testa dela, que sorriu preguiçosa e agarrou o elefantinho de pelúcia.
 Entrei no meu quarto e tirei o vestido, coloquei uma camisa larga e desliguei a luz. Fui rapidamente até o abajur, ligando o mesmo. Deitei na cama e suspirei...Automaticamente já estava pensando na Lauren. O que ela faz comigo é surreal. Queria dormir agarrada em seu corpo, e nunca largar. 
 Lauren tem mexido tanto comigo, e eu queria saber se faço o mesmo com ela. Tudo bem que ela largou o Brad, mas meu medo é de eu apenas ser uma diversão, ou curiosidade pra ela. 
 Estava alheia em meus pensamentos, até que escuto o celular tocar. Tateei a cama em busca dele.
-Oi, Camz-Lauren falou, me fazendo sorrir-Que sorriso lindo.
-Como sabe que estou sorrindo?
-Apenas imaginei-Eu ainda estava sorrindo-Já estou com saudade.
-Eu também, Lolo-Suspirei-Queria dormir abraçada em você.
-Então abre a porta da frente.
-Sério isso?
-Vem logo, Camz.
 Meu coração errou uma batida, era como se eu não tivesse visto a Lauren agora pouco. Levantei da cama e desci a escada correndo, destranquei a porta e abri a mesma, vendo nada alguém da rua ali.
 Não acredito que ela fez isso! Porra.
  Lauren POV:
Camila abriu a porta e eu quase não segurei a risada quando vi a cara dela, mas assim que ela foi fechar, sai de trás da árvore e dei um susto nela.
-PORRA!-Deu um grito, acho que toda vizinhança ouviu.
-Calma-Falei rindo, chegando pertinho dela, que estava assustada com a mão no peito.
-Você é ridícula, Lauren-Começou a estapear meu peito, me fazendo rir mais ainda.
-Tinha que ver a sua cara-Abracei a cintura dela, empurrando a gente pra dentro de casa. Fechei a porta e voltei a abraçar ela.
 Camila cruzou os braços e fez uma cara extremante linda, toda bravinha. 
-Pensei que você estava mentindo.
-Não, pequena-Roubei um beijo dela, que sorriu e virou o rosto-Não foge de mim, chata.
-Eu chata?-Me olhou de novo, eu ri pela cara de indignação dela-Você que é chata-Falou passando os braços pelo meu pescoço.
-E você gosta.
 Camila revirou os olhos e me beijou, me pegando de surpresa. Coloquei a mão em sua nuca e aprofundei o beijo. 
-Camz...-Disse em meio ao beijo, fazendo ela parar e me olhar ofegante, esperando eu continuar-Eu...-Tentei dizer, mas não saiu.
-Você o que, Lolo?-Perguntou e sorriu de lado, me dando um pequeno beijo na bochecha.
 Suspirei antes de dizer:
-Eu estou apaixonada demais por você-Fechei meus olhos e escondi em seu pescoço. Tenho medo de ver a ver reação dela.
-Lolo...-Ela me chamou calmamente-Olha pra mim.
 Olhei pra ela e vi aquele sorriso lindo. Seus olhos me fitavam com um brilho, e eu realmente estava envergonhada.
-Eu também, Lauren! Demais demais.
 Me permiti sorrir e enchi aquele rosto lindo de beijos. Camila deu uma risada gostosa e beijei seus lábios, fazendo ela suspirar e me abraçar mais forte ainda.
-Que loucura...-Falei encostando minha testa na dela, que sorriu e deu um pequeno beijo na pontinha do meu nariz.
-Não me importo de ser louca com você ao meu lado-Eu sorri e beijei seus lábios.
 Por que Camila tinha que ser tão perfeita?
-Mas eu tenho medo-Confessei, em meio a um suspiro.
 Camz nos separou do abraço e pegou da minha mão, nos puxando até o sofá. Sentei de lado no colo dela, que abraçou minha cintura.
-Não precisa ter medo, Lolo-Falou fazendo carinho em minhas costas-Nada vai acontecer.
-E se acontecer?-Perguntei deitando minha cabeça em seu ombro-Se todo mundo começar a desconfiar de novo, e alguém descobrir. E se o Brad contar pra mídia?
-Ele falou que ia contar? Por que você não me disse?
 Camila perguntou confusa. Esqueci que não contei essa parte pra ela.
-Han...-Desencostei a cabeça do ombro dela, fitando aquele rostinho confuso-Brad falou que tinha certeza de que eu ia "escolher" ele...
-E já que me "escolheu"-Camila revirou os olhos antes de dizer isso-Ele vai querer se vingar-Concordei, fazendo ela bufar-E me diz uma coisa.
-Que coisa?-Roubei um beijo dela.
-Ele bateu em você, Lauren?-Ela perguntou séria, olhando em meus olhos. Não tinha como eu mentir.
-Não, ele agarrou em meus braços...

 


Notas Finais


Boa noite, gente! <3
Comentem, se der...Gosto de saber o que estão achando da fic.
Beijos! Até o final de semana.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...