História Nosso amor quase proibido.-Camren - Capítulo 74


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Novela, Romance
Visualizações 394
Palavras 1.333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 74 - PCA parte 1.


  Terminamos de arrumar a mala dela e agora estamos deitadas na cama, eu estava sentada de lado no colo dela, com a coberta em cima da gente. A única luz que invadia o quarto, era da tv em frente à cama.
-Vou acompanhar a performance de vocês-Falou beijando meu pescoço. Sorri toda arrepiada com seus beijos.
-Nossa, agora parei pra pensar que é nossa primeira performance sem você.
-E seria a minha sem vocês-Suspirou me abraçando mais forte-O lado bom é que não vou te ver com o Ty. Só nas fotos.
-O Ty é legal, amor-Ela me olhou incrédula-Pensava que ele era um petulante, mas é legal.
-Eu quero te pedir uma coisa-Falou séria. Apenas assenti-Por favor, não cai na dele.
-Como assim?
-Amor, ele é um drogado assumido. Não quero que aceite nada que vier dele.
-Prometo.
-De dedinho?
 Mostrei meu minguinho e ela sorriu entrelaçando o dela no meu.
-Que horas é seu voo?-Deitei a cabeça em seu ombro.
 Não queria que ela fosse viajar, mas sei que logo ela volta e vamos nos ver novamente.
-Oito da manhã, já coloquei pra despertar.
-Posso ir na sua mala?-Perguntei e ela riu, deu um beijo na minha testa.
-Bem que eu queria. Qual a graça de ficar em um hotel de luxo sem meu amor?
 Camz e eu ficamos conversando em meio a carinho e beijos à noite toda. Acabei dormindo em seus braços.
                           _\\_
 Acordamos e a Camila me pediu pra levar ela no aeroporto, claro que não neguei e esperei ela tomar banho e se arrumar. Coloquei uma roupa dela e descemos, minha pequena se despediu dos pais e da Sofi. Alejandro me emprestou o carro dele e colocamos as três malas da Camz dentro. Não sei pra que tanta coisa.
-Pronto?-Ela apareceu na garagem assim que terminamos de colocar as malas.
-Pronto! Vamos que já são sete e quinze.
 Deu um último abraço nos pais dela e um beijo na testa da Sofi. Entramos no carro e ela me olhou. Ficou me admirando.
-Que foi?-Perguntei envergonhada, apertei o botão do controle pro portão abrir.
-Você não me beijou hoje-Fez um biquinho lindo.
 Sorri e coloquei a mão em sua nuca, Camz aprofundou, sentimos nossas línguas e suspiramos juntas. Terminamos o beijo e ela sorriu contra minha boca.
-Como vou fazer quando eu quiser te beijar?-Perguntou e fez um biquinho lindo, me fazendo beijar ela de novo.
-Eu não sei, amor. Mas queria saber pra fazer o mesmo.
 Dirigi até o aeroporto, chegando lá, tiramos as malas e fui carregando duas enquanto ela levava a outra. Encontramos algumas fãs lá, mas não pediram foto, apenas nos abraçaram e tudo certo. Despachamos as malas dela, apenas ficando com a bagagem de mão...Que claro, ela fez eu segurar. 
-Eu quero segurar sua mão-Ela falou baixinho enquanto andávamos até o portão de embarque.
 Não via porque não segurar a mão dela, peguei na mesma e ela sorriu, me fazendo dar um sorriso também. No portão de embarque já estava a Camille esperando ela, e quando a viu, sorriu e veio abraçar minha pequena.
-Queria dizer que ainda sinto muito por causa do PCA.
-Tudo bem-Camz falou ainda segurando minha mão.
 Camila me abraçou de lado e passei meu braço em seus ombros, ficamos assim esperando até dar a hora dela ir embora. Deram o último aviso. Será que ela poderia não ir? Suspirei e ela me olhou, sorriu de lado e beijei sua bochecha.
-Amo você-Sussurrou.
-Amo você-Falei a abraçando apertado.
 Entreguei a bagagem de mão dela, e abracei a Camille. 
-Se cuida, hein-Falei um pouco alto quando ela estava se afastando. Camz me olhou e sorriu-E avisa quando chegar!
-Pode deixar-Falou sorrindo-E se cuida também.
 Atirei um beijo pra ela, e logo sumiu da minha vista. Céus, não queria mesmo que ela fosse. Suspirei e peguei meu celular do bolso, ele vibrou na mesma hora. Sorri ao ver que era ela.
 ([Amor\08:10]): Saudade ):
 ([Babe\08:11]): Saudade, anjo! Boa viagem.
 ([Amor\08:11]): Obrigada, amor <3 Vou indo porque o avião já vai decolar.
 ([Babe\08:11]): Tá bem! Love u.
 ([Amor\08:12]): Love u.
 Esperei o avião dela subir e fui pra casa, deixei o carro na garagem do Alejandro e voltei pra minha casa. Ninguém estava acordado ainda, então tomei um rápido banho e deitei na minha cama. 
 Acordei com a Taylor me estapeando com o travesseiro.
-Para, doente!-Falei irritada, me destapando.
-Acorda logo-Puxou meu cabelo. Me irritei mais ainda e puxei o dela-LAUREN! DOEU.
 Taylor e eu começamos a nos bater e rir ao mesmo tempo. Era puxão de cabelo e soco em cima da cama.
-Que gritaria é essa? Parem com isso-Minha mãe apareceu no quarto, nos separou da briga e começamos a rir mais ainda-Qual a idade de vocês?
-Ah mãe, a Lauren puxou meu cabelo.
-Mas você que começou com o tra...
-Tá, chega-A mãe disse indo até a porta-Desçam antes que a comida esfrie.
 Taylor me olhou e puxou meu cabelo de novo, saiu correndo do quarto mas depois ela me paga. Levantei e vesti um abrigo azul marinho, prendi o cabelo e coloquei um all star. Hoje iria me arrumar no studio mesmo, espero que a April tenha acertado nas roupas.
                             _\\_
 Já eram seis horas e resolvi ir pro studio. Camz não mandou mensagem, então tirei o celular do silencioso.
 As meninas e eu colocamos os vestidos, que por sinal, eram lindos! Todos brancos e nossa...April mandou bem. Chegaram os maquiadores, e cabeleireiros. Depois de duas horas estávamos todas prontas e lindas. Não troquei palavra alguma com as meninas, apenas coisas necessárias.
 Peguei meu celular, tirei algumas selfies e mandei pra Camz. Postei uma no Instagram.
-Vamos?-April perguntou quando viu que estava tudo pronto-Lauren, Ty já foi mas lá na frente vocês se encontram.
 Apenas assento e fomos embora, entramos lá limusine branca, que nos deixou na entrada da festa "Before PCA". Tiramos fotos juntas na entrada e logo Ty apareceu, tirei fotos só com ele e entramos pra dentro do local...E uau, que local. As meninas se separaram de mim, ficando apenas eu e o Ty.
-Não está falando com as meninas?-Perguntou alto, por conta da música alta. Neguei-Vamos beber então.
 Segui ele até o bar, e lá encontrei a Demi, conversando com a Taylor. Nos cumprimentamos e entramos em uma conversa agradável em frente ao bar.
-Então está de namoro com o Ty?-Taylor perguntou após tomar o drink.
-Han...-Sorri de lado-Estou.
-Mentira-Demi falou rindo. Olhei incrédula pra ela-Não acredito que seja verdade.
-Mas é-Ty disse abraçando de lado minha cintura. Sorri quadrado e concordei.
-Então felicidade ao casal-Demi disse colocando um pouco o copo pra cima. Taylor fez o mesmo.
-Obrigada-Falei desconfortável-Vamos sair daqui-Sussurrei no ouvido do Ty e nos puxei dali.
-Lauren, olha o que eu trouxe-Tirou do bolso um cigarro fino.
-Fala sério, Ty-Falei rindo-Zé droguinha-Ele riu e pegou um isqueiro do bolso.
-Ao menos fume ali na rua-Apontei pra porta.
-Vem comigo.
 Até chegarmos na rua, passamos por mil famosos. Todos perguntaram do nosso namoro e tive que confirmar tudo. 
-Você não quer?-Perguntou quando chegamos na rua. Apenas neguei-Vai, Lauren-Aproximou o cigarro e neguei de novo-Só uma tragada não vai matar.
-Eu não quero, porra!
-Eita-Ele falou rindo-Não prova porque tem medo.
-É porque não quero mesmo-Falei cruzando os braços.
-Você vai gostar-Aproximou de novo.
-Me da essa merda!-Falei pegando aquele cigarro infeliz.
-Boa-Falou sorrindo, cruzou os braços e ficou me olhando. 
 Dei uma tragada naquele cigarro e comecei a tossir loucamente. Ty riu de mim, e comecei a rir junto. Não era ruim, na segunda tragada já estava melhor.
-Viu? É maravilhoso-Falou pegando da minha mão.
-Não é tão ruim.
-Agora tenho uma parceira de fumo-Falou rindo.
-Vai sonhando-Dei um pequeno soco no ombro dele.
-Também tenho isso aqui-Tirou do bolso um pequeno saco com pó branco dentro.
-Esconde isso-Falei apavorada.
-Tenho até dentro do sapato...Literalmente. Quer experimentar esse também?
-Deus me livre, Ty!
-Tem certeza?
-Toda.
 A verdade é que queria saber como era, mas de jeito algum que eu ia.

 


Notas Finais


Comentem, se der! Amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...