História Nosso Destino... - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Lisa, Mark, Personagens Originais
Exibições 46
Palavras 1.043
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Bang Bang Bang!


Fanfic / Fanfiction Nosso Destino... - Capítulo 4 - Bang Bang Bang!

Resolvi não retornar a ligação de Mark, como ele me ama, ele liga de volta.

Fui almoçar, talvez um prato cheio de comida e um copo de refrigerante. Terminei e chamei o puto do garçom pra pedi a conta.

Fui comprar alguma coisa pra comer, talvez, uma sobremesa.

Encontrei a Lisa no meio do caminho

Lisa - Oi vaca!

Samara - Num é possível que você me segue em todo lugar, to indo!!

Lisa -  Agora eu to carente!

Samara - Miga, foda-se. To irritada hoje, me ature!

Meu celular vibrou no meu bolso direito da calça. Era Mark mandando mensagem.

*Lembra do nosso dia? Então, eu queria que você viesse no Park Águatico comigo, eai? Se vem?

Samara - Ai caralhada!

Lisa - O que houve agora?

Samara - O Mark me convidou pra ir no Park Águatico com ele.

Lisa - Eita porra, vai! Tá esperando o que?

Resolvi fazer um código com Mark, ~Vamos ver se ele acerta, se ele acertar, eu vou!

*Bang Bang Bang*

No mesmo instante Mark visualizou a mensagem.

*Mark - Banha Banha Banha!

*Pode marcar ai que  eu vou! Acertou meu código então pode contar comigo!*

*Mark - Que ótimo, ainda bem que acertei esse código seu! ( emojis de risos )

Depois ele falou para mim, anotar o endereço e levar uma mala de roupas, não sei pra que, mais já que ele pediu. Vou levar!

Cheguei em casa, e Jackson tava comendo, e deitado no sofá.

Samara - Faz favor né ! 

Jackson - Deixa eu comer, puta merda vai brigar comigo agora porque eu estou comendo? Ah vai toma!

Samara - Vai toma você! (ironia)

Fui tomar banho, Jackson já sendo curioso do caralho. Perguntou aonde eu iria.

Samara - Não é da sua fuça!

Jackson - Nossa eu te amo tanto e você me trata assim? 

Samara - Também te amo seu viado hetero! (risos)

Fui me trocar rápido. Peguei minha mala que estava em cima do guarda-roupas. 

Peguei todos os meus pertences e os coloquei na mala. 15 minutos depois já estava falando tchau pra Jackson. 

Samara - Tchau irmãozinho!

Jackson - Tchau retardada!

Fui direto ao carro. Peguei meu celular coloquei um cabo que liga com o som do carro, e coloquei a música de Jay Park "Mommae". Chegando no Park Águatico, já vi o Mark lá na frente.

Mark - Demorou hein!?

Samara - Põe a culpa no meu irmão. 

Entramos no Park Águatico, até que Mark falou que reservou um quarto. UM QUARTO!

Eu fiquei puta da vida, isso quer dizer que vou dormir com meu melhor amigo? Calma Samara, você ainda tem esperança com o Hoseok, mantenha a calma!!

Perguntei para Mark se tinha um quarto, ele confirmou com a cabeça que sim, depois de um sorriso irônico. Fiquei com medo agora.

Entramos na piscina, ficamos que nem duas crianças retardadas jogando água um no outro.

Já estava escurecendo. Mark falou para jantarmos primeiro antes de ir dormir. Melhor mesmo irmos jantar, vai que ele resolve me comer. Bateu um frio na barriga agora.

Entramos no restaurante e comemos. Quando terminamos, no caminho aonde estavamos indo no quarto ele segurou meu braço.

Mark - Eu faço loucuras na cama.

Eu me fazendo de idiota perguntei pra ele o que ele fazia.

Samara - Tipo o que?

Mark - Derrubo meu celular na minha cara quando estou digitando.

Quando ele me disse isso quase desmaiei.

Mark - Calma, eu não faço nada em você, tenho respeito ok?

Samara - Vamos dormir logo...

Entramos no quarto. Fui tomar banho porque aquela água com suor de vários marmanjos não dava pra ficar grudada na minha pele.

Sai do banheiro, Mark já estava dormindo, parecia um bebêzinho de tão fofo.

Por conta disso, resolvi pegar minhas roupas e me trocar no banheiro...

                      [...]

Quando saí do banheiro, Mark já estava em outra posição de dormir, achei bem sexy a posição dele.

Fui tomar um copo de leite e fui pra cama. Fiquei com medo, também se acontecer vai ser com o meu melhor amigo? Não vou criar expectativas, ainda tenho tempo de pegar o Hoseok, só eu esperar eles virem pro Brasil.

Me deitei ao lado de Mark, apoiando minha cabeça em seu peito, me sentia segura dormindo no peito dele. 

Acordei de madrugada, e já estava sendo abraçada por Mark. Tentei sair daquele abraço dorminhoco dele. Mais fiquei com dó então fiquei e resolvi pegar no sono novamente...

Quando eu acordei já era 9h da manhã, naquela hora não estava mais sendo abraçada por Mark, então resolvi fazer o café da manhã, ou melhor.

Pulei na cama e fiquei perto de Mark. Fiquei passando minha mão entre seu cabelo, até que o retardado resolveu acordar.

Samara - Então, vai querer tomar café da manhã de  aqui, ou na padaria do Park Águatico?

Mark - Vamos tomar café da manhã na padaria mesmo.

Quando ele levantou da cama. Meu Deus quase morri. MARK ESTAVA DE CUECA. Sai do quarto para não ficar vendo, só que eu esqueci minhas roupas lá no quarto, agora tenho que esperar ele se arrumar. 

Mark - Pronto, pode ir se arrumar.

Fui no quarto, também não posso falar ao contrário de Mark, eu estava com um pijama chamativo. Sem ver deixei a porta do quarto aberta enquanto me trocava, foi quando Mark entrou no quarto.

Mark - Eita caralho, vou voltar pra trás.

Fiquei congelada quando ele entrou na porra do quarto, resumindo, eu estava colocando meu sutiã, ainda bem que ele me viu de costas.

Me troquei, e coloquei as roupas sujas na mala. Peguei o dinheiro.

Mark - Puta merda, já disse que você vai pagar nada aqui caralho.

Samara - Vou sim. E você não poderá me impedir.

Mark fez uma cara zoada para  mim. Fomos indo até a padaria, até que a mão de Mark encosta na minha. 

Fingi que nem tinha reparado, no mesmo instante vi que eu e Mark estavamos andando de mãos dadas. Fiquei puta da vida. 

Chegamos na padaria, eu pedi um simples café da manhã.

Samara - Quero 10 pães de queijo, e um café.

Mark - Peço o mesmo, mais quero um suco de morango.

Quando o garçom se retirou, Mark foi botando sua mão em cima da minha, fiquei absolutamente surpresa.

O garçom chegou com nossos pedidos. Consegui comer somente 7 pães de queijo. Mark comeu somente 5.

Falei pra Mark que ia no banheiro. Ele aproveitou essa situação para pagar a conta do café da manhã. Fiquei com raiva dele, mais passou rápido porque aquele rostinho lindo sorrindo para mim... Não dava, eu não consegui ficar com raiva dele.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...