História Nosso Destino... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, J-hope, Lisa, Mark, Personagens Originais
Exibições 28
Palavras 568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Meu Corpo Agora é Seu


Fanfic / Fanfiction Nosso Destino... - Capítulo 6 - Meu Corpo Agora é Seu

Mark pegou-me pela mão e me levou até a parede.

Foi quando ele me pegou pela cintura e começou a dar mordidas na minha orelha descendo até meus lábios.

Por impulso apertei a bunda dele. Depois ele me carregou levando até a cama. Ficamos grudados um no outro.

Samara - Ah cassete!

Cai da cama. Mark em vez de me dar a mão me carregou e jogou-me pelo colchão.

Mark - Pijama sexy hein?

Samara - O que?

Não deu para responder o resto. Mark roubou um beijo meu.

Pegou de novo na minha cintura. Na verdade nois só ficamos nos pegando e em vez  fazer safadeza. 

Dormimos nus. Mark ficou grudado em mim. Admito fiquei com medo do  cegonho.

Fomos dormir as 1h da madrugada, é isso que dar ficar se fodendo.

Acordei já era hora do almoço. Mark estava com a mão em cima dos meus seios. 

Levantei para tomar banho. Esqueci de trancar a porta do banheiro.

Mark entrou completamente NU. Fiquei com vontade de fechar os olhos, mais eles quiseram observar.

Mark - Me segure antes que eu te beije.

Mark se aproximou de mim. Foi quando eu escorreguei em cima dele.

Nossas partes íntimas se encostaram.

Samara - Misericórdia.

Me levantei com pressa em cima de Mark, peguei minha toalha e me troquei no quarto dele.

Ele tava tomando seu banho ainda...

                    [...]

Ele saiu do banheiro. Me olhou com um olhar meigo ao mesmo tempo de safadeza.

Samara - Já chega por hoje né?

Mark - Se você quiser vai ter a próxima vez...

Arrumei minhas coisas. Quando eu iria abrir a porta. Mark pegou-me pela cintura falando ao meu ouvido.

Mark - Fica mais um pouco.

Encostei minha cabeça no seu peito. Mark já estava dando uns beijos no meu pescoço comecei a gemer.

Samara - Mark pode ser outro dia?

Mark - Pelo menos, vai ter a próxima vez.

Ele deu um sorriso, e me roubou um beijo quente.

Sai do seu apartamento e fui direto pra casa, digamos que eu não estava com fome.

Cheguei em casa Jackson tava jogando no computador. Parecia uma criança que nunca teve infância.

Jackson - Aonde você passou a noite senhorita Samara?

Samara - Só sei que passei a noite bem longe de você. E também não te interessa.

Jackson - Vou descobrir ainda. Perai! Você tá gemendo?

Samara - Não! Por a causo você já viu mulher gemendo? Hein seu safado?

Jackson - Como se eu nunca tivesse visto. Lógico que já vi mulher gemendo.

Samara - Então você já devia ter a idéia, o motivo de eu estar gemendo!

Sai da sala e fui tomar meu banho direito.

Jackson - Que cueca é essa aqui? E porque tá dentro de uma sacola?

Ah caralho, esqueci de guardar num lugar que Jackson não achasse, eu também esqueci de entregar para Mark.

Jackson - Hein porra? De quem é essa cueca sua safada!

Sai do banheiro pegando a sacola plástica da mão de Jackson falando.

Samara - Vai tomar no seu cu, saporra aqui é da minha conta e não da sua.

Naquele instante resolvi me trocar e voltar no apartamento de Mark devolver a cueca.

Coloquei dentro da minha bolsa e tranquei o meu quarto, vai que Jackson entra lá ! 

Cheguei no andar de Mark. Ele abriu a porta com um sorriso.

Mark - Sabia que você iria voltar!

Mark me puxou pelo braço me colocando dentro do apartamento.

Quando eu fui falar da cueca ele me beijou profundamente. Senti seu calor no meu corpo.

Joguei a sacola de plástico no chão. Mark e eu começamos a nos beijar, Mark adora morder meus lábios e minhas orelhas..




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...