História Nosso Destino... - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Lisa, Mark, Personagens Originais
Exibições 43
Palavras 743
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Arrumando as Malas


Fanfic / Fanfiction Nosso Destino... - Capítulo 8 - Arrumando as Malas

Mark acabou caindo no sono.

Samara - Não é possível... Mark e Jackson são tão amigos. E eu consegui estragar essa amizade! Que ódio!

Sai do apartamento de Mark para esfriar a cabeça com aquele assunto.

Chamei Lisa para ela pelo menos tentar me animar.

Lisa - O que houve agora?

Samara - É para você tentar me animar. E não fazer eu me lembrar da desgraça que eu mesma fiz.

Lisa - Desculpa, não foi minha intenção... Você tem faculdade amanhã né?

Samara - Lógico. Tenho pouco descanso nessa caralha.

Lisa - Ok, vou pensar um jeito de te animar, porque não é nada fácil animar você. Além de estar triste, você não quer me contar o que aconteceu. Ai eu fico puta da vida sem fazer nada para te ajudar...

Samara - Eu não quero contar Lisa! Que saco caralho.

Lisa - Melhor eu nem ficar implorando. Porque se tá um ânus.

Samara - Estou mesmo! Você vai me animar, ou, vai me deixar mais irritada?

Lisa - Animar você não é nada fácil. Vou pensar [...] 

Lisa ficou quase 5 minutos pensando em alguma merda pra me animar.

Lisa - Você não gosta de foder? Vai se foder com o Mark lá, talvez te deixe mais animada.

Samara - Eu estou um cu, por causa disso, então faz o favor de pensar em outra coisa. HOJE ESTOU INSUPORTÁVEL!

Lisa - Perai, você queria foder com o Mark mais ele não deixou? É isso?

Samara - Mano, vai toma no seu cu. To indo.

Sai do local aonde eu estava com Lisa. Lisa saiu logo correndo atrás de mim.

Lisa - Oh caralho, desse jeito não da pra te ajudar!!

Samara - Esquece. Você tá me atrapalhando agora.

Fui pro apartamento de Mark, ele ainda estava dormindo... Sua boca tá ficando mais inchada.

Fiquei desesperada. Resolvi ir na farmácia comprar alguma coisa que ajudasse naquele machucado...

Comprei qualquer um, disse a moça que era bom sabagaça...

Samara - Acorda amor...

Mark ainda estava dormindo, perdi a paciência.

Samara - ACORDA AMOR DO MEU PAU!

Gritei no ouvido dele.

Mark - Ah, meus ouvidos Samara.

Samara - Levanta, quero colocar uma coisa na sua boca pra melhorar.

Mark já me olhou com aquele olhar malicioso...

Quando ele se sentou na cama, apareci com o remédio.

Mark me agarrou pela cintura me fazendo derrubar o remédio no chão.

Mark me derrubou na cama e começou a me beijar.

Mark - Agora que eu lembrei dessa caralha de machucado.

Samara - Mark! Você me fez derrubar o remédio! Retardado!

Mark - Pensei que você queria outra coisa, e não cuidar de mim. É por isso que eu te amo.

Samara - Também te amo, mais não é em tudo, que eu penso junto com você...

Voltei pra cozinha pegar a porra do remédio novamente.

Samara - Vê se fica queto!

Passei o remédio entre seus lábios, quando passei deu uma vontade de beija-los. Mais tive que segurar aquela pressão.

Mark se deitou de volta na cama. Só que não conseguiu voltar a dormir...

Fui limpar a sujeira do remédio no chão. Sai novamente do apartamento de Mark.

Mark - Aonde você vai?

Samara - Vou pegar o resto das coisas que eu deixei lá em casa...

                    [...]

Cheguei em casa. Jackson não estava, um problema a menos para resolver.

Peguei todas as minhas malas e coloquei todas as minhas roupas, peguei tudo que me pertencia naquele quarto. Peguei meus trabalhos da faculdade, peguei completamente tudo. Até os travesseiros...

Tranquei meu quarto. Peguei a chave do meu carro. Abri a garagem...

Samara - Isso se considera um adeus.

Desceu lágrimas em meu rosto.

                    [...]

Cheguei no apartamento de Mark. Ele ainda estava acordado, ele levantou-se para me ajudar com as 5 malas. 

Samara - Tem mais 3 lá no carro...

Mark - Vou buscar.

Samara - Vai porra nenhuma, você vai ficar aí!

Mark - Me obrigue.

Mark segurou minha mão me levando até perto do seu corpo. No final ele acabou me abraçando.

Samara - Chega. Preciso ir buscar o resto das malas.

Fui buscar o resto das malas. Quando  cheguei no apartamento Mark estava arrumando minhas roupas numa gaveta fiquei tipo; Como assim?

Mark - Estou guardando suas coisas aqui...

Fiquei queta, comecei a arrumar junto com ele minhas coisas. 

Mark - Falta aquela fala mala ali.

Era a mala das calcinhas. Tive que inventar uma mentira.

Samara - São os sapatos, nada demais...

Mark - Você vai ficar sem calcinha?

Ele me olhou com um olhar malicioso.

Samara - Não, porque?

Mark - Eu só queria saber aonde se meteu a mala das suas calcinhas. Somente isso.

Samara - Chegaa.

Deitei na cama, com as mãos na cabeça tirando o suor.

Mark deitou logo junto, colocou a sua mão esquerda em minha cintura. 

Nós dois caimos no sono.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...