História Nossos Laços - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Maito Gai, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Tsunade Senju, Yamato
Tags Amor, Hinata, Naruto, Nejihina, Romance, Sasuhina, Sasuke, Shoujo
Visualizações 947
Palavras 3.462
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá leitores!

Gente olha que Incrível do atualizando rápido! Chocante 😱
Kkkkkk
Bem esse capítulo vem como complemento para tretas....
Relevem os erros por que não revisei com essa minha cara de pau e bem a gente deixa algo escapar kkkkkk

Boa leitura!

Capítulo 15 - Feridas em seu coração são diferentes de feridas no corpo


Fanfic / Fanfiction Nossos Laços - Capítulo 15 - Feridas em seu coração são diferentes de feridas no corpo

Pov Hinata

Naruto pegou os dois meninos com as caudas de chacka que ele tinha naquele modo e os jogou para fora do prédio abrindo um enorme rombo na parede.

- Mas oque está acontecendo aqui!? - o tio do Lamén chegou correndo da cozinha carregando uma panela em mãos, viu tudo aquilo e olhou assustado o buraco na parede.

- Ah Gomen, Gomen Tio eu não queria, juro! - Naruto olhou o tio e coçou a cabeça constrangido - era esse buraco ou o restaurante indo pelos ares!

- Tinha que ser você né, Naruto! - o tio balançou a cabeça inconformado.

- Oee mas eu não tive culpa - Naruto colocou as mãos na cintura indignado - se quer culpar alguém, culpe a Hina - eu olhei completamente surpresa para o loiro - ela que causou a crise de ciúmes em um Uchiha e um Kazekage - sorriu para mim sapeca.

- Naruto-kun! - me debati dentro daquela cauda de chacka querendo descer.

- Naruto já chega de falar bobagens! - a rosada apareceu ao lado do loiro tirando poeira do cabelo causado pelo buraco na parede - quando aqueles dois acordarem do choque vão começar a se matar lá fora e você tem que impedir - olhou preocupada para fora - Sasuke-kun vai acabar sendo preso por bater em um kazekage!

- Isso se não acabar sendo enterrado em um caixão de areia - disse o loiro com uma mão no queixo como se pensasse nas possibilidades de quem ganharia a luta.

A rosada ao lado ficou com as bochechas quentes de raiva e desceu um cascudo enorme na cabeça loira.

- Baka! - gritou furiosa.

- Aiii Sakura-chan isso dói Aaiiii - reclamou com as mãos na cabeça e uma lágrima descendo dos olhos.

- Vá lá fora e ajude seu melhor amigo baka! - a rosada apontou o buraco.

Não me aguentei com aquela cena e soltei uma gargalhada mesmo com aquela situação, era tão nostálgico. Voltei a balançar minhas pernas no ar.

- Naruto-kun me solte! - gritei para o loiro deprimido do ar.

- Ah me esqueci de você Hina, desculpe - o menino desceu a cauda de chacka com cuidado e me colocou no chão - e quanto ao buraco Tio, pode deixar que pago o concerto - apontou o buraco.

- Não precisa criança, se o restaurante vai de vento em poupa é por sua causa - balançou a mão recusando a ajuda - agora vá logo resolver seja lá oque aconteceu - disse indo em direção a cozinha.

- Hum então tá né! - o menino deu de ombros, olhou a rosada - vamo lá ver oque tá rolando.

- Vamos​! Ei Hinata espere... - a rosada me chamou quando eu aproveitei que estavam distraídos para sair correndo pelo buraco cheio de fumaça da construção.

Usei meu byakugan para ver através da fumaça e encontrei os dois já em pé parados no meio da rua, não havia ninguém na rua por sorte. A fumaça não chegava até ali então os dois já viam um ao outro.

Precisava fazer algo!

- Tem certeza que quer continuar com isso Nukenin? - Gaara tinha muita areia em volta do corpo.

- Há, como se eu fosse desistir - Sasuke ativou o Sharingan em um olho e deixou o Rineegan exposto no outro.

Não, não, isso tava errado. Oque estava acontecendo ali, era ridículo demais. Eles tinham que parar.

- Parem, parem agora mesmo! - gritei olhando os dois através da fumaça.

Sasuke me olhou de lado e balançou a cabeça me ignorando.

- Tsc, Saia daqui Hinata, volte para dentro, agora - disse voltando a olhar o ruivo.

Comecei a caminhar até eles, se queriam se matar não iam conseguir comigo ali no meio. Mas fui impedida por uma parede de areia que apareceu no caminho.

- Gaara, pare com isso - gritei estressada.

- Hime fique fora disso - o escutei dizer do outro lado da parede.

- Hinata, me espere Oee - escutei Naruto e ignorei pois tinha que fazer algo agora mesmo.

Formei o jutsu dos leões gêmeos nas mãos e soquei aquela parede a fazendo ir ao chão. Toda aquela areia fez dificultar ainda mais a visão dos outros mas não para mim que ainda conseguia ver perfeitamente com o Byakugan.

Assim que a parede caiu pude ver os dois se atacando. Por kami!

Sasuke estava usando o katon criando uma grande chama que se estendia a sua frente batendo em um braço gigante de areia criado por Gaara. Eles iam se matar!

E eu não estava no nível deles de forma nenhuma, Naruto!

- Naruto faça eles parar - corri para o loiro que estava com Sakura desesperada - eles vão se matar, consegue ver - apontei a fumaça e ele semicerrou os olhos para tentar ver melhor.

- Oque consegue ver Hinata? - a rosada perguntou.

- Sasuke estava usando o katon e Gaara defendia com um braço enorme de areia - olhei os dois novamente - agora Sasuke tentou acertar o Chidore, Gaara sofreu algumas queimaduras - narrei para meus​ amigos oque conseguia ver.

- Isso! - Sakura comemorou. Olhei para ela indignada e a mesma desfez o sorriso.

Voltei a olhar a luta.

- Agora Sasuke está correndo.... Ai meu Deus foi acertado por um dos chuviscos de areia! - o menino caiu no chão e quase foi acertado novamente mas se esquivou para o lado. Se pôs em pé e correu desviando da areia formando mais um Chidore desta vez na katana kusanagi.

- Nani, ele está bem? - a rosada me perguntou mas eu estava focando demais na luta com medo de Sasuke ser acertado por um daqueles chuviscos, senti meu braço ser puxado - como ele está? - olhei a rosada com surpresa e puxei meu braço de volta.

- Ele está bem Sakura se acalme! - soltei surpresa.

- Gomen - ela disse e olhou Naruto que estava um pouco a nossa frente tentando enchergar os dois - é que os dois e Kakashi são as coisas mais importantes na minha vida, fico assustada por eles - me olhou corada.

- Entendo - sussurei sem graça.

Nós olhamos constrangidas.

- Ei meninas - Naruto apareceu do além no meio de nós duas - não consigo ver nada então preciso de sua ajuda Hina!

- Certo - assenti.

- Quero que me aponte claramente a posição dos dois, pode me mostrar? - assenti em acordo - então eu vou mandar dois bushis e acertar-los com o Rasengan!

Eu e Sakura nos olhamos.

- Isso não vai machuca-los demais? - perguntei.

- Mais do que eles já estão se machucando? - o garoto sorriu - Sakura-chan os cura depois!

- Então tá! - concordei.

Olhei novamente a luta e mostrei a posição dos meninos para Naruto, ele posicionou os bushis para ataca-los do alto. Os meninos estavam tão distraídos em suas raivas quem nem iriam ver.

Olhei os bushis de Naruto subindo no prédio do ichiraku e formando a bola azul de puro chacka chamada Rasengan e então eles pularam. Sakura e Naruto não viam nada depois que os bushis entraram na fumaça, mas eu vi, e os Rasengan foram acertados em cheios nós dois shinobis os fazendo cair completamente sem forças pelo golpe.

- Por Kami - dei um pulo quando os dois foram ao chão.

- E então? - Naruto perguntou. A rosada olhava esperando minha resposta.

A fumaça já começava a dissipar por conta do estilo vento do Rasengan, mas eu respondi ainda sim.

- Acertou em cheio, os dois foram ao chão!

Olhamos para frente e finalmente a fumaça havia dissipado e aqueles dois estavam no chão. Gaara segurando na cabeça e Sasuke apertando o tórax ambos gemendo em dor.

- É parece que a treta foi tensa né - Naruto deu uma risada e eu e Sakura o olhamos indignadas pela cara de pau daquele loirinho - Que foi? Olha esses dois e sente o drama! - deu mais risadas.

Tinha que ser o Naruto!

******************

Pov Sasuke

Meu peito doía onde o bushin de Naruto me acertou com o Rasengan, meus sentidos estavam voltando ao normal agora mas o cansaço era algo presente por conta da correria. Ainda assim não era algo que poderia me impedir de continuar!

- Sasuke! - ouvi a voz de Sakura gritar e logo a menina estava ao meu lado com suas mãos cobertas de chacka - me diz onde dói!

- Estou bem Sakura, não foi nada - meu corpo já curava e as dores desapareciam, os jutsus de cura de Sakura sempre foram os melhores.

Me sentei para ver onde estava Gaara e encontrei o mesmo sentado e com Hinata perto dele olhando seus machucados, como assim? Eu sou a dupla dela.

A menina se virou olhando em minha direção acenou para que Naruto ficasse com Gaara, rapidamente ficou em pé e veio em minha direção. Meu peito se aqueceu, não acredito que estava sentindo isso só por que a Hyuuga resolveu me dar atenção!

- Sasuke-kun! Você está bem - se abaixou ao meu lado, uma expressão preocupada.

- Hum.... Estou ótimo - disse indiferente. Não queria olhar para ela, não acredito que ela estava andando com aquele ruivo que não tem sanidade mental.

- Sakura-chan você poderia dar uma olhada em Gaara? - perguntou para a rosada - eu dei uma olhada nele mas não sou tão boa quanto você.

- Oh sim, acredito que já terminei com Sasuke - a rosada me deu uma última olhada e foi até o ruivo.

Olhei em volta da rua não querendo encarar a Hinata, pude perceber que algumas pessoas começavam a surgir no local e cochichar. Bem, que falem! eu já sou chamado de Nukenin mesmo.

Mas oque me deixava estressado agora era o fato de eu ter entrado numa luta pela qual nem eu mesmo entedia o motivo.

- Sasuke-kun? - aquela voz suave, aquela maldita voz que fazia meu corpo agir por vontade própria.

Não aguentei, meu rosto se voltou para sua direção. Como sempre ela estava com uma expressão suave no rosto como se eu não tivesse acabado de tentar quebrar a cara de um kazekage.

- Vejo que está inteiro, não queria que tivesse se machucado - se inclinou tirando meu cabelo dos olhos, Ah Hinata! - por que fez isso? Foi tão imprudente!

- Não sei também - disse desconfortável, não sabia como responder meu cérebro havia parado assim que tinha a visto de mãos dadas com outro.

- Não sabe? Sasuke-kun você entrou numa luta com o kazekage de Suuna! - colocou as duas mãos no meu rosto em forma de concha - você pode ir preso ou pior e com quem eu ficaria - disse frustrada.

Com quem ela ficaria? Como assim? Peguei em uma das suas mãos em meu rosto quando seus olhos se abriram em par ao perceber as palavras que tinha dito.

- Como assim Hime, oque quer dizer?

- N-nada, eu quis dizer que você deixaria de ser minha dupla!

- Será mesmo que foi só isso?

- Claro que sim - mexeu a cabeça envergonhada fazendo seus cabelos caírem no rosto.

Sorri frustrado, droga, merda, que raiva de todo esse sentimento embaralhado!

- Hime por que estava de mãos dadas com ele? - minha mente não conseguiu não deixar de perguntar, aquela cena ficava queimando na minha mente.

- Por que você está tão incomodado com isso?

Ela me pegou desprevenido com essa pergunta. Por que estava preocupado afinal, não havia motivos para isso.

- Eu não sei - fui sincero.

- Você parece andar sem muitas respostas não é? - murmurou inconformada.

- Eu sempre andei sem respostas, esse sempre foi meu carma e o que mais me deixa sem rumo e consequentemente sozinho - desabafei frustrado.

Uma mão pequena tocou na minha e olhei a menina na minha frente que tinha os olhos mais encantadores na minha humilde opinião.

- Não está sozinho, você tem a mim - disse decidida. Mas eu não podia confiar, não até um certo kazekage ir embora.

- Parece que alguém quer tirá-la​ de mim sabia - informei olhando para Gaara que olhava curioso para nós dois.

- Gaara não vai me tirar de você Sasuke-kun - a menina disse puxando meu rosto para sua direção - somos amigos Sasuke-kun e eu sempre vou estar contigo.

- Amigos? - testei a palavra.

- Sim - a Hyuuga afirmou novamente.

Mas aquela palavra não era suficiente, eu tentava essa palavra comigo e Hinata mas ela parecia insuficiente para oque eu sentia em relação a Hyuuga. Minha colega. Minha dupla.

Minha, parecia ser a palavra certa.

****************

Oque eu estava fazendo no hospital de Konoha depois da Sakura ja ter me curado era um mistério, a única coisa que lembro era do irmão do kazekage aparecendo e surtando e Sakura no meu ouvido dizendo que tinha que fazer um checap para ver se tudo estava no lugar. Porra, eu sinto que tudo está no lugar isso não é suficiente!

Agora aqui estava eu num dos quartos sentado na cama de frente para Gaara que se encontrava sentado em outra cama, um olhando para o outro de forma feia. Acho que se Kankuro e Naruto não estivessem junto conosco já teríamos nos atracado de novo.

- Bem onde estão os​ encrenqueiros? - ouvi uma voz que sinceramente eu tentava evitar a todo custo. Tsunade.

- Eles estão bem aqui Tsunade-sama​ - Sakura acompanhava sua mestra e Hinata atrás das duas.

A loira entrou olhando feio segurando a prancheta. Se virou para mim, bem merda eu seria o primeiro.

- Hum, nem sei oque falar para você Sasuke! Como pretende que as pessoas o aceitem de novo se vive se metendo em briga? - a sennin me olhou frustrada.

- Pouco me importo com oque pensam de mim - dei de ombros.

- Sei - a mulher revirou os olhos - e você Gaara? O kazekage se atracando daquela forma no meio da rua! Esperava mais viu - balançou a cabeça desaprovadora.

- Sinto muito Tsunade-sama, eu não sei oque me deu para agir dessa forma - o kazekage explicou envergonhado.

- Realmente espero que não volte a acontecer. Para os dois isso.

Olhei para o kazekage surpreso, realmente só Tsunade para dar sermão em um kage e sair superior.

- Bem vocês estão ótimos, não foi nada demais - disse olhando a prancheta - quer dizer que já vou voltar aos meus outros pacientes depois de nossa conversa, Ah e Hinata seu primo está aqui acompanhando Tenten, sabe disso?

Olhei a Hyuuga curioso para com sua reação, por Kami oque era essa dependência?

- Neji? Bem não sabia, ele está bem? - sua expressão era de preocupação.

- Ele está ótimo, o problema era Tenten mas ela também se encontra bem agora - a loira olhou de novo a prancheta - a essa hora ele já deve saber que está por aqui.

- Oh posso ir ver Tenten-chan? - a perolada perguntou.

- Claro, segundo andar, sala 2 - a loira indicou.

- Irei depois de você Hinata - a rosada disse e a morena acenou.

O ruivo a minha frente olhava tudo curioso e levantou da cama.

- Vou com você Hina-chan - pediu já querendo ir até a morena mas foi impedido por Kankuro.

- Não mesmo Gaara, vai ficar e escutar Tsunade-sama! - Gaara fez uma expressão de dor.

Soltei​ uma risada mas por dentro eu sabia que também tava ferrado e teria de escutar junto.

- Do que tá rindo teme você também vai escutar - Naruto riu feliz.

- Calado Dobe - disse vendo Hinata sair pela porta, suspirei triste. Nem ter o prazer de ficar olhando para ela durante o sermão eu teria.

**************

Pov Neji

Olhei Tenten deitada na cama em um sono tranquilo​ e sorri fechado, ela estava tão bonita. Seus cabelos estavam soltos e espalhados pelo travesseiro em uma cascata marron.

Pensei que Hinata era a garota mais bonita que já tinha visto mas aquela visão me fazia questionar tudo.

Talvez eu preferisse morenas de cabelos chocolate ao invés de azul, talvez eu preferisse olhos castanhos ao invés dos típicos perolados que para mim eram comuns, talvez eu preferisse acariciar uma pele tom de oliva no lugar de pálidas. Toquei o rosto de Tenten e olhei sua boca cheia e grande, com certeza eu preferia aquele contorno de lábios.

- Ah hospital me da sono viu - fechei os olhos buscando paciência ao escutar a voz mais irritante do mundo.

- Me diz oque você ainda faz aqui Seigetsu? - olhei aquele Nukenin - pensei que tivesse ido embora!

- Lógico que não cara - riu debochado - só fui irritar um pouco Karin e já estou de volta sabe - olhou para Tenten - hum, essa baixinha ainda não acordou - se aproximou pegando em uma das suas mãos.

Que audácia!

- Não! - falei e dei um tapa em sua mão - e tire essas patas de cima dela - eu o odiava com força.

- Acho que você é a pessoa mais irritante da face da terra - olhei irritado - vai embora Tenten não precisa que fique aqui.

- Será mesmo que ela não precisa? Eu penso o contrário - sorriu folgado.

- Ninguém liga para como você pensa... - eu ia começar uma discussão mas Shizune-san​ apareceu.

- Aish mas será que um paciente não pode ter paz nesse lugar - olhou feio para nós dois - hum, andem se afastem - balançou a mão nos afastando e observou Tenten.

- A culpa é dele - Seigetsu me apontou e eu quis pular no pescoço do infeliz.

- Ela está bem e ainda hoje poderá ir embora - marcou na prancheta - Tsunade-sama já a medicou e quando acordar poderá ir embora - olhou Tenten e sorriu satisfeita com o fim do soro, tirou do braço da garota e foi caminhando para a porta.

Voltei meu olhar para Tenten satisfeito por sua melhora.

- Ah Neji! - Shisune me chamou da porta.

- Sim, Shizune-san?

- Sua prima está aqui no hospital, Tsunade-sama​ mandou avisar - olhei assustado. Algo havia acontecido com minha minha prima, não, com certeza era com Hiash-sama​ ele vinha sentido muita dores no peito.

- Onde ela está? - perguntei sério.

- Na primeira ala... Neji?

Por kami, olhei Tenten e vi seu rosto corado, iria rápido até minha família e voltaria para ela. Passei pela porta numa bala e fui a caminho da primeira ala.

- Oee Neji? Espere ... - escutei Shizune-san chamar mas não dei ouvidos.

Sai pelo corredor do quarto de Tenten com presa, apesar de tantos problemas que eu tinha antes com Hiash-sama agora eu o via como um pai. Eu disse a ele para procurar saber oque era aquilo mas a pessoa era tão teimosa e não me deu ouvidos, droga!

Então eu vi minha prima no final do corredor, fui correndo até ela querendo saber notícias.

- Hinata-sama! - chamei. Ela correu até mim com uma expressão preocupada, sabia era ele!

- Neji! Te encontrei, que bom - parou na minha frente e eu a abracei. Ela precisaria daquele abraço e fui retribuído.

- Tudo bem, vai ficar bem - ela disse no meu ouvido.

- Estava preocupado demais - desabafei.

Ela e Hanabi não tinham que passar por aquilo sozinhas, eu estava ali para ajudar.

- Seigetsu, você pode me tirar daqui - ouvi a voz de Tenten, me soltei de Hinata assustado e olhei minha amiga na porta do quarto. Não, não, Tenten!

- Tenten, espera - me soltei de Hinata e fui na direção da porta mas aquele maldito pegou a menina no colo e saiu correndo como um maluco, pulando pela janela do hospital.

- Tenten-chan! - minha prima gritou.

Droga, agora eu não sabia se ia atrás de menina por quem provavelmente estou apaixonado ou se ficava e ajudava minha prima. Passei a mão pelo cabelo e olhei Hinata.

- Oque eu faço? - perguntei - eu... eu não posso ir atrás dela agora.

- Por que não? - minha prima fraziu a testa confusa.

- Hiash-sama está doente e agora ela está pensando coisas - falei desesperado com oque fazer.

- Meu pai tá doente? - a menina abriu os olhos em par e eu estranhei essa reação.

- E por isso que está aqui né?

- Neji, eu estou aqui por causa de Sasuke e Gaara - minha prima falou.

- Nani? - soltei confuso.

- Neji - minha prima suspirou - precisamos conversar, e sério!

*************

Pov ******

Olhei aquele pequena cena de briga, minha mente pensando em como os shinobis são seres realmente patéticos.

Infelizmente alguns deles carregam o fruto do chacka algo que eles realmente não merecem, como sempre pensamos. Eu estava analisando a vida das pessoas em Konoha, a única vila que carregava o poder ocular do Byakugan.

Eu havia mandado alguns dos meus subordinados atrás delas e assim observar a vida daquelas crianças mas agora eu tinha que ver por mim mesmo e no meu passeio senti um chacka muito forte. Os shinobis de Konoha são deselegantes mais fortes, isso era ruim, mas nada que eu não poderia lidar.

Observei uma pessoa que carregava o Rinnegan e Sharingan curioso ele estava a frente de um oponente forte mas não forte o suficiente para ele. Olhei de cima de um prédio sentindo um chacka sinistro dentro da construção que tinha uma placa escrito ichiraku, parecia de um ser antigo. Mas oque realmente me deixou empolgado foi a pessoa que saiu de lá.

Era ela. Minha Hime.

Minha Byakugan Hime.

Hinata Hyuuga.

*****************


Notas Finais


Foi isso pessoas!
Se vocês perceberam o Sasuke pode ter machucado os sentimentos de Naruto no capítulo anterior e posso deixar aqui vai ter conversa entre os dois .....

E tem mais tretinhas soltas pelo cap e tals..... Kkkkk
Bem até próxima att e digam oque acharam nos comentários!


Bjs da Nanami-chan 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...