História Not Broken Yet - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Clint Barton, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Natasha Romanoff, Pietro Maximoff (Mercúrio), Visão
Tags Clietro
Exibições 17
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Policial, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá gente! Desculpe a demora para postar, eu estava de mudança aí eu fiquei sem internet e sem pc.
Espero que gostem.
Boa leitura.

Capítulo 3 - Segredos?!


     P.O.V Pietro

Eu mal dormi durante a noite, não conheço ninguém por aqui, não sabia quem iria vir me avaliar pela manhã e aquele doutor parecia bastante perturbado com a minha pergunta, mas duvido muito que ele venha me ver. Tentei dormir até amanhecer e só quando uma mulher ruiva apareceu percebi que já havia amanhecido.

- Bom dia Pietro, me chamo Natasha Romanoff.

- Bom dia. Não seria aquele doutor?

-Sim, ele teve um pequeno imprevisto. Bem só passei para ver se estava bem.

Quando ela saiu não demorou muito para que eu apagasse. Logo acordei no susto com o Dr. Clint entrando.

- Desculpe lhe acordar. - Disse quase saindo do quarto.

- Espera. - Ele pós a cabeça de volta no quarto. - Pode entrar só estava cochilando.

- Primeiramente bom dia. - Falou sentando-se na cadeira. - Posso fazer algumas perguntas?

- Bom dia, já fazendo pode sim.

- O que te fez fugir quando seu pai morreu?

-...- Não disse nada.

- Assim não me ajuda e nem te ajuda Pietro.

- Bem quando o meu verdadeiro pai morreu eu não consegui aguenta e nem acreditar que ele havia partido, acabei indo embora ou como a Wanda diz "fugi" para não ter que aguentar o enterro ou tudo que era dele.

- Compreendo muito bem, mas como assim seu verdadeiro pai?

- Eu e a Wanda somos adotados e do nada um cara apareceu alegando ser nosso pai, Wanda diz que é verdade que nossa mãe confirmou. A verdade é que ela traia ele.

- Como sabe disso?

- Antes de morrer ele me falou.

- Entendo. Como é seu relacionamento com sua irma e sua mãe?

- Não falo mais com a minha mãe e com a Wanda esta melhorando.

- Quer sair do quarto? Temos área de lazer.

- Não, obrigada.

- Então já estou indo. - Ele se levantou indo embora.

- Espera, antes de ir queria te perguntar uma coisa. - Ele assentiu e sentou-se novamente. - Não sei o que aconteceu, mas o que houve com seus filhos?

- B-bem houve um acidente e-e eles faleceram.

- Oh sinto muito.

- Por que quis saber sobre isso?

- Bem... Nada não. - Ele olhou para o nada e saiu do meu quarto. 

Finalmente levantei da cama e fui tomar um banho e fazer minha higiene matinal, quando voltei para o quarto Wanda estava sentada na minha cama.

- Assim nem café da manhã vou tomar hoje. - Falei ironicamente sentando na cadeira.

- Só queria saber como passou a noite.

- Péssimo, não vejo necessidade de estar aqui. 

- Quando parar com seus problemas com droga e álcool não precisara ficar aqui.

- Eu já estou bem.

- Vou fingir que acredito nisso. - Ela levantou deu um beijo em minha testa e saiu.  

P.O.V Wanda

Assim que sai do quarto do Pietro fui falar com o Clint que estava com Nat na sua sala, e assim que entrei na sala, ele estava na sua cadeira tomando café.

- Que bom que veio Wanda precisamos conversar sobre o Pietro.

- Por isso mesmo estou aqui. - Ele apontou uma cadeira para mim sentar e assim fiz.

- Pietro tem um ódio grande da sua mãe pela traição com seu pai. Esse "pai" que apareceu só a fez odiar ainda mais, ele anda entrando num estado de depressão que nem mesmo ele percebe e parece que nem você esta muito longe dessa raiva toda.

- Por que? Eu fui a que mais ajudei ele. 

- Não poderia lhe dizer agora sem saber o certo.

- Você contou algo para ele?

- Não, quem fara isso sera você mesma.

- Irei resolver isso, até mais tarde. - Levantei e fui embora.

Fui para casa me arrumar para encontrar o Visão, embora já esteja atrasada. Chegando em casa tomei um banho, coloquei uma roupa simples e sai. Não demorou muito para chegar na lanchonete e avistar ele no canto.

- Demorou.

- Estava na clinica.

- O que ele falou?

- Que preciso contar a ele, só não sei como fazer isso.

- Sabe que ele vai correr muitos riscos e vai acabar que ele vai embora de novo.

- Também estou com medo disse. Papai morreu tem dois anos e ele só "apareceu" por causa do seu emprego. 

- Não vamos falar disso agora, só tome algo. 

- Vamos ter segredos com ele? E se ele nos odiar?

- Isso não vai acontecer.
 


Notas Finais


https://www.youtube.com/watch?v=vz4t1VoKdo4 Juliet Simms ft Andy Biersack - Not Broken Yet
A Musica que me inspirou para essa fanfic, não tem muito haver, mas ninguém entende minha cabeça então Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...