História Not Everything Comes Easy - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Gay, Jihope, Romance, Taegi, Vsuga
Visualizações 16
Palavras 1.684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


# Desculpa qualquer erro ^^

Boa leitura!

Capítulo 3 - Past


  Hoseok piscou algumas vezes, até ter certeza que aquele em sua frente era seu namorado - ou melhor, seu ex namorado. Jimin parecia nervoso, mas ao mesmo tempo preocupado. Seu olhar passava por todo corpo do mais velho, a procura de algum ferimento.

Tinha descoberto a pouco tempo que Hoseok havia sofrido um acidente. Correu o mais rápido possível até a casa do "namorado", porém não sabia o que falar. Parecia que a culpa era sua. Ou talvez fosse? Ele que não conseguiu explicar direito a situação naquele dia, então ele meio que tinha uma parcela de culpa nisso tudo.

Jung olhava Jimin confuso. Não era para ele estar ali, ou era? Não havia avisado nada a Jimin, porém o olhar preocupado dizia que ele sabia do acidente e do seu "pequeno" problema nas pernas.

- Você está bem? - Perguntou por fim mexendo os pés para um lado e para o outro.

- Sim! Porque esta aqui, Jimin?

- Fiquei sabendo de seu acidente. Porque não me avisou? Não é so porque tínhamos brigado, que você não poderia pega a porra do celular e me avisa algo tão sério. Sabia que eu estava...

Jimin parou de repente e virou para trás ao ouvir uma voz grossa. Um homem segurando uma caneca, aparece com um sorriso no rosto e negou com a cabeça.

- Se não fazer barulho, vai deixa meu paciente incomodado. - Piscou o rapaz se sentando na ponta do sofá.

- Quem é? - inquiriu Jimin olhando de Hoseok para o homem.

- É o Yogyeom, meu fisioterapeuta. - Explicou ele sorrindo fraco. - Eh...

- Sei, entendi. Estou atrapalhando não é? - o olhar de Jimin demonstrava toda a tristeza que sentia naquele momento. - Posso vim amanhã? Sabe, para conversarmos melhor...

- Claro. Ate amanhã então.

- Então Tchau. - Hoseok acenou observando o garoto de cabelos Rosas sair.

- Muito lindo ele. - comentou Yogyeom se aproximando do Moreno. - Devo me preocupar?

- Oi?

- Quero dizer, tem alguma chance dele atrapalhar nosso relacionamento?

- Pera ai, que relacionamento menino? Não sabia que nós dois tínhamos um. - Riu Hoseok fazendo o fisioterapeuta chega mais perto de si. - Oh meu Deus!

- Podemos comeca um agora, que tal? - provocou ele aproximando seus rostos. - Adoraria te beijar.

- Pera la, vamos com calma. Primeiro se afaste. - Jung empurrou de leve o outro e respirou fundo. - Sua mão está quentinha. - comentou pegando as mãos alheias.

- Aaa! Não mude de assunto. - Yugyeom puxou suas mãos irritado. - Vamos começa o tratamento. Depois falamos sobre nós.

Sobre nós? - inquiriu Hoseok em pensamento. O cara até podia ser lindo, mas ele ainda gostava de Jimin.

{...}

Yoongi olhava pro teto de seu novo quarto, estava entediado, porém preocupado. Volta ao hospital foi horrível. Ouvir o que já sabia, ter que lidar com olhar frio de Taehyung, a voz preocupada do médico, tudo aquilo era um saco.

Se sentou rapidamente, lembrando das cenas de mais cedo.

Seus olhos abriram lentamente, olhava ao seu redor tentando entender o que tinha acontecido. Ja tinha estado naquela situação antes, porém naquele momentos não conseguia se lembra de muita coisa.

Virou a cabeça para o lado encontrando um homem de cabelos brancos segurando alguns papéis em mãos, que falava com um mulher mais jovem e bonita.

- Com licença? - chamou com a voz meio fraca chamando a atenção dos dois presentes.

- Ah, que alegria. Senhor Yoonsuk, está tudo bem? Esta sentindo alguma dor? - o homem lhe perguntava preocupada enquanto a mulher lhe ajudava a se sentar melhor.

- Ah sim, está tudo bem. - respondeu, lembrando de tudo que tinha acontecido. - São que horas?

- Eh... São 4 da tarde. - Respondeu a mulher com um sorriso gentil nos lábios rosados.

- Oh, tão tarde? Passei muito tempo aqui. Praticamente morri. - arregalou os olhos fazendo o doutor rir e continuar.

- O senhor está bem, nenhum arranhão, nada. Mas tem algo...

- Eu sei, eu sei. - cortou Yoongi virando o olhar para a parede. Parecia que a larede branca era mais interessantes que o médico a sua frente.

A enfermeira saiu do quarto, e deixou os dois sozinhos. Sentiu que era um assunto sério, e não queria incomodar com sua presença.

- Faz tempo que o senhor tem leucemia? - Perguntou o médico.

- Sim, mais ou menos um ano. Eu me cuido. Faz um tempo que não tive uma recaída. - Explicou suspirando. - Esqueci de toma os remédios. Mas esse esses dois dias eu tive uns problemas sabe doutor. Ai foi isso ai...

- Foi isso o que menino? - o medico riu balançando a cabeça. - Você se cuidando é o importante.

- Pode deixa.

- E precisa ir mais vezes ao médico para saber se esta realmente tudo bem.

- Ok

- Além disso, tente se alimentar melhor. - olhou severo para Yoongi que sorriu sem jeito.

- Obrigado mesmo, mas não Conte para ninguém. Isso é so entre mim e o senhor. - Min comentou mexendo seus dedos.

- Não acho o certo a se fazer. Mas vou respeitar sua decisão. - O homem sorriu e saiu do quarto.

Yoongi se levantou da cama, andando lentamente até a porta. Tinha dito que não sairia do quarto pelo menos, naquele dia, mas estava tão entediado que era capaz dele morrer ali mesmo.

O chão gelado lhe causava arrepios pelo corpo, no entanto não queria volta para pegar um chinelo. Nem a pau voltaria.

Ninguém se encontrava na sala, deixando Yoongi desapontado. As pessoas daquela casa gostavam de manter distância de si. Não era algo muito legal, o moreno se sentia meio solitário ali.

Suspirou continuando a andar pela casa, era bem melhor que ficar em 'seu quarto' sem fazer nada.

Ouviu um barulho vindo do quintal e apressou os passos. Encontrou alguns dos empregados comendo e sorrindo. Sua vontade ate de ir até lá, porém tinha um pressentimento que se fosse estragaria tudo.

Deus uns passos para trás, e acabou batendo em algo, ou melhor em alguém. Virou um pouco seu rosto dando de cara o olhar sério de Taehyung.

O loiro o olhou de cima a baixo, deu de ombros e saiu andando até a mesa onde a encontrava os empregados.

Yoongi revirou os olhos. Com um marido desses, ele preferia ficar solteiro mesmo. Seria bem melhor. Não era atoa que seu pai sempre lhe dizia: "Casar é bom, mas morrer queimado é bem melhor".

Na época não entendia muito bem o que ele queria dizer; até porque era apenas uma criança boba de sete anos. Mas com o tempo percebeu o quão difícil um casamento pode ser.

Perdeu até as contas de quantas vezes seus pais brigavam, de quantas vezes seu pai era expulso de casa, de quantas vezes ja viu ele chora por causa de sua mãe, de quantas vezes ele lhe explicava que aquilo era apenas uma briguinha de nada e que com o tempo tudo iria ficar melhor.

E quem disse que ficou? Sua mãe acabou traindo seu pai e o deixou pra morar com alguém mais novo e que lhe dava "amor e carinho".

Não a culpava. Nunca a culpou por isso. Porém, ver seu pai despedaçado daquele jeito, lhe fez refletir, e pensa melhor nas coisas a sua volta.

Sua mãe amou sim seu pai, Yoongi sabia disso. Porém ele também sabia que o relacionamento dos dois não estava dando certo. E que uma hora iria chegar ao fim.

Não mentiria que chorou bastante com o que sua mãe fez, porque ele chorou muito. Mas foi a escolha dela, ela que quis aquilo para sim.

Com o tempo, se acostumou a viver sozinho com seu pai. Ele sempre lhe ensinava coisas novas, e sempre tentava ao máximo está presentes em sua vida.

Visitava sua mãe todos os finais de semanas, brincava com seus meios irmãos e até que se divertia. Seu padrasto não gostava muito - podia ver claramente nos olhos dele -, mas mesmo assim todos os sábados e domingos ele estava lá.

Com o tempo ele parou de ir. Descobriu que sua mãe tinha sofrido um acidente com seu padrasto e acabou morrendo. A notícia em primeiro momento o fez pensa "Agora mamãe está no céu. Esta segura!". Que ridículo.

Quando a ficha caiu, e ele soube que nunca mais viria a mulher que lhe pôs no mundo, desabou a chorar. Não sábia por quanto tempo chorou. So sabia que a partir daquele momento ele teria que se acostumar mais uma vez sem ter sua mãe ao seu lado, porém dessa vez seria para sempre.

Quando se formou, Yoongi pode jurar que nunca tinha visto seu pai sorrir tanto como ele sorria para si. E Yoongi se sentiu orgulhoso por retribuir tudo que seu pai tinha lhe dado, apenas em um dia.

O Moreno sorriu ao lembrar das coisas de seu passado. Se sentia muito mal por não contar sobre sua doença pro seu pai. No entanto, não poderia ver novamente a tristeza nos olhos dele.

- Oh Deus! - murmurou olhando mais uma vez para a mesa e acabou trocando olhares com Taehyung.

O loiro o olhava sem emoção; fazendo Min arquear as sobrancelhas. Talvez Tae quisesse saber do porque Yoongi esta parado ali feito uma estátua, ou talvez quisesse o chamar para participar. Yoongi não fazia ideia, porém o olhar de Taehyung o fazia se sentia estranho.

Min foi o primeiro a desvia o olhar, suspirou e voltou para seu quarto. Seu coração bati forte e rápido. Ele sentiu suas bochechas esquentarem e se perguntou se não estava com febre. Aquilo não era nada normal.

Se jogou na cama e como antes olhava pro teto. Lembrou de Hoseok e se perguntou se ele estava bem. Não sentia vontade de ligar para o amigo, não queria ter que contar o que tinha feito ou o que fazia.

  Virou de lado, se ajeitou melhor na cama e fechou os olhos. Dormiria um pouco, e depois pensaria no quer fazer.


Notas Finais


Contei um pouco sobre o passado de Yoongi e tal.
Yugyeom apareceu! Eba!
Esse Cap eu fiz correndo, então desculpe se tiver algum erro.
Espero que tenham gostado e até a próxima ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...