História Not everything is impossible - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bts, Cio, Jikook, Jimin, Jungkook, Lemon, Namjin, Taeyoonseok, Yaoi
Exibições 1.030
Palavras 1.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


(/'-')/ Capítulo \('-'\)

Capítulo 10 - Dez


    Jungkook On.

 

   Acordo com o despertador tocando, me levanto e tecnicamente me arrasto para fora do quarto, indo pro banheiro. Assim que entrei dentro do box, sentindo a água gelada, me lembrei dos problemas. Droga, teria que encarar Jimin hoje, mas isso não é o pior, o pior é que ele tá bravo comigo.

 

   Não sei quanto tempo fiquei debaixo do chuveiro, mas só lembrei de sair quando minha omma gritou lá de baixo que se eu não saísse ela iria vir aqui e enfiar uma colher no meu cu.

 

   "Deus, o que eu fiz pro senhor? Eu só queria uma família normal!"

 

  Saio do banheiro com a toalha na cintura, sigo pro meu quarto para me trocar. Pego uma blusa branca larga, uma touca vermelha junto a uma calça de couro colada e um coturno.

 

     - Bom dia filhote! - Minha omma fala quando chego na cozinha.

 

     - Dia... - me olha.

 

     - Tá tudo bem?

 

     - Mais ou menos... - abaixo a cabeça e ela vem em minha direção.

 

     - Jungkook... o que você aprontou agora?

 

     - Omma... - chamo baixinho. - Se eu... assim... por acaso, tiver passado o cio de um ômega e ter marcado ele, o que a-

 

     - TU MARCO O JIMIN?! - grita e meu appa aparece na porta com cara de "Que aconteceu?"

 

     - Como sabe?

 

     - Chutei - da de ombros, logo abrindo um sorriso largo. - Jimin é mesmo meu genro!

 

     - Sim, ele é... - rio soprado. - Bem, mais ou menos...

 

     - O que tu fez... ? - rosna. As vezes (sempre) ela me da medo.

 

     - E-Eu acabei me exaltando quando ele me disse que eu havia o marcado e... meio q-que... usei minha voz de alfa com ele - abaixo a cabeça.

 

     - Jungkook... - suspira. Lá vem merda. - EU VOU ENFIAR UM VIBRADOR NO TEU CU, BOTAR ELE NO MÁXIMO E SÓ TIRAR QUANDO VOCÊ TIVER GOZADO PELA VIGÉSIMA QUINTA VEZ!

 

     - Calma amor... - Obrigado appa. - Se acalme, se Jungkook o marcou ele está sentindo a dor de Jimin, isso já é ruim o suficiente.

 

     - Desculpa bebê... - diz ela apertando minhas bochechas.-  Olha, a pior coisa que você fez foi ter gritado com ele, não o marcado. Poxa, ele é um ômega que acabou de sair do primeiro cio, nessas horas, ele só precisa que o alfa que passou o cio com ele, lhe dê carinho.

 

     - Eu fui um idiota... - sussurro. - E-Eu vou pra escola, até mais!

 

 
             Eles dizem um boa aula. Pego uma maçã e sigo pra fora de casa.

 

                                                                     -X-

 

   Assim que chego na escola, vejo Taehyung escorado no portão junto a Yoongi e Hoseok (?) e ele não estava com uma cara muito boa. Assim que me vê, vem como uma bala em minha direção.

 

     - JUNGKOOK! EU VOU ENFIAR UM VIBRADOR NO SEU CU E-

 

     - Só tirar quando eu tiver gozado pela vigésima quinta vez, eu sei, eu sei. Vem cá, andou roubando as frases da minha omma?

 

     - Aish idiota. Cala a boca e não atrapalha meu momento de raiva. - respira fundo tentando fazer cara de alfa com raiva.

 

     - Taehyung, você tá bem? - pergunta Hoseok olhando pra Tae com cara de assustado.

 

     - Ele tá tentando imitar um alfa -digo.

 

     - Ah, você quer ficar com cara de bunda igual ao Yoongi? - pergunta e eu e Tae caímos na gargalhada. Bem, só nós mesmo já que Yoongi fecho ainda mais a cara, se possível.

 

     - Só vou passar o cio do Taehyung, você que se vire com sua mão. - Que?

 

    - Amor! - "Amor"? - É brincadeira! Você sabe que eu amo quando você faz essa cara, fica sexy... - Pera, como assim?

 

    - Pera, que história é essa de "amor" ? - pergunto.

 

     - O Hobi e o Suga foram lá em casa pra fazer o trabalho, aí a gente transo e começamos a namorar. - Tae diz.

 

    - M-Mas... dois alfas e um beta?!

 

     - Sim - diz o pálido dando de ombros. Okay né...

 

     - Continuando, Jungkook, quando eu apostei com você, era só pra você ficar com o Jimin, e não o marcar!

 

     - Olha Taehyung, eu sei que errei, ele tentou me impedir mas eu não dei ouvidos e... acabei gritando com ele é agora ele tá bravo comigo.

 

     - Ah, então é por isso que ele tá beijando o Jaebum lá no pátio. - Hoseok diz.

 

     - É... pera, O QUE?!

 

   Nem espero resposta e já saio correndo pro pátio. Seja lá quem for esse alfa desgraçado que tá beijando meu ômega, eu vou matar ele.

 

   Chego no pátio e vejo todo mundo olhando surpreso para um canto específico. Sigo o olhar de todos, sentindo meu sangue ferver com a cena.

 

     - Jimin! - rosno e o mesmo pra de beijar o tal do Jaebum, me olhando assustado.

 

     - Ah, olá Jungkook! - diz o alfa e eu rosno pra ele. - Por que tanta raiva?

 

     - É por você estar beijando meu ômega!

 

     - Bem, você realmente tem sorte... já viu a bunda dele? - Ah não! Agora ele morre.

 

   Vou pra cima dele acertando um soco em seu maxilar, fazendo-o cair no chão surpreso. Subo em cima dele desferindo vários socos em seu rosto.

 

     - Jungkook! Para, vai matar ele! - Jimin me chama com a voz embargada, me despertando.

 

   Saio de cima do corpo (agora) desacordado, puxando Jimin pelo pulso pra uma das salas vazias.

 

     - Por que tava beijando ele? Esqueceu que agora tem um alfa?!

 

     - Um alfa que não me ama! Um alfa que só usou meu corpo durante o cio! Que me marcou sem nem ter um sentimento sequer por mim! - grita em meio às lágrimas.

 

     - Droga Jimin! Eu te amo porra! - me olha perplexo. - Quando você entrou no cio, Lee não queria que eu te ajudasse com medo de eu lhe marcar. Então ele perguntou se eu gostava de você, se eu gostasse, ele não se importaria em deixar e... lá foi quando eu descobri que eu estava apaixonado por você. E, hoje de manhã, fui descobrir que eu realmente te amo...

 

   Assim que termino de falar, ele pula em meu pescoço, me abraçando.

 

     - Também te amo seu safado! - ri.

 

     - Por você, viro até um estuprador. - me bate e eu rio mais ainda.

 

     - Tá, você disse que me ama e talz, mas você quase matou o JB.

 

     - Pera, que intimidade é essa Park Jimin? "JB"?

 

     - Jungkook, calma, o Jaebum é meu amigo, pedi pra ele me beijar só pra lhe fazer ciúmes... - abaixa a cabeça. - Ele já tem um ômega, o Youngjae...

 

     - Puta merda Jimin! Eu quase matei o cara! - passo a mão no cabelo.

 

   O sinal bate anunciando o início das aulas.

 

     - Vamos? - chamo. - Depois me desculpo com ele.

 

      - Vamos. - pego em sua mão e ele me olha sorrindo.

 

     Finalmente essa felicidade em meu peito.

 

         Continua (?).


Notas Finais


Tá ai! Espero que tenham gostado!
EU SHIPPO O JB COM O YOUNGJAE!
Desculpa os erros e desculpa se está muito pequeno ;-;
Faslou '3'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...