História Not Everything is Perfect - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Sulay, Taoris, Xiuchen
Exibições 343
Palavras 2.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIII PESSOAS :3

Boa leitura e relevem os erros!

Vejo vocês lá embaixo <3

Capítulo 6 - Perdão


Acordei com pequenos fleches de luz entrando no quarto. Não sabia ao certo que horas eram, mas não queria levantar. Meus olhos ainda estão pesados e meu corpo molenga.

Mas sou obrigado a levantar ao ouvir pequenas batida e um "posso entrar?"

-Pode - falei.


Vi que era ChanYeol, ele estava carregando uma bandeja cheia de comida. Minha barriga roncou forte com a imagem. Eu só havia comido um salgadinho durante a viajem e isso não é comida- palavras da minha mãe- e nada mais.

- Bom dia - ouvir ChanYeol dizer.

- Bom dia - respondi bocejando. Não sabia de onde vinha tanto sono.

- Ainda com sono? - ChanYeol falou e eu assenti rindo - não sei como você consegue dormir tanto e ainda acordar com sono.

- É uma dádiva dos ninjas! - respondi e ele riu.

Era bom conversar com ChanYeol, eu me sentia confortável pra falar tudo! Olha que eu conheço ele a 24 horas.


- Okay, senhor ninja, vamos comer! Você dormiu sem comer e a noite foi... Tensa - eu senti a hesitação dele ao falar do acontecimento de ontem a noite.

- Tá tudo bem, ChanYeol. Já passou - falei. Eu não guardo magoa ou ressentimentos. É fato que eu me senti desconfortável com aquilo, quem não ficaria!? Mas eu aprendi com meus pais que tudo merece perdão. Não perdoar e ficar com aquilo dentro de si, não faz bem. Forma raízes e, se não arrancar enquanto ainda estão pequenas, vai doer e ser mais difícil de arrancá-las quando maiores, quando as raízes já estão profundas - Todos tem motivos para fazer algo, só basta descobrir qual - sorri.

- Nossa - falou ele - Isso foi profundo para um menino de 16 anos - ele riu um pouco - Agora, coma. Okay? A Xin quase que me mata quando soube que você não comeu nada!


- Okay! - eu imaginei a Xin batendo no ChanYeol e comecei a rir.

 

                                


                                 �� 

 

 

 


Após terminar de tomar café e conversar um pouco com ChanYeol, que disse que tinha uma pessoa chamada BaekHyun lá em baixo que estava doido pra me conhecer, fui fazer minha higiene matinal. Depois fui até o closet me trocar.

Vesti um moletom em um tom salmão com algumas florzinhas estampadas aleatoriamente nele, uma saia branca com bolinhas pretas e um all star preto com dourado (Puc* eu não sei se All star se escreve assim mesmo. Relevem). Arrumei meu cabelo e coloquei um pequeno laço.

Eu tenho esse gosto um pouco peculiar por roupas desde que eu tinha 11 anos. Mamãe disse que eu sempre gostei de coisas delicadas e femininas e meu pai falava a mesma coisa. Eles nem se importavam e até compravam saias, meias, sapatilhas etc... Eles gostavam quando eu me vestia assim, diziam que eu ficava lindo e fofo. Assim como meus amigos. Sempre que eu aparecia com essas roupas na escola, o que acontecia raramente já que eu gostava mais de usá-las em casa, eles quase tiravam minhas bochechas na mão! Eu voltava com elas todas doloridas, mal conseguia abrir a boca toda. 


Eu fiquei pensando se descia ou não. Eu não sabia qual seria a reação deles, eles não são meus pais ou meus amigos! Não sabia se eles iriam me achar... Estranho. Mas decidir deixar esses pensamentos de lado e descer.


Passei pelo corredor, cheguei até as escadas e ouvi vozes vindas lá debaixo. Consegui identificar a voz de ChanYeol e de Xin, só não identifiquei a terceira voz. "Deve ser do tal BaekHyun que ChanYeol falou", pensei comigo mesmo.

 

Ao chegar no final da escada, me assustei.


Um menino baixinho, um pouco maior que eu, deu um grito e pulou encima de mim!


- MEU DEUS!- disse ele- ELE É TÃO FOFINHO! OLHA PARA ISSO CHANNIE. OLHA QUE FOFO ELE! OLHA ESSAS ROUPINHAS, OLHA ESSAS BOCHECHAS- ele continuou a gritar.


- BaekHyun! Deixe o LuHan respirar - disse ChanYeol - Você está assustando ele- obrigado ChanYeol!


Então... ele é o BaekHyun?


                    NARRADORA POV ON


- Aish... Mas ele é tão fofinho Channie, não deu pra segurar! E olha as roupinhas dele -  apontou para as roupas de LuHan - Você acha mesmo que eu aguento com tanta fofura?! - ao terminar de falar, BaekHyun soltou LuHan e foi sentar ao lado de ChanYeol.


- Sr. LuHan, você está bem? - perguntou Xin - Você está vermelho!


- V-Verdade? - LuHan botou as mãos nas bochechas e notou que estavam quentes, isso fez com que, sem querer, formasse um bico em seus lábios.

BaekHyun deu um grito novamente. Ele correu até LuHan e lhe de um abraço- ler-se: Sufocamento carinhoso mas mortal.

- MEU DEUS! - gritou BaekHyun - PARA DE SER FOFO! SE TU NÃO PARAR, EU INFARTO.

- Baek...- disse ChanYeol segurando o riso. Ele sabia que essa seria a reação de Baekhyun ao conhecer LuHan - Deixa o menino respirar... PELO AMOR DE DEUS! ELE TÁ FICANDO ROXO!

BaekHyun soltou LuHan calmamente, mas ainda ficou com os braços ao redor da cintura do menor - Deixa eu adotar ele, Channie? - perguntou Baek, apertando um pouco LuHan.

 

Na mente de ChanYeol, essa era a cena mais fofa do mundo! BaekHyun estava com os olhinhos brilhando e com uma carinha de cachorro que caiu da mudança enquanto apertava LuHan, que estava todo fofinho com aquelas roupinhas e as bochechas coradas.


- Tão fofos... - disse ChanYeol em um sussurro.

 

                                     


                                       ��

 


A tarde passou tranquila e divertida para os meninos. BaekHyun não desgrudava um minuto sequer de LuHan e o mesmo não reclamava, só ficava com as bochechas coradas e a vontade de ir para as colinas e enterrar sua cabeça bem fundo na terra. ChanYeol apenas olhava tudo, rindo.


Ao chegar a noite e Xin anunciar que eu jantar ia ser servido, os meninos foram tomar um banho para poder comer.


BaekHyun foi até o quarto que era ao lado do de LuHan e entrou.

LuHan entrou no seu quarto e foi em direção ao closet separar as roupas que iria usar após o banho. Optou por uma calça moletom preta e um moletom rosa com gatinhos pretos. Antes de ir ao banheiro foi trancar a porta. ChanYeol lhe pediu para fazer isso quando fosse tomar banho ou dormir. Entendia porque ChanYeol lhe pedira isso, ele tinha medo que a mesma coisa que aconteceu na noite anterior fosse se repetir.

Ao terminar seu banho e trocado de roupa, LuHan abriu a porta e saiu rumo a sala. Mas, antes de chegar na escada, topou com uma cena... Constrangedora.

ChanYeol empresava BaekHyun na porta do quarto e estava com as mãos na cintura do menor, enquanto o mesmo estava com as bochechas coradas e as mãos ao redor do pescoço do Park. Eles estavam quase se beijando quando LuHan, sem querer, bateu na porta de algum quarto e interrompeu o momento. (Puc* PUTA MERDA LUHAN! TOMA NO CU, PORRA! DEIXA O CHANBAEK DÁ UNS PEGA MAROTO, DÁ AQUELES BEIJO DESENTUPIDOR DE PIA)


- E..E- Er.... Eu v-vou... DESCER! Isso. Descer - disse LuHan - E-Eu não v-vi nada, o-okay?! - após terminar de falar, LuHan desceu as escadas na velocidade do Flash. Quando chegou á cozinha ele estava com as bochechas coradas, as mãos nos joelhos e a respiração ofegante. Xin até perguntou se ele estava se sentindo bem e ele respondeu que sim.


- N-Não se preocupe, Xin - respondeu LuHan ainda ofegante - Eu não deveria correr tanto assim, ainda mas em uma escada.


- Tudo bem, Sr. LuHan - disse Xin dando um sorriso meigo, ao terminar de falar.


- XinXin, não me chame de Sr. Luhan - LuHan fez uma voz estranha ao falar (Puc* é tipo quando a gente tenta imitar um francês :v)- Eu me sinto velho... Me chame de Lulu ou apenas Lu - sorriu


- Tudo bem, Lulu - respondeu Xin.

 

 

 

   
                                          ��

 

 

Após BaekHyun e ChanYeol chegar, que demorou um pouquinho (moon face), eles começaram a comer.


BaekHyun estava com as bochechas coradas e LuHan também, enquanto ChanYeol ria. Brincaram, se divertiram, botaram até a Xin no meio! Enfim, o jantar foi alegre e divertido até SeHun chegar. Quando ele chegou, todos ficaram em silêncio de repente.


- Não parem de falar só porque eu cheguei. A não ser que estejam falando de mim - deu um leve sorrisinho de canto.


- Eu já acabei - disse BaekHyun levantando-se e chamando LuHan discretamente com a cabeça.


- E-Eu também - disse LuHan depois que percebeu o pedido de BaekHyun. Ambos subiram correndo escada a cima e indo ao quarto de LuHan.


- E nós temos que conversar, SeHun- falou ChanYeol assim que viu os meninos subirem e ouviu o barulho da porta batendo. Se levantou e foi ao encontro de SeHun - No escritório assim que você terminar de comer, entendido!?  - disse em um tom sério. Lançou o último olhar em SeHun e foi para o escritório esperar SeHun.


"Fudeu", pensou Sehun engolindo seco e indo se sentar ao ver Xin botando sua comida.

 

 

 


                                    ��
 

 

 

Ao fecharem a porta e sentarem na cama, LuHan começou - Então... V-Você e o ChanYeol namoram!?


- NÃO! Quero dizer... Sim. Aish, não sei! - respondeu BaekHyun com as bochechas coradas - O Channie ainda não me pediu em namoro pois tem medo da reação do SeHun... Ele é um primo bem ciumento! - riu um pouco - Minha família inteira ama o ChanYeol, mas o SeHun é o mais ciumento em relação a ele - ruborizou ao lembrar das piadinhas que faziam quando viam ele e ChanYeol juntos- AGORA, vamos ao que interessa- deu um sorrisinho malicioso que fez LuHan corar bruscamente.

 

                                   

 

                                    �� 

 


- Você ainda não me explicou porque caralhos fez aquilo com o LuHan, SeHun - disse ChanYeol assim que SeHun fechou a porta do escritório. 


- Não sei... Vontade?


- COMO ASSIM? - se estressou ChanYeol - VOCÊ SIMPLESMENTE ENTRA NO QUARTO DE UM MENINO, FICA PASSANDO A MÃO NELE E DIZ QUE FOI PORQUE DEU "VONTADE"? - ChanYeol já estava partindo pra cima de SeHun. Ele já  estava irado e uma resposta dessa desandou com o autocontrole dele - Se eu não tivesse chegado lá, SeHun, o que teria acontecido!? EIN? ME RESPONDE, PORRA!


- D-Desculpa? Será que isso resolve? - SeHun estava com medo ele nunca tinha visto ChanYeol desse jeito, ele sempre foi calmo e brincalhão.


- NÃO PEÇA DESCULPAS PRA MIM! Peça pro LuHan - ChanYeol foi soltando a gola da camisa de SeHun - Mesmo que ele já tenha lhe perdoado - riu um pouco ao lembrar das palavras do pequeno LuHan.


- Como assim?? - indagou SeHun.


- Vá no quarto dele e descubra - ao dizer isso, ChanYeol foi até a porta do escritório, abriu, parou e disse - Peças desculpas sinceras para o LuHan. Se for da boca pra fora, não se dê nem o trabalho de subir - e saiu, fechando a porta logo em seguida. Deixando SeHun pesando em formas de pedir desculpas.

 


                                  


                                      ��

 

 

- Veste essa saia com aquele moletom! E também bota aquela gargantilha ma-ra-vi-lho-sa, que tá ali encima da escrivaninha - disse BaekHyun apontando ara o local.

Depois que eles entraram no quarto, BaekHyun teve a idéia de ver LuHan vestido das roupas femininas que ele tem. Mesmo com as bochechas coradas, LuHan aceitou e participou da brincadeira.


- AWWWWNNNN, VOCÊ TÁ TÃO FOFO! - gritou Baek. LuHan estava fofo mesmo. Com um moletom preto, uma saia branca com pequenas florzinhas em dourado, meias furadas que iam até o final de suas coxas e uma gargantilha preta com um pingente de coração no meio. BaekHyun só faltava matar LuHan de vergonha, ele botava as mãos na bunda de LuHan e dava tapinhas de leve, levantava as suas saias e perguntava se ele também usava calcinhas. LuHan estava parecendo um pimentão de tão vermelho que estava.


- Você deveria se vestir assim pra sempre! Fica tão mord - BaekHyun foi interrompido por SeHun entrando sem bater.


- LuH - SeHun parou no meio do quarto assim que bateu os olhos em LuHan vestido desse jeito - LuHan...


Notas Finais


Então...... OBRIGADO A TODOS, SÉRIO! Eu estava tão insegura mas vocês foram tão amorzinhos :3
Obrigado por o apoio e pelos comentários! Eu decidi não excluir o capítulo anterior, pois seus comentários me ajudaram tanto! E toda a vez que eu leio cada um, eu fico feliz e contente. Como vocês acham que eu tive criatividade pra escrever esse capítulo?
O LUHAN VAI SE VESTIR COM ROUPAS FEMININAS SIM! SE BOBEAR, ELE USA CALCINHA! Rum... O BAEKKIE APARECEU! O CHANNIE TÁ BABANDO.... hehehehe. SeHun, SeHun, SeHun cuidado. Eu corto tuas bola se tu fizer algo com o LuHan e.e

AMO VOCÊS SEUS LINDU <3

Obrigado por lerem até aqui e até o próximo capítulo! ( tô cheia de livro pra ler e pra completar sem internet, mas vou atualizar!)

VOU RESPONDER TODOS OS COMENTÁRIOS! NÃO SE PREOCUPEM!

Até mais <3

Beijos de Glitter ( tô pelo PC, vai ficar sem brilho mesmo )

Twitter: @soulhyuna


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...