História Not over yet- Neutral ending (Sans x Frisk) - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Alphyne, Asgoriel, Chariel, Frans, Sanrisk, Sansxfrisk, Undertale
Exibições 156
Palavras 941
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


*Heu, galera! Quem acertou os desafios: Demon, Melanie e felipe!
*Fiquem cm o cap!

Capítulo 28 - Dr. W.D Gaster


Fanfic / Fanfiction Not over yet- Neutral ending (Sans x Frisk) - Capítulo 28 - Dr. W.D Gaster

   “Frisk estava de joelhos sobre a fria neve de Snowdin... Chorava absurdamente inconformada com o que ela mesma fez... Decidiu para de chorar. Respirou fundo e se ergueu. Ela iria procurar por Sans e Katie e mostraria o verdadeiro lado da moeda. ELA ESTAVA DETERMINADA A ISSO!”

 

   Da poça do liquido preto e misterioso veio Gaster, que parecia mais deformado graças ao que lhe aconteceu. As únicas coisas que eram brancas eram face, que estava desfigurada, e suas mãos esburacadas. O preto que fazia papel de suas roupas pingava como se estivesse derretendo. Esta mesma parte preta de seu corpo o sustentava como se fosse seus pés.

—Como vai... Dr Gaster? — Disse Sans serio.

—&¨%& %@#! #( )/@ !$’*¨*)$@# ¨%&(¨— Gaster disse em uma língua estranha, porém Sans conseguiu entende-la.

—É... Isso se chama tempo... — Sans respondeu. Gaster parecia querer falar algo, porém uma figura apareceu no local.

—Saaaansyyyy — Chamou chorosa. Logo atrás vinha Frisk, parecia assustada e tentava acompanhar Katie em seus passos. As garotas estavam prestes a falar quando perceberam a presença de um monstro nunca visto antes no Underground. Frisk conhecia aquele ser, porém Katie jamais havia ouvido falar do tal monstro. W.D apenas de curvou formalmente para cumprimentar as moças — Quem... É ele? —Perguntou.

—Gaster — Frisk disse admirada. Gaster foi até a menina, mas seu jeito de se locomover era bem... Diferente. Ele não andava apenas pelo chão, sua cabeça ficava a frente de todo o resto deixando seu corpo praticamente horizontal. Se enroscou na humana a observando de perto. Sans ergueu sua mão para tirala de Gaster, porém Katie segurou seu braço e o fez olhar para ela.

—Amorzinho, olha só o tapa horrível que a Frisk me fez — Virou seu rosto. Gaster olhou para Frisk em seguida estalando seus dedos.

—Uh... que tapa? — Perguntou Sans não vendo nada.

—O-o que? — Virou seu rosto, agora olhando para Sans.

—(*¨&$#$@*&_&$@” — Disse Gaster.

—Huh? — Katie perguntou.

—Ele disse que você deveria ir ao medico... E sinceramente Katie eu concordo! Na verdade que tal ir agora? Você esta atrapalhando a Dra. Alphys e o Dr Gaster. Na verdade vocês duas estão! — Pegou Katie e a empurrou. Durante o pequeno trajeto Katie dizia coisas como “Sans!” “Ei” “Eu sou sua noiva, não pode me tratar assim!” — Depois conversamos, Katie — Fechou a porta antes que a monstra pudesse retrucar algo — Na verdade você também deveria ir — Disse olhando para Frisk.

—M-m-mas Sans! — Disse Frisk.

—Sem mais! Você também deveria ir Frisk acredite estou fazendo isso para te proteger, até logo! — A acompanhou até a saída e fechou a porta rapidamente mais uma vez.

   Frisk se escorou na porta do laboratório, até que uma figura puxou seu braço e tampou sua boca, impossibilitando a garota de Gritar.

—Darling! — Era apenas Mettaton. Frisk se acalmou ao perceber que se tratava apenas de um amigo. — Venha comigo!

   Mettaton vez perguntas referentes a Katie, Sans e ela. Caminhavam calmamente com o destino ate a moradia de Muffet e das de mais aranhas.

—Eu realmente não sei como fazer isso! — Disse Muffet. Ela estava tentando tecer  um vestido de casamento. Havia um manequim emprestado por Mettaton. O vestido estava com seus lados desproporcionais e alguns fios de teia arrebentavam.

—Hey draling! Olhe quem eu trouxe! — Chegou com Frisk ao seu lado.

   Muffet foi correndo cumprimentar Frisk e logo se sentaram para tomar chá e comer alguns donuts. Após uma longa conversa sobre tudo e sobre todos, Frisk finalmente se interessou pelo vestido e perguntou:

 —O que é este vestido?

—Fico surpresa por conseguir identificar o que é! Visto como eu não tenho habilidades com essas coisas — Falou observando o desastre que tinha feito — Mas bem... — Voltou sua atenção a humana — Este vestido foi encomenda de Katie... Para o casamento... É um vestido de noiva... — Frisk ficou triste ao se lembrar do casamento, ainda mais agora que descobriu que isso seria no dia do seu aniversario. Muffet e Mettaton não queriam vê-la triste, então começaram a tentar animá-la e mudar de assunto contando historias engraçadas e desviando de tudo que teria alguma relação com casamento.

   Depois de um tempo Frisk voltou para casa e foi para seu quarto. Não demorou muito para que ela pegasse no sono e tivesse mais um de seus estranhos sonhos...

  Frisk estava em uma  branca. Ela observava o local calmamente até ouvir uma voz que a assustou.

—Já deve estar na hora — Frisk se virou em um pulo. O dono daquela voz era o... cara que comprou os donuts da Muffet? Só que Ele estava cinza... Suas cores haviam sumido. Frisk tentou se aproximar, mas em um passo que deu a figura havia se desintegrado.

—Você já deve estar louca por respostas — Novamente, Frisk tomou um susto com a voz que surgiu novamente atrás dela, desta vez era uma figura parecida com Monster Kid, porém sem suas cores — Dr. Gaster as tem... — Frisk tentou novamente se aproximar do monstro porém o mesmo falhou como um holograma. Agora era uma figura parecida com o monstro que Frisk conheceu no restaurante MTT

—E não se esqueça... — Falou. De repente, o chão tomou a forma de um monstro estanho que disse:

—É feio falar de alguém que esta escutandooooooo — E o chão se foi... Frisk caia em um imenso nada até que seu corpo colidiu com o chão, e ela apagou. Todos os símbolos e mensagens que ela viu ao encontrar as almas passaram em sua mente por uma fração de segundo.

“Cuidado”

“Escolhas”

“Caminhos”

E o símbolo de yin yang.

 

Frisk acordou assustada. Aquele tinha sido um sonho louco! Porém agora... Ela teria suas respostas... Ela só teria que ver...

—Gaster... — Sussurrou o nome.


Notas Finais


*Tio Gaster melhor pessoa, sim ou claro?
*NOS VEMOS QUARTA!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...