História Not over yet- Neutral ending (Sans x Frisk) - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Alphyne, Asgoriel, Chariel, Frans, Sanrisk, Sansxfrisk, Undertale
Exibições 147
Palavras 800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


*HEY, GALERA! MAIS UM CAP PRA VCS!!! (E devo dizer q eu estive calculando... e a vad- a Katie vai sair mais cedo do que o esperado!
*Eu to tão feliz que eu encontrei uma imagem assim, mano. O Gaster vai fazer muito isso na fic enquanto estiver se comunicando.
*Enfim, FIQUEM COM O CAP!

Capítulo 29 - Finally Answers


Fanfic / Fanfiction Not over yet- Neutral ending (Sans x Frisk) - Capítulo 29 - Finally Answers

   “Frisk acordou assustada. Aquele tinha sido um sonho louco! Porém agora... Ela teria suas respostas... Ela só teria que ver...

—Gaster... — Sussurrou o nome.”

 

   Sans abriu a geladeira procurando por ketchup. Achou uma garrafa já aberta e a pegou. Antes de se virar pode ouvir passos vindos até a cozinha.

—Bom dia, Kiddo — Finalmente se virou para encarar a morena, que se demonstrava um pouco agitada. Ainda escorado na porta da geladeira falou — Papyrus comprou mais comida ontem. Se quiser temos-

—Sans — Interrompeu. Deu a volta na mesa da cozinha para ficar frente a frente com o esqueleto — Eu preciso ver Gaster — Falou seria.

—Como e que é?

—Eu quero ver ele, Sans! Preciso ver ele? — Sans se desencostou da geladeira e foi em direção ao arco que dividia a sala da cozinha.

—Oh ho. Não Frisk! Definitivamente você não precisa!

—Preciso sim! — Se virou para Sans e segurou na mesa jogando seu peso para frente, mas logo em seguida voltando.

—Oh certo! E o que você falar com ele? — Encarou friamente a garota. A menina no momento se encolheu olhando para baixo, evitando contato visual.

—Coisas... — Disse acanhada.

—Que tipo de coisas? — Perguntou, ainda com a sua pose seria.

—Coisas importantes...

—Que tipo de coisas importantes?

—Vários tipos de coisas, Sans! Não é só um assunto — Desfez sua pose tímida, agora encarando o esqueleto.

—Bom, então, da pra citar um pelo menos? — Sans não se intimidou pelo jeito que a humana o encarava.

—Sans, eu não — Antes de Frisk completar sua frase as almas, que estavam escondidas nas roupas dela, apareceram do seu lado, fazendo o esqueleto se espantar.

—As almas? — Perguntou com uma expressão seria e assustada.

—Sans, esse é apenas um dos motivos que eu quero ver Gaster! — Deu a volta na mesa, ficando novamente cara a cara com Sans — Por favor, me deixa ver ele! — Sans a olhou contrariado, mas cedeu. Estalou os dedos para utilizar um de seus atalhos.

—Gaster! — Chamou Sans. Gaster logo apareceu entre as sombras do local, porém sua maneira de se locomover quebrava o clima assustador que deveria ser.

—)&¨&*(!@ — Respondeu ao chamado. A forma de Gaster se comunicar era sombria... Enquanto fazia sinais com suas mãos e expressões com seu rosto, de sua boca podia se ouvir sussurros e sons sombrios. Provavelmente mais uma conseqüência pelo que lhe ocorreu anos atrás...

—E-eu não entendo o que ele diz.

—Não se preocupe eu traduzo para você — Disse serio — Gaster, Frisk esta aqui por que quer conversar com você! Ela quer saber sobr-

—@#%$#!&% — Gaster interrompeu.

—O-o que ele disse? — Perguntou para Sans, mas ainda fitando Gaster.

—Ele disse “Ela quer saber sobre os sonhos” — Se inclinou um pouco para trás com a intenção de falar com Frisk, porém também não desviando o olhar de Gaster — Que sonhos? — Olhou para ela

—Uh... — Fez uma expressão nervosa.

— *&@#)(%@ — Gaster disse logo em seguida caminhando no sentido oposto de Frisk e Sans.

—Ele disse pra você segui-lo — E assim Frisk fez, com Sans indo atrás dela por se preocupar em deixá-la sozinha.

—::!*¨$>(_+!@%&*$@¨&*(&:>:*@&#¨@%!)!!#+_=!¨%*&::!*¨$>(_+!@%&*$@¨&*(&:>:*@&#¨@%!)!!#+_=;.,”}{´´~~^^´@!¨%*&::!*¨$>(_+!@%&*$@¨&*(&:>:*@&#¨@%!)!!#+_=-;.,”}{´´~~^ (&:>:*@&#¨@%!)!!#+_=-;.,”}{´´~~^^´@!¨%*&... — Gaster encarou os dois que estavam com caras confusas, uma por não compreender sua língua e outro por não entender do que ele estava falando.

—Uh... Pode... Traduzir? — Frisk olhou o esqueleto de canto enquanto ainda fazia sua cara confusa.

—Uh... — Sans arrumou sua postura e pigarreou um pouco — “Frisk, eu sei de tudo que ocorre nos seus sonhos, sei que têm eles desde que saiu do Underground e também sei que nunca descobriu o motivo de ter-los... Mas principalmente o que te intriga, é o fato de ocorreu um mesmo pesadelo, numa mesma data, todos os anos... Você sonha que esta numa sala branca e dois líquidos, um branco o outro preto te afogam enquanto você ouve sussurros que você não consegue distinguir quem é, ou o que falam... E o mais estranho é que esse sonho te ocorre sempre no dia em que caiu no Underground... Você esta dividida, e tem que escolher um caminho! Suas ações não são apenas boas ou apenas más... Elas são neutras! São neutras como as suas escolhas no Underground... Você pode ter poupado todos, porém você os agredia até implorarem para que você os poupasse, e você os poupava por que você não era uma pessoa má, mas você não pode ser neutra para sempre! Sem saber o motivo de estar fazendo aquelas ações... Você tem que escolher entre lutar ou poupar” — Assim que Sans concluiu a fala, Gaster estalou os dedos, fazendo dois botões aparecerem diante de Frisk onde estavam escritos “FIGHT” e “MERCY”. Frisk olhou para os dois presentes na sala que o encaravam sérios. Ela se encheu de DETERMINAÇÃO olhou seria para os botões logo em seguida pressionando um botão e olhando para Gaster.

—Eu escolho mercy — Falou seria.


Notas Finais


*Bem galera, agora um aviso para alguns de vcs:
Eu sei que uma galera aqui acompanha a fic da Miemeiverdun/Melissa "O monstro caido" e bem ontem eu recebi uma mensagem da amiga dela dizendo que ela deletou a conta, não sei se estou autorizada a dizer o motivo então eu vou apenas dizer que foram por "assuntos pessoais".
Eu realmente não sei quanto a galera que lê também, mas eu fiquei bem triste pq eu achava aquela fic incrivel e... simplesmente não vai ter mais uma continuação... pelo menos n por enquanto... Eu n sei quanto a vcs, mas eu pelo menos n to bem, assim como ela n esta, pelo que eu fiquei sabendo...
Era só isso galera

Flw!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...