História Notes For Him - Capítulo 99


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Suga, V
Tags Taeyoonseok
Visualizações 57
Palavras 885
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 99 - Ninety-Nine


Taehyung batucava na mesinha da comida, olhava a todo momento para a porta, como se a qualquer momento fosse passar um monstro por ela. E talvez fosse, o monstro chamado verdade. Esse monstro que de qual ele estava fugindo a tanto tempo. Ele não queria ter que lembrar aquilo, nem que mais pessoas soubessem, já era demais Jeongguk saber, e se eles fugissem? Era aquilo que o assustava, que o deixava aflito.

Não muito longe dali, Yoongi e Hoseok estavam a caminho do hospital de mãos dadas, com uma sacola com chocolates e um buquê com flores variadas.

- Será que ele vai gostar?

- Não sei. Isso não está importando muito pra mim agora. Estou mais preocupado com o que ele vai nos contar.

- Ué, por que?

- E se ele falar que, sei lá, tem um câncer terminal e vai morrer daqui a um mês.

- Que horror Yoongi.

- Não sei. - Eles chegaram até a porta do hospital. - Bom, é agora.

Eles entraram e foram até a recepção, disseram seus nomes e quem eles queriam visitar. Mas, quando ele disseram, um cara se moveu estranho, como se quisesse escutar melhor o que eles estavam falando, mas Yoongi concluiu que era apenas sua imaginação. Então a recepcionista os informou que ele estava no quarto o andar, eles foram até o elevador, e subiram. Quando chegaram em frente do quarto, és seguraram as mãos, se olharam, e entraram.

Taehyung com a cabeça encostada, com seus olhos fechados, para os mais velhos, era como olhar um anjo, uma obra de arte.

- Oi. - disse Yoongi se aproximando.

- Você tá melhor? Trouxemos isso pra você. - Hoseok colocou o buque numa jarra, e o chocolate em cima dá mesinha que estava acoplada a cama.

- Não precisa entregar, vocês já vão pegar de volta.

- Duvido muito, a gente...

- Olha, a não ser que você seja um nazista, ou algo do tipo, não a por que você ficar nessa frescura.

- É algo do tipo. - Taehyung tentou falar, porém saiu como um sussurro.

- Pode falar. Nós não vamos te julgar. - Hoseok disse, enquanto pegava nas mãos de Taehyung.

A verdade, era que ninguém ali estava realmente pronto para o que Taehyung disse a seguir. Yoongi ficou mas branco do que já era, e endireitou sua posição, que antes era como se alguém o tivesse jogado lá. Mas Taehyung não se chateou com isso. Foi a reação de Hoseok que o deixou realmente triste, o garoto se soltou sua mão e se afastou dá cama, como se Taehyung tivesse uma doença extremamente contagiosa.

- Você, calma. Que?

- Eu...

- Hoseok. - Yoongi se levantou e foi para o lado do namorado, como se já soubesse o que o namorado faria a seguir - Isso não é problema.

- Claro que é! - Ele estava a beira dos berros. - Você não ouviu o que ele disse???? Ele é...

- Sim, eu ouvi. Mas se continuar gritando aí sim eu não vou mais ouvir. - Disse Yoongi que já estava ficando estressado com a atitude do namorado.

- Vamos embora. - Ele pegou no braço do pequeno e arrastou para fora do hospital.

Hoseok o arrastou por um longo caminho, mesmo o menor, se contorcendo e gritando para o mais novo o soltar. Já a alguns metros do hospital, ele conseguiu se soltar, e observou seu proprio pulso, tinham alguns pontinhos vermelhos, aquilo claramente iria ficar roxo.

- O que você tem na cabeça Hoseok?

- Você ouviu o que ele disse?Você ouviu o que ele é?

- Sim, e isso pra mim não importa, não é como se ele fosse nos matar.

- Realmente Yoongi, ele pode não nos matar. Mas outras pessoas podem. As pessoas que ele provavelmente esta fugindo.

Yoongi parou para pensar por um momento. O namorado tinha razão, de certa forma, se eles continuassem, eles poderiam correr algum perigo.

- A gente não sabe se ele esta aqui fugindo de alguem. Ele pode simplesmente ter voltado. 

- Eu não quero saber. Se você quiser, vá sozinho. - Ele se virou e continuou o seu caminho.

- Você esta terminando comigo hoseok?

- Não. Claro que não. Mas eu não quero participar disso. - Ele se virou, indignado.

- Engraçado. Você esta se esquecendo que você mesmo já passou por isso, e eu não te abandonei por isso. Nem eu, nem o Jin. - Ele falou serio, olhando no fundo de seus olhos. 

- Não fale dele. 

- Por que não? Olha a sua propria atitude Hoseok. Olha o que você esta fazendo com o menino. O que você faria se nós tivessemos feito isso com você. - Hoseok olhou para o chão, sem saber o que dizer, ou fazer. - Você quer se afastar. Faça isso sozinho. Eu vou apoia-lo, assim como fiz com você. - Ele se virou e caminhou de volta ao hospital, mas parou, para dizer uma ultima coisa a Hoseok. - Pense em como o Jin agiria, ou apenas o que ele pensaria de sua atitude estúpida e escrota.

Então ele seguiram caminhos diferentes, Hoseok foi para casa, pensar e repensar em tudo que estava acontecendo naquele momento. E Yoongi, foi conversar e apoiar Taehyung, no que ele precisasse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...