História Nothing Is Impossible - Imagine Jin - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Gabikook, Imagine, Imagine Jin, Você
Visualizações 101
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, desculpem a demora mais uma vez :p

Ah, avisar que já está chegando ao fim, porque as ideias não estão fluindo..
Me perdoem pelos erros, meu Spirit tá bugado demais, tá me dando até raiva, aish!

Beijos e até as notas finais..
Acho que agora vou focar mais!
Boa Leitura, hm?~

Capítulo 34 - This is.. True?


Eu quero você, quem olha nos meus olhos
Eu quero que você me queira
Por favor, não caia
Por favor, tente não murchar
Nunca, nunca caia..  –
​Autumn Leaves

 

 

S/N 

Como meus pais sempre diziam; Á momentos para tudo, felicidade, tristeza, rir e chorar. Foi um choque mas já era de se esperar do que aconteceu. Eles estavam abalados mas depois daquele sonho que eu tive, pra mim aquilo foi normal, foi como se eu já esperasse por isso ou sabia que isso iria acontecer. 

Estamos indo bem, já se passaram dias, mas tudo ficará bem não é mesmo? 


– Dias atrás.. 

Jin já dormia com a cabeça no meu peito e seu braço me abraçava de forma possessiva, enquanto eu acariciava seus cabelos, pensando em como sentia falta de ______ e como a presença de Jiyoon me incomodava. 

Eu não sabia se confiava ou não.. Todos merecem uma segunda chance, inclusive ela.. Não?

 

– Bom dia, S/N! – escutei a voz de Jin, lá no fundo. Sorri sem abri os olhos mas depois, os abri lentamente. Me espreguicei, fazendo Jin dar uma risada baixa. – Você é bem dorminhoca hein, falta apenas algumas horas para voltarmos! – cutucou minha cabeça. Fiz um bico e me sentei na cama. 

 

– Você já acordou faz tempo? – o olhei com uma sobrancelha arqueada. – Ah, você nunca acorda cedo, Jinnie.. Duvido que tenha acordado cedo! – cruzei os braços sorrindo. 

 

– Pois eu acordei! – cruzou os braços, risonho. Sorri e apertei suas bochechas. 

 

– Sabe o que eu acho mais engraçado e fofo em você? – negou como uma criancinha. – Você ri de tudo, você e Jimin, são as risadinhas do grupo! – ele riu. – Viu? 

 

– Ah, é porque eu vejo graça em tudo.. até onde não tem! – ele disse tímido. Eu ri, apertando suas bochechas, o abracei logo depois. Eu não sei porque, mas estava com saudades de abraça-lo. – Você é muito fofa, amor! – ri baixinho. 

 

– Você é muito carinhoso, amor! – ele acariciou minhas costas, senti ele dar um beijo em minha nuca, me fazendo sorrir baixinho.

 

– Você é muito pequeno, Oppa! – escutei uma voz fina, revirei os olhos e olhei para a porta, vendo Gabi e Jimin. 

 

– Você é muito pirralha e não tem medo da morte, Gabi! – ele disse imitando a voz de Jin. 

 

– Vem cá, vocês não tem nada pra fazer não? – Jin perguntou risonho. 

 

– Ah, qual é risadinha! – Jimin disse risonho. 

 

– E não, nós não temos! – Gabi sorriu orgulhosa. – Vem Jimin, vamos perturbar os outros! – eles saíram correndo.

 

– Aish! – murmurei. Olhei para Jin, que me roubou um selinho, me deixando surpresa. 

 

– Eu tô te esperando lá em baixo, ah e a Jiyoon está aqui ainda, okay? – se levantou. Eu ainda estava o encarando. – O que foi? – perguntou confuso, ri negando. – Ah, seu café da manhã está beem ali! – apontou para a mesinha que tinha ali. – Bom Appetit! – sorriu e fechou a porta, lentamente. Deixou seu rosto sorrindo, de vez em quando fazendo caretas, até fechá-la totalmente. 

 

– Estranho.. – sussurrei.

 

– Eu ouvi! – ele gritou do outro lado da porta, me fazendo rir. Fui até a mesinha e me servi, tinha frutas, pão, torta, suco..

 

Comi tudo, depois fui até o banheiro, fazendo minhas higienes matinais. Voltei para o quarto, pegando a bandeja, saindo do quarto. Desci as escadas com a bandeja na mão, fui até a cozinha deixando a bandeja lá. 

Encontrei o povo na sala, inclusive Jiyoon e Namjoon, eu estava meio hesitante de ir, minha vontade era de dar meia volta e ir para o quarto mas eu não queria me fazer de fraca e também porque assim que coloquei o pé na sala, todos olharam para mim. Olhei para Jin, que sorriu, batendo no lugar ao seu lado. 

 

– Ah, finalmente acordou! – Exclamou Taehyung, negando com a cabeça. Me sentei entre Jin e TaeTae. – Então, a filha de vocês me ligou ontem, sabia? Ela é muito fofa! – segurei Jin, que se jogou pra cima dele. 

 

– Jin, ela só é uma criança! – digo rindo, o segurando, enquanto ele tentava bater em Taehyung. 

 

– Hyung, se acalma! Eu e ela somos só amigos! – Taehyung disse rindo. 

 

– Se você magoar minha filha, eu vou acabar com você escutou? – Jin disse estreitando os olhos. Arrumou sua blusa, se sentando direito, com uma cara emburrada. – Ela nunca vai namorar? 

 

– Vai sim! – digo, recebendo um olhar repreendedor de Jin. O pessoal riu, inclusive Jiyoon. Nam, não havia me olhado até agora, o que me deixava meio desconfiada e assustada. Mas passamos a tarde, brincando, cantando e zoando. 

Afinal, era o nosso ultimo dia ali, deveríamos aproveitar. Quando eles voltarem, vão começar a trabalhar um novo Comeback e seria muito dificil de nós ficarmos juntos novamente, porque cada um estaria ocupado com alguma coisa, assim eu acredito. 

 

Jin

Enquanto S/N dormia, aproveitei para dar uma palavrinha com Namjoon, que eu sabia que estava acordado, junto com Jiyoon. Me levantei da cama, calmamente, para não acordar S/N. Saí do quarto descendo as escadas o mais rápido possível. Eu queria falar com ele e fazer um café da manhã, bem bonito e gostoso, para a minha esposa. 

– Oi Nam, posso conversar com vocês? – ele me olhou surpreso, junto com Jiyoon.

 

– C-Claro.. o que seria? – perguntou curioso. 

 

– Tá legal, o que vocês estão aprontando hein? – perguntei agora sério, cruzando os braços. Os dois se entreolharam, se olhando confuso. 

 

– O que m-mas como assim? – ri irônico. 

 

– Olha, eu não quero saber de nada.. – digo irritado. – Se vocês planejam destruir o meu casamento com S/N, podem desistir, porque o meu amor é maior do qualquer coisa! Se um homem a beijar na minha frente, eu ficaria nervoso sim mas eu sei que ela nunca seria capaz de fazer isso comigo, e vice-versa! – dei as costas para eles, indo para a cozinha.  

 

Nam 

– Estou falando, JiYoon.. – bufei e ela riu, colocando a mão em meu ombro. 

 

– Não esquenta, Nam.. uma hora isso passa e eles voltam a confiar na gente, hm? – sorri fraco. 

 

– Assim espero.. – sussurrei um pouco magoado. 

 

S/N

– Omma, Appa! – ____, gritou correndo em nossa direção, sorrimos e abaixando. Ela nos abraçou fortemente. – Eu senti muito a falta de vocês, Omma e Appa! – sorrimos e a abraçamos mais forte. 


– Outro dia.. 

– Omma cadê o Appa? – perguntou minha filha. – Ele já foi? – perguntou com um bico, assenti. 

 

– Mas ele vai voltar! – Sorri. – Que tal irmos brincar um pouco, hm? – perguntei, e ela assentiu. – Vamos na praça! – saiu correndo de casa animada. – FILHA ME ESPERA! – gritei rindo, saí de casa correndo, fechando a porta. 

 

Peguei em sua mão, atravessamos a rua, indo para a praça que tinha ali. Eu estava sentada no banco, vendo ____, brincar no parquinho com outras crianças, meninos e meninas. Escutei alguém gritar meu nome, virei a cabeça para o lado, vendo Gabi, acenando. 

 

– FALA AE, MINHA MÃE PREFERIDA? – gritou olhando para os lados, para poder atravessar a rua. Estava vindo um carro, mas dava para ela atravessar. 

 

– MAMÃE, OLHA EU! – ____, gritou me fazendo olhá-la, ela estava descendo no escorregador, sorri. Escutei um barulho de carro derrapando, me levantei rapidamente, olhando para onde minha amiga se encontrava, mas ela não estava mais lá. 

Estava caída no chão e do outro lado da rua.. ​Jiyoon.. 

 

— Ué? O que estão fazendo aqui? Não estavam se pegando lá em cima? ____ está dormindo, aproveitem, eu trouxe meu fone! – Gabi disse balançando o mesmo. 

Mesmo ela querendo me fazer ficar sem graça, eu corri até a mesma e a abracei. Ela ficou meio confusa mas depois retribuiu o abraço. 

— Não se jogue na frente do carro por favor! – digo assim que nos separamos.

 


– Dias atuais.. 

Deixamos ____, novamente na casa da minha sogra e fomos para o enterro dela. Os meninos estavam usando mascaras mas não queriam, afinal não saberiam quem está sendo enterrado ali..

 

– Jungkook.. – Jin tentou chama-lo mas ele saiu andando, os membros se entreolharam e o acompanharam.. – S/N, está tudo bem? – perguntou me abraçando de lado.

 

– Sim.. eu estou! – sorri fraco, olhando para a lápide dela.  


​Um Mês depois..


Notas Finais


Bom, heheh, estavam enjoados de GabiKook? Heheheh, foi mals aí, fiquei até triste quando me falaram, masok faz parte.. O que acharam? Vou dar mais atenção agora, okay? E dessa vez, foi de verdade kkk!
No próximo é só alegria!!

Hahah, sou mal as vezes! Eu não sei muito bem, quanto capítulos faltam para acabar mas já sabem que no ultimo capítulo vai ter aquela chuva de links de Imagines.. Ah e só para avisar que o próximo capítulo do outro imagine do Jin, vai demorar para sair porque eu acho que o capítulo vai ser muuito grande e vai ter algumas partes.. assim.. né, vocês vão ver!


UM MINUTINHO POR FAVOR: Eu queria pedir um favor para vocês, novamente! A @LyneCookie ela tinha desanimado para continuar a escrever, eu queria pedir para lerem as fanfics dela e caso gostem por favor deem muito amor á ela!
Ela escreve muito bem e é uma pena que não esteja escrevendo, deem uma força para ela tudo bem? É só isso que eu peço..

Obrigada pelos favoritos, carinho, simpatia, ah vocês me deixam boba! Sério, cada comentário que as vezes eu chego a corar kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...