História Nothing is never forever.Kim Namjoon - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Rap Monster
Tags Bangtanboys
Exibições 18
Palavras 964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aviso do dia.
Nunca perturbe a bad alheia.
shauhsa :`)

Capítulo 2 - Como assim,não pode amar?


Fanfic / Fanfiction Nothing is never forever.Kim Namjoon - Capítulo 2 - Como assim,não pode amar?

Estava cansada de brincar,mas não queria voltar para a casa,então abri a mochila e peguei um livro chamado "O último beijo" e comecei a ler,não vou negar,estava chato. Enquanto estava lendo ouvi passos,olhei para trás e era Namjoon e sua amiguinha Estefania e corri para trás de uma árvore próxima ao banco.

Estefania__C-calma Namjoon...(ele estava querendo mais que um simples beijo)

Namjoon__Oque?

Estefania__Devemos começar um namoro primeiro...Nos conhecemos hoje....

Namjoon__Namoro?

Estefania__Sim....Você me ama,eu te amo.

Namjoon__Como você disse nos conhecemos hoje. E não sei se te falei mas,eu não sou capaz de amar ninguém.

Estefania__C-como?!

Namjoon__Sim,isso mesmo que ouviu.Só estou com você por digamos...conter um grande conteúdo.

Estefania__M-mas....

Namjoon__Oque importa? Você é uma simples puta,não é mesmo?

Estefania__Idiota! (ela bate na cara dele e sai correndo)

Como assim não é capaz de amar? Até parece,isso deve ser uma desculpa.

Ele ficou parado com a mão no rosto onde o tapa tinha acertado...Mas como ele sabe que a menina era uma....prostituta?

Me afastei um pouco e me levantei,fingindo que estava chegando no local.

Namjoon__Oque faz aqui?

Ayano__Não acho que seja do seu interesse.

Namjoon__Tanto faz,você sempre foi uma esquisita que nunca conta nada.

Ayano__E você um idiota que acreditas em mentiras mau faladas.

Namjoon__Cale a boca.

Ayano__Te aconselho a ir pra casa.

Namjoon__Você não é minha mãe!.Me aconselha? Ainda se preocupa comigo?

Ayano__Não amigo, foi a maneira mais gentil que achei de te mandar embora.

Namjoon__O parque é seu?

Ayano__Esta me mandando calar a boca né? Então,se não esta contente com minha voz,vá embora.

Ele cruzou as pernas no banco como sinal de  "Eu vou se eu quiser",mas eu sou mais irritante ainda,me sentei ao seu lado no banco e comecei a ler meu livro em voz baixa,e eu sabia que isso irritava ele.

Namjoon__Maldita cadela.

Ele se levantou e foi embora olhando para trás,sei que me xingou,mas eu apenas dei um sorriso como se dissesse "Obrigada otário"

Não conseguia me concentrar no livro,lembrando que ele disse que não é capaz de amar...Na hora pensei que fosse mentira,mas quando cheguei agora,estava tenso...Mas ainda não me importo,apenas o odeio.

Passei horas ali, e lá pras 16:00 resolvi ir embora,no caminho eu estava andando de cabeça baixa quando sinto um "esbarro"

Ayano__Eeei!!

Era um moço andando que aparentava ser poucos anos mais velho,e como imaginei ele foi grosso.

???__Por que você não olha por onde anda?

Ayano__Oque?! Você trombou em mim idiota.

??___Na verdade...Desculpe,só estou alterado,me desculpe...

Ayano__Preste mais atenção da próxima vez moço.

Libert__ Moço não,me sinto velho, Libert :v.

Ayano__Ayano :)...Eu tenho que ir,até!

Libert__A...até :)

Era um garoto de cabelos castanhos cheio de sardas no rosto,era bonito,mas esses dias nada me chama atenção.

Fui andando até minha casa,não era uma casa...Era um apartamento...Não muito grande e nem muito pequeno e como meus pais me "emanciparam" eu podia viver sozinha,mas raramente eles veem me ver ou me ligam por telefone,mas confesso que fico triste e preciso tomar uns ante-depressivos quando bate algo,igual uma tristeza que não se sabe o motivo.

Cheguei em casa e me deitei no sofá,jogando minha mochila em qualquer canto e fiquei olhando para a parede....Sei lá.... As vezes nem eu me entendo.

Fiquei poucos minutos olhando o nada,me levantei e fui tomar um banho gelado,nunca gostei de água quente nem morna, muitas das vezes água fria no banho me faz....Não sei explicar,apenas me sinto bem,é como se me tirasse um peso no qual tinha carregado ha anos.

Sai do chuveiro apenas com minha blusa de frio (nada por baixo) que ia até a cocha, e uma calcinha.Estava sentada no sofá vendo qualquer coisa na tv,quando a campainha começa a tocar,ué,ninguém nunca me visita....

Olhei no olho mágico e vi...Libert? O moço que esbarrou em mim....Fui correndo vestir um short e abri a porta.

Ayano__Libert?

Libert__Você mora aqui??

Ayano__Bom,sim.

Libert__Caramba haha, realmente estamos nos esbarrando muito.

Ayano__Só nos encontramos duas vezes Libert.

Libert__Bom..é verdade ;-;.

Ayano__Oque faz aqui?

Libert__Eu me mudei esses dias,queria algum apartamento para alugar...

Ayano__Bom,esse não esta pra vender nem pra alugar :d

Libert__ Poxa ;-;

Ayano__Bom,se eu não me engano,o apartamento do andar de cima esta pra vender...

Libert__Não sei se estou em condições de comprar...Mas vou dar uma olhada :),espero que se eu conseguir,sejamos bons amigos.

Ayano__Bom,era só isso?

Libert__Eh..Sim,obrigada mais uma vez...

Eu apenas dei um sorriso e fechei a porta,realmente ter amigos me da medo....Não gosto de me apegar as pessoas por medo que um dia elas vão embora ou são falsas.

A noite eu não estava conseguindo ficar quieta então peguei meu casaco e sai de casa,eram mais ou menos 19:00.

Fui a uma cafeteria nem tão longe,pedi um café e comecei a ler meu livro,quando eu vejo que o tempo estava ruim,pedi a conta e fui caminhando. No meio do caminho começou a chover,ferrou!!

Todos que estavam andando na rua ou se esconderam ou começaram a correr,eu não tinha guarda-chuva,apenas um capuz que não adiantava nada,comecei a correr em disparada, e enquanto eu corria acabei quase sendo atropelada, mas alguém me puxou.

Namjoon__Moça,mais cuidado da próxima vez...

Ayano__Você?!

Namjoon__Aish,se eu soubesse que era você,teria deixado morrer.

Ayano__É isso que eu prefiro,do que ser salvada por você.

Estava chovendo e ele estava com um guarda chuvas,me virei e comecei a correr de novo.

Namjoon__Eeeei!

Olhei para trás mas continuei correndo,mas ele correu atrás.

Ayano__Não esta vendo que estou tentando fugir da chuva?!

Namjoon__Por isso mesmo idiota,toma!! (ele fala com pressa de sair da chuva)

Ayano__Eu não quero!

Namjoon__Anda,pega! Quero ir pra casa!!

Ele me entregou o guarda-chuva e saiu correndo,me tapei e sai correndo de novo (imagina se o guarda-chuva começa a fazer gracinha no meio da rua e vira)

Cheguei em casa e tirei aquela roupa, e quando fui guardar o livro notei que tinha perdido,ou talvez deixado cair quando estava correndo...

Continua....?


Notas Finais


Moral da história
Nunca saia de casa sem um guarda-chuva


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...