História Nothing is perfect - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~anaasantoss

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Jjjproject, Markjin, Markson, Yugbam
Exibições 71
Palavras 1.244
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi galera! Tudo bem?
Estou aqui de novo a escrever uma fic nova, espero que gostem!
Esta fic será escrita por mim e pela amiga Ana!
Esperemos que gostem, vamos dar o nosso melhor!
Boa leitura!
beijinhos 😘

Capítulo 1 - Pervertido


Fanfic / Fanfiction Nothing is perfect - Capítulo 1 - Pervertido

Ja se faz 2 meses que me mudei para a Coreia.

Eu antes vivia na América mas devido a uma oferta de trabalho muito boa para o meu pai decidimos mudarmos todos para a Coreia.

Eu tive que abandonar tudo, amigos,  faculdade e minha namorada que terminou comigo antes de eu vir para aqui ja que ela nao queria relacionamento a distância.

Tenho 23 anos e vou fazer faculdade de música, eu ja fazia faculdade lá na América mas como nos mudamos tenho que comecar do zero. 

Nós nos mudamos no período das ferias falta so um mês para começarem as aulas na faculdade, nestes dois meses estive a aprender o basico do coreano para conseguir me comunicar com as pessoas.

Mas a um "problema" como a faculdade é longe de casa vou ter que dormir/viver num dormitório.

Para mim é um problema, nao porque eu nao sei o coreano bem mas sim porque eu sou timido demais para começar por conversa entao eu estou a ver que no meu quarto vai sempre reinar um silêncio muito constrangedor,  mas pode acontecer que o cara que vai dividir o quarto comigo seja falador, mas com sou um cara de muita "sorte" isso nunca vai acontecer.

Meus pensamentos foram enterrompidos com minha mae a me chamar para eu descer. Nossa casa era grande ja que a familia quase toda se mudou.

Ao descer as escadas vi minha mae a porta a falar com alguém que nao consegui ver muito bem.

- Mark estes sao os nossos novos vizinhos- disse minha mae sorridente.

 Quando cheguei perto da porta consegui ver uma mulher bonita nos seus 40 anos de vestido vermelho e com joias nos dedos e no pescoço  tambem ao seu lado esta um homem elegante que tambem aparentava a mesma idade da mulher os dois estavam muito elegantes mas depois reparei que havia alguém atras do casal, ele aparentava ser da minha idade ele era baixo moreno musculoso e bem bonito por sinal.

 Nenhum dos três  apresentavam traços coreanos , ate parece que eu sei distinguir traços da cara mas notasse que eles nao sao daqui.

-Oi ........ Mark-disse o rapaz que estava atras do casal pausando um pouco a fala tentado se lembrar do meu nome - Meu nome  Wong Ka Yee mas pode me chamar de Jackson Wang ou mesmo so de Jackson! Prazer em conhecer-te! - sorriu e esticou a mao e eu apertei a mesma.

- Meu nome é Mark Yi-En Tuan mas pode me chamar de Mark- digo e todos deram uma leve risada com o ocorrido. Serio foi muito engraçado o nosso modo de falar.

-  Entrem.- digo dando espaço para entrarem. Jackson e seus pais foram em direção e se sentaram no sofá. Ele ainda estava um pouco tímido, mas fofo ao mesmo tempo.

- Obrigado por terem aceite o meu convite! Sejam bem-vindos- minha mae diz com um grande sorriso no rosto.- Mark porque nao levas jackson um pouco para o teu quarto enquanto o jantar nao  esta pronto,assim aprovitam  conhecem se melhor.- sugeriu.

- Mas omma...

- Nao é mas nem meio mas, Mark eu sei que voce é timido mas tem que se soltar mais e se divertir, Jackson parece ser o tipo de garoto que gosta de se divertir. Por isso ande la!-ela diz

- Aish ta bem. Venha comigo-digo para Jackson, ele se levanta e me segue.

Abro a porta e ele joga se na minha cama como se fosse dele. Reviro os olhos e me sento na cadeira da minha secretaria.

- Entao..... de onde tu es? Nao tens cara de coreano - disse Jackson se aproximando de mim e pegando no rosto e observando o mesmo.

- Hey, quem tu pensas que és para fazer isso? -digo afastando as maos quentes de Jackson de meu rosto.

- Hey, calma so estava a observar- disse Jackson com um sorriso malicioso. 

Ele acha que eu nao ia perceber aquele sorriso no seu rosto?

Esse pensamento foi logo cortado com a mao de Jackson no meu peito do lado esquerdo.

- Hey , porque seu coração está batendo assim tao forte?- disse Jackson ainda com aquele sorriso estupido estampado em seu rosto.

Aish, porque meu coração nao para de bater forte?

- Ah... deve ser do susto... eu me assusto facilmente mas agora voltando para a sua pergunta.... - digo tirando a mao dele do meu peito- eu nao sou daqui como voce disse . Eu nasci na América mas meus pais sao taiwaneses.

- Ah tá - disse rindo. 

- Hey, do que voce esta rindo?- pergunto confuso com a sua atitude.

- Nada nao é que você é muito fofo- disse Jackson ainda se rindo o que m fez corar levemente.

- Aish para, a minha mae disse para nos conhecermos melhor e nao gozar um ao outro- digo fazendo um bico. Eu tinha esse hábito desde que eu era uma criança e esse hábito ainda nao passou.

- Conheceremos melhor?  De que jeito?- disse Jackson se aproximando outra vez de mim.

- Para seu pervertido- digo empurrando-lhe e o fazendo cair na cama mas o problema foi que ele me agarrou no meu braço me fazendo cair juntamente com ele o que me fez  ficar por cima dele.

- Eu acho que é mais ao contrário - em um movimento ele me puxou fazendo me ficar debaixo dele.

Eu o ia empurrar mas ele agarrou meus braços entao eu tive que usar minhas pernas. 

Eu tive pena do rapaz e nao lhe dei num sítio em que ele merecia ser atingido e em vez disso eu lhe atingi com o meu joelho na sua barriga o fazendo largar meus braços e saindo de cima de mim.

Eu peguei na minha almofada e comecei a bater nele com ela o fazendo o gemer de dor entao eu parei.

- Auuuu essa doeu - disse ele com cara de dor.

- É no que dá quando um pervertido se mete comigo- digo me sentando na cama.

- Eu nao sou um pervertido foi voce que caiu em cima de mim.- disse ele tentando fazer um papel de inocente.

- Sim sabemos, mas agora vamos falar mais sobre nós ja que foi isso que a minha mae disse para eu fazer.

- tá bom. Então. ..... eu sou o Jackson como tu ja sabes, tenho 22 anos sou chinês e vim para coreia com os meus 18 anos para viver cá e também  para fazer a faculdade de música cá. E você?- perguntou Jackson olhando para mim me fazendo ficar um pouco sem jeito.

- Entao voce ja sabe meu nome e ja sabe de onde eu sou so falta dizer as outras coisas, eu vim pra cá por causa de uma oferta de emprego muito boa para o meu pai e eu também vou fazer a faculdade de música- digo tudo isso olhando para o nada so para nao olhar para ele.

- Olha que bom assim nós podemos ficar no mesmo quarto e nós conhecer melhor- disse ele fazendo outra vez o sorriso malicioso.

- Aish tu podes parar com isso seu pervertido? - digo pegando na almofada e jogando para ele.

- Nao eu nunca vou parar- disse ele se rindo me fazendo rir também.

Aquilo foi muito esquisito, a sensação que eu tinha a falar com ele era como se nós nos conhecíamos a muito tempo o que realmente muito bom.


Notas Finais


Ai cara como esse Jackson é pervertido kkkk
Aqui está o nosso primeiro capítulo espero que tenham gostado!
Comentem e dêem a vossa opinião!
Beijinhos e até ao próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...