História Nothing Like Us - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~eKincy

Postado
Categorias Demi Lovato, Justin Bieber, Selena Gomez
Exibições 11
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Policial
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Just Apologizing - Chapter two


Fanfic / Fanfiction Nothing Like Us - Capítulo 2 - Just Apologizing - Chapter two

Selena Gomez.

— Hey Demi! Me devolva isso!- Falei rindo enquanto Demi corria com meu livro de matemática pelo pátio. Desde o dia da foto, nós nos tornamos muito amigas. Compartilhamos tudo, as vezes eu preciso compartilhar até meus livros já que a anta é tão despreocupada com a vida que esquece os dela em casa- Preciso terminar esse dever Demi!- Falei manhosa-
— Você estuda de mais! Precisa viver um pouco sua nerd!- Gritou rindo. Confesso que nos últimos anos, Demi mudou muito! Agora ela tem os cabelos negros, um corpo realmente esplendido. Tudo após o bullying que sofria pela a aparência. E eu… modéstia parte, não mudei tanto assim… Meus cabelos continuam na mesma cor, olhos, boca, nariz… É, está tudo normal!
— DEMETRIA DEVONNE LOVATO! Me devolva meu livro, por favor! O Mr. Starlord já não gosta de mim, imagine se eu não tiver feito o dever?! Vai ser o fim!- Eu tenho esse problema: Preciso ser perfeita para todos, bem, para todos os professores, para os outros eu nem ligo!
— Okay…- Falou caminhando lentamente até mim com o livro, entregou-me e me deu um beijo na bochecha- Por favor, me diga que vai naquele jantar chato da empresa do meu pai hoje a noite?- Perguntou, assenti sorridente-
— Sabe que eu sempre vou te salvar desses eventos chatos!- Avisei, a morena revirou os olhos rindo-
— Você é um evento chato, Selly!- Rimos e entramos na sala, sentamos no mesmo lugar de sempre: Encostadas na janela, Demi na minha frente, e Charlie atrás de mim. Nunca gostei muito dele… Eu acho que ele tira meleca e cola no meu cabelo, uma vez, eu estava com o espelhinho de Demi, e pelo reflexo, pude vê-lo tirar a gosma verde de dentro do nariz e depois passar a mão no meu cabelo… Ah, devem estar se perguntando como ficaram as loirinhas metidas do intervalo. Chantel Jeffries, Sofia Richie ( ou fiona ), Candice Accola , Jean Watts, agora elas arranjaram mais duas para o “Clã”… Hailey Rhode Baldwin… Ela é uma das mais bonitas ali, e eu até hoje não a vi sendo maldosa com ninguém, apenas pedindo desculpas pelas barbaridades que Chantel faz. Eu e Hailey nos tornamos amigas desde então. Porém, Barbara… Ah, Barbara Palvin não perdoa! Ela é quase pior que Chantel, eu disse quase!
    Soube que agora elas estão fazendo uma seleção, e que vão permitir morenas… Vê se pode?! Nem eu nem Demi vamos fazer parte disso.
— Sel, eu sei que pode ficar brava comigo, mas… Eu vou fazer parte da seleção- Ela falou rápido, porém eu entendi.
— C-Como assim Demi?! Prometemos que não iríamos nos envolver com aquelas meninas! Você mesma, deveria saber o mal que elas a fizeram Demi!- Falei indignada.
— Desculpa Selena! Tá?! Desculpa, mas agora que eu consegui vencer minhas expectativas eu preciso jogar na cara delas que eu sou capaz de ser como elas!- Suspirei. Essa pode ser a pior decisão da minha vida… Mas tudo pela minha melhor amiga ,não?-
— Okay… Mais tarde, vamos comprar roupas. Mas não pense que eu apoio isso, só vou te ajudar porque é isso que você quer…- Assim que falei isso, Demi soltou um gritinho histérico, então peguei meu celular rindo e enviei uma mensagem para minha mãe, avisando que não voltaria para casa depois da escola, e que iria dormir na casa da Demi.
— Oi…- Uma voz masculina soou ao meu lado. Porém nem deu atenção, deve estar falando com a Demi.- Sou o Justin, você é…- Demi me cutucou, então notei que ele falava comigo-
— Selena, por que?- Demi riu e o garoto sorriu de canto
— Te achei bonita…- Deu de ombros e se sentou ao meu lado, olhei para Demi, que mantinha um rosto surpreso-
— Não por muito tempo- Resmunguei assim que o Clã, entrou na sala de aula. Pude ver Barbara se jogando para cima de Justin, e ele estava curtindo aquilo… Tarado. Pensei e ri-
— E aí Selly- Chantel pronunciou meu nome com nojo- Sabe que estamos abrindo vagas para o Clã, não sabe?- Impossível…
— Sim. Ouvi falar pelos corredores- Falei simpática e sarcástica ao mesmo tempo.
— Que tal entrar para os testes esse ano? Você está qualificada- Piscou, ri e neguei.
— Desculpa, Chantel… Não tenho interesse m fazer parte do Clã, mas a Demi vai- Apontei para a morena a minha frente que ruborizou.
— Ah… Jura?- Perguntou insatisfeita. Eu sei o quanto Chantel me quer nesse clube. Ela me pede isso a 4 anos.
— Juro…- Sussurrei. Justin observava nossa troca de farpas animado… Mmmm, parece que temos um animador de torcida aqui!
— Selly, por que não faz o teste?- Perguntou Demi, um pouco cabisbaixa-
— Porque eu não quero… Agora, Chantel, tem como dar licença?- Fiz um sinal para que ela saísse, relutou, porém saiu.
— Obrigada Selly- Disse Demi olhando para os pés.
— Obrigada pelo que?- Perguntei rindo.
— Por ser a melhor amiga do mundo…- Sorri junto a ela e Justin bateu palmas. Qual é a desse garoto?

                                          ….

— Como assim você não sabe passar maquiagem Gomez?- Perguntou Demi rindo.
— Ah… Cala a boca!

         Tinhamos acabado de voltar das compras, foi um dia corrido.
— Em fim… Qual é a do Justin?- Perguntou.
— Sei lá, provavelmente é doido- Riu, porém eu estava falando sério.
— Acho que ele está afim de você, Selly!- Foi minha vez de rir.
— Não viaja Demetria! Ele nem me conhece- Exclamei.
— Mas vai conhecer… Eu ainda sinto que vocês vão ficar muito próximos, tanto espiritualmente quanto carnalmente- Arregalei os olhos e ri-
— Não diga asneiras Devonne… O máximo de relacionamento que teremos, vai ser eu tendo que fazer os deveres de casa dele- Revirei os olhos enquanto passava o rímel
— Você viu aqueles braços? Todos tatuados, ui!- Exclamou fazendo-me rir-
— Vamos logo com isso…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...