História Noturns - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Ficção, Luta, Violencia
Exibições 8
Palavras 791
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Segundo capitulo da história ;3
Espero que gostem :)

Capítulo 2 - Um de nós


Fanfic / Fanfiction Noturns - Capítulo 2 - Um de nós

    Após a gente ter chegado em um lugar totalmente estranho, eu ainda seria arrastada pela garota.

-Ei, pelo menos diga o seu nome – Falei curioso.

-E isso importa agora? – Ela fala séria.

-Bom...pra mim sim

 – Talvez eu falo depois.

-Hã...então pra onde está me levando?

-Você vai ver.

Ela chega em um lugar que se parece uma casa, empurrando a porta com tudo, assim batendo na parede como se fosse quebrar.

-HAAA! – Um cara de cabelos negros e olhos brancos grita quase derrubando uns frascos no chão – Ei Abigail, Por que não bate na porta antes? Eu poderia ter explodido este lugar!

-Você se assusta por qualquer coisa Eddy – Fala a garota me deixando em pé.

-E esse garoto ai, quem é? – Eddy fala se aproximando de mim.

-Há, é disso que eu queria falar, eu acabei indo no mundo dos humanos e acabei vendo ele, quando injetei aquela poção não deu em nada.

-Como assim? – Ele pergunta confuso.

-Não deu nenhum efeito! Por isso mesmo eu trouxe ele aqui – Ela cruza os braços pensativa.

Todos ficariam um tempo em silêncio.

-Qual é seu nome garoto? – Eddy perguntaria, assim os dois olhariam para mim.

-È.....Meu nome é Ryan.

-Ryan? – A menina arregala os olhos.

-Eu falei algo de errado?

-Não, não é nada.

Eddy me olha da cabeça aos pés, pensativo.

-Vou fazer uma poção, e depois eu te chamo – Fala Eddy se sentando na cadeira.

-Tá ok, vê se não se explode ai, mas até que uma explosão iria ser legal.

Nós saímos do local, assim indo para a casa de Abigail.

-È...Abigail certo? – pergunto olhando tudo em volta.

-Sim.

-Então, aqui que é sua casa?

-Por que? É muito diferente para você?

-È, meio que sim.

-Entendo.

-Mas...Por que me sequestrou?

-Por um simples motivo, transformar vocês em um noturns e mandar para a guerra.

-Como assim vocês? Tem mais gente do que eu aqui? E como assim mandar para a guerra? Eu nem tenho idade!

-Calma ai garoto, você faz muitas perguntas.

-Mas eu só tenho 12 anos, eu não posso ir a guerra!

-Claro que pode.

-Claro que não, é só pra maiores de 18 anos.

-Na onde você mora, só pessoas de 18 anos podem ir a guerra?

-Sim, se eu for, eu posso morrer.

-Eu que tenho 15 anos e já fui em 3 guerras.

-O que?! – falo assustado.

-Ai no seu mundo é diferente do nosso, então você vai participar da guerra sim.

Eu me joguei em uma poltrona cinza, cruzei os braços e abaixei a cabeça.

-Ei...Por que quando falei meu nome você olhou pra mim com os olhos arregalados? – Pergunto permanecendo a cabeça para baixo.

-E que...Meu irmão se chamava Ryan – Fala Abigail desviando o olhar de mim.

-Que legal, então você tem um irmão?

-Tinha, não tenho mais.

-Como assim?

-Ele foi mandado pro mundo dos humanos quando eu tinha apenas 4 anos por causa da guerra, a nossa família é conhecida por a gente ser uma mistura de noturns e humano.

-Então vocês são um noturn metade humanos?

-Minha mãe era uma humana e meu pai um noturn.

-Ah sim...

Alguém abre a porta lentamente, olho vendo um homem grande e musculoso, com uma cicatriz no olho.

-Há, oi pai – Fala Abigail.

-Quem é esse garoto? – Fala o homem com uma cara séria e que dá medo.

-É um garoto que peguei no mundo dos humanos.

-Ele não deveria estar no grande piso escarlate? – Pergunta ele me olhando de baixo para cima.

-Sim mas, eu injetei a poção nele, e não teve nenhum efeito, então acabei levando ele ao Eddy para verificar, e daqui a pouco ele vai chegar aqui.

-Entendo, vou voltar ao centro de treinamento.

Ele sai fechando a porta com tudo. Abigail fica me olhando, como se estivesse me analisando, Após alguns minutos de silencio, alguém bateria na porta, assim Abigail se levantaria abrindo a porta, vendo Eddy com um sorriso no rosto segurando um frasco pequeno com um líquido laranja na mão.

-Só basta ele beber e pronto.

-Ok, isso pode causar problemas, como destruir algo? Se sim nós vamos ter que sair da minha casa.

-Não precisa, ele só precisa beber a poção e então vai aparecer o símbolo em alguma parte do corpo dele, assim saberemos se ele é um noturn ou humano.

Abigail pegaria o frasco da mão de Eddy e daria para mim.

-Beba tudo.

-O gosto disso é ruim?

-Não importa se o gosto é ruim ou não, basta só você beber.

Abigail joga o frasco em minha direção, eu pegaria ele no ar, abrindo o frasco, olharia para a cor dela, cheiro um pouco, vendo que não havia odor, chego com o recipiente perto de meus lábios, assim bebendo tudo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ;D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...