História Nova Chance - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Soul Eater
Personagens Black Star, Death the Kid, Liz Thompson, Maka Albarn, Patty Thompson, Shinigami-Sama (Death), Soul Eater Evans, Tsubaki Nakatsukasa
Tags Maka, Soul, Soul Eater
Exibições 70
Palavras 2.365
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá novamente!!!

Capitulo novo! DESCULPA PELA DEMORA!

P.S; não acredito que escrevi essa m$@#%¨* (???)

BOA LEITURA!!

Capítulo 12 - Sonho e... May?!


Soul on

 

   - Bom dia Soul! – disse Maka sorridente assim que entrei na cozinha.

 

  - Bom dia! – falei me espreguiçando.

 

  - Dormiu bem? – perguntou colocando alguma coisa na mesa. Ela esta estranha ou é impressão minha?!

 

 - Na verdade nem me lembro de ter dormido! – falo sentando na cadeira de frente pra mesa.

 

 - Sério?! Para mim você dormia como um anjo! – ela disse se sentando no meu colo e passando os braços em volta do meu pescoço, eu arregalei os olhos.

 

 - Maka oque esta fazendo? – perguntei surpreso e assustado.

 

 - Como assim amor? – ela perguntou de volta confusa. EU QUE DEVIA TA CONFUSO AQUI FIA!

 

 - V-Você esta no meu colo! – falei e ela sorri

 

 - E o que tem demais?! Eu faço isso todo dia! - respondeu simplesmente.

 

 - Não faz não! – falei - Olhe Maka se isso for uma pegadinha, parabéns pra você! Agora dá pra sair antes que...

 

 - Antes que o que? – perguntou sorrindo maliciosa me fazendo corar.

 

 - Antes que eu te derrube no chão! – gritei me levantando e realmente ela caiu no chão.

 

 - Ai Soul! É isso que você faz com a mãe dos seus sete filhos! – ela gritou nervosa e eu engoli seco.

 

 - S-Sete filhos? – perguntei assustado e quando penso que não podia piorar um monte de pirralhos pequenos vem em minha direção correndo. (7 no total).

 

 - PAPAAAIII! – eles gritaram antes de me abraçar e eu cair no chão.

 

 - MAS QUE PORRA É ESSA?! MAKA você sequestrou um orfanato? – perguntei. Não to entendendo mais nada agora!

 

 - Soul, olhe a língua! Não quero que nossos filhos aprendam essa linguagem impropria! – ela falou cruzando os braços e quando olhei pros pirralhos... UM DELES TINHA A MESMA CARA QUE O BLACK STAR!

 

 - Isso não pode ser real! – falei colocando a mão na cabeça enquanto encarava o moleque com a cara do meu melhor amigo.

 

 - Papai eu vou ser o novo deus do mundooo!! – ele gritou e começou a correr pela casa.

 

 - Por favor, diz que isso é um pesadelo! – falei vendo o pirralho correr.

 

 - Se for um pesadelo devo dizer que não é nada simétrico! – ouvi alguém dizer e quando olho era outro moleque só que agora com a cara do Kid nele. Shinigami aguda-me aqui!!

 

 - Tá bom! Tá bom! – tentei manter a calma – Só tem duas explicações pra isso: Uma, isso é um pesadelo e eu ainda estou dormindo ou... VOCÊ ME TRAIU COM O KID E COM O BLACK STAR! –gritei apontando para Maka que me olhou indignada.

 

  - Como ousa dizer isso? Eu não fiz nada! – ela disse se fingindo de inocente.

 

 - E como explica aquilo? – perguntei apontando para os dois moleques que estavam brincando.

 

 - Bom... Se quiser podemos concertar! – sugeriu.

 

- Concertar?! Como assim concertar? – perguntei e ela sorriu e antes que eu pudesse fazer algo ela pulou em minha direção ficando em cima de mim – O-Oque esta fazendo?

 

 - Concertando as coisas, ora essa! – ela respondeu passando a mão no meu cabelo. Eu olhei para o lado e todos os pirralhos estavam nos olhando.

 

 - Na frente deles? – perguntei. Não creio no que esta havendo!

 

 - Não se preocupe, eles já estão acostumados! – respondeu começando a beijar meu pescoço. Merda já estou começando a ficar duro! Alguém me AJUDAA!!

 

- Vai na fé papai! – ouvi os pirralhos gritarem. Isso já esta ficando constrangedor!

 

- Maka! – a chamei, mas ela não parava de beijar e lamber meu pescoço – M-Maka!

 

- Sim Soul?

 

- E-Eu não acho isso... U-Uma boa ideia! – falei contendo os gemidos que queriam sair.

 

- Você disse a mesma coisa nas outras cinco vezes! – ela respondeu. Cinco?! Merda ela tinha me traído mesmo e... ESPERA UM POUCO! ISSO NÃO VEM AO CASO AGORA!!

 

 - Tá bom Maka já chega! – falei tentando tira-la de cima de mim.

 

- Mmm... Só mais um pouquinho! – ela falou.

 

 - Maka! Estou falando sério! – falei, mas ela não me ouviu – Maka... Maka... MAKAAAA!!! – gritei alto.

 

SONHO OFF

 

 - MAKAAAA! – acordei ofegante e com certeza vermelho. Olhei em volta e estava no meu quarto – Ufa! Foi um sonho! – falei respirando aliviado, então me toquei de uma coisa. Ergui um pouco a coberta e... – Puta merda! –falei notando o volume e nesse exato momento Maka entra no quarto me fazendo cobrir com a coberta e um travesseiro.

 

 - Soul você me gritou? – ela perguntou e eu sorri forçado.

 

 - Quem? Eu?! Não, não fui eu não! – respondi.

 

 - Tem certeza? Juro que ouvi gritando meu nome! – ela falou cruzando os braços, desconfiada.

 

 - Não fui eu ok?! Eu não gritei ninguém! – falei e ela continuou desconfiada e isso já estava me deixando nervoso me fazendo suar frio.

 

 - Você está... – ela começou. Por favor, não diga excitado. Não diga excitado! –... Bem? – perguntou e eu voltei a respirar.

 

 - Estou ótimo! – respondi – Agora dá pra cair fora do meu quarto?! – falei, precisava de um banho rápido.

 

 - Nossa que educado! – comentou – Ok então! – respondeu saindo do quarto e assim que ela saiu corri direto para o banheiro do corredor sem ela me ver.

 

Soul off

 

Maka on

 

      Assim que pisei o pé na cozinha pude ouvir a porta do banheiro batendo com força. Esse garoto esta mais estranho do que o de costume!

 

(...)

 

     Depois de esperar o Soul por muito tempo – já que ele demorou um século no banheiro – nós pudemos sair para ir ao colégio. Estava tudo normal, menos pelo fato de que ele estava andando do outro lado da rua enquanto eu estava no outro lado. Que estranho, achei que tínhamos nos tornados amigos depois de ontem à noite... Será que foi imaginação minha?!

 

(...)

 

    Chegamos ao colégio depois de subir toda aquela escada e Soul ainda andava longe de mim, será que eu estou fedendo?! Só pra prevenir senti meu cheiro e de acordo com meu olfato, não eu não estou fedendo! Oque será que é então?

 

       Já estávamos nos corredores do colégio com ele andando a uma grande distancia de mim, na minha frente, quando resolvi perguntar. Corri até ele e acho que o mesmo nem percebeu que eu estava tão perto...

 

    - Ei Soul, algum problema? – perguntei e ele se arrepiou e se assustou parando de andar.

 

   - C-Como assim? – perguntou gaguejando. Por que ele esta assim?

 

  - Bom, você esta um pouco afastado, quero dizer, não que você já não fosse, mas é que achei que depois de ontem nós já tínhamos superado nossas diferenças e éramos amigos! – expliquei um pouco corada já que era estranho falar disso com ele. Nunca fui de ter amigos homens, na verdade amigos nenhum!

 

 - E-Eu... – ele pareceu corar também e balançou a cabeça – Amigos?! De onde tirou isso? Kkk – perguntou rindo – Eu nunca vou ser seu amigo Maka, eu ainda não gosto de você e nunca vou gostar! Aquela conversa que tivemos só foi... – ele pareceu achar uma desculpa – Pra me desculpar sobre nossa primeira missão, só isso! – falou por fim – Mas amigos nós não somos e nunca vamos ser! – disse e passou por mim me deixando sozinha no corredor.

 

 - É... Acho que eu estava enganada! – murmurei cabisbaixa e balancei a cabeça – Droga! Por que estou triste por causa dele? Estou pouco me fudendo se somos amigos ou não! – comentei irritada e voltei a andar para a sala. Quando cheguei lá encontrei todos menos Soul, mas eu não estou nem aí! Deve estar ocupado com coisa melhor!

 

Maka off

 

Soul on

 

    Depois que disse aquilo a Maka eu saí andando rapidamente para o banheiro, precisava refrescar o rosto. Enquanto eu molhava o rosto eu me olhei no espelho do banheiro.

 

  - Aarrghh! Por que disse aquilo? Mas que merda! – desabafei puxando meus cabelos e logo suspirei colocando as mãos na pia e encarando minha imagem no espelho – Não acredito que disse aquilo pra ela! Não acredito que estou arrependido de ter dito aquilo pra ela! Não acredito que estou conversando sozinho no banheiro! Estou parecendo um maluco! – comentei colocando a mão no rosto e ouço o som de descarga e um cara sair do banheiro me olhando. Ele veio até a pia, lavou as mãos, as secou, jogou os papeis na lixeira e depois olhou pra mim e disse:

 

  - Esta mesmo parecendo um maluco! – e foi embora.

 

 - Dá próxima vez eu tenho que verificar se tem alguém aqui antes! – comentei pra mim mesmo e voltei atenção para o espelho passando as mãos pelo rosto. – Quando foi que isso começou? E oque é isso? Argh! Eu preciso relaxar e ficar o mais longe  possível dela! – falei e suspirei saindo do banheiro.

 

     Estava andando em direção a sala - onde chegaria atrasado e provavelmente levaria uma bronca do Stein – quando sinto braços envolverem meu pescoço em um abraço. Eu me assustaria se não fosse pela voz do ser que eu já conhecia.

 

 - Olá Soulzinho! Adivinha quem voltou?! – ela falou “tentando” ser “sensual” no meu ouvido. Revirei os olhos.

 

 - Oi Kim! – falei seco.

 

- Que isso Soulzinho?! Não estava com saudades? – perguntou ficando na minha frente, mas nada de soltar meu pescoço.

 

- Sinceramente... – sorri a fazendo sorri também – Não! – respondi fechando a cara.

 

 - Seu chato! – falou fazendo biquinho. Alguém me traz um balde, acho que vou vomitar! – Fiquei sabendo que ganhou uma artesã nova. - comentou

 

 - E oque tem demais nisso?

 

- Surpreende-me o fato dela ainda não ter caído fora! –comentou sorrindo e me abraçando mais – Eu também fiquei sabendo que ela é uma loira oxigenada e que é uma tabua. Elas não fazem o seu tipo né lindo?!

 

 - Vem cá quem te fala isso em? – perguntei mudando o assunto.

 

 - Eu tenho os meus contatos! – respondeu sorrindo.

 

- Seiii... – oh tedio.

 

   De repente ela começou a falar da missão solo dela e eu fingi que estava prestando atenção. Não sei oque é pior, ela ou a aula. Acho que prefiro a aula mesmo, dessecar esta começando a parecer uma ótima opção agora.

 

(...)

 

   Fala sério já se passou, sei lá um ano (?), e essa garota continua falando. Ela era legal quando ficávamos, mas depois que a pedi em namorou eu me arrependi feio. Ela começou a ficar tão chata, grudenta e tagarela que acabei terminando com ela. E toda vez que ela me vê e me abraça e fica falando me lembro do porque terminei com ela. Bonita, mas chataaaaaaa!!!

 

   Falando em coisa chata a aula já vai acabar e o pessoal já vai sair, se a Maka me vê assim com a Kim vai... Espera! Oque eu estou pensando? Não tô nem aí pra oque a Maka vai pensar! E pensando melhor, Kim pode me ajudar a esquecer seja lá oque estou sentindo pela loira agora, tenho certeza que é uma coisa passageira e que vai passar logo, mas nada como uma segunda opção para reforçar né?!

 

   - Tá bom Kim, vamos vê se você serve para alguma coisa além de ficar falando! – comentei sorrindo.

 

   - Espera o... – e antes que ela pudesse falar algo eu a beijei e claro ela retribuiu. AGORA SIM PRECISO DE UM BALDE!!!

 

Soul off

 

Maka on

 

    A aula acabou! Gloria! Posso ouvir um amém irmãos?! Estranho pensar nisso no colégio da morte, mas fazer oque né?

 

 - Ei Maka! Quer ir com a gente comer algo? – perguntou Liz.

 

 - Depois, eu tenho que devolver esses dois livros pra biblioteca! – falei segurando dois livros. E sim eles estavam comigo e não brotaram do inferno!

 

 - Eu vou com você Maka-chan! – falou Tsu. E sim ela me deixa chama-la assim.

 

 - Ok. A gente encontra vocês duas depois! – falou Liz e ela se foi com sua irmã, Kid e Black Star que ainda discutiam sobre a cueca do azulado.

 

 - Vamos Maka? – Tsu perguntou e eu assenti. Começamos a andar em direção a biblioteca e quando estávamos quase chegando vi algo que me deixou indignada.

 

  - Não acredito! – falei parando de andar.

 

 - Oque foi Maka-chan? – perguntou.

 

- Você não esta vendo? – perguntei de volta.

 

- Vendo oque? – ela perguntou.

 

- Esse papel amassado aqui no chão. – falei me abaixando e pegando o papel – Esse povo não tem respeito mesmo! – comentei jogando o papel na lixeira.

 

- Maka! – Tsu me chamou.

 

- Sim?! – virei-me para ela e a mesma olhava para algum lugar, paralisada.

 

- Aquele é o Soul? – perguntou apontando pra onde olhava e quando olhei na direção eu... Bom, eu... Eu vi o Soul beijando uma garota de cabelo rosa e por uma estranha razão aquilo me causou um aperto no peito, ou melhor, no coração.

 

- S-Sim p-parece ser ele! – droga gaguejei, porque gaguejei? E oque é isso que estou sentindo agora? Será diarreia? Não, acho que é raiva e... Tristeza?

 

- Maka?! – Tsu me chamou agora olhando para mim.

 

- S-Sim?!

 

- Está chorando? – perguntou confusa.

 

 - Chorando?! – repeti oque ela disse e quando toquei meu rosto ele estava um pouco molhado. – Mas oque... – não terminei de falar e corri para o lado contrario entrando no banheiro. Tsu me seguiu. Olhei-me no espelho e realmente eu parecia que estava chorando, meus olhos estavam vermelhos e comecei a sentir minha garganta doer como se eu estivesse segurando o choro. – Acho que sim, a-acho que estou chorando!

 

 - Por que esta chorando? Você gosta do Soul por acaso? – Tsu perguntou chegando perto de mim e colocando a mão no meu ombro.

 

 - Oque? Não! Eu não gosto dele! – falei e senti as lacrimas aumentarem e minha garganta piorar. – D-Droga m-minha garganta doí! – falei colocando a mão no pescoço e a outra na pia.

 

 - Espere aqui vou buscar um copo de agua! – Tsu falou e saiu do banheiro. Eu estava com a cabeça baixa quando ouvi uma voz familiar...

 

 - Por que esta chorando? ela perguntou me fazendo arregalar os olhos e levantando a cabeça lentamente... Pude vê-la no reflexo do espelho. Seus olhos, vermelhos como os de Soul só que um pouco mais claros, me olhavam com intensidade. – Por que Maka? Por que esta chorando? – perguntou novamente e eu olhei para trás, mas não tinha ninguém e mesmo que tivesse não seria possível. Eu estava conversando com meu próprio reflexo. Era ela, era...

 

 - M-May?!

 

Continua...

 


Notas Finais


Olá amigos, como estão? Tranquilos?

Aqui esta uma foto da Kim pra quem não lembra dela..: https://myanimelist.cdn-dena.com/images/characters/4/247493.jpg

E sim vai ser essa mesma porque ela ta mais bonitinha aí!

Aqui uma diferença nos olhos de Soul e May pra quem quiser saber (P.S.: só os olhos, a menina é foda e eu recomendo o anime pra quem nunca viu. FODA PRA CARALHOOO!! Pena que não terminei nem a segunda temporada :P, mas um dia ainda volto a assistir esse anime foda. Nome do anime: Shakugan no Shana).

Soul: https://paralleled.files.wordpress.com/2008/05/soul-eater-01-008_0001.jpg

May (olhos/cor): data:https://www.watchcartoononline.io/thumbs/Shakugan-no-Shana-3-Episode-22-English-Subbed.jpg

Obrigada por Lerem! Desculpa os erros!

O proximo capitulo vai ser (eu acho) revelado o segredo da Maka que é a May e muito provavelmente o do Soul tmb do porque ele odeia os artesoes (não é lá um segredo, mas né...). P.S.: sem spoilers nos comentarios. Tchau! Beijos! FLW! VLW!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...