História Nova chance [Jikook] - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Taegi, Taekook, Taeyoonseok, Vkook, Yoonmin, Yoonseok
Visualizações 13
Palavras 3.534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olar, Tudo bem? ~
Desculpem a demora, andei adicionando fanfic nova TuT e bom, tive algumas tretas na família mas isso não vem ao caso :b

Vamos falar do que interessa


- Vai ter momento Jikook nesse capítulo sim.
- Logo vocês irão saber alguma coisa sobre o Namjoon e o Seokjin, sim. Porque um desses dois é muito importante na história também!
- Nada nesse capítulo sobre o Yoongi ou outro personagem saber do futuro.

Espero que aproveitem, boa leitura.

Capítulo 5 - Capítulo V - O piquenique


Fanfic / Fanfiction Nova chance [Jikook] - Capítulo 5 - Capítulo V - O piquenique


Tudo isso não é coincidência

Apenas, apenas eu podia sentir isso

O mundo inteiro é diferente de ontem

Apenas, apenas com sua alegria


Quando você me chamou

Eu me tornei sua flor

Como se estivéssemos esperando

Nós florescemos até que nós soframos.


~BTS Love Yourself- Her Serendipity❤


Se você acha que essa viagem estava sendo a melhor para Jungkook, você está completamente enganado. Acontece que desde quando saiu de casa de mãos dadas com o Park, já se tornou extremamente irritante.

JungKook parou ao lado do carro olhando para os amigos que já estavam dentro do carro, quando ele e Jimin se aproximaram para entrar no mesmo, Yoongi estava sentado no banco do meio e se recusava a sair daquele lugar.

- Eu não vou mudar de lugar, eu vou dormir na viagem e a janela aberta vai bagunçar o meu cabelo. - Respondeu irritado enquanto colocava seu cinto, nem olhando para a cara de Jeon.

- É só fechar a janela, sai daí logo. - Jeon estava quase entrando dentro daquele carro apenas para empurrar Yoongi para o outro lado.

- Nem pense nisso, JungKook. - Afastou apenas seu braço, impedindo o toque do outro. - Eu gosto desse lugar.

- Parem de brigar, meu deus é só um lugar. - Taehyung que estava sentado no banco da frente, se virou para trás encarando Yoongi.

Yoongi continuou sério, Taehyung abriu a boca para começar a falar e o outro arqueou a sombrancelha, lhe dando um olhar totalmente sugestivo. 

-  Jeon, senta do outro lado. - Disse rapidamente se voltando para frente.

- Boa escolha, Taehyung. - Cruzou os braços deitando a cabeça para trás no banco, onde havia um travesseiro que o mesmo havia pego na casa do Park.

- Tsc, Por favor Yoongi. - Hoseok reclamou do banco do motorista. - Vamos chegar tarde lá e a culpa vai ser de vocês.

- Minnie.. - Yoongi choramingou com a voz manhosa e virou a cabeça olhando para o Park que se encontrava do lado de fora ainda, ao lado de JungKook.

- Ah, não. - JungKook tentou empurrar o garoto que se mantém firme no lugar.

Era sempre essa palhaçada, Yoongi sabia que se apelasse para a manha para cima de Jimin ele iria conseguir alguma coisa. O Park tinha coração mole e não resistiria, todos sabiam disso.

- Minnie, me deixe ficar aqui, sim? Ainda não me sinto muito bem, só quero dormir um pouco. - Ele virou-se para o lado, não totalmente pois o cinto lhe impedia apenas para ajeitar seu travesseiro.

- Jeon, deixe ele ficar. - Jimin se pronunciou, atraindo a atenção do namorado que lhe olhou de volta.

- Mas eu queria sentar do seu lado. - JungKook respondeu fazendo bico, o que arrancou uma risada do outro.

Era isso mesmo, pessoal.

A manha de todo mundo funcionava com Park Jimin, menos a manha do próprio namorado e isso deixou Jeon totalmente irritado. Queria aproveitar a viagem para se sentar ao lado do namorado, ficarem um tempo a mais juntos e ficarem praticamente colados, mas aquele ser humano loiro estava dificultando tudo.

- Na volta você senta. - Se aproximou acariciando o rosto do mesmo de forma desajeitada, lhe deixou um selinho nos lábios e se afastou dando a volta no carro para se sentar do outro lado. - Agora vamos, não quero chegar muito tarde.

Jeon suspirou derrotado e entrou no carro, sentando-se ao lado de Yoongi. Olhou para o outro que agora tinha um sorrisinho esquisito no rosto e havia deitado a cabeça no ombro de seu namorado. 

Min Yoongi era muito audacioso. Pensou JungKook sozinho em seu canto.

Hoseok murmurou um "aleluia", finalmente dando partida no carro e logo começando a dirigir. JungKook colocou seu cinto de segurança e logo pegou seu celular no bolso, procurou seu fone de ouvido e acabou xingando baixo por perceber que havia o esquecido em casa. Pensou até na possibilidade da pedir os de Jimin emprestado, mas ao tentar viu que ele já havia emprestado o seu para Yoongi. 

Soltou um suspiro e virou de lado encostando a cabeça no vidro da janela, Pois é Jeon JungKook.

Só resta tentar tirar um cochilo.


...


- Dá para ligar o rádio? - Perguntou Jimin enquanto se inclinava na direção do banco da frente onde estava Taehyung.

- Calma. - O outro Murmurou, se inclinando na direção do rádio ligando o mesmo. Ficou apertando os botões para trocar de rádio, até achar algo que na opinião dos dois, prestasse.

- Aaa, a minha música! - Jimin bateu palmas empolgado, voltando a se recostar no seu lugar.

- Não creio que você também é fã dessas divas. - Taehyung virou a cabeça encarando Jimin que começava a cantarolar a música.

- Já entrou no meu quarto? - Jimin perguntou para Tae, que negou com a cabeça. - Então precisa entrar. - JungKook tossiu, atraindo a atenção dos dois que lhe olharam esquisito, logo voltando a conversa. - Eu tenho todos os álbuns delas, pôsteres, cards, bottoms, praticamente tudo!

- Hoseok, acho que vou roubar uma pessoa. - Brincou com o namorado que estava sentado ao lado, fazendo o outro apenas rir de maneira estranha e balançar a cabeça. - é minha música favorita!!

- A minha também!

Jeon olhava para aquilo com uma sombrancelha arqueada, o que era aquilo? Uma conspiração contra ele? Como fazer Jeon JungKook se sentir irritado? Manual de como ferrar com a sua vida? Bugou irritado roubando o travesseiro de Yoongi que dormia profundamente, quase babando. 

Ele dormia pesado, nem ia perceber.

Não vá, não diga que vai me deixar. Não me deixe atrás das memórias, não olhe para minhas lágrimas que não podem te segurar. - Cantou, praticamente entrando no personagem. Ele se virou para trás e olhou sugestivo para Jimin, logo voltando seu olhar para Jungkook e apontando em sua direção, voltando a cantar. - apenas não vá.

Jimin deu risada, se virando para encarar Jeon que estava tenso. Taehyung voltou para a frente e levou as mãos para o alto balançando. Jimin virou-se para o lado, esperando o próximo refrão começar.

Não se deixe enganar, não caia na tentação, Nada dura para sempre. Quando o inverno passar, a primavera vira de novo, você sabe disso. - Cantou murmurando baixinho, sua cabeça estava encostada no vidro e ele pareceu ficar sério de repente.

- Quando hoje acabar, parece que amanhã vai ser diferente. - Taehyung Cantou animado olhando para a paisagem do lado de fora.

Minha vida vai estar bem sem você? - A voz de Jimin soou baixa e para os ouvidos paranóicos de JungKook, havia soado mais como uma pergunta do que um trecho da música.

Jeon retirou seu cinto de segurança e se apoiou no banco de Hoseok, esticando-se até os bancos da frente. Alcançou o rádio e apertou o botão trocando de música, os outros lhe encararam irritados por estragar a pequena diversão dos mesmos e Taehyung começou a trocar novamente de música.

Para a sorte de Jeon aquela já havia acabado.

Aquilo tinha sido muito estranho, ele olhou para Jimin que cruzou os braços e virou o rosto irritado para a janela. 

- Por que mudou? - Perguntou Yoongi que havia acabado de acordar, sua voz estava rouca devido ao recente cochilo.

- Música da Bad, estamos indo nos divertir e não indo ao funeral de alguém. - Respondeu irritado com a pergunta do loiro.

- Mas por você poderíamos né? - Yoongi perguntou, fazendo Jeon se calar. Todos no carro haviam ficado em silêncio percebendo o clima pesado naquela conversa.

- Wow - Hoseok riu um pouco sem graça, sem desviar a atenção do volante e da estrada. - Tá repreendido em nome do Jay Park mozao, aí. - Reclamou baixinho quando Taehyung lhe deu um tapa no braço, logo rindo em seguida. - Você é único, amor. Mas eu concordo com o Jeon, a música estava muito triste.

- Não existe essa de tristeza, a música era boa. O que custa ouvir? - Taehyung reclamou, estava visivelmente chateado por sua música ter acabado.

- Peso na consciência? Karma? - Yoongi sussurrou baixo, mas ainda sim senso audível para Jeon. - Posso fazer uma lista.

JungKook franziu o cenho, encarando o garoto loiro ao seu lado que o observava na mesma  intensidade. 

Se ele tinha alguma dúvida de que Yoongi sabia de algo, a maioria já havia sido respondido só com aquelas palavras. Mas talvez fosse cedo para tirar conclusões? Talvez fosse um mal entendido, ou sua mente paranóica fazia ligação com todas as coisas que tinham acontecido recentemente e estivesse esquecendo de algo recente para eles, naquela época.

Ele não sabia, sua mente tinha memórias diferentes até aquele dia, e hoje tudo parecia diferente. Nada estava igual.

- Não se desculpe..

JungKook olhou para o lado, vendo Jimin ainda encarando a paisagem cantarolando a música que tocava no rádio, música que Jeon nem percebia que tocava.

- Isso faz com que eu fique mais deplorável, com seus lábios vermelhos. Por favor se apresse, me mate e vá, eu estou bem. - Cantarolou agora se virando e olhando para a mão de Yoongi que segurou a sua, sorriu fraco se virando novamente para a janela. - Olhe para mim uma última vez, sorria como se nada estivesse errado.

Dessa vez JungKook levantou e desligou o rádio, estava se sentindo irritado com Min Yoongi que é um grande filho da puta e triste consigo mesmo. Aquilo só podia ser um teste do universo consigo e ele não iria admitir perder.

- Qual é o seu problema? - Jimin o olhou, estava irritado e isso era visível. - Caralho, JungKook.

- Eu só não quero ouvir música, Ok? Porque não fazem outra coisa?

- Ah, pode ter certeza que eu vou fazer. - Soltou a mão de Yoongi, virando para o lado enquanto cruzava os braços.

Jeon queria rir, com aquela atitude do Park que lhe lembrava exatamente uma criança birrenta. Mas sabia que ele estava totalmente irritado e não iria cutucar a fera.

- Como assim, senhor Park Jimin? - Perguntou confuso, sem entender o real significado da resposta do namorado.

- Calma, gente. - Hoseok novamente se manifestou, fazendo com que aquilo acabasse. - Nem tem necessidade de continuar com o rádio ligado, já chegamos.

- Graças a Deus. - Taehyung Murmurou.

Hoseok dirigiu por mais alguns minutos, apenas procurando uma vaga para estacionar. Assim que o mesmo estacionou o carro, JungKook desceu apressado vendo que Jimin já saia também. Tentou se aproximar e pegar na sua mão, mas o loiro o ignorou e deixou seus braços ainda cruzados sobre o peito.

Taehyung e Yoongi retiravam algumas coisas do porta malas, ajeitando tudo para carregarem e começarem a procurar um lugar para ficar. Jimin se afastou indo ajudar os garotos e o Moreno convencido de que ele não falaria consigo, suspirou derrotado e decidiu fazer o mesmo.

Enquanto pegava as coisas para levar, Jimin fez questão de lhe entregar as mais pesadas para carregar e mesmo com as pequenas reclamações que fazia o outro não lhe dava ouvidos. Seus amigos nem se intrometiam, sabiam como Park Jimin era quando estava irritado e não tentariam impedir, pelo contrário estavam rindo da cara do amigo.

Até mesmo o Min Idiota Yoongi.

Assim que terminaram de descarregar as  coisas, foram procurar algum lugar para ficarem e Jimin aproveitou para se vingar. Fez com que andassem mais, apenas para Jeon ficar mais tempo carregando todo aquele peso, passaram por vários lugares que estavam perfeitos para deixar suas coisas mas o Park sempre arranjava algum defeito, que na cabeça dos outros fazia sentido e acabavam andando mais. 

Se eles reclamavam do peso das coisas que levavam?

Aí, Jeon que nos pergunta.

Que peso?

Park Jimin fez questão de mandar o namorado levar praticamente tudo, se os outros carregavam suas próprias coisas já era demais visto que o outro havia feito ele levar até algumas mochilas. Finalmente pararam em um lugar próximo ao rio, onde haviam poucas pessoas e seria perfeito para deixar a bagunça deles. Taehyung arrumou a toalha xadrez clichê branca com vermelho no chão, em seguida se sentando na mesma e arrumando as coisas sobre ela. Hoseok se aproximou, apenas para pegar uma bola de futebol que estava ali e se afastar novamente começando a jogar sozinho. 

Jimin se aproximou, lhe deu um selinho rápido e pegou as coisas que segurava. Levou até a toalha e se sentou ao lado de Taehyung que agora mexia no celular, ligando  suas músicas no aleatório.

- Vai lá com o Hobi, vai. - Jimin disse apontando para o outro que jogava sozinho. - Você também, Yoongi.

- Por que você não vai? - Yoongi perguntou, pegando seu notebook que estava dentro de uma mochila.

Se Jeon soubesse que ele estava ali, teria quebrado o mesmo. Só de raiva. 

- Por que eu não gosto de futebol.-, Tomou o aparelho da mão do outro que protestou baixo antes de se levantar.

JungKook se aproximou de Hoseok que chutou a bola em sua direção e abaixou pegando a mesma na mão, os outros dois lhe observaram sem entender e se afastou, apenas para trocar a bola pela de vôlei.

- Pode ser?

- Tanto faz. - Yoongi respondeu subindo as mangas de sua camisa.

E então os três começaram a jogar vôlei, o espaço entre eles dividido  de forma totalmente irregular e sem times, aquilo  era só uma pequena distração, uma diversão para eles. Decidiram que iriam jogar de qualquer maneira, iria valer mão, pé, cabeça, qualquer coisa. Só não poderiam deixar a bola cair no chão. Muitas vezes Jeon deixava a bola cair, estava na maioria das vezes ocupado olhando para o noivo que estava sentado um pouco afastado na companhia de Taehyung, os dois conversavam animados e dividiam o fone, onde provavelmente estaria tocando uma música de agrado dos dois. Yoongi também deixava cair algumas vezes, mas seu motivo era mais por preguiça mesmo, preguiça de quando a bola caia muito longe e ele não tinha vontade de se mover tanto para pegar, já que tirando isso ele era um ótimo jogador. 

Com Hoseok não é nem preciso dizer, não é? O rapaz continuava muito alegre e agitado, estava fazendo qualquer sacrifício e esforço para não deixar a bola cair, soltava alguns gritinhos quando a bola ameaça não ser pega e arrancava boas risadas de todos, assim como nas vezes em que ele caia ou se jogava no chão para impedir a bola de cair. 

Ficaram um bom tempo jogando vôlei os três, até Yoongi alegar estar muito cansado e ir se sentar com os outros dois garotos. Então Hoseok e JungKook começaram a jogar futebol, tocavam a bola um para o outro, faziam alguns passes diferentes e embaixadas, ficaram bastante tempo naquilo, trocando algumas vezes para outros esportes. 

Já eram quase quatro e meia da tarde quando os dois decidiram parar de jogar e irem se juntar aos amigos, estavam abrindo as embalagens de alimentos que haviam trazido. Já passaram muito tempo sem comer, JungKook então nem havia tomado café, sua barriga já estava dando sinais de vida com os pequenos roncos que soltava.

Infelizmente teve que se sentar ao lado de Yoongi, já que Jimin estava entre o loiro azedo e Taehyung. Estava muito irritado com aquela aproximação repentina dos dois, não que não confiasse em Jimin ou pensasse que ele faria consigo o que o próprio havia feito, mas ainda sim era  estranho.

Park Jimin odiava Kim Taehyung, não é? Esse era o certo, aquela era a ordem natural da coisa, deveria ser.

E porque não era?  Porque não estava sendo? Os dois estavam virando amigos de uma forma tão rápida, que assustava Jeon, o deixava em alerta.

Por que sabia que dali não poderia sair coisa boa, sabia que não.

- Kook-ah, amor. - Jimin chamou o rapaz, atraindo sua atenção. - Vai querer um pouco do Kimbap de ontem? Ou outra coisa?

JungKook sorriu ladino ao ouvir aquilo, quase tão subitamente quanto o Park percebeu seu olhar, não só ele.

- O que eu quero comer não.. - Fôra interrompido.

- OPA, NEM PENSE NESSA CARALHA. -Yoongi praticamente gritou, atraindo a atenção dos amigos e de algumas pessoas próximas. - Porra, JungKook. Eu estou comendo, me respeita.

- Mas eu só ia dizer que o que eu quero comer não trouxeram. - Levantou os braços em um falso drama enquanto sua voz saía em um tom brincalhão arrancando risadas dos outros três rapazes e um resmungo de Yoongi.

- E o que você quer, Kook-ah? - Jimin inclinou a cabeça para o lado, quase a encostando no ombro de Taehyung enquanto olhava para Jungkook. Um olhar tão malicioso, mas tão discreto ao mesmo tempo que apenas Jeon era capaz de entender. 

Jeon amava quando o Park era tão espontâneo consigo, tão explícito e tão discreto. Sentirá tanta falta daquela personalidade de Jimin, a maneira como ela mudava repentinamente de um cara manhoso, tímido, decifrável e inocente, para  alguém totalmente vulgar, misterioso e indecifrável. Jimin certamente era muito confuso, mas algo que agradava ao Jeon pois estava sempre descobrindo algo novo, mesmo depois de tanto tempo. 

- Eu queria bolo de cenoura, mas só trouxeram o de chocolate. - Murmurou enquanto balançava a cabeça, tentando sair dos próprios pensamentos que estavam indo a  uma resposta bem imprópria para a situação. - Mas não tem problema, eu como assim mesmo.

Jimin cortou um pedaço do bolo e serviu em um pequeno prato para o mesmo, os outros garotos também comiam das diversas refeições que trouxeram. Desde doces a salgados, petiscos e verdadeiras refeições. Hoseok vasculhava uma caixa térmica em busca de alguma bebida e retirou de lá algumas latas de cerveja.

- Achei que não tivessem pego. - Ele comentou enquanto abria a latinha  de cerveja, que fora brutalmente retirada de sua mão. - Yoongi!

- Nem vem, esqueceu que você que vai dirigir? - Deu um gole no conteúdo da lata. - Não quero morrer não.

- Yoongi tem razão, amor. Você vai ter que ficar sóbrio. -  Taehyung Sorriu quadrado enquanto se aproximava e pegava outra lata de cerveja na caixa térmica - Da próxima vez, quem sabe?

- Já não basta o JungKook para dar PT - A voz de Jimin soou travessa, enquanto ele sorria maldoso esperando uma resposta do noivo.

- Jimin, não vou falar nada para você. - Fingiu-se de magooado e evitou olhar para o rosto do loiro.

- Mas mudando de assunto aqui. - Yoongi se pronunciou enquanto se servia de alguns doces que estavam ali. - Namjoon md ligou hoje.

- Jura, Hyung? E o que ele disse? - Jimin perguntou demonstrando toda a sua curiosidade, mesmo ainda estando de boca cheia. 

- Ele me disse que vão voltar para cá, Namjoon pediu demissão do serviço e o Jin-Hyung também.

- Mas por que? O emprego não estava sendo bom para eles? - Hoseok perguntou intrigado.

Jeon apenas escutava a conversa atento em cada detalhe, em sua realidade Namjoon e Seokjin nunca haviam pedido demissão e nem voltaram para Seul sem ser naquele dia para ir até o cemitério. Realmente tinha algo estranho acontecendo ali e Jeon não fazia ideia do que era, afinal nem sabia como fôra parar ali e quem dirá saber como funcionava as "regras" do tempo.

- Então, pelo o que eles me falavam estava ótimo mas não sei o que houve. - Yoongi deu de ombros, pegando novamente a latinha de cerveja que estava ao seu lado e dando outro gole. - Deu um rolo lá e o Namjoon quer voltar e tentar abrir o próprio restaurante com o Jin, só espero que dê tudo certo.

- Eu também, não me lembro de ver os dois reclamando do emprego. - Jimin comentou enquanto vasculhava as cestas em busca de alimento.

- Vai saber, talvez  o Namjoon tenha quebrado todo o restaurante. - Brincou enquanto ria, arrancando risadas dos outros rapazes.

A refeição terminou somente quando não havia sobrado nada, quando todas  as migalhas já tinham sido devoradas. As bebidas permaneciam quase intactas, pois ninguém ali era louco o suficiente de se embebedar em plena luz do dia. 

Jimin acabou  trocando de lugar com Yoongi depois de alguns minutos, para se sentar ao lado de Jeon que parecia perdido em pensamentos. Quando o moreno percebeu a presença do outro ao seu lado não perdeu tempo em lhe abraçar a cintura, depositando um pequeno selar em sua bochecha direita. 

O loiro levou uma de suas para os cabelos de Jeon, lhe fazendo um pequeno carinho enquanto a outra mão se ocupava em pegar o próprio celular e desbloquear o aparelho, procurando pelo aplicativo Snow.

- Faça o seu melhor peixinho, Kookie. - Jimin pediu manhoso enquanto soltava uma pequena risada, posicionando o celular em uma altura considerável para tirar uma foto dos dois.

JungKook acabou por abraçar ainda mais Jimin, que arfou baixo pelo aperto e passou uma mão nos próprios cabelos para arrumá-lo antes de finalmente tirarem uma foto.

- Nem chama os amigos. - Hoseok Fingiu-se de indignado enquanto se  aproximava, praticamente se jogando em cima do casal. 

- É a consideração que eles tem. - Yoongi resmungou revirando os olhos, claramente fazendo drama.

Jimin gargalhou, dando um pequeno tapa na própria coxa antes de começar a falar.

- Não seja por isso, vamos tirar uma foto de todos juntos. - Comentou esperando todos se aproximarem e se prepararem para tirar um foto.



Os dias estavam mais harmoniosos e isso era um fato comprovado por JungKook, mas sabia que não podia ficar assim. Fingir que nada tinha acontecido não era seu forte, muito menos quando  ele ainda tinha questões para responder. 

Quanto mais cedo procurasse por respostas, mais rápido  saberia o que fazer.



Notas Finais


Eu deveria ter postado isso faz muito tempo, me perdoem. Eu acabei viajando no sábado ( foi quando eu disse que traria o capítulo) e como eu ainda não tinha terminado de escrever resolvi no domingo. Mas eu sou uma pessoa que deixa tudo para a última hora e acabei me atolando de trabalhos da escola :b
Na quarta eu não tive tempo, tive que estudar para uma prova e agora estou aqui. EBA!!

Gostaram? Bom, não ficou do jeito que eu queria mas eu me esforcei bastante para isso e bota bastante nisso, eu não sabia como terminar o capítulo e acabei apagando esse final várias vezes.

Deixem as suas críticas e opiniões, elas são importantes ❤

ATÉ O PRÓXIMO CAPÍTULO, KISSUS

GENTE, EU FIZ UM ESPECIAL DE NOVA CHANCE. A VERSÃO DO HOSEOK DO QUE ACONTECEU DEPOIS DA MORTE DO KOOK. (Perdoa o caps, era para chamar a atenção :v )

Especial⤵
Link: https://spiritfanfics.com/historia/perdoe-me-mamae-10301416

⏩O suicidio de Park Jimin⏪
Link: https://spiritfanfics.com/historia/o-suicidio-de-park-jimin-9715956

Minha história Yoonmin⤵

Angel's love
Link: https://spiritfanfics.com/historia/angels-love-yoonmin-vhope-9189217

Minha história Jikook ⤵

Como não se apaixonar pelo seu inimigo
Link: https://spiritfanfics.com/historia/como-nao-se-apaixonar-pelo-seu-inimigo-jikook-9966162

Música do capítulo ⤵
Link: https://youtu.be/BEMaH9Sm3lQ

Música das divas ( que eles cantam no carro ) ⤵
Link: https://youtu.be/wEkLHC7l25w

Música do meu marido ( Também é a que eles cantam) ⤵
Link: https://youtu.be/UwuAPyOImoI


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...