História Nova Geração - Naruto Interativa - - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Amor, Boruto, Interativa, Naruto, Romance, Sakura Haruno, Sasuke
Exibições 78
Palavras 792
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi amoores! Então, esse não é bem um capítulo, é mais uma apresentação, só pra vocês terem mais ideia de como será a fic. Sim, todos os personagens que apareceram nesse primeiro capítulo, ou foram citados, serão de grande irpotância na fic (Mas ainda há outros, não são apenas esses!)
Os personagens que não apareceram nesse, aparecerão no próximo (Não sei quando vou postar o próximo, minhas provas estão chegando, e minha situação em relação a notas não está muito boa, mas as provas não duram muito tempo não, então pretendo postar em breve.

Perdoem os erros gramaticais, pois não revisei.

Boa leitura!

Capítulo 2 - Capítulo 1


O relógio marcava oito da manhã, quando a claridade começou a invadir o quarto dos  Uchihas. Ryuji – que sempre teve um sono consideravelmente leve – foi o primeiro a acordar. Com todo o cuidado do mundo, o moreno desceu da parte superior da beliche que dividia com seu irmão caçula, Kaito, e caminhou em direção a cozinha, onde encontrou sua mãe que, toda animada, preparava o café.

-Bom dia, Sra. Uchiha  –Disse ele num tom de brincadeira.

-Bom dia, meu amor! –Respondeu Sakura enquanto mexia em algumas panelas. Era impressionante o jeito que Ryuji lembrava a Sasuke naquela idade, os mesmos cabelos negros e rebeldes, os mesmos olhos escuros, a única diferença era que os cabelos de Ryuji cobriam sua testa – um pouco avantajada, nisso lembrava à Sakura. –Seus irmãos ainda não acordaram?

- Kaito ainda estava dormindo, e eu não passei no quarto da Haruky.

- Poderia chamá-los para mim? E aproveite a chame seu pai, ele está no quarto.

- Claro.

Ryuji sabia que seria uma missão complicada acordar os irmãos, principalmente Haruky, que sempre acordava com um mal humor desgraçado,  a ponto de querer socar a pessoa que ousasse acordá-la. Subiu as escadas que levavam ao corredor dos quartos, até parar na frente do quarto da irmã, travou um pouco, estava receoso, mas resolveu bater na porta.

-Hey, Ruky... –Chamou-a pelo apelido, talvez isso ajudasse. –Você está acordada? – Perguntou, recebendo um enorme silêncio como resposta.

Girou a maçaneta e abriu um pouco da porta, o suficiente para visualizar sua irmã jogada na cama, com seus cabelos roxos – sim, roxos – espalhados pelo travesseiro. Entrou no local, engoliu seco, até criar coragem e chamá-la.

-Ruky? – Disse num tom baixo, novamente deixado no vácuo pela garota que continuava dormindo. – HARUKY!

- O QUE É?! – Gritou ela enquanto levantava-se da cama em um pulo, já concentrando chakra nas mãos, pronta pra dar um soco no moreno.

- Ei, calma! – Pediu recuando alguns passos – a mamãe pediu para te acordar, mas não precisa me bater por isso!

- Hunf... E você tinha que me acordar gritando?

- Eu te chamei uma vez e você não respondeu – Disse ele cruzando os braços. – Só gritei por que achei que você estivesse morta.

 

{...}

 

Já estavam todos sentados a mesa, enquanto Sakura servia o café da manhã de cada um.

- Haruky?  – Chamou Sakura, percebendo que a cara da filha estava mais emburrada que o normal para de manhã   -Está tudo bem?

-Hn. –Respondeu bebericando um pouco de seu leite.

-Não parece. – Sasuke disse.

-Eu sei o que aconteceu a Ruky –Iniciou Kaito servindo um bolinho de arroz no seu prato – ela marcou de sair com aquele... Como é o nome mesmo? O ruivinho?

-Heat?

- Isso, valeu Ryuji. Ontem a noite ela marcou de sair com o Heat, só que depois ele ligou desmarcando, daí ela ficou assim – Ele apontou para a irmã – com essa cara feia, quer dizer, mais feia do que ela já é.

Naquele momento Sasuke sentiu seu sangue congelar, enquanto um ódio tomava conta do seu ser. Como assim, sua princesa, havia combinado de sair com um menino? Com um menino! Ah não, meninos são aproveitadores, espertos e tarados, ele faria tudo, para afastá-los de sua bonequinha.

- EU VOU MATAR ESSE DESGRAÇADO! – Disse batendo na mesa, com força suficiente para que a mesma pendesse para o lado.

°°°

Na casa dos Uzumaki o dia também já havia começado. Nyrami, a caçula da casa, estava sentada no tapete da sala, cercada por livros.

- Gente, para o mundo que eu quero descer – Disse Ayame, enquanto entrava na sala com seus longos cabelos ruivos presos em um coque, usando sua roupa de sempre. – Nyrami tá lendo um livro?

-Primeiramente, bom dia para você também, maninha! – Disse fitando a ruiva. – E, eu estou estudando.

-Ai meu Kami... Está estudando? – Ela coloca a mão no peito, indicando uma falsa surpresa – Eu ainda não acordei, e to sonhando? É isso?

-Cara, a pessoa tá aqui, de boa, tentando aprender alguma coisa – Disse ela jogando o livro de lado. – Aí vem você e não deixa? Quando eu não estudo, reclama, aí quando eu resolvo estudar, reclama também? Ah, palhaçada!

- Nyrami, pera aí... –Disse quando a irmã levantou e caminhou até o quarto.

Naruto, que já havia percebido a movimentação das filhas, desceu as escadas um tento curioso, até se deparar com Ayame, que estava parada olhando para o nada.

- Ohayo, Aya.  –Cumprimentou.

-Ohayo, otou-san. –Respondeu com um mínimo sorriso nos lábios, dando uma rápida olhada no relógio de parede. – Ah, droga... Otou, estou saindo, marquei de me encontrar com uns amigos.

- Que amigos? –Perguntou.

-Os de sempre. Haruky, Akemi, Frennie, Damien, Yoruichi...

-Hm... Quero você de volta antes do almoço, ou sua mãe me mata. 


Notas Finais


Então, o que acharam do primeiro? Deixem nos comentários!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...