História Nova Geração 2 Temporada - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Exibições 30
Palavras 1.006
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Magia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Indignação


Nicolas estava a procura de Remus e Duda ,os três haviam combinado de fazer as lições juntos.Estava dobrando um corredor (tudo pode acontecer quando você dobra um corredor de Hogwarts) até que ele ouve.

-Você não deve encostar no meu gato sua nascida Trouxa imunda! Você não devia ao menos estar aqui,uma sangue ruim da sua laia ,e por isso vou lhe dar uma detenção no dia do baile para você aprender,do jeito mais difícil que seu lugar não é em Hogwarts,e sim no bueiro imundo que você deve chamar de casa!-Nicolas ouvia Umbredinge falar em seu tom de nojo enquanto a pessoa a qual ela se dirigia chorava baixinho.

-Mas é o meu primeiro baile!-Nicolas ouviu uma voz feminina afetada pelo choro dizer.

-Devia ter pensado nisso antes de vir a Hogwarts,seu primeiro baile aconteceria nas escolas trouxas,sua imunda! Deveria ter vergonha a se dirigir aos sangues puros daqui.Eel você não ia ter nem par mesmo,quem iria querer uma sujeitinha imunda do sangue ruim?!Nem ao menos foi para uma boa casa em Hogwarts!Uma verdadeira desgraça para qualquer família!-A voz da zeladora dizia e Nicolas sentiu um sentimento de revolta,revolta por essa mulher estar dizendo coisas tão horríveis a alguém por um motivo tão estúpido quanto o sangue.

Ele finalmente tomou coragem e dobrou o corredor se deparando com a sapa velha agarrando o braço de Madelinne que chorava desesperada e com os olhos tristes e desesperados,e o pior é que a velha olhava a menina com nojo e a segurava com as mãos envoltas em luvas descartáveis.

-Pare de falar essas coisas a ela! Você não tem esse direito.-Nicolas disse e Umbredinge o olhou surpresa.

-Ela é uma sangue ruim Longbottom,sangue ruins podem ser tratadas de qualquer jeito.Não se intrometa e passe logo e não conte a ninguém!-Ela disse em um olhar ameaçador enquanto Madelinne chorava baixinho com a cabeça baixa.

-Ela é uma pessoa muito legal e você não tem o direito de falar assim com ela!E se não a largar agora é retirar a detenção vou ser obrigado a falar ao diretor sobre isso!-Nicolas disse em tom de ameaça e a sapa largou a garota no chão e essa se encolheu e voltou a chorar.

-Você vai pagar Longbottom!-A zeladora disse e saiu enquanto Nicolas se abaixava ao lado de Madelinne que chorava.

-Ei,não chore Madie !Aquela sapa velha não tem moral para falar de você,não precisa chorar!-Nicolas falou preocupado com a garota.

-Ela disse coisas que muita gente diz Nicolas!Todo mundo deve pensar isso de mim,só mais uma sangue ruim para poluir esse mundo.-A garota sussurrou e Nicolas a abraçou.

-É tudo mentira,não se importe com o que dizem.Eu acho você uma garota incrível,sendo nascida Trouxa e Lufana do jeitinho que você é.Não ligue para o que pensam ou o que deixam de pensar,o que realmente importam é a opinião das pessoas que você gosta e das que gostam de você e de uma coisa eu tenho certeza,essas todas amam você do jeitinho que você é.Sendo nascida trouxa ou não!-Nicolas disse em seu tom de voz calmo e doce,mas por dentro ele estava triste ,triste por saber que a amiga tinha que sofrer isso todos os dias.

-Mas Umbredinge tem razão em uma coisa.-Ela disse já um pouco mais calma depois de respirar um tempo,levantando o rosto para olhar Nicolas com seus olhos muito azuis.

-O que ela tem razão Madie?-Nicolas perguntou enquanto apoiava a cabeça da amiga em seu ombro.

-Ninguem vai me querer como par no baile,faltam quatro dias e ninguém ao menos me chamou.Eu devo ser um completo desastre mesmo!-Ela disse com algumas lágrimas escorrendo pelo olhos,e ver aquela garota tão legal chorando fazia o coração de Nicolas doer,a pior coisa que existia era ver mulheres chorando,principalmente as que ele tinha afeição.

-Isso não é verdade pequena! Você é incrível ,e por esse motivo eu quero saber se você quer ir comigo ao baile!-Ele disse e ela suspendeu a cabeça para olhar em seus olhos com incredulidade.

-Sério? Você não tem nenhum par?-Ela Perguntou com um pequeno sorriso surgindo em seus labios rosados.

-Sim,não tenho par.-Ele disse também sorrindo e ela lhe abraçou com força.

-Obrigada Nicolas!-Ela disse e ele se levantou e a ajudou a levantar.

-Agora vai lá no banheiro e lava esse rostinho está bem? Não gosto de ver as pessoas que gosto chorando.-Ele disse e ela sorriu e lhe beijou a bochecha.

-Tudo bem!Thau!-Ela disse e saiu .

                           [....]

Depois de terminarem as lições Nicolas,Maria e Remus começaram a conversar indo para o salão comunal.

-Vocês já conseguíram pares para o baile?-Maria perguntou a eles .

-Eu já,Vou com a Clara!-Remus disse sorridente.

-Eu também,vou com Madelinne!-Nicolas disse e Maria os olhou com incredulidade.

-Que falta de consideração!Os dois arrumam pares e não me convidam! Isso é que são amigos,vão me deixar ir sozinha!-Ela disse brava.

-Não sei para que tanto drama esquilinha, choveram garotos chamando você e vossa Majestade não aceitou ir com nenhum.E eu fiz o meu papel de amigo chamando a Madie!-Ele disse e os olhos dela o fulminavam mais ele nem se importava.

-Lá vem!-Remus disse e saiu o mais rápido possível dalí.

-Eu não aceitei porque você também não aceitava.Achei que fosse me convidar idiota!E que diabos de intimidade é essa de "Madie"?-Ela disse e ele sorriu.

-Não precisa sentir ciúmes não Maria!Ela é minha amiga,e você é a minha melhor amiga.Desculpa eu não ter te chamado,eu juro que dá próxima vez eu te chamo.-Falou na maior calma o que a irritou ainda mais.

-Eu não estou com ciúmes! Só estou com raiva por ter esperado você me chamar e você não ter feito isso.E eu odeio quando eu me irrito com você e você fica tão calmo,simplismente odeio quando faz isso!-Ela disse e Nicolas parou de sorrir mais só para não a irritar mais.

-Desculpe mesmo Maria!Juro que não vai acontecer de novo,nas agora precisamos ir nos arrumar para o jantar!-Ele disse e antes que ela falasse algo ele a puxou pela mão para o salão comunal da Grifnoria.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Nossa coitada da Madie né?!

Obrigada por lerem.

Bjs😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...