História Nova Geração e nova profecia...(Interativa) - Capítulo 45


Escrita por: ~ e ~ChickenPoop

Postado
Categorias Mitologia Grega, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Clarisse La Rue, Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Personagens Originais, Quíron, Thalia Grace
Tags Os Heróis Do Olimpo Percy Jackson, Os Olimpianos
Exibições 25
Palavras 856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


OL[ÁAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA SEMIDEUUUUUUUUUSESSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS MEU DEUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUSSSSSSSSSS QUE SAUDADE , COMO VOCÊS ESTÃO SEUS LINUUUUUUSSS

Gente, obrigada por terem paciencia comigo, eu estava meio tensa, triste, nervosa, e muito mais. Enfim, eu amo vocês <3

GENTE MESMO QUE EU VENHA AQUI E FALE QUE VOU SAIR DO SPIRIT , NÃO ACREDITEM , É SERIO!

Escrever para vocês , ver que as pessoas gostam do que eu e a Poop escrevemos aqui, é muito bom, depois de pensar , refletir, assistir todas as temporadas de Once Upon a Time, começar a assistir The Flash, terminar a Os Herois do Olimpo, me fez ver que mesmo que eu falasse, eu nunca, nunca nunca ia parar de escrever, sério. Eu amo com todas as minhas forças escrever, cada um tem seu "meio de comunicação" , o meu é escrever e imaginar, eu não trocaria a sensação maravilhosa de bater os dedos no teclados, publicar, ver o que as pessoas falam é maravilhoso. Sério, mesmo eu falando que vou parar de escrever não acreditem, é que também tinha o lance do aniversário de morte do meu tio e do meu pai ( Por que diabos minha familia fica relembrando isso?!) bem, não quero incomodar vocês com meus problemas, a partir do momento que vocês lerem esse capitulo, saibam que eu nunca mais vou parar de escrever.

BEJOIS
DA
BALA (COM GOSTO DE LIMÃO)

Capítulo 45 - XLV


Charlotte estava um tanto corada, Leo e Matias boquiabertos, o que é de se esperar se você passa a viajem inteira com um tigre e do nada ele se transforma em um bípede gato ( Huaheuhauehuahua , tendeu , tendeu? ele era um tigre uma especie gato ,a esquece). Tamiris conseguiu esquecer a dor da perna por alguns segundos, Derek estava sem reação, ele abria a boca para falar mas não saía nada então ele tornava a fechar a boca. 

Sherykan colocou a menina no chão (não no chão chão, no chão do barco é claro, mas a cabeça oca eu, esqueceu o nome)

-Gente, eu só acho, sei lá só acho que eu vi um - Leo ia fazer uma piada mas se sentiu intimidado pois esse tigre humano, poderia destroça-lo. Então como se tentasse salva-lo Derek falou

-A perna da Tamiris foi envenenada , - Ele falou diretamente , cortando o clima estranho que estava lá, - O que iremos fazer?! 

Sangue grosso e vermelho escorria da perna da coreana, ela cerrava os punhos como se não quisesse  gritar ou demonstrar qualquer sinal de dor. Tipico de Tamiris 

-Eu estou bem , eu só acho interessante que a Charlotte . . .- Ela teria feito uma piada se a amiga de cabelos azuis não tivesse interrompido

-Está bem?! ESTÁ BEM?! Olha esse sangue saindo da sua perna! E ainda está com veneno dentro da perna! E você fala que está bem?! 

-Bem , qual é o seu conceito de "estar bem" ? -  Praticamente rosnou a Coreana

- Estar bem é ser engolida por uma onda gigante e sobreviver, sobreviver  a queda de um dragão e ficar ileso, 

Enquanto as garotas discutiam, ( e os garotos não falavam nada, nem o "antigo tigre") Naquele convés um pouco mais adiante , Piper desamarrava as cordas que a prendiam, a filha de Afrodite assim que se desamarrou tirou a fita colante da boca, que Alice colocara , para que ela não usasse o charme.  Ela pulou do barco, e saiu em direção a  pequena batalha que ocorria , não que ela fosse ajudar. Não, ela tinha outros objetivos em sua cabeça.

Annabeth e Percy lutavam lado a lado, como costumava ser antes de eles fugirem do acampamento, a vida de semideus pode ser muito desgastante , ainda mais  a de alguem que salva o mundo todo mês. 

Percy usava Contra Corrente para golpear os monstros que se aproximavam e Annabeth os esfaqueava quando chegavam perto, a adaga de bronze celestial impedia que eles sobrevivessem, fazendo assim com que virassem pó. Eles defendiam a Casa Grande.  

Benjamin e Liberatha trabalhavam em dupla também, os gêmeos paralisavam os monstros , e como era de se esperar desferiam golpes que os transformavam em pó. 

Maya se defendia muito bem sozinha, os monstros que tentavam ataca-la viravam pó. Quando monstros não a atacaram , ela baixou a guarda e respirou fundo , precisava se recompor. Um ruido ecoou por trás de Maya, uma górgona, ela não tinha chance de se defender, a górgona devia ter 2 metros de altura, e foi pra cima de Maya, ela por extinto se abaixou, como se tivesse se preparado pra virar picadinho. Porem , o que caiu sobre Maya não foi uma górgona raivosa e sim pó, ela olhou e viu que o monstro se desintegrara , uma lança se encontrava a poucos metros dela.

-Você não achou que ia morrer sem antes me ver achou? - Falou um garoto por trás dela, ela se virou para olhar ,  um garoto moreno, olhos amarelados ,  cabelo levemente escorrido cor-de-mel , trajava uma calça jeans folgada , tênis de corrida e uma camiseta camuflada verde, 

-Alec! - Ela exclamou e correu para abraçar o amigo, que retribuiu o abraço, -Você ta vivo,

-E você também, o que deu na sua cabeça pra simplesmente fugir do acampamento?! - Exclamou o filho de ares, que a ajudará derrotar seu primeiro monstro, 

-Eu estava com medo dessa vida, não me adaptei sei lá! Que bom saber que você está vivo!, - Ela falou, alguns segundos depois, monstros surgiram e eles lutaram lado a lado , como na primeira vez. 

 

Ruan golpeava os monstros que se aproximavam dele , com seu bastão de ferro celestial , a corujinha Métallo o alertava sobre monstros que surgiam , pulando ou simplesmente batendo as asinhas, sem perceber Ruan acabou sendo "empurrado" para o estreito de Long Island, pois ele não conseguia golpear um monstro sem acabar recuando um pouco, como ele andou tanto apenas recuando? Nem me pergunte! 

Ele se viu cercado por esses monstros, estava lá, sozinho no estreito de Long Island, eram dois ciclopes, e uma górgona, eles teriam o transformado em um pequeno montinho de Ruan, mas bem, não o fizeram, o porque? 

-Ola meu velho colega de "sonhos" - Falou um garoto muito conhecido ( e odiado) saindo por entre os monstros

-Drake Evil? - Exclamou Ruan- Mas isso não faz sentido! Você foi um sonho!

-Eu acho que não - Respondeu Drake com um sorriso ciníco brotando nos lábios - E então , vamos tratar de negócios? 

 

 

 

 


Notas Finais


E MAIS UM CAPITULO EM QUE O RUAN ENCONTRA O PAUNOCUUUU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...