História Nova geração--Inuyasha. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha, Inuyasha Kanketsu-hen, Originais
Personagens Akitoki Houjou, Ayame, Bankotsu, Byakuya, Ginta, Hagaku, Hakudoushi, Inu no Taishou, Inuyasha, Izayoi, Jaken, Kaede, Kagome, Kagome Higurashi, Kagura, Kanna, Kikyou, Kirara, Kohaku, Kouga, Miroku, Myouga, Naraku, Onigumo, Personagens Originais, Rin, Ryuura, Sango, Sara Asano, Sesshoumaru, Shippou, Souta Higurashi, Toutousai, Youkai Satori
Visualizações 12
Palavras 710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Nova geração--V


Fanfic / Fanfiction Nova geração--Inuyasha. - Capítulo 5 - Nova geração--V

Eu vejo um yokai de cabelos brancos e pretos, usava um kimono azul com bordas pretas.

Ele se vira pra mim enquanto evitava o ataque com a espada.

???:é melhor você ir--diz sorrindo me encarando com suas orbes douradas.

Eu assentiu, eu corro pego Aya e minha espada e volto para o vilarejo. Eu procuro até que eu acho o pai dela.

Aiko:aqui senhor!

Aldeão:obg, obg!

Eu olho de volta pra floresta e penso.

--Aiko off ^^^ Nurarihryon on--

Eu empurre a não dele com minha espada. Eu dei três pulos pra trás.

Yokai:um yokai fraco como você nunca me matará.

Nurarihryon:pelo contrário, você que não vai me matar.

Eu desviou de vários ataques até que ele feriu meu braço que tinha acabado de melhorar.

--Nurarihryon off ^^^ Aiko on--

Aiko:*que se dane*

Eu pego meu arco e minhas flechas e volto pra lá correndo.

???:oque você está fazendo aqui?

Aiko:salvando sua pele!--digo preparando pra disparar.

Eu disparo e a flecha se purifica e acerta o yokai. Eu sinto uma sensação de alívio, eu corro até ele e digo.

Aiko:você está bem?--digo preucupada.

???:sim, foram apenas um arranhãozinho.

Eu vi sangue na sua roupa, eu puxei o kimono e vi uma marca enorme de garra.

Aiko:arranhãozinho! Sei, vem--digo puxando ele até a clareira.

Algum tempo depois...

Eu mandei ele sentar no chão. Eu deixei minhas coisas no canto, eu peguei algumas ervas misturei e fiz uma pomada.

Aiko:pronto.

Eu fui até ele e fiquei na sua frente, eu abaixei seu kimono e vi ataduras.

Aiko:*estranho, essas ataduras são recentes* eu vou ter que tirar.

???:faça oque bem entender--diz sorrindo.

Eu corei, eu tirei suas ataduras e vi outra ferida, eu passei a pomada nos machucados dele.

Aiko:pronto, vai melhora.

???:Nurarihryon...

Aiko:oque?

???:esse é o nome de um yokai livre., Nurarihryon Rihan.

Aiko:t-tá, prazer meu nome é Aiko Higurash no taisho!--disse sorrindo.

O silêncio se estabeleceu e ele disse.

Nurarihryon:não está com medo?

Aiko:hum...

Nurarihryon:você é uma sacerdotisa e está sozinha numa clareira com um yokai.

Aiko:não!

Ele me olhou com um olhar de curiosidade.

Nurarihryon:por que?

Aiko:pode nao parecer mais, meu pai é um meio yokai, então eu tenho certeza que a yokais bons nesse mundo.

Eu me lembrei dos meus pais.

Aiko:tenho que ir! 

Eu pego minhas coisas.

Aiko:tchau!!

Eu me viro e vou correndo devolta ao vilarejo depois de um tempo eu encontro  meus pais.

Kagome:querida você está bem?

Aiko:to.

Inuyasha:onde tá aquele yokai?--diz com raiva.

Aiko:pai, Eu matei ele--digo batendo no ombro dele pra se acalmar.

Ele guarda a tesaiga.

Inuyasha:to tão orgulhoso--diz manhoso.

Minha mãe olha pra ele e diz.

Kagome:querido...você tá chorando?

Inuyasha:não.

Eu dou um risinho. Eu vou pra casa, faço minhas higienes, boto meu kimono, apago as velas, deito no meu futon, fecho meu olhos e durmo.

De manhã...

Eu acordo, me estico, faço minhas higienes, boto meu kimono azul com flores brancas, vou até a cozinha, eu como, pego minha espada e meu arco e vou dar uma volta.

Aiko:o dia hoje tá tão gostoso!

Eu ando até uma área plana e me deito no chão.

Aiko:*eu amo o cheiro de grama molhada de manhã*

Eu fechei os olhos, respirei fundo e fiquei curtindo aquele clima gostoso de manhã.

--Aiko off ^^^ Nurarihryon on--

Eu estava passando por aí até que eu vejo a Aiko deitada no chão. Eu fiquei estranho, eu andei até ela.

--Nurarihryon off ^^^ Aiko on--

Eu estava assim até que uma sombra me cobre. Eu abri os olhos e vi que era o Nurarihryon.

Aiko:oi, oque faz aqui?

Nurarihryon:apenas dando uma passada, e você?

Aiko:relaxando--disse sorrindo--diz todas minha tarefas ontem então tenho o dia livre.

Nurarihryon:certo, então vamos.

Aiko:aonde?

Nurarihryon:confia em mim?

Eu assenti positivamente, eu me sinto levantada.

Nurarihryon:que bom!--diz sorrindo me pegando no colo.

Aiko:o-oque?!

Nurarihryon:apenas confie--diz sorrindo.

Ele começa a correr bem rápido e a pular em árvore em árvore. Eu fecho os olhos pra evitar que eu machuque meus olhos.

Nurarihryon:pode abrir.

Eu abri os olhos e vejo o vilarejo que kahuna.

Aiko:esse lugar é enorme!

Eu fiquei preucupada.

Aiko:as pessoas não vão vai se preucupar com uma sarcedoriza e um yokai no meio da aldeia?

Ele ri e diz.

Nurarihryon:não, eles não conseguem nos ver, confie em mim, confie em Nurarihryon--diz sorrindo enquanto me segura no colo.

A gente passou o dia olhando tudo até que anoiteceu. Ele me pegou no colo e me levou pra casa, ele pulou pela janela do meu quarto e me deixou na minha cama.

Aiko:obg.

Nurarihryon:está me devendo.

Eu fiquei duvidosa, ele pegou meu braço me puxou e me beijou. Depois de alguns minutos ele separa oela falta de ar.

Nurarihryon:pronto, o favor está cobrado.

Ele foi até a janela apoiou seu pé, se virou pra mim e disse.

Nurarihryon:tchau.

Ele pulou a janela.

Aiko:*oque acabou de acontecer?!*

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...