História Nova Vida - Capítulo 46


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Erza Scarlet, Jackal, Juvia Lockser, Kyouka, Laxus Dreyar, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Sting Eucliffe, Wendy Marvell, Zeref
Tags Acnologia, Laxus, Lucy, Mestra, Zeref
Exibições 437
Palavras 1.868
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


--->Eaii pessoalll mais uma fic que chega ao fim !! Essa fic foi a que teve mais caps até hoje nem eu sei como consegui escrever tanto cap assim x.x

—-->Obrigada a todos que comentarão isso foi muito importante pra mim ♥

—-->E como sempre sempre que acabo uma outra fica no lugar >< No final das notas ta os links das novas ones e da nova fic c:

Capítulo 46 - Fim


A cidade estava um completo caos, inúmeros demônios ainda desciam pelo céu e atacavam as pessoas que tentavam se proteger, alguns deles pegavam pessoas e as levavam para a direção das nuvens. E mesmo em meio a tanto caos, todos os membros das guilds estavam ajudando e salvando as pessoas que estavam sendo raptadas.

Ninguém entendia ao certo o que de fato estava acontecendo, muito menos o motivo pelo qual os demônios estavam pegando pessoas e as levando na direção do céu. Porém um barulho alto de rugido chamou a atenção de todos, e várias cobras gigantescas estavam agora descendo do céu, não possuíam olhos e sua boca era aberta cheia de dentes na forma redonda, possuíam grandes asas completamente destruídas, mas boas o bastante para voar.

Lucy e Mira tentavam desviar da inúmera quantidade de monstros que vinham em sua direção, queriam poupar suas forças para lutar com a líder dos demônios. Depois de voar um pouco mais alto, estavam acima das nuvens vendo um gigantesco vortex negro aonde as criaturas saiam de lá, e ao lado daquele portal estava uma criatura segurando um livro.

Metade do seu corpo era humano e a outra metade completamente demoníaca, a ponto de sair algumas gosmas negras; em seu ombro havia um enorme olho que ficava olhando para todas as direções, seus membros eram deformados e completamente maiores do que o normal, e um par de asas destruídas batia com força. Seu lado humano estava enrugado com aparência de uma velha, ainda tinha apenas seus cabelos curtos brancos, em sua cabeça havia um par de chifres similares a um touro, e apenas um de seus olhos era azul.

Em suas mãos ela segurava o livro de Zeref que estava aberto contendo uma luz negra em volta. Ambas ficaram completamente chocadas com a aparência de Lisanna, Lucy não se lembrava daquela aparência da albina, algo deve ter acontecido para que ela ficasse naquele estado tão horrível.

-Ora, ora se não é minha irmã traidora que resolveu ficar do lado dessa maldita! - Gritou Lisanna apontando para a loira.

-Lisanna... O que aconteceu com você?! - Perguntou Mira colocando as mãos em sua boca, em choque pela aparência da irmã.

-Eu estou mais forte! Sou alguém completamente nova, que ninguém poderá derrotar! O mundo pertencera a mim e farei que pague por sua existência Lucy! – Falou Lisanna dando uma risada maligna.

-Não ache que pode me derrotar, eu já matei Zeref, e você nesse estado medíocre não será diferente! - Falou Lucy com raiva.

-Sei que é forte e poderia facilmente me derrotar, por esse motivo você ficara fora da luta e apenas receberá meus golpes! – Falou Lisanna dando um sorriso macabro - Nesse livro fala como destruir suas chaves novas, se tentar qualquer coisa eu as destruo!

-Como ousa ameaçar meus espíritos?! Sua luta é comigo – Falou Lucy rangendo os dentes.

-Qualquer um que esteja ao seu lado é meu inimigo! - Lisanna gritou novamente - Então se não quiser que eles morram, acho bom ficar na sua.

-Mas eu irei lhe parar minha irmã! - Falou Mira tomando a frente - Não deixarei que esse livro lhe corrompa mais do que já o fez.

-Acha que consegue me machucar?! Você não é nada minha irmã! Sua bondade nunca poderia me machucar! – Falou ela dando outra risada - Mas não lhe perdoarei por estar do lado dela! Pagará caro por isso.

Ambas foram ao confronto e começaram a trocar socos e chutes, Mira estava com certa dó de machucar sua irmã então acabava por não lutar a sério, o que dificultava a luta e fazia com que ela apanhasse. Lucy olhava tudo de longe e ficava com raiva por não poder participar, estava com medo de botar em risco seus espíritos.

Um grande rugido fez com que todas parassem e encarassem o enorme dragão que subia aos céus, Acnologia havia finalmente chego para ajudar naquela batalha.

Ele começou a voar na direção do vórtex, e puxou e soltou o ar fazendo com que um grande rugido eliminasse todos os monstros que haviam acabado de sair do mesmo. Soldier estava com ele e acabou com aqueles que conseguiam desviar dos ataques do dragão.

Lucy sabia que não importava o quão forte Mira parecesse, ela não mataria a irmã. Estava pensando em se aproximar e ajuda-la, mas Lisanna ainda tinha o livro em mãos o que a impedia de fazer alguma coisa. Sentiu-se uma inútil novamente naquele momento, como se tudo tivesse voltado ao início aonde ela apenas olhava seus amigos lutarem.

Ela começou a se concentrar para que sua espada viesse até ela sem que Lisanna percebesse, já que estava ocupada demais lutando com Mira. Quando a espada se materializou, ela jogou para Mira que a pegou no ar, entretanto ela ficou paralisada, pois não conseguia dar o golpe final. A albina aproveitou o momento de fraqueza da irmã e lhe deu um forte soco fazendo com que a espada caísse e sumisse pelo céu.

-Você nunca poderá me matar! – Falou Lisanna rindo até sentir algo lhe perfurar o estômago - Mas o que...?

-Ela não precisa, pois tenho a maior satisfação de tirar sua vida! - falou uma voz atrás da albina.

-Kyouka! - Falou Lucy feliz.

Kyouka fez com que a espada perfurasse por completo a albina que gemeu de dor e soltou o livro, e Mira o pegasse fechando-o rapidamente. Com isso, o Vortax começou a se desfazer virando uma simples nuvem; ela encarou a irmã que cuspia sangue e tentava se soltar da espada e então lágrimas começaram a surgir em seus olhos, e mesma deu as costas para não ver aquela cena.

A espada era diferente de todas as outras, ela podia purificar demônios e os impedia de se soltar. Kyouka segurou com força a espada e começou a puxa-la para cima para que pudesse cortar a albina no meio, estava com certa dificuldade até que sentiu Soldier ir até lá lhe ajudar a terminar o serviço.

Lisanna foi cortada ao meio e começou a cair pelos céus, enquanto que Mira abraçava o livro chorando por saber o que havia acontecido com sua irmã. Lucy se aproximou e lhe abraçou tentando lhe confortar; tirou com cuidado o livro das mãos da albina e entregou para Kyouka que percebeu que a espada havia sumido de suas mãos.

Lucy pediu para que Kyouka ficasse com o livro o protegendo, ela pelo menos, não seria consumida pela maldade que era transmitida daquele livro, então seria uma ótima guardiã. Como prometido Lucy deixou Acnologia fora da chave para que ficasse livre, mas sempre que necessário voltasse para ajudar à loira, ele partiria junto à Kyouka para ajuda-la a proteger e esconder o livro. Ambos se tornaram membros oficiais da guild e podiam pegar qualquer missão até mesmo as SS já que ambos eram imortais.

Depois de um tempo, os jogos retornaram e facilmente Fairy Tail e Saber ganharam-nos mostrando que eram as melhores guilds e as mais fortes de toda Fiore. Foram dias de festas na cidade antes de retornarem, e as guilds haviam ficado mais unidas e finalmente deixado a rivalidade de lado.

Lucy finalmente podia voltar a dizer que tinha uma família, havia retornado seu relacionamento com todos seus amigos e se sentia mais unida a eles do que nunca, mas claro, com os membros da Saber também, que sempre visitavam Fairy Tail, assim como os membros da Fairy Tail iam até a Saber. Aquela junção havia sido a melhor ideia de todas.

Mesmo depois de tudo, Lucy resolveu fazer um enterro digno para Lisanna, apesar de tudo o que a albina havia feito, muitas pessoas a amavam na guild, principalmente seus irmãos que ficaram completamente desolados pela perda da irmã, recebendo o apoio de todos para que enfrentassem aquele momento difícil.

Houve novamente os jogos para decidir o novo mago classe S, onde Natsu mostrou que estava pronto para o cargo. Ele havia mudado muito depois de tudo, havia aceitado que não havia como reconquistar a loira e que ainda se sentia culpado pelas coisas que haviam acontecido a albina, então ele pediu permissão para realizar a missão classe SS junto a Gildartz que havia voltado há pouco tempo sem saber de nenhuma novidade. Foi preciso muita bebida para que ele aceitasse tudo, ainda mais a noticia de que Acnologia agora era um aliado.

A nova vida de Lucy havia dado um giro de 360 graus, nunca havia se imaginado no lugar onde estava... Sentia-se finalmente forte e respeitada por todos, era uma mestra justa e muito carinhosa com todos seus membros e conhecidos. Havia arranjado um amor em meio todo aquele caos e luta, mas não poderia desejar melhor pessoa do que Laxus em sua vida, ele realmente fazia seu dia melhor a cada manhã.

-Muita coisa mudou não é mesmo? - Falou Laxus observando Lucy apoiada na janela de sua casa. Depois de algum tempo, a loira finalmente havia aceitado morar consigo, e ele podia considerar-se o cara mais feliz de Magnólia por acordar todos os dias ao lado de sua amada.

-Sim estava pensando em tudo o que aconteceu nas lutas, nos treinamentos, nas perdas, na minha evolução... E claro os novos amigos que fiz. Ainda não acredito que Acnologia está do nosso lado, é tão engraçado... - Falou a loira soltando um suspiro junto a um sorriso - Espero que os dias continuem assim.

-Eles podem ser melhores não acha? - Perguntou Laxus tocando o ombro da loira a fazendo lhe encarar.

Laxus segurava um lindo buque de rosas e usava um terno preto deixando a loira confusa, já que ela estava apenas com um vestido simples azul de mangas. Ele mostrou um papel que mostrava a reserva do restaurante mais caro da cidade, para não dizer do estado. Ela pegou as rosas e as cheirou fazendo com que seu nariz tocasse em algo mais duro.

Curiosa ela retirou uma caixinha feita de cristal rosa em forma de coração de dentro do buque. Ficou chocada com aquilo e encarou Laxus que apenas tinha um sorriso. Então ele se ajoelhou fazendo com que Lucy colocasse a mão na boca e encarasse hora a caixinha e hora o loiro aos seus pés, segurando o buque já que Lucy havia soltado ele ao pegar a caixinha. Lágrimas começaram a cair de seus olhos que ela tentava secar com sua mão livre.

-Desde o momento que lhe conheci melhor, percebi a mulher incrível que você era e como fui tolo de não ter queiro lhe conhecer antes. Eu sempre tive um buraco no peito, isso, até que eu lhe conheci e senti-o ser completamente preenchido. Eu já não me imagino mais sem você ao meu lado, quero passar o resto da minha vida junto a você – Falou o loiro pegando a mão que tinha a caixinha e abrindo revelando um anel dourado com um diamante que lembrava muito uma estrela - Lucy, você quer se casar comigo?

-Sim, sim, sim! - Falou ela se jogando para cima do loiro e lhe dando inúmeros beijos - Eu te amo tanto!

-Eu te amo mais – Falou ele dando um selinho na loira que retribuiu.

Sua nova vida estava apenas começando...  


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...