História Novamente - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce, Amor Escolar, Romance Escolar, Sweet Amoris
Visualizações 13
Palavras 645
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiie gente!!! Que sds de vcs!!! Desculpe-me pelas minhas sumidas! É que tem mttt coisa mesmo que tive que fazer esses dias...
Tenho uma noticia ruim: Novamente já vai acabar!!! ; ^ ; Estou mt triste mesmo! Eu só queria perguntar para vcs se querem uma continuação com a nova Cris, ou um O.V.A sobre o passado dela.
Bjs e Boa leitura!!!
P.s: vcs querem um O.V.A do passado de Tina ou uma nova temporada, já que Novamente está acabando??? ; ^ ; Que tristeza...

Capítulo 17 - Flashback off


Pov. Cristina


Já sei! peguei meu celular e coloquei em uma série: The Vampires Diares. Meu irmão não gostava muito, mas eu poderia assistir agora sem ninguém me pertubar. Estava no segundo episódio, quando alguém me liga.

-Quem é?- pergunto com uma voz desanimadora

-Sou eu

-Eu quem?

-Irineu, você não sabe nem eu

-ME DIZ LOGO!

-Ok, Ok..

Esperei um tempo, até a pessoa falar

-Irmãzinha, você está em casa?

-Onde mais estaria?

-É que irei me atrasar mais ainda

Olhei para o relógio, eram 3:30. Até que horas ele vai ficar no trânsito?

-Ok, mas por favor, não me deixe em casa sozinha!

-Prometo- sua voz era suave e trêmula, não sabia o por que.

Ele desligou o celular e comecei a assistir de novo minha série. Enquanto assistia, pensava no que ele estava fazendo...

Pov. Jade

Quando desliguei o celular, tinha ficado com medo. É impossível não sentir naquele momento.

-E ai cara, como vai sua irmã?- ??? diz em uma voz de felicidade

-MINHA IRMÃ ESTÁ EM CASA, VOCÊ ACHA QUE ELA ESTÁ BE-

-EI! Fiquei tranquilo! Ela está em casa, por isso que ela está bem.

-Claro que sim- respondo com ironinia

-Eu sei que você se procupa com ela, mesmo não sendo do mesmo sangue e família. Mas, você tem que dar espaço as pessoas que querem ela- ele colocou a mão em meu ombro, deixando-me nervoso.

-DAKOTA?

Alguém aparece do nada no ônibus

-D-Debarah

-Oi Dake-ela fala com uma voz rouca e que me fez arrepiar-Quem é ele?-fleta em mim

-Esse é meu amigo, irmão de Cristina e que estuda em Sweet Amores

-É por acaso a escola que o Castiel, Kentin, Nathaniel estudam?

Afirmei com a cabeça, mas eu só conhecia o Nath na escola, o resto desconhecia pelo nome

-Ótimo!- a garota sorrio vitoriosa

-Você ainda se lembra do Castiel?

-Claro que sim, Dake. Eu queria ele, eu quero, e sempre vou querer ele, o Kentin, o Nathaniel. E para isso tenho que "ter um plano B".

Antes de disser algo o ônibus parou na esquina de minha casa. Desci e sai correndo para que aquela conversa não fique mais esquisita que já estava

Pov. Cristina

Jade apareceu em casa "um pouco nervoso".

-Jade!!! Por favor, o que aconteceu?

-Me deixe em paz!

-Jade, volte aqui!

Ele me ignorou e foi para o quarto, se tracando.

Não entendo ele. Meus pais não estavam em casa, por causa do emprego do exterior. Eles só ficaram com nos na semana de adaptação.

Como não podia fazer mais nada para ajudar, peguei minhas tarefas e fiz meus deveres de casa, como de rotina.

Outro dia...

Enquanto tomava café da manhã, Jade ainda não tinha acordado. Perguntava-me o que tinha acontecido. Tinha preparado naquela manhã ovo frito, suco de morango, poupa, e torrada com manteiga. Tive que comer pouco, por que teria que ir ao mercado, estava faltando algumas coisas. Jade fazia tudo isso, ele não demorava tanto na saída da escola como eu e fazia tudo que precisava antes de eu chegar.

Peguei minha mochila e encaminhei-me até a escola, com variadas perguntas em minha mente que pertuvam-me no meu trajeto. 

Passei pelos portões da grande escola. Minha expressão era um pouco triste.

Entrei na sala e sentei-me na mesa do canto. Estava tão preocupada com meu irmão.

Enquanto o professor não chegava, fiquei ouvindo música. A que estava ouvindo era Black Space-Taylor Swift.

-Cris, você está acordada?

Alguém estava do meu lado, virei-me e observei a pessoa

-Sim Rosa, estou bem...

-Não parece

-Estou um pouco tonta e enjoada-digo colocando a mão na minha testa, estava um pouco quente

Ela sentou do meu lado. 

Enquanto a aula de literatura prosseguia, Renato, o professor de lietraura, leu a passagem do Robin Hood, que Marian fala:

""É ilusão, papai. O senhor não conhece a força militar do rei. Ele tomará seu Castelo e nos perdurará na primeira árvore que encontrar. Seja razoável: se me deixar ir embora, ninguém poderá acusá-lo de nada. O senhor o reverá, fingindo-se indignado conigo e leal a ele. Escaparemos eu e o senhor..."

Fiquei pensando naquela frase e o que poderia significar.

*Flashback off*
1 semana depois...


Notas Finais


Bye bye gente!!! Até o próximo Cap!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...