História Novas aventuras. - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Personagens Personagens Originais
Tags Heróis, Romance, Vilões
Exibições 19
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Famí­lia, Luta, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eai galera.

Capítulo 18 - Problemas e alguns casais lindos.


Fanfic / Fanfiction Novas aventuras. - Capítulo 18 - Problemas e alguns casais lindos.

Reike pov.

Reike:COMO ASSIM ELES NÃO ESTAM AQUI?

É sério isso?nunca mande umas incompetentes fazerem o trabalho de um homem.

Angel:Relaxa garoto.

Anne:A gente acha eles.

Rose:Nós prometemos Magestade.

Misty:Sim,com certeza.

Reike:QUIETAS.

Elas olham assustadas pra mim,mínimo a minha sombra deve ter as assustado.

Reike:Não me interessa como eles foram daqui,vocês vão atrás delas e deles,e para garantir que não façam nenhuma outra burrada eu vou com vocês.

Angel:É brincadeira?qual nós sabemos se virar sozinhas.

Ae,eu me aproximo dela e a pego pelo pescoço enquanto as outras se afastavam.

Reike:Acha que pode é?

Angel:M-me...solta.

Reike:Solte a si mesma.

Quando eu vejo que ela já quase não consiguia respirar eu lancei ela no chão e vi ela respirar profundamente enquanto a irmã dela vinha ajudar.

Reike:Eu já disse,nós vamos pra lá.

Eu botei meus fones de ouvido e fui preparar meu clã pra viagem.

Oliver pov.

Tá confesso eu to com um pouco de mal pressentimento dessa viagem,mais fazer o que,eu tava junto com a Sakura no carro que o Wilzard me emprestou pra gente chegar na casa do Nath,nós fomos nesse carro mesmo,mas sinto que o clima ta pesado aqui.

Oliver:Sakura...

Sakura:Fala.

Oliver:Eu tava pensando se por acaso você não quizesse passar comigo na praia mais a tarde.

Sakura:Claro que sim,eu tava mesmo querendo passar um tempo só nós dois.

Eu sorrio pra ela e olho de relance e vejo que ela ta sorrindo por trás daquele capuz que ela usava.

Wilzard pov.

Nós chegamos mais cedo na casa do Nath e eu fiquei observando a praia deserta,até a Irrila aparecer e nossa ela ta mais gata do que nunca.

Irrila:Essa praia é perfeita.

Wilzard:Cocordo minha gata,mas vem cá.

Eu boto minhas mãos na cintura dela e a puxo pra um beijo que logo foi aceito por ela,quando nos separamos eu acariciei o cabelo dela enquanto dava um beijo em sua bochecha.

Irrila:Uuum,ta mais romântico hoje é?

Wilzard:Se é o que a minha gata deseja.

Irrila:Você é um bobo,mais eu amo esse bobo.

Wilzard:E eu amo essa minha gata.

Ela me beija nos lábios e depois fica brincando com o meu cabelo enquanto nós ficávamos olhando um pru outro.

Nath pov.

Eu fiquei olhando os dois curtirem a campainha um do outro.As vezes queria ter a Anne comigo pra eu dizer pra ela que gosto dela.
Eu fui pra caverna escondida (que foi citada no capítulo anterior) e fiquei um tempo vendo o lago com a água cristalina,mas quando fui sair da caverna eu ouvi um grito e voltei pra ver o que era e parecia que tudo estava normal mas quando fui mais pra dentro da caverna vi um buraco enorme e um pessoa sentada lá em baixo,parecia estar machucado(a).

Nath:Ei, ta tudo bem aí?

Anne:Nath?Nath me ajuda por favor.

É a Anne?cara desejos se realizam?eu peguei uma corda que eu sempre trago comigo e jogo pra ela que a mesma não pega,que estranho.

Nath:Pega a corda Anne!

Anne:Eu não consigo,meu braço ta doendo muito...me ajuda.

Nath:Eu vou tentar.

Eu amarrei a corda em algum canto ali da caverna onde tá bem firme e comecei a descer,quando cheguei la em baixo vi que a Anne tava chorando e o braço dela tava saindo um pouco de sangue e muito vermelho.

Nath:Como aconteceu isso Anne?

Anne:O Reike,ele botou uma coisa na cabeça da minha irmã,o mesmo que ele tinha colocado na cabeça duma outra garota e me jogou aqui,ele disse que eu não servia pro Clã dele e eu me machuquei muito,tentei me curar com meus poderes de água mais acho que só ficou pior .

Tô vendo que sim,a roupa dela tá toda molhada.Eu peguei ela e consegui a tirar daquele buraco a levando pra casa,lógico que eu fiz isso escondido pro pessoal não ver ela,eu a deixei no meu quarto e a ajudei a tirar o sangue do braço dela e a enfaixar.

Anne:Obrigada.

Nath:De nada,se braço ta muito machucado e não vai poder mecher ele por alguns dias.

Anne:Ótimo,vai me entregar pros outros?

Nath:Por que eu faria isso?

Anne:Como por que?eu sou uma soldada do Clã do Reike,eu já roubei coisas com a minha irmã e você não vai me culpar?

Nath:Não,eu vi seu desespero,sei que por tras desse rosto que acha que tem maldade,tem dentro do coração uma bondade.

Ela ficou me olhando um tempo surpresa é depois baixo a cabeça corando um pouco,eu fiquei ali com ela enquanto escrevia no meu caderninho de poesia.

Anne:Que isso?

Vejo que ela ta interessada.

Nath:Meu caderno de poesia.

Anne:E eu poço ver?

Nath:Claro.

Eu mostrei algumas pra ela e vejo que uma a chamou a atenção.

"O desenho
Uma página em branco;
Nada de importante;
Mias posso desenhar nela;
E ela será importante;
Pra mim,uma Folha posso transformar na mais linda paisagem;
E para o mundo não presciso sair,pois para desenhar só presciso me dedicar.

(Estevam F.W)"(meu amigo fez essa poesia,depois me digam o que acharam!)

Anne:São lindas.

Nath:Obrigada,mas não são tão lindas quanto você.

Ela cora um pouco sorrindo e abaixa a cabeça pra eu não ver,kkk,eu amo essa garota.

Continua...


Notas Finais


Bjs galera.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...