História Novas emoções - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Tags Drama
Visualizações 56
Palavras 2.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Harem, Hentai, Magia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - "O salvador "


Fanfic / Fanfiction Novas emoções - Capítulo 1 - "O salvador "

Fanfic rin e sesshoumaru

"Dizem que com  tempo cura...
  Dizem que o com tempo perdoamos
   Dizem que com tempo nós aprendemos a  amar
   O tempo  não ajuda em nada simplesmente nossas atitudes  para que em algum dia possamos dizer aos nosso filhos que não demorou tempo para nós nos juntarmos "

   Querido diário já se faz dois dias que o senhor sesshoumaru saiu e me deixou com kohaku .que atualmente quase nunca me vizita pelas suas obrigações da Vila . Ah ! Já ia me esquecendo sou rin tenho 15 anos atualmente moro em um pequeno vilarejo , com um tiu que eu chamo de jaken um irmão kohaku e o magnífico sesshoumaru...opa ! Meu querido padrastro , que não sei porque me sinto tão diferente quando estou ao seu lado .sei lá como explicar mais toda vez que me aproximo minhas mãos soam , as palavras somem e a vergonha almenta ..

-rin...já passou da hora de você acordar ...-gritava alguém da cozinha 

-peguei meu diário e dessi para tomar café 

-caramba você não acorda não  ! 

-desculpe senhor jaken -me curvei em reverência para frente

 -vai menina antes que o senhor sesshoumaru chegue e me mate por não de dar café da manhã -disse ele colocando os ovos no meu prato  -e kohaku vocês não ia brincar hoje ?-perguntou jaken sorrindo doido pra me ver longe 

-vou espera ele apar...-o vento me enterrompe abrindo a porta e revelando um pacote que estqva no chão .


-deve ser o senhor sesshoumaru  trazendo lembranças pra mim de sua  última viajem -nois doi corremos para porta os dois "afobados" .

"-espero poder me desculpar porque não serei capaz de compareçer ao seu aniversário .e quando estiver lendo isso não chore odeio essa COISA QUE OS HUMANOS TEM DE FICAR SENDO MUINTO SENTIMENATAL "-meu olhos se encheramn de lagrimas , faltava só duas semanas para o meu aniversário e ele nunca compareçeu em um deles ...meu único presente seria ter eles aqui ! Comemorando comigo !

-rin...sei que garotas da sua idade tende a se apaixonar fácil e sofrer facil , e sei como deve tar por dentro -jaken nunca havia dito tantas coisas que fizessem sentido pra mim .
   O seu estava parecendo que ia cair a chuva havia começado e ao lonve avistei o senhor sesshoumaru ao longe da floresta .eu corri para a floresta .
-é só uma miragem ele não ta lá -gritava jaken pra fazer eu voltar .
  Corri gritando o nome do sesshoumaru até me perder escorrega e bater a cabeça em uma pedra .

*sonho

  Meu olhos se abriram lentamente e vejo um vilarejo que me parece bem famíliar .
 
-corrãm...corrãm...protejam as crianças e as mulheres rápido !-gritava um homem dessesperado como se havesse um incêndio -continue andado -o homem me para -você é da família *yutasekai (foi invetado porque não encotreio sobrenome)

-sim a minha família sua casa ta pegando fogo , tem alguém lá ?-perguntou o homem desesperado 

-sim , meu tiu jaken e meu padra...meu...meu marido !-correi que merda me deu na cabeça de falar isso , tenho certeza que terei vários problemas com isso .
  A casa já estava quase em cinzas e o fogo se espalhando pelo vilarejo .vejo o senhor sesshoumaru com uma garota de cabelos pretos e um kimono estranho de marinheira  , ele pega um mecha de seu  cabelo e cheira , ela cora e ele a pega na sintura e a beijar .
-tum dum , tum dum , tum dum  -por que ? Minha respiração ta falhado deve ser pelo fogo minha respiração ta acabando , meu...meu rosto começou a inchar meus olhos a se feicharem aos poucos .o senhor sesshoumaru me segurou e eu só ouvi sua voz cada vez mais baixa e meu olhos a se feicharem -por um lado eu fiko feliz dele ter me sigurado e eu está tão perto dele  ,mais...

*fim do sonho 

-haaa !-grito e acordo , olhando ao meu redor estou em casa coberta eco senhor sesshoumaru esta sentado nas escadas .eu me levanto cambaleando e tucindo como se eu tivesse engolido bastante fumaça .

-senhor sesshoumaru está bem? -pergunto 

-a pergunta aqui é...-gemeu baixinho de dor 

-se você esta bem ?-perguntou meio inquieto e calado ele sempre era calado mais agora parecia que algo o tormentava .

-me responda -disse meio grosso e almetado o tom

 -sim...estou bem ! Só parecendo que engoli bastantes fumaça mais o que aconteceu ?-pergunto sabendo que ele não ia conseguir me enganar

-nada , ele tenta se levantar mais da outro gemido de dor seu braço  não estava bom parecida até pior do que antes .eu pegeui seu braço e coloquei em volta do meu pescoço  , e minha mão passei em sua cintura ganhei na loteria , sim ! Eu confesso veio desejos que nunca tive naquele momento . 
  Fui levando devagar

-sua obrigação não era me ajudar  ! Me deixa eu sei ir sizinho -disse ele se soltando de mim

-você sabe que ir sozinho é tolice ! Caramba deixa eu te ajudar !-coloquei rapidamente minhas mãos sobre minha boca tampado .

-kkkkk -ele começou a rir , genteee era a primeira vez que sesshoumaru ria na minha frente ai meu deus que cai sou eu !

-eu lhe vi hoje !-arregalei os olhos 

-Não tem com o  que se preucupar se nem no meu aniversário você vem me ver .
   Deixei ele sentado em sua cama , e corri para a cozinha pegando água e uns panos deixe-me ajuda-lo -comei a passar o pano em seu braço , felizmente não era grave ele tinha várias cicatrizes .ele me olhava atenciosamente .me corei 

-vou fazer um chá e já volto !
  Dessi para a cozinha e preparei um chá colocando um pouco de sonífero no copo e subi

-pega -digo suando frio

-você jura que não colocou nada aqui ?-ele perguntou segurando meu pulso  pouco forte e perguntado com a cara mais ingênua e fofa do mundo . Ele levou a xícara ate seus lábios que o os observava e os dejava a cada estante esperando que ele disse algo de bom .

-não !-grito batendo a mão na xícara e fazendo ela se quebra

-por que você fez isso? -perguntou

-porque tinha sonífero e eu..achei que se fosse dormir acordaria mais descansando e não faltaria no meu aniversário porque estaria de cama e do meu lado -disse de cabeça baixa com o peso na consciência .

-eu já sabia !-sesshoumaru sorri irônico de deboche .

     Rapidamente sesshoumaru se levanta da cama e diz :

-agora estamos "kits" !
  
    Eu levantei dama com raiva  , andando em sua direção apontado meu indicador  em sua direção , ele diz :


-você sabe muinto bem que eu posso quebra esse dedo (bricou com o diabo agora kkkk  ( ·\\\·) +  ( O o 0 ) )

 

  -SENHOR  SESSHOUMARU O JANTAR  JÁ ES...-JAKEN SE CALOU IMEDIATAMENTE  A ÚNICA COISA QUE SE NOTAVA  ERA O AMBIENTE TENÇO .

 

-RIN !JA PODE VOLTAR  PARA O SEU QUARTO –DISSE O SENHOR  SESSHOMARU SERIO COMO SEPRE AS VEZES EU PENSO COMO SERIA SE ELE FOSSE UM POUCO MAIS HUMANO NA FORMA DE ME TRATAR .

-SIM...SENHOR SESSHOUMARU –DISSE EU SAINDO DO QUARTO E ME JOGANDO NA CAMA , DESDE QUANDO EU FUI CONDENADA A AMA-L0 , OPS...A GOSTAR DE SEU JEITO .

-O QUE ISSO ESTA FAZENDO AQUI ?-MEU PACOTE ESTAVA EM CIMA DA MINHA COMODA , AH ! DEIXA AMANHA EU VEJO .

  NO DIA SEGUINTE ...

  EU FUI FAZER MINHA CAMINHADA DE  COMO SEMPRE  .A TARDE ESTAVA  QUENTE E o  VENTOS FRESCOS , QUE TRAZIA MUITO SONO O SILENCIO REINAVA NA FLORESTA E paz era o que mais se notava de longe .

  Por volta da 4 horas da tarde me levantei ainda meio sonolenta e com o estomago implorando por comida , os pássaros voavam em uma só direção , e apavorados .

   Apertei , meus passo porque minha casa era longe , até chegar lá .

- o que será que esta acontecendo ?- o pensamento que martelava minha cabeça por minutos de silencio  reinava na floresta e isso que fazia minha pernas tremer e ao mesmo tempo deixa-las totalmente imóveis .pingos grossos molhavam minhas costas ,deixando eu escapar um pequeno gemido de raiva .a floresta estava calma e isso me trazia uma certa insegurança , a lama começava a entrar em meus sapatos , mesmo assim eu não desistia de sair daquele matagal ,que se parecia bastante com areia morfética quanto mais eu subia , mais eu descia .

   Uma sombra assombrosa e grande aparecia no chão cobrindo a minha e me trazendo calafrios pelo vento que bateu anunciando sua presença , me virei lentamente para ver a criatura que me assustou

-sinceramente seria muito , bom te ver rasteirando como você esta fazendo ate em casa ! mais como seu responsável vou ter que te levar sinceramente vocês humanos me dão pena !- senhor sesshoumaru revirou os olhos e estendeu a mão pare mim , pera...ele estendeu a mão para mim ,espera estamos falando do mesmo sesshoumaru que eu conheço ?!não...

-por que esta sendo tão gentil comigo ?

 

-não estou sendo gentil e sim estou fazendo o que um pai faria !

 

  Essa palavras doeram mais do que seus minutos anos de desprezo , acho que eu preferia que você nem viesse me ver .

 

-vamos eu te levo !-ele se agachou

-o que ?-perguntei sem entender esse seu comportamento estranho .

 

-vou te levar  ! como um pai faria !-ele deu uma olhada pra mim um pouco tenso  

    Em me agacho gentilmente em cima de suas costas , estou com um pouco de medo , nunca subi nas costas de alguém anuçer de kohaku que sempre foi e será meu amigo preferido .

 O  Senhor sesshoumaru me levava rápido pulando de galho em galho , com pressa de chegar em casa .

 

-acho que seria melhor , ir mais devagar os galho estam ,escorregadios e outros estão podre

 

-cala a boca eu sei o que eu estou fazendo enquanto isso você trste de ficar quente...-sesshoumaru escorrega caindo de cara na lama que havia  no local e eu cai deitada em cima dele . isso me deixou um pouco vermelha  e pálida , mais com a respiração um pouco ofegante e uma sensação estranha me dominou naquele momento

 

-o que é... –ele se sentou e virou  para mim , eu dei um sorriso que dizia um “eu te disse’’

-acho melhor nós nos esperamos a chuva passa pare depois irmos

-e onde faríamos isso -  ele cruzou os braços  e levantou sua sobrancelha

 

-ali uma caverna atrás  de você !- disse  ,arregalava eu os olhos tentando deixa-los aberto , a fome atacava já aquela altura ,a tontura tomava conta do meu corpo me levante devagar , quando finalmente a tentativa de me manter de pé , foi concluída , mais a tontura não foi prevista

 

-você... esta... bem ...?-a voz de sesshoumaru ecoava , se repetindo varias vezes e me deixando mais tonta , caindo para frente e ele me segurando .

quando acordei os passaros cantavam , e minha barriga , já não doera tanto de fome foi como se tudo fosse um sonho , bom tirando a parte...que eu estava em cima da de seu casaco branco do senhor sesshoumaru que mais perecia uma pele de urso ou algo parecido , era muinto fofinho , algo tremia meus labíos como se alguem ou alguma coisa os tivessem os tocados .

-já acordou ?!temos que ir ! e vê se quando você dar suas caminhas coloque roupas mais longas !- ele levantou a sobrancelha 

-o que há de errado ?-passava pela minha cabeça .

    no meso dia voltei para casa e fiquei me perguntado o que será que houve ? a minha fome já tinha passado e o senhor sessshoumaru voltara a colocar a barreira entre nós de novo ....por que o que ele tem tanto medo ? o que eu fiz de tão grave ao ponte de sermos ''parentes '' e nunca falar o que eu sinto ! ops...o que , cof  de termos essa separação entre nós



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...