História Novata no amor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 1.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shonen-Ai
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Minha primeira historiaa,sério não foi muito planejada foi meio por puro impulso,não sei se vai agradar pois vou ter que ir inventando enquanto vou escrevendo,afinal é apenas por diversão mesmo;-)

Capítulo 1 - Meu primeiro dia(part 1)


O sol  acordava preguiçosamente naquela manha que tinha um ar acinzentado mais não desagradava ao olhar ,pelo contrario aquele silencio causava uma paz quase anormal,mas aquela menina que  arrumava seus materiais nem percebia aquela paz ,na verdade estava tão concentrada que parecia que estava dando comida há um bebe faminto mas na verdade só estava guardando os cadernos na bolsa.
Sabe quem é ela?imagino que não, né;-) .Aquela menina  dos cabelos loiros que chegavam aos ombros e olhos azuis escuros(igual a capa da historia,só pra fala ela é um personagem de amnesia)se chama hanano kurosaki a aluna de elite mais inteligente de Tokyo(bom ela e a mãe à consideravam assim)que conseguiu se classificar na escola com as melhores notas(tanto por dinheiro ou por nota era possível se classificar),mas voltando ao assunto ela olhou o relógio era 15 pras 6 ,ela tinha que chegar as 7 foi e se aprontou para sair a escola ficava a 10min  de sua casa ,mas isso não  importava uma aluna  exemplar tinha que chegar cedo nesse caso era bem cedoo,mas como a mãe dela sempre a lembra antes cedo do que tarde.                       Saindo do seu quarto viu a mãe que estava mexendo no computador ,diferente dela o cabelo da mãe era escuro mas os olhos eram claros igual um lago bem límpido mas era tão profundo e intenso que a deixava-a com  uma imagem tensa e as vezes até sombria, hanano murmurou
-tchau kanami ,tenho que ir.Ao qual a mãe respondeu sem tirar  o olhar da tela ,
-seja a melhor.
Embora sem sentido isso hanano entendeu o que kanami(mãe) lhe falará aquilo era para ela ter consciência que mesmo entrando numa escola nova ela tinha que ser impecável ,ser a "melhor",segunda melhor não tinha vez ,era sempre primeira pois o segundo lugar só provava que você não era o melhor significava que  alguém era melhor pelo menos foi o que a mãe lhe ensinou.
Na rua ela andava devagar ia entrar no 1ano do ensino médio e no primeiro dia ia haver as apresentações  de abertura para os novatos ou seja ia haver discursos onde alunos exemplares do 2 ou 3 falariam com seus kouhais.isso ate que era interessante pois certamente seria ela que discursaria ano que vem(assim imaginava).Chegando lá os portões estavam abertos mas como não era 7 horas o campo do colégio estava vazio ao observar aquele cenário que ela só  vira por fotos(pois a prova que ela fez foi dada na sua antiga escola,e a inscrição foi feita por sua mãe) ela achou bem bonito mas exagerado,(depois escrevo o cenário to tentando ir o mais breve possível)ela sentou em um banco esperaria para conhecer melhor assim que desse   tempo(mais tempo que já tinha?)começou a pensar sobre seu futuro e sobre como seria sua estadia na escola ,imaginava uma escola onde todos os alunos iriam se esforçar (exatamente competir)para ser o melhor da escola ,mais ou menos como sua antiga escola(escola de elite onde ela só saiu porque a mae a convenceu (ordenou)que essa era melhor.Ao ouvir passos ela parou de divagar(pensar)e percebeu que mais pessoashavia entrado já era 6:40 ela resolveu andar um pouco .Quando mais perto as 7 chegava mais pessoas vinham ,havia gente que já havia entrado e encontrado seus lugares(cada um tinha seu lugar) ela entrou também sentou no lugar 3-15,ao sentar não falou com ninguém não era muito sociável na verdade ela não tinha e nunca teve amigos sua preocupação era os estudos ,afinal pra que amigos?pra ter alguem com quem conversar?pra não ficar sozinho?que besteira afinal ninguém sabe o que o outro sente, seus verdadeiros sentimentos a final todos poderiam ser falsos ,por que não? Enquanto pensava chegou um menino baixo (pelo menos pra estatura de um menino de sua idade)com cabelos marrons acinzentados e olhos castanho que chegou com um ar serio mais do nada soltou um sorriso e meio que pulando sentou de no colo de um menino que estava na frente dela o menino parecia ser alto com um cabelo loiro comprido ,olhos verdes e piercing na boca,o menino mais baixo sentado no colo dele de frente Pra ele o abraçou o mais alto falou -que foi mashi ,ao qual o moreno respondeu baixo sendo que ela não conseguiu ouvir ,beijando em seguida o loiro, ela ficou meio que surpresa sendo que já havia estudado sobre casais homossexuais mas de verdade nunca chegou a presenciar um ,nem na sua antiga escola,não esperava isso,não que era homofóbica pelo contrario cada um fazia o que bem queria afinal o melhor era não se  intrometer na vida de ninguém.
Chegou as 7:00 e parecia que todos já se faziam presente,o diretor entrou e fez um breve discurso parecia que recitava a mesma coisa ha anos(aparentava ter 50 e poucos)uma menina de cabelo chocolate cacheado ficava ao seu lado possivelmente era do  segundo ano e também falou algumas coisas chamando em seguida um menino que ao entrar levantou milhares de susurros das meninas.Akito meisei ,segundo ano cabelo loiro que  era um pouco comprido ,os olhos bem  pretos causando assim uma beleza bem estranha mais impressionante o que a vez pensar que possivelmente era um menino que recebia bastante  confissões românticas mas só as que tem alguma coisa "especial"  ,tipo manga shoujo.
Ele começou a discursar  e a menina de cabelo chocolate  cuchichou alguma coisa com o  diretor ,a i eu ouvi
-olha os amantes.era a menina do meu lado ao qual olhou pramim ,percebendo percebendo cara de surpresa que eu fiz,ao qual fiquei um pouco sem geito, a menina repetiu,olhando pra mim
-mas é verdade.
Eu por simples impulso respondi
-não pode ser!uma aluna com um diretor??falei isso pois realmente é muito estranho ,tirando a parte de que ela é menor de idade e ele um velho,ele é o diretor! Talvez fosse só uma fofoca falsa,mais aquela menina falou de um modo tão afirmativo que eu nao consegui ficar quieta.
Ouvindo minha resposta ela voltou a falar
-vc acha que não?então é muito ingenua mesmo,não sabe que tudo gira ao redor de dinheiro,a grana fala mais altos.
-mas...
-mas? é a realidade.Ela falou meio ignorante o que eu confesso me deixou meio irritada,não conseguia achar aquilo normal,não achei nada muito normal...
A realidade...huh?não a minha
Enquanto isso aqueles olhos negros olhavam de uma forma um pouco fria,nada comparado com as palavras que a boca recitava de maneira tão natural.mas não olhava pra mim,na verdade não olhava pra ninguém ali.por quê?
E daí. Quem quer saber.

realidade!
Qual é a sua?


Notas Finais


Desculpas por essa historia sem pé nem cabeça, pelos erros ortográficos,e por eu não colocar uma capa não sei escolher,mas a minha historia conta sobre uma menina muito controlada pela mãe, ela leva a razão muito a sério mas isso acaba a deixando um tanto ingênua, ela vai conhecer uma outra realidade mesmo estudando sobre todos os assuntos conviver com eles é diferente.as coisas mais simples começam a se tornar as mais complicadas ela é uma garota bem complicada que nem consegue organizar os próprios sentimentos.
Ela nunca se apaixonou ou fez amizades,mas ela vai conhecer esses dois sendo que eles trazem muitas alegrias e tristezas ao mesmo tempo,basta saber lidar e enfrentar.mas se não souber?
Sei que falo(escrevo muito nas notas)demais,mais não consigo me calar.o próximo cap. vai ter mais detalhes.ia ser um shoujo fofinho ,mais não conseguir ,não conseguir deixar de colocar melancolia,muito menos assuntos fortes,e deixar de colocar uma pitada de shonen ai,pois afinal sou meio fujoshi, MEIO ,viu!!!:-) :-) beijosss se conseguiu ler ate aqui ou se não conseguiu só por tentar já ganha mérito (sinceramente eu não teria lido ate aqui,escrevi por diversão mesmo,já falei isso,eu sei;-)
Obrigado,arigato e sayonara❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...