História Nove Meses - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Lemon, Mpreg, Originais, Yaoi
Exibições 93
Palavras 690
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Yeeeeh
Deve ter erros (como sempre) então ignore c:
Eu tentei postar ontem mas nn deu
SORRY
Espero q gostem :3

Boa Leitura ♥

Capítulo 3 - · Ele Já Sabia [Parte 1] ·


· Ele Já Sabia [Parte 1] ·

· P.O.V Lilly ·

Essa foi a primeira vez que eu não levantei com enjoo, também foi a primeira vez que a Alice não me acordou. 

Me levantei e troquei minhas roupas, fui até o quarto da Alice. Abri a porta devagar e olhei lá dentro. 

- Alice...? - chamei.

- P- papa... - disse rouca e coçando os olhinhos. - Desculpa... por não ter te acordado... - completou se sentando na cama.

- Não precisa se desculpar. - sorri e entrei no quarto.

- Papa... você disse que queria me contar algo... Vai me contar? - perguntou. 

- Sim, eu vou te contar agora. - respondi. - Promete pro papai que você não vai contar pra ninguem? - completei. 

- Prometo!! - sorriu e me deu um abraço. - Mas não posso contar nem pro seu namorado?

- O Satoshi não é meu namorado! ! - respondi corado. 

- Mas podia ser... - abaixou a cabeça. 

Quando ela abaixou a cabeça, eu pude ver uma lágrima caindo. 

Não esperei muito tempo e logo falei pra ela que teria um irmão ou irmã.

- Você vai ter um irmão... - a abracei.

- O... q- que?! C-... c-... como?? - perguntou. 

- Papai ainda não sabe...

- Papa... - disse. - EU QUERO DOIS IRMÃOZINHOS!!! - completou gritando. 

- Ei ei, calminha!! - ri.

Por sorte deu tudo certo, Alice ficou acariciando minha barriga por um tempo.

Nós descemos e ficamos assistindo televisão, senti meu celular vibrando e o peguei. Tinha uma mensagem do Satoshi, abri a mensagem e a li.

De: Satoshi

Prepara algo bem gostoso que eu vou ir almoçar aí. Chegarei lá pras 11:40, vou levar um bolo para comermos à tarde. 

Tchau ♥

- Imbecil... - falei sozinho. 

- Papa, aconteceu algo? - perguntou. 

- Não aconteceu nada. - respondi.  - O Satoshi vai vim almoçar com a gente. - completei.

- SÉRIO?! Vai contar pra ele??

- Ainda não...

- Aah... 

Peguei meu celular e enviei uma mensagem pro Satoshi. 

De: Lilly

Para: Satoshi

Tudo bem! Vem preparado pra Alice te fantasiar de novo... hehe :)

Só não traz bolo de coco com leite, porque a Alice não gosta. 

Te vejo mais tarde :3

- Filha, que tal fazermos um almoço especial pro Satoshi? - perguntei. 

- Vamos fazer Espaguete com Lasanha de Frango!! - disse empolgada. 

- Boa idéia... vamos fazer agora!! - falei e peguei ela no colo e a levei pra cozinha.

Lá, nós fizemos toda a comida e teve tempo até para fazer um Mousse de limão.

Dei um banho na Alice e depois tomei banho, quando deu 11:30 o Satoshi chegou. Eu ainda estava me trocando, então pedi para Alice ficar com ele me esperando. 

- Satoshiiiiiiiii!!! - disse pulando no colo dele. - Chegou mais cedo...

- Sim, assim eu apriveito um pouco. - disse. - Onde está o Lilly? - perguntou. 

- No banh-...

- Cheguei!!! - falei descendo as escadas.

- Eeeee!! - os dois disseram ao mesmo tempo.

Ambos chegaram mais perto de mim e me abraçaram. Nós pareciamos uma família unida naquele momento. Alice agarrou no Satoshi e começou a chorar do nada. 

- E-... eu q- q-... queria que fosse assim todo dia...

- Alice... Lilly, o que houve com ela? - me perguntou. 

- Ela queria que... - fui interrompido. 

- Eu queria vocês juntos... como uma família... - disse apertando o Satoshi mais ainda.

- Alice... - me aproximei mais. - É difícil isso acontecer...

- NÃO É!! - saiu correndo até o quarto.

Eu comecei a chorar, essa foi a primeira vez que eu não pude fazer nada para ajudá-la. Satoshi chegou perto de mim e me deu um abraço bem apertado. 

Eu só sabia chorar, não conseguia falar nada. Eu queria falar pra ele sobre o bebê... mas não conseguia.  Não conseguia falar porque tinha medo dele me rejeitar.

- Está tudo bem... - sussurrou no meu ouvido. - não precisa mais esconder de mim. - completou. 

- ...... - meu corpo paralisou, meu coração começou a bater rápido e eu não consegui dizer um "a".

- Eu cuidarei de vocês três. - disse separando o abraço e limpando minhas lágrimas. - Você é muito descuidado, sabia? - completou botando um enorme sorriso no rosto. 

Continua


Notas Finais


Gostaram?
Odiaram?
Hauahauahahau :'v
Amo vo6 ♥
Até o próximo capítulo (*^*)/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...