História Noventa & três dias - Capítulo 46


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Cabello, Camila, Camren, Drama, Jauregui, Lauren, Romance
Exibições 45
Palavras 266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente o capítulo foi só pra atualizar mesmo, estou morrendissimo (essa palavras existe? existe agr) de sono então perdão pelas palavras erradas, amo vcsss obrigada por todo apoio e por todo amor que me deixam em forma de comentários 💙

Capítulo 46 - Estranha


Fanfic / Fanfiction Noventa & três dias - Capítulo 46 - Estranha

25/04/2013

  Boa tarde Elizabeth hoje o dia começo com aquele sentimento de vazio, sabe? Aposto que não, você é um diário. Eu queria ser um diário, ficar paradinha e esperando alguém se interessar e escrever em minhas páginas...
  A Michelle voltou pra escola hoje, depois de ter me dispensado pra sempre, e foi muito mais difícil do que eu pensava que seria, eu cheguei na sala e ela estava lá no nosso lugar e mais uma vez ele não era mais nosso, e eu mais uma vez sentei na frente junto aquele mesmo menino irritante.
  Eu olhava pra trás a todo momento e foi muito patético ver que ela não estava me olhando nem se quer um segundo, eu não esperei que ela fosse ser tão indiferente em relação a nós duas, poxa. Pelo menos podia sorrir e falar “Ei, eu ainda tô aqui ainda podemos ser amigas” mas acho que não funcionamos nada como amigas então tá melhor assim, não posso passar minha vida com medo de arrancar o Band-Aid, chega uma hora que chega e você tem que tira-lo, vai doer mas depois você vai sentir um alívio imenso, e eu poderia passar horas escrevendo outras metáforas e comparações sobre o motivo que você precisa deixar uma ferida doer, depois vem o alívio. Sempre.
  Basicamente foi isso, ela me ignorou e eu me fiz de trouxa, é tão estranho como uma estranha entra na sua vida te deixa mexida, faz se importa te leva ao ponto que levou e depois acorda e decidi que vai ser uma estranha de novo.


Notas Finais


40º Dia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...