História Novos começos - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yumeiro Pâtissière
Personagens Café, Caramel, Chocolat, Henri Lucas, Ichigo Amano, Makoto Kashino, Rumi Kato, Satsuki Hanabusa, Sennosuke Andou, Vanilla
Tags Comedia, Doces, Ichigo, Kashino, Romance, Yumeiro Patissiere
Exibições 32
Palavras 1.704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fluffy, Harem, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey! Finalmente, depois de décadas os ventos conspiraram ao meu favor. Tive um tempinho para atualizar a fic, olhem que máximo! (Também, já estava nas hora, né?)
Desculpem de verdade, deixar-lhes esperando pela continuação da fanfic, mas é que os últimos tempos foram bem conturbados para mim. Espero que entendam!

Adoro todos vocês, leitores!
Beijos e boa leitura a todos!
~ Rebeca (Mimi-chan)

*Leiam as Notas Finais, please, porque tem um PS pra vocês, leitores!

Capítulo 20 - Fim de semana no Resort e despedidas


Depois daquela noite reveladora, a vontade de todos era continuar em casa no dia seguinte, desfrutando os momentos entre amigos, ou a dois, claro. Entretanto, sabíamos que o dever nos chamava, e no dia seguinte, fomos dar aulas normalmente na Academia de Paris, no maior alto-astral, porque conosco (e com os fofos dos Espíritos dos Doces) não há tempo ruim. A sorte é que a semana passou bem rápido, e logo poderíamos ter um momento de paz novamente. Aliás, esse foi o comentário de alguém chamada Ichigo, eu aqui

— Nossa, gente! Essa semana passou mais rápido do que eu imaginava!

— Verdade — Kana-chan comentou e todos assentiram, concordando com a menina — Alguém tem alguma ideia do que fazer no fim de semana? Podíamos fazer um programa entre amigos — ela sugeriu, deixando a meiguice transbordar na voz

Aquilo surpreendeu a todos, pois negamos com a cabeça no mesmo instante. Ninguém havia pensado em nada ainda

— Por que não vamos a algum lugar turístico de Paris? Tem tantos... — Andou-kun sugeriu, mas olhava mais para Kana do que para o resto do grupo

— Eu queria ir a um lugar diferente... Pontos turísticos todo mundo já visita — Rumi-chan queixou-se.

— Entendo... — foi a resposta de Andou à amiga.

— Olha, desde que dê para relaxar, eu topo — Avisou Kashino

— É verdade, estes últimos dias foram bem desgastantes — Ichigo comentou, emendando a fala do namorado.

— As últimas duas semanas você quer dizer, né? Eu estou quebrada — Rumi-chan e Kana-chan disserem em uníssono

— Como as garotas reclamam! — Os rapazes disseram ao mesmo tempo, e as três fizeram aquela cara de “vocês deram a resposta errada, caras”

— Hey! Garotas não podem se estressar — Andou-kun alertou-lhes como forma de tentar acalmá-las

— Por que não, Sen-kun? — Kana-chan o questionou

— Porque senão dá rugas — o rapaz piscou — Ninguém avisou as senhoritas?

As meninas se entreolharam e dava para perceber que pensavam a mesma coisa “Ah, homens!”

— Que horror! — Sim, milagrosamente quem reagiu ao comentário de Andou não foi nenhuma das garotas, mas sim Hanabusa-kun, que se importa muito com sua beleza e aparência. Ele logo chamou seu Espírito dos Doces, Café-kun, para lhe trazer um espelho, e após olhar-se, concluiu que precisava de um descanso urgente, já que não queria comprometer a sua beleza natural

— Hum... — Rumi-chan estava pensativa

— No que está pensando, Kato? — Kashino estava curioso

— Só refletindo um pouco... — ela respondeu-lhe — Beleza... Relaxamento...— ela murmurava as palavras, mas os demais estavam a ouvi-la também

— Tá difícil encontrar um lugar para irmos, né, amiga? —inquiri, ao perceber a expressão da garota

— Sim — ela disse, confirmando o que o resto já suspeitava

Após pensar mais um pouco, a garota sugere:

— Por que não vamos a um resort?

— Gostei da ideia — as meninas disseram, e riram baixinho, olhando uma para outra, ao perceberem que haviam dito as mesmas palavras.

— Concordo, vou aproveitar para relaxar tudo o que não pude nos últimos tempos — Kashino comentou, esboçando um sorriso.

— Vai ter comida, né? — Eu pergunto e todos riem

— Vai ser ótimo para nós — comenta Andou-kun

— Então todos concordam? — Rumi-chan nos pergunta

— CLARO! — É a resposta dos demais, com muita alegria e sintonia

E assim se fez! Todos nós fomos logo pesquisar a respeito de um resort a alguns quilômetros dali. Entretanto, só teríamos grana para uma noite, então, no domingo, decidimos que iríamos dar uma visita a minha família, já que partiriam domingo à noite

(...)  Levou meia hora para chegarmos até o resort, mas quanto menos esperávamos já estávamos no local. Ao chegarmos, ficamos impressionados com o lugar, onde havia um espaço de lazer enorme, incluindo várias piscinas, área de spa, locais para relaxar e bistrôs (para comer à vontade).

Nós garotas resolvemos que iríamos aproveitar a área de lazer e a piscina para nos divertirmos um pouco e logo iríamos ao spa, para um relaxamento (uma massagem ia bem) e para nos embelezarmos também. Só não sabíamos que seríamos “seguidas” por um dos rapazes (acho que você, leitor, já sabe quem é)

— Hanabusa-kun. O que está fazendo aqui? — Lhe interroguei de imediato

— Eu vim colocar a minha beleza em dia — ele disse, apontando para o próprio rosto — Ah, que maravilha

— Narcisista... — nós três comentamos, e ele nos fitou com uma cara de quem chupou limão azedo e não gostou. A sua expressão foi no mínimo hilária, o que nos fez gargalhar, e o fez corar, ao ver que se tratava disso

Mas o fato é que desfrutamos uma hora e meia em um spa, o que foi ótimo. Saí de lá totalmente relaxada, renovada e com um pique lá em cima, para aproveitar ainda mais o resto da tarde. Depois disso, nós voltamos para a área de lazer, onde os meninos estavam praticando tênis de mesa. Kashino e Andou questionaram a Hanabusa onde ele estava, e para não ficar constrangido eu respondi

— Ele estava conosco

Os rapazes assentiram, um pouco sem entender, mas tinham olhares compreensivos. Quanto a mim, fiquei observando Kashino Makoto jogando tênis de mesa, admirada. Ele era mesmo muito bom em tudo que fazia, inclusive nos esportes. Não sei o porquê, mas, ao ver a sua silhueta ele parecia tão mais... charmoso. Quem também tinha os olhos repletos de admiração era Kana-chan, que não parava de olhar para Andou-kun com aquela carinha de boba alegre. Logo, os rapazes nos chamaram para jogar e nós topamos. Fizemos meninas x meninos, sendo eu e Kana-chan, Kashino e Andou. Rumi-chan e Hanabusa-kun eram a nossa plateia (cada um torcendo para um time) e que estavam contando o placar (e tinham um momento a dois ao nos assistirem)

Foi extremamente divertido para todos nós. Eu sou muito boa em esportes, mas dei o meu melhor. Me surpreendi com as habilidades da minha amiga, que foi muito bem no jogo. No fim, os rapazes venceram, mas o importante foi esse momento entre amigos, repleto de alegrias, risadas e muita, muita torcida!

Nos divertimos tanto que nem vimos a hora passar, e logo, já estava anoitecendo

 

Assim (…) fomos comer bastante, e como sempre a gastronomia francesa é tudo de bom. Os Espíritos dos Doces também estavam apreciando muito, especialmente as sobremesas!

— Que delícia! — Vanilla exclamou

— Estaria mais delicioso se você não comesse tanto — reclamou Chocolat, provocando a minha companheira

— Tem para todo mundo, tá?! — A pequena Vanilla se defendeu

— Já começaram a brigar... — Comentou Caramel

— É verdade — concorda Café-kun, com a boca cheia de doce

— Ei! — As três exclamam — Você está comendo tudo! Assim não vale!

— Enquanto vocês perdem tempo brigando... sobra mais para mim — o pequeno diz, na maior cara de pau, fazendo as três se enfurecerem, e logo ele assumiu uma expressão que dizia “não está mais aqui quem falou” e voltaram a normalidade

 

O dia finalizou com uma lua cheia bem brilhante, e tive bons sonhos após uma tarde proveitosa. Ainda teríamos um tempinho a mais...

No dia seguinte decidi acordar bem cedo (milagrosamente) para aproveitar bastante o último dia. Me surpreendi ao ver que Kashino estava acordado também, entretanto, ele se surpreendeu bem mais comigo do que eu com ele

— Perdeu o sono, foi? — Ele brincou, sabendo que eu sempre acordo tarde

— Quem sabe? — Pisquei, devolvendo com uma pergunta — Mas, e você, Makoto?

— Eu sempre faço exercícios físicos pela manhã

— Posso te acompanhar?

— Claro

Caminhamos durante duas horas, e no fim, já estava cansada, mas foi bom praticar exercícios físicos (eu estava precisando)

Nossos amigos despertaram um pouco depois, e tomamos um café e aproveitamos os últimos momentos no resort. Logo iríamos ao hotel onde minha família ficara hospedada durante a última semana, e faríamos uma surpresa

 

(...) Pela tarde, tocamos a campainha do apartamento da minha família e a Natsume nos atendeu com um enorme sorriso, toda surpresa (eu sabia que ela ia pirar) e gritou:

— Gente! Venham ver quem está aqui!

No mesmo instante meu pais e tio Hikaru vieram nos receber e foi aquela festa! Eles nos convidaram para entrar, obviamente e depois de contarmos as últimas novidades (a minha irmã ficou com aquela expressão de “eu também queria ter ido no resort. Por que não me chamou, hein?!”), com uma conversa que durou horas, fomos para a cozinha e preparamos uma sobremesa com chocolate, o doce predileto da Natsume (e da minha mãe)

 

(...) Quando acabamos, nós dissemos em coro:

— Surpresa!

Eles realmente estavam surpresos principalmente uma certa pessoinha que adora comer doces (depois de mim, é claro). Depois foi a minha vez de fazer um discurso para a minha família:

— Fizemos isso com todo o amor e carinho para todos vocês! É um último presente meu e de meus amigos para vocês, já hoje é o último dia que nos veremos aqui na Europa e queremos desejar-lhes uma boa viagem. Natsume, muito sucesso para você daqui em diante, maninha — eu a fitei carinhosamente — Pai, mãe, não se preocupem, se cuidem e tenham bastante energia (chocolate dá energia, sabiam?). Tio Hikaru, continue espalhando a alegria para as pessoas no Japão, com os famosos doces da família, porque eu continuarei com o meu trabalho de pâtisserie na Europa, fazendo doces com amor, para fazer os outros felizes. Darei orgulho a todos vocês, e à vovó, que me olha lá do céu todos os dias, e que fez querer ser uma pâtisserie , me trazendo alegria com as sobremesas deliciosas que fazia, sempre com o coração, com amor em primeiro lugar. Agora desfrutem da sobremesa, que tem um pouquinho do sentimento de cada um de nós! — Eu finalizei, e ao final eles estavam com os olhos lacrimejados. Em seguida, experimentaram o doce que havíamos feito e aprovaram, com sorrisos de ponta a ponta.

Logo, fizemos uma despedida em família, com beijos e abraços bem apertados. Meus amigos também se despediram de minha família, carinhosamente. Era difícil se despedir, mas estava na hora de fazê-las. Pelo menos, os últimos momentos com a minha família em Paris foram de muita alegria, e isso era o que mais importava para mim.

(...) Saímos do hotel da minha família tarde da noite e voltamos ao nosso. Depois de um fim de semana merecido e cheio de alegrias, companhia, diversão, gargalhadas, momentos entre amigos, família e com muita emoção, estávamos (e nos sentíamos) mais do que prontos e renovados para uma nova semana de trabalho a todo o vapor!


Notas Finais


Desculpem-me mais uma vez pela demora e obrigada por lerem
Espero que tenham gostado do capítulo, e que tenham dado bastante risadas, se divertido e se emocionado à beça com o momento família. Como sempre espero ter transmitido meus sentimentos a vocês, leitores queridos do meu kokoro. Deixem suas impressões nos comentários, ok?
Beijinhos de chocolate com morango (leia-se: Kashino + Ichigo) ~ Trocadilho besta, eu sei.

PS: Queria saber se vocês shippam (muito) a Rumi com o Hanabusa-kun. Dependendo das respostas quem sabe não tenham uma surpresa vindo aí... (Mistério... Sim, eu sou maldosa! hihihi)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...