História Novos passos,novas vidas mas o mesmo amor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach
Personagens Personagens Originais
Tags Ulquiorraxorihime
Visualizações 5
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Lemon, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá bom só vim fala que é minha primeira fanfic é que vai ser mais focado em ulquiorra e orihime mas vou tentar foca em outros ok?até parceiros (as)

Capítulo 1 - Primeiro capítulo; escola


Fanfic / Fanfiction Novos passos,novas vidas mas o mesmo amor - Capítulo 1 - Primeiro capítulo; escola

Orihime on


Oi eu sou inoue orihime tenho 17 tenho 1,58 de altura e peso 49 kg e moro com uma colega de "casa" Matsumoto rangiku super eletrônica,alegre, divertida mas é meus pais? Bom eu decidi mora sozinha com meu irmão mas o mesmo morreu em um acidente mas ele está em lugar melhor eu estava dormindo era exatamente 06:30 até então eu ouvi alguém ( uma pessoa específica Matsumoto)

Matsumoto- ORIHIME ACORDA ESTA NA HORA DA ESCOLA- falou ela gritando

Orihime- SIM RANGIKU-KUN- gritei de volta

Me levantei da cama separei minhas roupas da escola em cima da cama fui até o banheiro e fiz minha higiene matinal logo voltei para o quarto me vesti uma roupas da escola passei meu perfume e desci Matsumoto estava com uma cara de poucos amigos

Matsumoto- vamos sente se não vai fica atrasada!- falou ele apontado para uma cadeira depois a mesma me serviu uma torrada

Orihime- arigatou Matsumoto-kun- dei uma mordida na torrada ela estava ótimo não demorou muito para eu acaba- até rangiku-kun- me despedi dela e sair


Estava andando a escola não era muito longe da minha casa até eu encontra uma certa pessoa de olhos esmeraldas um rapaz mistérioso sentia uma vontade de saber quem era ele é descobri seus mistérios se e que ele tinha e claro


Orihime off


Ulquiorra off

Um tempo antes de se encontrar com orihime


Oi sou ulquiorra Schiffer tenho 17 anos tenho 1,69 peso 55 kg estava dormindo até que meu despertador toca desligei ele rápido e fui até o banheiro fiz minha higiene matinal voltei com uma toalha na cintura análisei meu corpo por um segundo mas foi o suficiente olhos esmeraldas,cabelos pretos um pouco longo bagunçandos,pele branca,magro me visti e desci encontrei meu colega de casa Gremmjow cabelos azuis claros ele tem 18 anos ele trabalha? Não ele é sustentado pelos pais só estamos juntos pq nós queríamos sair de casa então Gremmjow e meio que meu acompanhamento no dia a dia mas eu não o suporto às vezes

Gremmjow- ora,ora,ora olha quem acordou- falou ele me fitado

Ulquiorra-...- não falei nada fala com ele era fala com paredes então só me sentei passei o pão na manteiga e Cumi e sair deixando Gremmjow

Estava caminhando até a escola a mesma não era longe estudo aqui 2 anos continuei andado até meu caminho se cruza com uma menina de cabelos ruivos já a vi em minha sala a mesma me viu e dei um grande sorriso Tsc 


Ulquiorra off


Orihime on


Apois me encontra com os donos dos olhos esmeraldas dei um grande sorriso fui até ele é caminhei em seu lado nos andávamos em silêncio isso já estava desconfortável para mim eu nunca o conheci nem sei seu nome idade ou algo do tipo então decidi quebra o silêncio

Orihime- entãaaaao...qual seu nome?- perguntei tentando arranjar conversando com o maior a o meu lado

Ulquiorra- ulquiorra Schiffer- falou ele sua voz era rouca é fria 

Orihime- eu sou inoue orihime quantos anos vc tem? Ulquiorra-kun?- perguntei o fitado 

Ulquiorra- 17...- falou ele o mesmo me olhou pelo o canto dos olhos

Orihime- b-b-bem eu tenho 17 também - falei tentado ser firme pude ver o um pequeno sorriso em seu rosto mas logo desapareceu

O resto do caminho foi um silêncio nada fora do normal nós dois fomos para nossa sala(medicina) quando eu e ulqui-kun(um apelido fofo que dei pra ele) entramos vários olhares sobre nós e cochichos então fui até tatsuki ela era um das melhores amigas que eu tinha ela fazia judô me aproximei dela

Tatsuki- oi orihime-kun -falava ela tentado ser gentil

Orihime- não é o que vc pensa eu só encontrei ele no caminho se acalmar- falei 

 conheço a tatsuki ela é como uma mãe pra mim mas se mexe comigo e como cutuca onça de vara curta (a vara e a paciência não pense merda) expliquei a situação pra ela a mesma entendeu 

Tatsuki- se é assim tudo bem-falou ela mas calma

Depois o professora unohana entrou


Um tempo depois( hora do intervalo precisamente)


Estava eu a tatsuki,nell nos estavamos conversando sobre coisas banais até Nell troca de assunto

Nell- entãoooo o que vcs acham do Kurosaki Ichigo?- perguntou ela

Tatsuki- normal -falou tatsuki

Orihime- eu também acho tatsuki-kun -concordei com a minha amiga

Nell- inocentes -falou ela então eu vejo alguém sentado sozinho parecia... triste? 

Orihime- eu já volto gente


Orihime off


Ulquiorra on


Eu estava de baixo de uma árvore de Sakura fiquei cumendo meu bolinho de arroz, até eu ver uma sombra feminina na minha frente levantei meu olhar era ela...

Ulquiorra- algum problema?- falei friamente para a ruiva a minha frente

Orihime- não não é que eu vi vc sozinho achei que precisasse de ajuda

Ulquiorra- não precisa- me levantei rapidamente estava indo para a sala quarta minhas coisas te o sinal tocar que ótimo isso pensei


Hora da saída


Eu estava lá andando até em casa com a ruiva do meu lado acho que agora que eu vou ver ela todo o dia continuei andando até eu ir pra casa Gremmjow não estava mas lá então aproveite subi e me joguei na cama o sono veio rápido de mais




Continuar
















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...