História Now...Call me daddy! - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Visualizações 38
Palavras 1.323
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá fofuras!❤ Aqui está o capítulo 4 desta história tão conturbada😂
Eu realmente peço desculpas se houver algum erro, e também pela minha criatividade que as vezes voa🙈🙈🙈❤
Espero gostem^.^
*BOA LEITURA*📖

Capítulo 4 - From begs to moans...


"O mundo tem medo de mim, sou o homem intocável
Mas, no final, você não pode me rejeitar, você vai se esconder e roubar olhares meus!" 

                 (Exo 'Monster')

 

Sehun on

Eu não vou mentir, seu corpo era chamativo. Suas curvas me faziam pirar, seus lábios eram avermelhados e seus olhos tão negros quanto os pensamentos impuros que eu estava tendo. Só de vê-la naquele estado, amarrada em minha cama e submissa aos meus desejos eu já ficava excitado! Eu podia notar seus olhos pedindo para que eu parasse com isso, mas também sentia que ela me desejava...Quem não me desejaria?!
Na matéria de como fazer uma mulher sentir prazer eu saía com nota máxima, até mais que Chen...
Eu não podia mais enrolar, deixar toda a obsessão e desejo impuro em meus pensamentos, esta noite eu faria ela conhecer o monstro que eu podia ser!
Comecei a chegar bem perto dela e tirar sua roupa íntima por baixo de seu vestido, ela cora e começa a tentar me impedir, eu seguro suas pernas com força e dou um tapa em sua coxa para que ela entendesse a lei da submissão.
Eu logo desenrolo a toalha que até então cobria meu membro extremamente duro. Medo de machuca-la? Queria ouvir cada gemido de mais pura dor e prazer que saísse daquela bela boca, não me contento em apenas faze-la gemer, quero que ela grite meu nome!
Quero que esta noite ela entenda quem é o seu Daddy, e o quão ruim pode ser me desobedecer!

Sehun off

O tapa que ele me deu ardia como uma queimadura, ele me olhava com desejo e eu o olhava com desprezo. Ele dá o comando 
-Agora vadia, abra as pernas para seu daddy! Você deve ser profissional no assunto! Não? Diz ele debochando 
-Ohhh, não me diga que você é... hum, agora entendo seu medo! Não se preocupe, o Daddy aqui não vai te machucar; só vou fazer você me querer mais e mais até enlouquecer!

Eu não estava preparada para isso, eu me sentia desconfortável com a posição que ele me obrigou a ficar. Ele tira a toalha revelando seu membro, eu realmente estava com vergonha, resolvo fechar os olhos até o pesadelo terminar...

-Vamos logo com isso! ele sorri mordendo os lábios e começa a roçar seu membro em minha intimidade, eu já sentia uma dor desgraçada até o momento que ele me penetrou! Senti como se estivesse sendo rasgada por dentro, ele começou movimentos calmos porém profundos que me faziam chorar de dor. 

Sehun on

-Que apertadinha você vadia, por que não geme pro seu daddy? Hum?

Eu estava aumentando a velocidade das estocadas e ela chorava em meio a gritos. Retiro a mordaça de sua boca lhe fazendo respirar melhor e a mesma gemia agora como uma cadela louca.

-Ahhhh! Sehun!!! Ela destruia seus lábios por morder de tanta dor

-Grite! Implore e chore o quanto quiser! Me deixa tão excitado quando faz isso, continue vadia!


Eu arfava e ela gemia feito louca, eu comecei a beija-la ferozmente sem deixa-la respirar. Desci até seu pescoço deixando chupoes e mordidas doloridas, pelo era oque ela dizia.
Eu já havia chegado ao meu limite... Ninguém nunca me deu tanto prazer do que esta garota! Acho que vou brincar mais um pouco com ela antes de troca-la por outra!

Sehun off

Ele havia ejaculado dentro de mim, eu sentia sangue escorrendo sobre a minha perna, estava no meu limite. Finalmente ele se retira de dentro de mim de uma forma nada carinhosa me fazendo dar o último gemido daquela noite.

Prazer? Eu não sabia diferenciar prazer de dor e ódio!
Este homem que eu nem conhecia direito tirou o que me era de mais valioso para se guardar. Eu prometi a minha que subiria ainda virgem até o altar, de vestido branco. Mas agora tanto o meu vestido quanto a minha mente estariam manchados, manchas vermelhas causadas pelo pecado cometido hoje.
Não consegui cumprir a única promessa que fiz a minha mãe antes dela... Eu estava tão pensativa que nem percebi Sehun ao meu lado me encarando, não de uma forma má mas de um jeito preocupado... 

Ele então se levanta e me ajuda a levantar, me puxa até o banheiro e começa a retirar meu vestido, liga o chuveiro e me dá um belo banho...
Ele então me dá um comprimido e um novo vestido
-Tome isto vadia, eu não estou afim de ser pai!

O obedeci e tomei o comprimido 
-Vista isso, e desca em 5 minutos para que o jantar seja servido! Não se atrase ou então será punida novamente... 
Ele sai do próprio quarto batendo a porta e me deixando lá sozinha com mil e um pensamentos sobre o que eu estva fazendo da minha vida
Logo uma mulher idosa entra no quarto e começa a trocar a roupa de cama e recolher as roupas do chão, acredito que era uma das empregadas da mansão, ela logo termina o serviço e se dispede de mim se curvando um pouco como atitude de respeito. 
Após 5 minutos eu desco e me deparo com os dois me esperando na escada, eles me levam até a mesa e me servem... eu percebi durante o jantar que Sehun me olhava sem parar e Chen olhava Sehun e depois papra mim. Eu estava desconfortável, queria sair dali e ir dormir; porém eles nem tinham começado a comer.
Meia hora depois recebo permissão para me retirar, só que havia uma coisa que eu gostaria de esclarecer com Sehun

-Sehun, ou melhor Daddy...posso te perguntar uma coisa?!

Ele se levanta e me leva para fora da cozinha

-Fale! 
-Como você pôde fazer isto tudo comigo e ao menos pedir desculpa ?! É só isso que eu sou pra você? Um brinquedo sexual e mais nada?! Você tirou o que era de mais precioso para mim e...

-Cala essa merda de boca! Você realmente acha que eu devo lhe dar algum tipo de explicação! Esperava o que?! Que eu terminasse e ficasse ao seu lado fazendo carinho em seu rosto? Idiota... Você é só um produto, se esqueceu? Eu não namoro com produtos!


-Eu não sinto nada por produtos! Isto foi apenas uma punição e já se apegou tão rápido a mim? Me esquece garota! Você é apenas só mais uma vadia que eu uso para me satisfazer! 

Eu não consegui ouvir aquilo sem fazer nada, eu ergui a minha mão contra seu rosto e lhe dei um tapa descontando todo o ódio que eu estava sentindo!

-Ahhh você é uma desgraçada mesmo!!! Ele revida com um chute em minha barriga, nada fraco me fazendo tossir sangue... Eu caio para trás com a visão já escurecida, mas percebo que alguém me segurou

-Sehun! Você pegou pesado agora! Você sabe que se ela morrer você não poderá escapar da cadeia outra vez! 

-Cala a boca Suho! Pra lá eu não volto, e agora leva esse lixo que está em seus braços para bem longe de mim antes que eu a chute 4x mais forte!

Sehun on

Que droga! Que droga! Que droga! Eu lá ia saber que meu controle ia por água abaixo e que faria isto acontecer?! 
Eu não acredito que esta vadia idiota realmente achou que isto fosse algum tipo de sentimento real! Eu não acredito!...
Se bem que eu não sentia tanto prazer a muito tempo ao transar com alguém, esta garota realmente me fez se sentir nas nuvens durante o ato...Algo nela me chama, e me prende! Como se eu realmente quisesse mais... e-eu estou ficando louco? Estou desejando mais daquela vadia suja?! Para Sehun! Você não pode se apegar novamente a um produto, ou então vai acabar como da última vez... 

   Eu resolvo me deitar e esquecer o que eu estava pensando, eu estava cansado, mas algo não me deixava em paz...Minha alma estava perturbada, meu corpo e boca imploravam por algo, e este algo era "ELA"!


Notas Finais


Pois é...acho que ainda vai ter muita tempestade em copo d' água😂O que vocês acham que aconteceu com o pobre Sehun para ele ser assim tão desapegado? Tenho que confessar que até eu como autora estou curiosa para saber :3
Palpites? Críticas? Comentários? Podem coloca-los aqui❤ Obrigada aos 5 que favoritaram a história até agora😘😘😘 E até amanhã com mais um capítulo...💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...