História "Nugu ya?" - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags 2seok, Namgi, Namjoon, Sugamon, Texting, Vmin, Yoongi
Exibições 251
Palavras 822
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Um monte de gente dormindo e eu atualizando hahaha

Capítulo 26 - Capítulo vinte e seis


A noite era calma, a lua era cheia e o céu completamente estrelando, uma fina garoa caia deixando o clima frio e juntamente com o horário um pouco avançando, resultava em ruas vazias, entretanto, isto não importava para Namjoon, qual parecia um louco desde que recebeu a mensagem de seu hyung.

O moreno mal havia falado com seu chefe, por sorte, a cafeteria tinha poucos clientes e o mesmo o liberou, lhe permitindo correr desesperado até o local onde estava seu namorado.

Quando enfim chegou, logo encontrou Hoseok agarrado ao Jin, que lhe fazia cafuné e o seu pequeno estava deitado no sofá com os olhos fechados e murmurando algo inaudível.

- Que bom que chegou. – Seokjin se pronunciou, o mesmo assim como Namjoon, havia vindo direto do trabalho, visto que ainda usava roupas sociais e um crachá perdurado no bolso da camisa. – Ele dormiu há pouco tempo.

Namjoon sorriu se aproximando de Yoongi o tentando pegar no colo.

- Ele fica estranho quando bebe. Primeiro chorou, depois queria me bater e por fim quis tirar a roupa. – Hoseok falava manhoso se apertando mais ao companheiro.

Namjoon suspirou fundo, realmente estava chateado, mas sabia que seu irmão não tinha total culpa e, sobretudo, aquele não era o momento para uma briga, necessitava levar o pálido pra casa, qual rapidamente entrelaçou os braços envoltos do seu pescoço, e afundou a cabeça na curvatura de seu ombro, fazendo Namjoon sentir seu hálito quente.

- Está chovendo lá fora, vou precisar de ajuda para leva-lo, não quero que ele fique doente também.

- Tudo bem, eu vim de carro, vou buscar, me esperem na porta. – Jin saiu deixando os mais novos pra trás.

Hoseok parecia desconfortável, o mesmo não conseguia encarar Namjoon, apenas mexia nas pontas dos dedos.

- Desculpa. – Sussurrou

- Está tudo bem hyung, como você mesmo disse, ele já é grandinho, mas apenas não permita que isso se repita.

Não demorou até que todos estivessem dentro do carro, durante o percurso Yoongi acabou acordado, voltando a chorar e resmungar, o que fez Namjoon ficar ainda mais preocupado.

- Não toca em mim, eu já tenho namorado. – Reclamou Min ao sentir as mãos de Namjoon em sua cintura.

- Até assim é fofo. – Nam sorria vendo um pequeno bico se formar no rosto do pálido que aos poucos voltava a dormir.

- Chegamos. – Disse Jung ao ver a casa do irmão

- Você vai ficar bem? Qualquer coisa, ficaremos pra lhe ajudar.

- Está tudo bem hyung, eu agradeço por ter cuidado dele até eu chegar, agora tome conta do Hoseok. – Respondeu saindo do carro com seu namorado no colo.

 Naquele momento, Min Yoongi aparentava ser uma criança, tão indefesa e pura.

 

No decorrer da noite, o moreno se arrependeu amargamente de não ter aceitado ajuda, pois ao tentar dar um banho em seu namorado, para que assim o mesmo melhorasse, acabou levando alguns socos e xingamentos.

Yoongi voltava a repetir que tinha namorado, contudo, de uma hora pra outra seu humor mudava, chegando até mesmo tentar agarrar o moreno, que se segurou ao máximo para não aceitar os beijos e carícias, pois não queria que seu namorado ao recordar o visse como um pervertido que se aproveitou de sua bebedeira e, acima de tudo havia prometido que iria esperar até o outro se sentir preparado.

 

Ao amanhecer, os delicados olhos de Yoongi foram se abrindo lentamente, com a vista ainda embaçada, verificou que estava em um lugar diferente o levando a ficar assustado e se levantar imediatamente, qual foi uma péssima escolha, pois logo sentiu a pontada em sua nuca, se estendendo pelo resto da cabeça que latejava.

- Aish. – Exclamou segurando na cabeça e a massageando.

Pouco a pouco foi passeando os olhos sobre o cômodo onde estava, era um lugar bem decorado e a cor clara das paredes dava um ar de calmaria que o pequeno tanto gostava, ao lado da cama notou um copo d'água, uma cartela de remédios e um bilhete pendurado em um porta-retratos.

 

Olá amor.

Creio que acordaras um pouco tarde e por tal motivo não poderei estar ai.

Quero lhe dizer para não ficar preocupado, estou saindo um pouco antes pra assim poder avisar aos seus professores que você está indisposto e suplicar para que você não leve falta...

Comprei remédio, sei que vai acordar com dor de cabeça e deixei comida sobre a mesa.

Eu chegarei por volta das sete, caso queira me esperar, vou amar ter sua companhia ao retornar.

Se cuide okay?

 

Obs:Eu não sei cozinhar, então tentei fazer uma canjica, se tiver muito ruim, peça algo e pegue dinheiro na primeira gaveta da estante da sala.

 

Assinado: O melhor NAMORADO do mundo, Kim Namjoon.

 

Min deu uma leve risada com a última frase, contudo, não podia discordar, Namjoon era o melhor namorado que já imaginara e conhecera durante a vida e, se sentia grato por poder dizer que era SEU namorado.

 


Notas Finais


Boa noite para quem ainda estiver acordado
Até a próxima sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...