História Num futuro distante - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Keuder25

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Catastrofe, Futurismo, Futuro, Magia, meteoro, Poderes, Tecnologia, Terra
Visualizações 4
Palavras 392
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Continuação do prólogo. Espero que gostem!

Capítulo 2 - Prólogo 2


Fanfic / Fanfiction Num futuro distante - Capítulo 2 - Prólogo 2

Muita coisa aconteceu durante estes 800 anos. A humanidade não sabia o que fazer. Ela estava perdida. Países eram destruidos por desastres naturais,a radioatividade tomava conta da população. Ela morria por doenças, má adaptação aos poderes, guerras por sobrevivência. Estava sendo realmente uma era pós-apocalíptica.

Em 2242, os mais superiores comandantes da quase dizimada ONU (organização das nações unidas), decidiram construir abrigos para toda a população. Escolheram os lugares mais seguros dos fenômenos catastróficos para construirem bases para a população. Bases que tinham todo o tipo de cuidado e tecnologia possível para estas pessoas se recuperarem. Mas mesmo assim, muitas pessoas morriam nestas bases porque não conseguiam controlar os efeitos das mutações genéticas que houveram nelas.

Com o passar dos anos, a humanidade ia se reorganizando aos poucos. Neste tempo, ninguém devia ser inimigo de ninguém, porque assim todos se prejudicariam. Com este entendimento, os países (o que restava deles) foram se unificando e se ajudando uns aos outros. Foi uma época extremamente difícil para todos. Mas com a ajuda da capacidade de pensar humana, os dias começaram a ficar um pouco menos piores.

Em 2812, quando os humanos estavam melhores adaptados aos seus poderes, houve a descoberta de vida marinha nos oceanos. Logo depois se descobriu que a água junto com seus componentes e o sal, não eram afetados pela radioatividade. E isto deixou a população muito feliz e aliviada.

Depois de 800 anos, foi considerado que a era "pós apocalíptica contemporânea" tinha acabado. E neste tempo, os países haviam se unificado tanto, que haviam sobrado apenas dois tipos de sociedades, muitos diferentes umas das outras. Foram nomeadas de Sociedade Arador e Sociedade Cortensia. Aradorianismo e cortensianismo.

Duas sociedades que entraram em muitos conflitos e guerras, podemos dizer " quase mágicas", por terem diferenças destacadas. Mas depois de alguns anos, Arador e Cortensia teve seu território divido. A partir do meridiano de Greenwich (linha imaginária que divide o mundo em duas partes iguais) para a esquerda (ocidente), se encontrava a sociedade que praticava o Aradorianismo e para o outro lado (oriente), a sociedade que praticava o cortensianismo. E assim o mundo entrou em equilíbrio em quesitos político e territorial.

A tecnologia voltou a evoluir e os recursos perdidos no período catastrófico estavam sendo recuperados. As cidades estavam sendo recontruidas, e com a oportunidade de recomeçar a sociedade de uma forma diferente, as coisas estavam se saindo melhores.





Notas Finais


Pessoal, se puderem, comentem o que acharam do capítulo! Se tiverem dúvidas, comentem também, que eu terei o prazer de esclarecer las!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...