História Numb With Love - Imagine Yoongi - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Imagine Bts, Imagine Suga, Imagine Yoongi, Romance, Superação
Exibições 30
Palavras 1.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii de novo! Não resisti, juro que tentei mas a vontade de postar o cap foi maior!
Boa leitura (≧▽≦)

Capítulo 3 - Chapter 03 - My Girl?


Fanfic / Fanfiction Numb With Love - Imagine Yoongi - Capítulo 3 - Chapter 03 - My Girl?

 - Eu acho que ter vindo pra cá não foi uma boa ideia... - falei em seguida pedindo uma cerveja ao BarMan, mas sendo impedido pela garota que eu tanto observava ao meu lado. 

 - NÃO. - falou num tom sério me fazendo rir. Ela pediu dois coquetéis e de novo fui puxado por ela em direção a pista de dança. 

 Pode parecer coisa boba, mas até o toque de sua mão na minha me deixava feliz. Não aceito o fato de eu estar apaixonado por essa garota, sendo que a mal conheço. Não quero aceitar... mas é a verdade. Ela mexe comigo de um jeito novo. De um jeito que ninguém nunca me fez sentir. 

 - Yoongi! - ouvi sua voz suave me chamando e só aí percebi que a estava fitando novamente. 

 - Por que me olha tanto? 

 - Não sei... Gosto de te olhar. - ela sorriu e nós dançamos. 

 Depois de algum tempo, cansei e fui em direção ao bar, pois _______ disse que iria dançar mais um pouco. Senti meu bolso tremer e peguei meu celular do lado de trás da calça vendo uma mensagem do Hoseok. 


Mensagem ON:


Hoseok: Onde você tá? Espero de verdade senhor MinYoongi, que você não esteja bebendo. 


Yoongi: Calma Jung Hoseok! Eu tô bem. Daqui a pouco eu tô aí, fica tranquilo. Aproveita e bebe um cházinho de camomila. 


Mensagem OFF


 Coloquei o celular dentro do bolso e quando direcionei meu olhar para onde _______ estava, eu paralisei. Alguma coisa dentro de mim doeu muito quando vi minha garota beijando o Namjoon. Se bem que nem posso chama-la de minha garota. Eu nem devia sentir ciúme, ela não é nada minha. Nem amigos direito nós somos... Mas eu gosto dela, gosto de verdade e realmente doeu bastante vê-la beijando logo o Namjoon. 

 Me virei no banco em direção ao BarMan que atendia outro homem que já estava bastante bêbado e pedi um garrafa de Vodka. Paguei e saí de lá, relembrando a imagem que tinha visto a minutos atrás. 

 Tudo por causa da minha cabeça dura... Por que eu tunha que me apaixonar logo de primeira? Por que? 


 P.o.v _______:


 Saí dos braços de Namjoon e dei um sorriso envergonhado pra ele. Sinceramente, não foi como eu tinha pensado que seria. Pode parecer bobagem minha, mas eu queria ter sentido algo... não sei... talvez aquelas fomosas borboletas ou até mesmo um pequeno choquinho percorrendo meu corpo. Mas não. Foi só algo carnal. 

 Namjoon me puxou para me beijar novamente, mas minha cabeça foi automaticamente para Yoongi. Eu acho que gosto dele, e meu coração me diz que eu estando com o Namjoon... eu estou traindo meus sentimentos... Mas eu não sei. Me recuso a acreditar que eu me apaixonei tão fácil assim por alguém. 

 - Desculpa Nam... Eu não posso... - saí de seus braços e fui em direção ao bar, vendo o lugar que Yoongi sentara, agora sendo ocupado por uma mulher falando sozinha. 

 - Com licença... - chamei a atenção do BarMan que me olhou com um sorriso malicioso. 

 - O que a gatinha deseja? 

 - Você viu um garoto de pele bem branquinha, jaqueta de couro e cabelos pretos por aqui? 

 - Ah sim! Ele pegou uma garrafa de vodka e saiu já faz alguns minutos. - me desesperei e saí daquele lugar, ouvindo a voz de Nam me chamar ao longe. 

 Depois de tanto correr, avistei a silhueta um pouco magra de Yoongi, sendo chutada como se fosse um objeto por dois homens. Corri na direção deles e os mesmos correram. Acho que com medo que eu ligasse pra polícia. 

 - Yoongi!!! - me ajoelhei ao seu lado o abraçando. 

 - _______.... - ouvi sua voz falha me chamar, e uma lágrima solitária percorreu meu rosto, ao pensar que aquilo poderia ter sido evitado por mim, caso eu tivesse ficado junto a ele no bar. Ou melhor, nem tê-lo levado pra lá. 

 O ajudei a levantar e pedi um táxi, indo direto para minha casa. 

 - Obrigado... - sua voz falha se pronunciou mais uma vez. 

 - A culpa é minha.

 - Não... Não é sua culpa... - chegamos em casa, e eu paguei o táxi. Ajudei Yoongi a entrar e o levei para o meu quarto. 

 - Vem... - coloquei-o na cama e peguei o kit de primeiro socorros na cozinha. Quase tive um ataque, quando vi Sun parada na frente do quarto com os braços cruzados e uma cara nada boa. 

 - Ótimas companhias essas que você está tendo senhorita ________. Esse cara está cheirando a álcool puro!!! 

 - Olha Sun, eu te prometo que te explico tudo amanhã, ok? Eu preciso cuidar dele agora. - entrei no quarto e comecei a cuidar dos ferimentos de Yoongi. 

 - Desculpe... Estou te dando trabalho... - eu ri um pouco. 

 - Não se preocupe com isso. Mas por que bebeu Yoongi?  

 - Nada... - ele baixou a cabeça desviando o olhar. 

 - Ei! - levantei seu queixo fazendo nossos olhares se encontrarem. - A partir de hoje, eu nunca mais vou deixar que você beba novamente, me ouviu? Nem cerveja! - ele fez uma careta como se estivesse doendo pensar em ficar sem sua cerveja, mas depois me lançou um sorriso meigo assentindo. 

 - Mas espera... Nem refrigerante? 

 - Hahahah! Muito engraçado Yoongi! Você me entendeu. Claro que eu estava falando de coisas com álcool seu bobo. 

 Ficamos conversando por um tempo e eu percebi que já eram quase 02:00 da manhã. 

 - Quer tomar um banho? 

 - Não eu não tenho roupa aqui comigo. 

 - Espera aí. Já volto. - fui em direção ao quarto de hóspedes, onde deduzi que Taehyung estivesse e bati três vezes. Me incomodou o fato de eu ter que pedir uma muda de roupa emprestada a um garoto que eu mal conheço, mas era a única solução. 

 - Oi ________! - me cumprimentou com seu sorriso quadrado. 

 - Oi Taehyung... Eu te acordei? 

 - Ah não! Eu acabei por ficar jogando até tarde. No que posso te ajudar? 



Notas Finais


Nyaah! Estou sendo tão bem recebida por aqui, que vou acabar ficando mal acostumada.
Beijo de Unicórnio e até o próximo cap (๑•́ ₃•̀๑)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...