História Número desconhecido - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fátima Bernardes, Ian Somerhalder, Luan Santana, Lucas Lucco, Manu Gavassi, Natalia "Nah" Cardoso, William Bonner
Personagens Fátima Bernardes, Ian Somerhalder, Luan Santana, Lucas Lucco, Manu Gavassi, Nah Cardoso, Personagens Originais, William Bonner
Exibições 373
Palavras 698
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Surpresa amor.


Fanfic / Fanfiction Número desconhecido - Capítulo 32 - Surpresa amor.

P.o.v do Luan
Saber que eu estava apaixonado pela Malu não custou muito, o problema era insegurança em dizer a ela, e ela não sentir o mesmo, quando o assunto é a Malu tudo é possível, e beijar ela devia ser á 8 Maravilha do mundo, mas claro que ao eu poderia usufruir, eu não podia estragar a a surpresa de amanhã, com muita luta consegui afastar nossas bocas.
Malu: Oque foi?
Ela me olhava tão linda com aquela boca carnuda vermelha e inxada de tanto que mordi, ter Malu em meus braços era tudo que eu mais quero, mas tinha aue ser bonito e especial.
Luan: Nada não, vamo dormir que amanhã o dia vai ser longo.
Malu: Dormir? (Olhei a cara dela e não me aguentei, tive que rir) do que tá rindo seu idiota.
Luan: Vamo dormir coisa linda.
Ela foi direto pro banho, eu tenho que fazer ser especial pra ela, como eu ja tinha tomado banho tirei a bermuda ficando de cueca e me deitei na cama.
Ela sai do banheiro depois de alguns minutos, com uma camisola minúscula e transparente, me viro ficando de costas pra ela e escuro a risada da diaba.
Luan: boa noite coisa linda (falei ainda de costas)
E um silêncio no quarto se instala, e silêncio e maria luiza em um mesmo lugar realmente não tem coisa boa, sinto um arrepio no pescoço e sua mão lisa e pequena em minha barriga.
Malu: Vai dormir mesmo? (Ela sussurrou)
Luan: Desiste Maria, desiste.
Merda, tomara que ela não insiSta eu sou homem, ela bufo u e voltou ao lugar normal.
(.....)
Aff.
Pensei que depois daquilo tudo que a gente falou finalmente a gente iria.
Mas não ele me deu um simples boa noite, as vezes desconfio que ele é gay.
......
Acordo no outro dia com meu celular roçando, abri o olho e Luan não esta do meu lado, levanto contra minha vontade.
Ligação on__
Malu: Alô.
Fatima: Filha tudo bem?
Malu: Tudo mal mãe, aquele triste se declarou pra mim ontem, e eu fiz o mesmo, mas sabe oque ele fez? Foi dormi (escuto a gargalhada dela) para de rir mãe.
Fátima: É que filha....a Bruna e a marizete ta aqui e advinha tá no viva-voz.
Malu: Elas ESCUTARAM? Que bom, tá vendo tia como seu filho é. (A porta se abriu e era ele) Vou desligar o babaca chegou.
Ligação off__
Luan: Caiu da cama foi maluzinha.
Malu: maluzinha nada,tava onde?
Luan: Fui resolver umas coisas.
Malu: Do show?
Luan: não, Tenho uma surpessa você a noite, hoje não temos show.
Ele se aproximou sorrindo me abraçando pela cintura.
Luan: Promete não me matar até a noite na hora da notícia?
Malu: Prometo.
Sorri e o beijei, o beijar estava se tornando a melhor coisa na vida.
Luan: Agora vamos almoçar, tão esperando a gente no restaurante do hotel.
Troquei de roupa e coloquei um short e é uma camiseta branca, e desci junto com ele.
Rober: Até que fim
Malu: Eu amo voCÊ também testa. (Sentamos)
Kari: Vamos pra balada hoje?
Luan: Eu e a Malu vamos sair.
Marla: É não lari, vamos pro Sul amanhã, não podemos te deixar bêbada lembra oque aconteceu da última vez?
Kari: Credo Amelinha, foi um simples strip.
Wel: Em cima do palco, na hora  do show.
Todo mundo riu.
A kari sempre foi assim meio louca, depois de almoçar subimos, segundo Luan a caminhada de carro seria longa então teríamos que sair agora, então tomei meu venho e vesti um vestido branco acima das coxas folgado e deixei o cabelo solto, sai do banheiro Luan estava com uma bolsa.
Malu: Pra quer a bolsa?
Luan: Vamos dormir la, vai ficar difícil e tarde voltar pro hotel, vamos?
Malu: Vamos, já que não me disse onde era. Essa roupa tá Boa? Cê Vê não quis me dizer onde a gente ia.
Luan: Tá linda minha linda.
Ele pegou na minha mão e colocou a bolsa nas costas, não vou mentir estou curiosa, e feliz, bem que minha mãe e Ana dizia, a partir do momento em que fossemos sinceros um com o outro seria melhor e mais divertido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...