História Nunca é Tarde Para o Amor - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Romance, Swan Queen, Universo Alternativo
Visualizações 90
Palavras 1.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal. Eu sei que demorei e muito para postar outro capítulo, mas quis fazer algo bonito. Eu estava pensando em acrescentar mais Zelena e momentos em família. Então estarei fazendo isso. Stephanie nem é apaixonada pela "madrasta". Quase nada... kkkkk. E como sempre minha Zelena é do bem. Estou de olho em alguns funkos. Acho que vou começar a minha coleção.

Capítulo 29 - Se despedindo


Fanfic / Fanfiction Nunca é Tarde Para o Amor - Capítulo 29 - Se despedindo

Capítulo 29: Se despedindo.

Depois de ficarem um tempo na festa, Emma e Regina resolveram descansar para poderem viajar no dia seguinte.

Stephanie foi até sua mãe Emma e lhe deu um abraço apertado, e, depois em Regina com a mesma intensidade.

“Ainda bem que a Sophia não está por aqui. Ela não ia gostar muito em te ver abraçando a Regina com tanto carinho. Confesso que até eu estou com inveja e quero receber um abraço de urso da minha filha mais velha”. Emma fez biquinho, mas as outras mulheres acharam encantador e lhe deram um abraço.

Stephanie revirou os olhos para a brincadeira da mãe. “Eu não concordo com a ideia da mãe Sophia quanto a Regina ter roubado a senhora dela. Sophia já tinha lhe perdido há um século. A transa de vocês foi uma despedida, com consequências, eu, o que a senhora não sabia até um tempo atrás. Minha outra mãe é ingênua e doente. Eu não tenho culpa se ela não consegue enxergar mais nada além da senhora, mãe Emma. E outra coisa, eu considero Regina como minha mãe, mesmo a conhecendo por tão pouco tempo. Ela pode não ser de sangue, mas é de alma e ninguém pode falar nada sobre isso. Nem mesmo a senhora”.

“Eu concordo filha, mas ei... Sou sua mãe. Não fala assim. Sophia pode ter todos os defeitos do mundo, mas foi quem cuidou de você por todos esses anos. Eu fico feliz em ver o quanto você ama a Gina. Já virou até sua advogada mirim”. Agora foi a vez de Regina revirar os olhos.

“Eu também te amo, filha do coração. Não ligue para sua mãe idiota. As vezes ela é tão infantil, mas é a nossa idiota”. Stephanie e Regina caíram na risada.

“Eu não vi graça alguma. Vocês podem parar de rir da minha cara? A sorte de vocês é que amo ambas. De maneiras diferentes, claro”. Regina e Stephanie fizeram uma cara do tipo 'isso é óbvio'.

“Gina, por favor, cuida bem da minha mãe Ems, e dos meus irmãos. Eu vou sentir tantas saudades. Como eu queria poder viajar com vocês e conhecer esse lugar lindo. Bahamas deve ser paradisíaco”. Stephanie fez biquinho. A loira mais nova não queria se afastar de Emma, não depois de todos esses anos longe.

“Ah Steph. Você não precisa ficar com ciúmes dos seus irmãos. Quando as coisas se acalmarem, iremos te levar para viajar conosco. Provavelmente nas minhas férias no ano que vem. É claro se sua outra mãe aceitar. Eu vou ligar para você todos os dias. E, filha, por favor, não dê muito trabalho a Cameron. Seja essa menina perfeita e ajuizada que você é. Eu te amo e muito Steph. E não deixa sua outra mãe surtar!”. Emma fungou emocionada e despenteou os cabelos da filha mais velha quem não se conteve e deu outro abraço na loira mais velha.

“Mãe, por favor, a senhora nem precisa me pedir essas coisas! Eu darei o meu melhor e estarei em meu melhor comportamento. E a senhora não deixa a Gina nervosa. Seja mais responsável e nada de agir como solteira... Afinal é a sua lua de mel e a senhora é uma Mills agora. Legítima... Emma Swan Mills”.

Se Regina já não amasse a enteada, começaria naquele exato momento.

“Credo filha. Quem vê pensa que sou a mulher mais infiel do mundo. Eu sei que pisei é muito na bola com a Gina do lance da Faith, mas agora é diferente. Estou mudando, crescendo e deixando o medo de me envolver completamente de lado, de não ser boa o suficiente e estragar tudo. Principalmente agora com seus irmãos a caminho. Sei que não sou a melhor mãe do mundo, mas estou empenhada em fazer o meu melhor a todos vocês. Eu amo a Regina, as crianças que estão para vir ao mundo, e a você. Eu também sei que sou uma Mills agora e estou muito feliz com isso. E obrigada por cuidar tão bem de nós. As vezes, eu esqueço que você é apenas uma criança e não adulta. Eu sinto tanto orgulho de você e ser sua mãe”. Emma disse praticamente soluçando.

“Eu também te amo e mãe não se venda tão baixo. A senhora é ótima mãe. E está conseguindo deixar de lado esses medos irreais. Nós não vamos abandona-la e nem fugir do seu lado. Continua assim. A senhora está indo muito bem”. Regina concordou com a cabeça, emocionada e chorando como uma criança.

Essa cena foi vista por Zelena que achou melhor intervir antes que virasse uma novela mexicana.

 “Que cena mais linda. Digna de o vento levou ou qualquer outro clássico. Emma para de besteira. Você é uma ótima mãe e pessoa. Confia em si mesma e trata a minha irmã como ela merece: como uma rainha. E nada de flertar com outras pessoas. Essa viagem é de vocês, e é para ser curtida a dois, e de preferência a 4 paredes. Faça muito amor a minha irmã. Nós iremos cuidar bem da minha sobrinha mais velha. Até a volta”. Zelena também estava emocionada e feliz por sua irmã estar finalmente se acertando e sendo feliz como ela sempre sonhou.

“Zelena! Não mata a minha família de susto. Obrigada pela força. Eu irei cuidar bem da minha mulher. Eu não vou trair a sua irmã. Eu a amo. Eu vou mostrar a ela o quanto não somente nessa viagem, mas no dia a dia. É melhor realmente irmos. A Gina está de pé a muito tempo e as crianças devem estar judiando. Até a volta. A gente liga amanhã antes da viagem”. Depois de se despedir da filha e da cunhada, Emma pegou a esposa no colo.

“Emma Swan Mills! Me ponha no chão agora mesmo! Eu estou uma baleia e você vai me derrubar! E se acontecer isso eu te mato!”. Gritou a morena ao mesmo tempo encantada e com medo de cair e se machucar no dia do próprio casamento.

“Minha nossa mãe Emma. A senhora mal casou e já vai dormir na casa do cachorro? Acho melhor não falar nada. É melhor concordar com tudo o que ela disser”. Todos caíram na risada, menos Emma.

“Confia em mim amor. Eu não vou deixar você e os bebês cairem. Eu sou forte e você não está uma baleia. E sim grávida e dos meus filhos. Você está a cada dia que passa mais linda e um brilho tão intenso, belo. Eu não consigo tirar os meus olhos dos seus. Preparada para viver o resto da sua vida comigo, razão do meu viver?” Regina estava nas nuvens e sentindo a mulher mais desejada e amada do mundo e deu seu sorriso mais encantador a sua esposa amorosa.

“Ah Emma. Assim eu me derreto toda. Que esposa mais encantadora a minha. Se eu estou preparada para ser feliz ao seu lado? Para isso já nasci pronta amor”. Regina ronronou feliz e a loira engasgou.

“Mandou bem hein mãe. Já saiu do castigo”. Stephanie gritou na porta.

“Aprenda com a melhor filha. E você poderá usar ao seu favor daqui uns 30 anos”. Emma gritou também.

“Agora deixa nossa filha mais velha curtir o restante da nossa família e vamos começar com o pé direito nossa vida de casadas. Eu quero dormir em forma de conchinha e me sentir protegida nesses seus braços definidos e maravilhosos. Eu já te disse que sou louca por eles?”. Regina piscou maliciosa.

“Acho que uma vez ou duas. Obrigada senhora Swan Mills e eu sou louca por você”. Regina foi colocada com todo o amor e carinho no lado do passageiro rumo a sua nova vida de casada e não poderia estar mais feliz do que no momento, mesmo se quisesse.


Notas Finais


Eu espero que gostem. Beijos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...