História Nunca mais a mesma coisa - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tekken
Personagens Asuka Kazama, Jin Kazama, Personagens Originais
Tags Brigas, Família, Kazamas, Maldição
Visualizações 25
Palavras 467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 18 - Merda


Fanfic / Fanfiction Nunca mais a mesma coisa - Capítulo 18 - Merda

Pov Asuka

Chego em casa e estranhamente a casa estava aberta, entro de mansinho vendo se não tem nenhum doido aqui, não que eu tenha medo mas também não sou burra né?

-O que foi filha?

-A casa tava toda aberta e... A porta dos fundos... - vou até lá e vejo que tem várias marcas de sapatos pela casa -Jin - vou até o quarto do meu primo mas ele não esta e sinceramente duvido que ele tenha ido à algum lugar por dois simples motivos

1° - ele ainda esta meio machucado

2° - ele não seria tão idiota a ponto de sair no frio e deixar a casa toda aberta

Vejo que em cima da cama dele tem um envelope. Abro um pouco apressada e...

 

"Cara Kazama Asuka

Havia te avisado há poucos que ele seria meu mas em vez de você simplesmente me entrega-lo, não, você decidiu me humilhar na frente de todos e eu realmente não posso aceitar esse tipo de insulto

Peguei o homem que me pertence e espero que não fique chateada porque ambas sabemos a verdade:

Sou melhor para ele do que você

Você é só uma vagabunda que não tem nada para oferecer a ele mas eu tenho, e tenho muito 

 

Até algum dia talvez"

 

Pode parecer estranho mas reconheço essa letra de algum legar e também que fala "Cara"?

-Filha achou Jin? - entrego a carta enquanto penso, penso, penso e...

-Aquela puta

-O que foi Asuka? Isso é jeito de falar?

-Eu tenho uma ideia de que pegou Jin

-E quem você acha que faria isso e por quê?

-Lili. Ela puta quer Jin de qualquer jeito

-Tem certeza? - minha mãe me ouviu? Enfim, pego meu celular e chamo uns amigos para me ajudar a entrar na casa da biscate da Lili, ou melhor, me ajudarem a descobrir onde ele mora

-Steve, sou eu. Preciso de um favor e pra ontem

-Claro o que?

-Sabe onde Lili mora?

-Não mas minha peguete sabe, espera aí que eu vou perguntar

-Ok - Steve sempre tem um "comes" novo, parece que troca mais de garota do que de cueca

-Eu te mandei uma mensagem

-Valeu

-Por que quer saber onde ela mora? Sei que as duas se odeiam

-Acho que ela fez alguma coisa com Jin

-Que foda. Posso te ajudar de mais alguma forma?

-Preciso, vem aqui em casa e aproveita e chama o ruivo

-Ok - desligo a chamada enquanto fico martelando uma maneira de tirar Jin de lá

 

 

 

 

Em outro lugar...

Pov ??

Tudo esta escuro, não vejo absolutamente nada; sinto algo gelado e meio pesado nos meus pulsos

-Hum?

-Olá amor – essa voz...

-Emile?!

-Isso mesmo amor... Vamos nos divertir tanto aqui, só nós dois... Sozinhos

 

Só sei de uma coisa... Me fodi...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...