História Nunca mais a mesma coisa - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tekken
Personagens Asuka Kazama, Jin Kazama, Personagens Originais
Tags Brigas, Família, Kazamas, Maldição
Visualizações 18
Palavras 2.650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ooooooooiiiiiiii geeeeenteeeeeeee desculpa a demora perdi a noção do tempo esta semana e me empolguei com a fic "somos uma família" e vergonhosamente admito que quase chorei escrevendo lá
Cortando o sentimentalismo

Boa leitura e até as notas finais...

Capítulo 5 - Lili -- Preparativos da festa


Fanfic / Fanfiction Nunca mais a mesma coisa - Capítulo 5 - Lili -- Preparativos da festa

Pov Asuka

Ainda estou intrigada com essa história de Jin mas ele definitivamente não vai me dizer o que esta acontecendo (idiota) e embora ele tenha dito que vai me contar mais para frente, ainda fico muito curiosa e por que ele estava passando mal aquela hora e do nada ficou bem?

-Asuka

-Mãe - corro até a sala e dou um abraço bem apertado na minha mãe e depois no pai -Onde vocês foram?

-Comprar algumas coisas e isso - ela me entrega um presente -Pra você

-Sério? - eu devo ter feito alguma coisa boa

-Sim e entregue isto ao seu primo por favor - ela me dá uma sacola

-O que é isso? - pergunto curiosa

-Apenas dê a ele, Jin sabe o que é

-Ta bom - vou andando em direção ao quarto de Jin e eu abro a sacola, sei que é errado mas a curiosidade falou mais alto e sabe como é né? Abro a sacola e... -Que coisa é essa? - tem só papéis e... Espera! Um medalhão, que lindo! Ele parece ser de ouro e é cheio de detalhes... Chega! Não posso olhar mais ou alguém vai desconfiar, coloco no lugar e bato a porta do quarto do meu primo

-Jin?

-N-Não... - será que ele esta passando mal de novo? Sem hesitar, abro a porta e me surpreendo com o que vejo

-Jin? - ele esta dormindo e se debatendo, além de dizer coisas sem o menor sentido -Jin? - balanço ele para tentar acorda-lo -Jin acorda

-Longe... Demônio... Nnngh...

-Jin - de repente ele abre os olhos assustado e senta -Tudo bem com você? - sei que uma pergunta idiota, não sei nem porque perguntei

-Sim, eu...Estou bem, precisa de alguma coisa? - ele parece se acalmar

-Ah... Na verdade... Minha mãe pediu pra ter dar isso - entrego a ele

-Obrigado, isso é realmente importante pra mim

-E o que é? - me sento do lado dele

-São apenas... - ele dá um suspiro pesado. Deu para perceber que ele não quer falar muito nisso

-Foi mal eu não queria ser intrometida, só fiquei curiosa...

-Não há problema, é só que... Aqui tem uma coisa da minha mãe - ele pega o medalhão

-Então... Era dela?

-Era, ela me disse que o meu pai deu a ela e... Quando eu era mais jovem, ela falava dele algumas vezes, dizia que ele era um bom homem apesar de não demonstrar isso...

-E ele era bom? - pergunto com muita curiosidade

-Bem, quando ela me falava dele, eu achei que sim mas aí a minha mãe... Então fui atrás de Heihachi como ela havia mandado e depois de um tempo o conheci

-E? - fala logo, fala logo

-E... E que eu acho que ela se enganou em relação a ele, Kazuya é cruel, só pensa em si mesmo e no maldito poder

-Nossa... - fiquei triste agora

-Enfim não é hora de falar disso agora

-Ta legal - tive uma ideia maravilhosa -Quer treinar?

-Treinar? Comigo? Achei que me odiasse - admito que eu não esperava por essa

-Bem, eu... Odiava mas... Sei lá, você não parece tãããoo ruim assim e a mãe disse que você é uma boa pessoa - pela primeira vez eu o vejo sorrir, foi um sorriso fraco mas sincero

-O que foi? - ele pergunta preocupado

-Nada, é só... Nunca te vi sorrir e eu tava começando a acreditar que você não tinha dentes - ele riu, ta certo que foi só um pouco mas... Espera aí, desde quando eu me importo com isso?

-Certo, vamos treinar. Só preciso trocar de roupa

-Ah sim... Eu também, te vejo no dojo - saio do quarto dele e vou para o meu. Não acredito ainda no que vi, Jin Kazama sorrindo e rindo?! Um fato inédito na história! Não mas falando sério mesmo, ele é lindo assim... Não! Ele é meu primo, não posso dizer isso dele!

Troco de roupa, coloco minhas luvas e vou para o dojo onde vejo Jin ajustando suas luvas vermelhas. Ele esta apenas com uma calça preta com chama na perna direita e sem camisa... Que visão divina eu estou tendo, aquela barriga de tanquinho, braços fortes e reparo que tem uma tatuagem estranha no braço dele, isso é estranho, Jin não tem cara de gostar de tatuagem

-Asuka, você esta bem? - ele esta próximo de mim e eu vejo seu rosto perfeito

-S-Sim... Por que?

-Tem certeza? Você esta vermelha - sinto seus dedos na minha testa

-Tenho sim. Vamos treinar?

-Certo - nos afastamos um pouco e nos colocamos em posição de combate. Como eu sou aloprada, fui correndo tentar acerta-lo, o que foi uma péssima ideia porque Jin defendeu o meu golpe e me deu um soco forte na barriga

-Ai - falei baixo

-Tudo bem aí? - me levanto

-Claro - tento ataca-lo de novo e novamente eu falho. Quando eu vou acertar um soco na cara dele?

Algum tempo depois...

Estamos aqui faz pelo menos três horas e eu sinceramente estou exausta, em contrapartida Jin não parece tão cansado quanto eu e o pior é que quase não consegui acerta-lo, as poucas vezes que consegui, desconfio que Jin deixou de propósito porque ele poderia muito bem ter defendido mas não fez

-Cansada?

-Um pouco - um pouco pra mim morrer!

-Vamos parar por hoje

-Ta legal. Quem toma banho primeiro: eu ou você? 

-Pode ir na frente

-Ta - vou até o meu quarto, pego meu pijama, calcinha e sutiã  e vou para o banheiro tomar um bom banho

Minutos depois...

Saio do banheiro e vou até a cozinha ver se a minha mãe precisa de ajuda com a janta ou alguma coisa do tipo

-Asuka

-Fala

-Na sexta-feira, seu pai e eu teremos que viajar a trabalho e... - esta é a chance perfeita para fazer a festa do pijama! 

-Jin vai junto com vocês?

-Não, ele ficará aqui e tomará conta de você

-Acha que eu sou o que? Criança? Não preciso dele "cuidando" de mim! - ela suspira

-Façamos assim: se você me prometer que irá se comportar, será recompensada quando voltarmos, tudo bem?

-Tudo - tudo uma boa merda isso sim!

-Vamos, chame seu primo que eu vou chamar seu pai pra comer - minha mãe foi para o quarta dela chamar o pai e eu bati no quarto do meu primo

-Jin - a porta se abre

-Sim?

-Vamos jantar? - ele veste uma camiseta preta 

-Vamos - todos nós sentamos e começamos a comer, o silêncio reinava e achei que agora seria melhor hora de pedir a festa

-Mãe, pai

-Sim Asuka?

-Eu queria saber... - como eu peço?

-Continue

-Se dava pra fazer uma festa esse final de semana - falei bem rápido

-Uma festa?

-É, prometo que não vai ter nada alcoólico 

-Se estiver tudo bem pra Jin - olho para ele com aquele olhar de "me ajuda aí vai"

-E então Jin? - pai

-Esta casa não é minha, sou apenas um hóspede e se Asuka quer fazer uma festa, o problema é dela

-Jin, você não é só um hóspede e sabemos que você não gosta de festas nem coisas do tipo

-Asuka ta se esforçando na escola, creio que mereça alguma coisa de seu gosto - Jin sabe perfeitamente como tirar os argumentos dos meus pais, acho que Jin de alguma forma sabia que meus pais fariam o possível para não deixar eu fazer a festa e eles tentaram usar Jin. Coisa que não deu muito certo

-Tudo bem então Asuka, você poderá fazer sua festa

-Valeu mãe, pai - Jin se levanta e vai até a cozinha

-Bom... Vamos arrumar nossas coisas pra amanhã

-Ta legal - meus pais saem e vão para o quarto arrumar as malas. Vou para a cozinha levando os pratos e vejo Jin lavando a louça

-Obrigada Jin

-Pelo o que? - ele nem me olhou

-Por... Deixar eu fazer a festa e...

-Eu não deixei nada

-Como assim?

-Disse a verdade em relação a ser um hóspede. Estou morando aqui mas é temporariamente 

-Como assim? Você vai embora? - agora que estou me apegando a esse idiota?

-Asuka... - ele para o que estava fazendo e me olha -Não sei por quanto tempo vou morar aqui mas não vou ficar pra sempre - por que essas palavras me magoam?

-Tudo bem então... - depois dessa vou para o meu quarto

No dia seguinte...

-Hein mãe?

-Sim

-Esqueci de avisar mas esses dias a diretora disse que era você ou o pai irem lá

-O que você aprontou dessa vez?

-Nada, eu juro

-Asuka hoje não vai dar... Jin - ele estava saindo de casa quando ela o chamou

-Sim tia? Algum problema?

-Você pode ir até a escola de Asuka hoje?

-Posso mas por que?

-Chamaram 

-Eu não sei onde fica...

-Podemos ir juntos, quando eu for pra aula - tenho certeza que as meninas vão pirar quando verem ele lá, ainda mais Lili. Aquela puta disse que um dia iria ficar com Jin. Só por cima do meu cadáver isso vai acontecer!

-Certo. A que horas vamos?

-Pode deixar que eu te chamo

-Tudo bem - ele sai de casa e minha mãe me olha de um jeito estranho

-O que foi?

-O que esta acontecendo com você, Asuka?

-Como assim?

-Você esta agindo diferente com Jin - do que ela esta falando?

-Não estou não

-Ta sim, eu te conheço muito bem Asuka Kazama. Até uns dias você odiava ele e agora ta assim

-Credo mãe! Reclamava quando eu dizia pra ele ir embora e agora que eu não faço mais você reclama? Que saco!

-Olha a boca

-Mas é verdade

-É só isso mesmo?

-É - digo irritada e saio de casa também. Encontro Jin meditando, fico vendo ele fazer isso com tanta calma, tanta paz... O que é isso? Odeio ele... Né? Vou me arrumar para a escola que eu ganho mais

Duas horas depois...

Bem, tomei um bom banho, já me arrumei, almocei e acho que é isso; esta na hora de ir para a prisão, quer dizer... Escola

-Jin... - uau! Que é isso gente?! Quer dizer, Jin esta bonito, com camisa preta e calça e sapatos da mesma cor. Cabelo perfeito para trás e sua franja arrumada e seu perfume amadeirado... Não! Que pensamento mais impróprio!

-Esta na hora?

-O que?  - ele me tira de todos os meus pensamento malucos

-Sua escola

-Ah... Sim, é claro. Vamos? - ele assente e começamos a caminhar. Hoje o dia esta bom, tem sol mas não esta tão calor

-Então Jin... O que você vai fazer hoje? - tento puxar papo porque eu odeio ficar em silêncio muito tempo

-Como assim? 

-O que você vai fazer sabe? Já que os meus pais vão viajar e eu na escola

-Tenho algumas coisas para resolver na Zaibatsu mas por que a curiosidade?

-Sei lá. Chegamos

-Esta é sua escola?

-Então até mais Asuka

-Até e... Tem como vir me buscar? - ele me fita ligeiramente confuso

-Por que?

-Bem, é que... Ta é que eu quero que a Lili se ferre

-Lili?

-Depois eu falo dela - entramos na escola e eu o levei a até a sala da direção e depois fui para a minha sala

Horas depois...

Esta é a única aula em que todas nós nos reunimos e por sorte é a última aula também

-Então Asuka, falou com os seus pais? - Julia

-Eles deixaram

-Sério? - Miharu

-Sério, eles deixaram fazer a festa

-Festa festa ou festinha do pijama? - Xiao

-Eu disse "festa", nunca disse "festa do pijama"

-Maravilha - Alisa

-Podemos chamar alguns amigos? - Ju

-Quem? - não posso chamar desconhecidos para entrar dentro de casa

-Hwoarang, Steve... Só os meninos mesmo

-Ta bom mas só eles

-Valeu Asuka. Nossos pais deixaram a gente passar a noite na sua casa - Mi

Bate o sinal de saída e vou meio apressada para encontrar Jin mas o que eu vejo não é nada legal... Lili esta conversando com Jin

Pov Lili

Quando eu vi Jin Kazama fui na hora até ele e a ponto de curiosidade, quero ficar com ele porque ele é lindo, rico, forte, luta e porque é primo de Asuka Kazama, acho que não terá humilhação pior para ela do que eu pegando o primo gostoso dela. Ele esta na frente da escola, parece distraído com alguma coisa

-Oi Jin

-Hm? Olá - sua voz... Ui dá um arrepio total em mim

-Meu nome é Lili, sou uma amiga de Asuka - claro que menti -Prazer - estendo a mão para ele e esse deus grego tem um aperto firme

-O prazer seria meu, se eu não soubesse que esta mentindo pra mim

-O que? - mas como ele sabe?

-Sinto sua mentira, mentiu sobre Asuka, você não é amiga dela

-Ta bem, eu não sou exatamente uma amiga dela mas... Queria conhecer você

-O que quer de mim? - já vi que ele é bem difícil de conquistar!

-Sua amizade

-Sei... Agradeço pelo interesse mas não quero sua amizade

-O que? - como assim "não quer minha amizade"?

-Não quero ser mal educado mas não quero nada com você. Com licença - ele sai para se encontrar a vadia da Asuka

Ninguém me despreza, ninguém! Ainda mais por uma vadia como Asuka

Jin Kazma você será meu custe o que custar, me aguarde...

Pov Asuka

Vi Jin dar um fora na Lili e sinceramente não teve momento mais feliz do que este na minha vida ha ha

-Olá Asuka, demorei?

-Não - respondo com um sorriso bobo

-O que foi?

-Vi você com Lili, ou melhor, o fora que você deu nela. Foi a melhor coisa do dia

-Asuka - as meninas se aproximam e Xiao pira quando o vê

-Jin! - ela pula no pescoço dele e Jin a abraça, como assim?!

-Olá Ling, como você esta?

-Bem e você? Senti tanta a sua falta - ela fala meio que se insinuando para Jin

-Bem... Podemos ir Asuka?

-Ah sim... As meninas vão junto. Assim passamos no mercado pra comprar algumas coisas

-E os meninos?

-Vão junto pra ajudar ué?

-Hwoarang ta vindo aí

-E aí meninas... Kazama?

-Vejo que já conhece meu primo - o ruivo me olha espantado

-Primo?!

-É, sabe... Asuka Kazama... Jin Kazama... Kazama 

-Ah... - foi a única resposta que ele me deu e em seguida olha para Jin -Então Kazama, quando vamos ter a nossa revanche? - que revanche?

-"Nossa"? Acho que você quis dizer "sua" revanche - é incrível como Jin sempre fala com tanta calma

-Que seja. quando? - Jin suspira frustrado

-Por que quer tanto isso? Não acha que esta mais do que na hora de parar com isso?

-O que?! Nunca! Vou provar que sou o melhor - Jin revira os olhos

-Que seja. Podemos ir Asuka?

-Vamos - estão todos aqui: Julia, Xiao, Mi, Christie, Kunimitsu, Forest Law, Eddy, Leo, Steve e Hwoarang

Compramos tudo o que queríamos e claro o que cada um pegou vai pagar, isso é para não ficar um só pagando. Todos passaram pelo caixa e pegaram tudo certo mas na minha vez teve um pequeno problema: eu não tinha dinheiro suficiente

-Droga! - vou ter que deixar alguma coisa

-O que vai querer tirar senhorita?

-Ah... - merda

-Não tire nada - a voz fria me dá um pequeno susto

-Não tem problema Jin - ele me olha de um jeito... "não te perguntei nada garota" -Tudo bem... Obrigada

-V-Você é Jin Kazama?! - caixa -Ai eu sou sua fã - ela pula no pescoço dele igualzinho a Xiaoyu!

-Por favor, eu não gosto que encostem em mim

-Ah me desculpe

Depois deste momento estranho, fomos para casa arrumar tudo

A festa vai ser de arrasar!


Notas Finais


Por hoje é só, espero que tenham curtido mas... O que será que Lili irá aprontar? E Xiaoyu vai tentar algo com Jin? O que Asuka vai fazer? O que vai dar essa festa?

Mistérios e mistérios...

Ah antes que eu esqueça, queria pedir mais um favor mas desta vez não ter a ver com a fic. Vai parecer ridículo mas... Alguém pode me explicar o que é hentai e essas coisas, vi na internet mas não entendi nada (acho que minha burrice me impediu) se alguém puder ajudar agradeço de verdade


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...