História Nunca se esqueca de mim! - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dragon Ball
Tags Goten, Novela, Romance, Trunks
Exibições 28
Palavras 2.893
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem, fiz esse correndo mais ta ai...

Capítulo 6 - Morte...


Tanya estava andando pela boate, procurando Trunks que havia desaparecido há algum tempo. Já fazia quase 1 hora que procurava o garoto e ela estava começando a ficar preocupada, o cara que ela havia ficado, Raul, tinha trocado ela por uma bela garota de cabelos pretos que "acidentalmente" se esbarrou neles e "acidentalmente" fez a mão do cara segurar sua cintura e outra parte do seu corpo.

"Desastrada aquela garota?Ta mais para atirada..." Pensou Tanya enquanto andava perto do balcão pela quinta vez "Acho melhor esperar por ele no balcão".

Tanya se sentou na cadeira mais próxima e pediu uma bebida qualquer, quando sentiu alguém segurar ela pela cintura e sussurrar em seu ouvido:

-O que uma gata como você está fazendo sozinha numa boate?

-Nada de especial, só procurando diversão.

-É mesmo?E já encontrou?

-Ainda não.

-Então deixa que eu te dou o que você ta , uma neve negra e uma lagoa azul.

Tanya se virou de para o estranho que estava um rapaz bonito: loiro, forte e olhos verdes escuros. "Um gato" pensou ela.

-Muito apressado você...qual o seu nome?

-Jack, e o seu?

-Tanya.

-Então Tanya?Está pronta para se divertir como nunca?-Disse Jack sorrindo e pegando as bebidas que o barman trouxera.

-Acho que sim, mas eu tava procurando um amigo...

-Sei disso. Mas esquece ele agora, vamos para um lugar mais reservado.

Tanya estranhou o que Jack disse, mas achou que era meio obvio que ela tava procurando alguém depois de ter rodado tanto o lugar.

-E onde seria este lugar mais reservado?

-Venha comigo.

Jack segurou a mão da moça e começou a levá-la para longe do bar.

Trunks estava se divertindo com Naina, ela era bonita, fácil de conversar e tinha um corpo deslumbrante, mas tinha alguma coisa nela que o incomodava. Parecia que ela tava escondendo algo, porém Trunks não tava ligando, contanto que acabassem esta noite juntos numa cama.

-Trunks, estou com sede. Pega uma água para mim.

-Tá bom- Disse ele, beijando a boca dela- Já volto.

Enquanto Trunks se afastava Naina pegou o celular e começou a digitar uma mensagem.

Goten e Ney estavam "caçando" na boate, Jack e Isabela tinham desaparecido tempos atrás.

-Acho melhor agente adiantar nosso lado melhores estão sendo pegas muito rápido.

-Eu já estou na sua frente Ney, já escolhi aquela ali.-Goten apontou para uma menina de cabelos castanhos muito lisos e de traços orientais- Você disse que ia me apresentar uma garota e acabou furando.

Goten começou a andar em direção a ela quando sentiu Ney segurar seu braço.

-Me encontre perto do sofá do outro lado da pista de dança. Certo?

-Não cara, eu vou levar aquela para longe dessa confusão. Para podermos "brincar" um pouquinho...

-Certo, mas antes vá para o sofá. Não esqueça disso. É importante!

-Vou pensar no seu caso. Agora me largue, tenho mais o que fazer.

Goten andou em direção a garota, enquanto isso Ney sentiu seu celular vibrar.

Trunks voltou com a água e encontrou Naina encostada na parede, com o olhar meio perdido.

-Aqui sua água- Disse Trunks tirando Naina do seu "transe"- Aconteceu alguma coisa?

-Obrigada.Não, não foi um pouco cansada.

-Quer ir embora?-Perguntou o garoto abraçando a cintura dela- Podemos ir para a minha casa.

Os dois se beijaram durante um tempo, até que Naina afastou seu rosto um pouco.

-Ainda não, só quero sentar. Vamos para aquele sofá?

-Aquele? Já tem dois casais ali.

-O que é que tem?Deixa de ser chato, vamos para lá.

Os dois foram para lá, Trunks sentou-se entre os dois casais, olhou distraído para seu lado direito e franziu a testa "Parece com...".

Naina o surpreendeu, sentando no seu colo e o beijando ansiosamente. Trunks esqueceu completamente o que tava pensando antes e se concentrou em na garota.

Goten estava dançando animado com Suemy.A garota chinesa, como ele descobriu depois, estava fazendo intercâ era muito divertida, mas estava resistindo a Goten, dizendo que tinha um namorado no país dela, que não queria traí-lo.

Depois de quase meia hora de dança e tentativas Goten finalmente conseguiu o que queria. Ela parou de evitá-lo e os dois se beijaram.

Suemy deixou de parecer certinha e logo Goten sentiu as mãos delas mexerem no zíper de sua calça.

-Vamos sair daqui, eu estou em um hotel aqui perto, vamos para lá?

-Só se for agora.

Os dois começaram a andar em direção a saída. Quando Goten se lembrou de Ney. 'Que droga".

-Su, antes de nós sairmos, eu tenho que passar em um lugar. Você se importa?

-Se for rápido...

-Não vou demorar. Vem comigo?

-Claro.

Os dois saíram de perto da saída e foram conversando até os sofás, sem saber que estavam sendo observados.

Ney viu os dois conversando e se afastando. "Ta na hora de dar o sinal para os outros e ir para minha posição".

Goten conduziu Suemy para o lugar que Ney pediu que ele fosse. Chegando lá não encontrou Ney. "Que estranho. Será que ele é um dos que estão no sofá?".Os dois se aproximaram do sofá e luzes estroboscópicas (N.A.:Aquelas luzes que parecem flash de máquina fotográfica) começaram a piscar.

No sofá haviam três casais, o da esquerda era Jack e uma mulher que mal se via, pois ele estava cobrindo ela com o corpo; o da direita Goten reconheceu como sendo Isabela e um moreno forte, os cabelos delas estavam cobrindo o rosto do homem; e o casal do meio era...

Neste momento Goten reconheceu o cabelo da mulher que estava sentada no colo da pessoa a sua frente. "Naina?" pensou Goten "Como assim? Ela não devia estar aqui, pensei que o Ney tinha se livrado eu sair daqui".Estranhamente Jack, Isabela e Naina levaram a mão para o bolso e começaram a puxar celulares do bolso, sem parar de beijar.

-Su, ele não está aqui, vamos sair.- Disse Goten dando as costas, mas foi cegado momentaneamente por um flash.- Que merda essas luzes.

-Aonde você vai Goten?-Disse Ney, aparecendo do nada.

Goten reparou que ele segurava uma câmera fotográfica na mão.

-Ney o que está fazendo?Por que está tirando fotos daqui?

-Porque não olha para trás?

Goten olhou de volta para os sofás.

-AGORA!-Gritou Ney.

Neste momento Jack parou de beijar a garota e saiu de cima dela e olhou maldosamente para Goten, a garota olhou sem entender para também parou de beijar o cara e olhou para Goten, o moreno não entendeu e olhou para o Naina saiu de cima da pessoa que ela tava beijando e Goten pode ver quem era a pessoa.

-Trun...Trunks?-Goten sentiu suas pernas tremerem.

-Goten?-Disse Trunks.

-Goten?-Disse Tanya arregalando os olhos.

-Tanya?-Perguntou o moreno

-Raul?-Perguntou Tanya- E a vagabunda!

-Isabela, por favor.

-Goten...o que está acontecendo?-Perguntou Suemy

Nem Trunks, nem Goten se mexiam. Os olhos dos dois pareciam conectados por uma linha invisível. Nenhum piscava.

-Já que os dois entraram em transe, eu vou explicar o que está acontecendo – Disse Jack - Ou melhor, vou deixar que Ney faça isso, pois ele que arquitetou tudo.

Ney olhou para o rosto de cada um deles e sorriu.

-Bom, tudo começou quando Goten se tornou melancólico depois da morte do pai e tentou afastar todos de perto de si, mas estranhamente ele continuou indo ao colégio, acho que por pressão da mãe, e como naquela época eu era um dos poucos amigos dele que conhecia sua situação, resolvi me aproveitar no colégio algumas "gangues", se é que posso chamar assim, composta de pessoas com influências, eles são filhos de pessoas ricas, famosas, políticos, etc...para uma pessoa que não tenha essas condições entrar em uma gangue é muito complicado, eu desejava muito ser um dos "grandes" do colégio, e depois um dos "grandes" na faculdade, fiz muita pesquisa e finalmente descobri alguns membros espalhados no colé gangue me aceitava, até que uma delas decidiu que eu poderia virar membro, mas para isso, era necessário eu realizar uma tarefa: modificar a vida de alguém totalmente e depois fazer essa pessoa confrontar o ém eu precisava de ajuda para isso, e a gangue me cedeu um membro para me ajudar e fiscalizar meus atos.

-Neste caso, seria eu- Disse Jack.

-E outra pessoa da gangue se ofereceu para ajudar- Disse Ney.

-Euzinha –Disse Isabela – Seu pai, Goten, arruinou com os planos de minha mãe, Mai, ela fazia parte do grupo de Pilaf.

-Eu nunca entendi direito esta parte da história, mas continuando, Isabela reuniu informações valiosas e descobrimos que você e Trunks, mal se falavam, por causa de seus problemas. Consegui que você me confessasse isso e te convenci a enterrar seu passado, ou seja, Trunks. Depois de feito isso, formamos a JING e eu aguardei pacientemente até Goten está totalmente confiante em nó todas as noites, para beber, curtir e fazer sexo, tínhamos destruído a vida de Goten, agora só faltava fazê-lo confrontar o passado. Para isso eu tive que montar uma forma de juntar os dois ex-amigos. Essa foi a parte difícil demorou muito tempo para encontrarmos a forma perfeita disso acontecer, pois Isabela sabia dessa estranha capacidade de vocês sentirem um ao ão tivemos que distrair os dois, de que forma isso seria possível?Seria preciso que vocês se divertissem, então pensamos que aqui na Safira Negra isso seria fá vocês dois para uma boate foi fácil, para Goten isso era um habito, para Trunks, o grande executivo, era impossível, mas existia um ponto fraco. Essa garota – Disse Ney, apontando para Tanya.

-Eu?Mas o que...-Começou a falar Tanya

-Você é a única amiga realmente de Trunks, é jovem e gosta de sair, tínhamos que fazer você se interessar pela Safira ão usamos esse cara, um dos muitos casos de !

-Vocês me disseram que era só uma brincadeira, que só bastava eu seduzir essa Tanya para namorar a Isabela.

-Isso mesmo idiota – Falou Isabela – Eu convenci você a seduzir ela ontem e dar a idéia dela ir para esta boate te reencontrar, mas com um amigo, pois era perigoso uma mulher sozinha por esta regiã tudo armado, eu nunca namoraria com você.

-Eu não acredito que fui usada assim. Trunks...Goten...eu juro que não tive nada haver com isso, eu não sabia e...-Começou a falar Tanya com lágrimas saindo dos olhos.

-Calada, deixe ele terminar a história – Disse Jack.

-Eu não quero ouvir mais nada, to fora dessa complicação – Disse Suemy, largando a mão de Goten e se afastando.

Goten e Trunks ainda estavam mudos, olhando um para o outro.

-Continuando, nada disso teria sido possível sem a ajuda de é hoje ela não sabia de nada, depois de Goten ter saído da casa dela, eu liguei e conversamos, contei como Goten só tinha dormido com ela para esquecer seus estando irritada resolveu vir hoje aqui nesta boate para se vingar de Goten, e qual a forma melhor de fazer isso do que dormindo com o ex-amigo dele?Mas eu achei que isso era forçar de mais a barra, então marquei este encontro aqui no sofá. Tanya, usamos Raul para te distrair, depois o Jack. Naina distraiu Trunks e Goten veio para cá, pois eu o chamei. Agora vocês sabem da verdade. A sim, Goten, eu não tenho nenhuma irmã doente, aquele assalto a banco, foi só um bônus para minha missão.

-Foi uma jogada de mestre, Ney –Disse Jack – Você passou no teste. Você agora é membro da R.R.T.

Ney começou a gargalhar, tinha finalmente conseguido o que tanto queria. Olhou para Goten, cujos olhos estavam carregados de tristeza.

-Ânimo Goten, quem sabe agora você amadurece e aprende que algumas coisas devem ser esquecidas e deixadas de lado. Tente se tornar parte da R.R.T. também, nós poderíamos arrasar nas...-Ney foi interrompido por um potente soco que o fez atravessar a pista de dança e cair no bar.

A boate toda começou a tremer, gritos histéricos e pessoas começaram a correr para a saída. Os olhos de Goten começaram a mudar de cor, a raiva estava tomando conta dele. Isabela, Raul, Naina e Jack estavam com os olhos arregalados de medo, somente Trunks permanecia quase que sem esboçar emoções diante da cena que estava vendo, internamente raiva e preocupação duelavam. Queria destruir todo aquele lugar, machucar todos eles, mas ao mesmo tempo sentia que Goten podia fazer alguma coisa estúpida, como matar alguém; Trunks nem se incomodou em tentar deter o soco que Goten tinha dado naquele tal de Ney, mas agora as coisas estavam começando a sair do controle.

-Tanya –Disse Trunks – Foge daqui.

-O que está acontecendo Trunks?-Perguntou a garota

-Se você quiser viver, é melhor fugir o mais rápido possível. Vá para casa e eu te ligo de manhã.

-Mas o Goten...

-Não discuta vou tentar controlá-lo.

-Está bem, por favor, tenha cuidado.

Tanya começou a correr. Os outros também tentaram fugir, mas Goten agora transformado em super saiyajin socou Raul e Jack ao mesmo tempo, fazendo-os cair no chão, desacordados. O saiyajin reuniu uma bola de energia na mão e apontou para Isabela, que recuou até a parede, branca de medo, mas sem perder o riso cínico do rosto.

Imediatamente, Trunks segurou a mão de Goten.

-Agora chega Goten, você não é assassino - Disse Trunks.

-Me largue, eles merecem pagar pelo que fizeram.

-E você acha que matar é uma solução?

-O que eu acho, ou deixo de achar não é de sua conta – Disse Goten, soltando sua mão e socando Trunks, fazendo-o cair no meio da pista de dança que estava vazia – Nossos poderes agora são os mesmos, não existe mais aquela diferença. Enquanto você trabalhava eu pude treinar e me tornar mais forte.

-Você quer brigar Goten?-Disse Trunks se levantando – É isso mesmo que você quer?

- antes vou acabar com aqueles que me traíram.

-Não, você não vai.

Trunks se transformou em super saiyajin e voou até Goten e abraçou-o firmemente, segurando seus braços. Rapidamente apontou sua mão direita para cima e atirou uma bola de energia, abrindo um buraco no teto. Ainda segurando Goten que se debatia ferozmente, ele saiu pelo buraco e voou para longe da cidade. Goten conseguiu se soltar e flutuou no ar.

-Você não vai me impedir- Gritou ele – Eles me usaram e nos separaram.

-Eu sei, mas não posso deixar você se vingar assim.

-Se não esta comigo, esta contra mim.

Goten avançou contra Trunks que voou contra Goten, os dois começaram a trocar golpes no ar. Trunks chutou Goten que se desviou, respondendo com outro chute, mas Trunks segurou a perna dele e o atirou no chão. O saiyajin mais jovem caiu com tudo no chão, mas levantou-se e velozmente se posicionou atrás do outro, dando-lhe um soco nas costas, Trunks conseguiu virar a tempo de se defender, mas com a outra mão Goten lhe deu um murro na barriga, fazendo com que Trunks se dobrasse, dando a Goten chance de aplicar-lhe uma cotovelada no pescoço, fazendo outro cair no chão.

Trunks se levantou, estava explodindo de raiva, não com Goten, mas consigo mesmo por não ter treinado este tempo todo. Notou que Goten havia aterrissado perto de si e o olhava de forma curiosa.

-Por que está fazendo isso Trunks?- Disse Goten

-Estou fazendo isso para o seu bem.

-Eu não quero sua amizade mais, deixei isso claro tempos atrás.

-Deixe de mentir, eu ouvi o que aquele cara disse sobre ter te influenciado a deixar de falar comigo.

-Ele pode ter me influenciado, mas eu que quis deixar de te ver.

-O seu problema, Goten, é que você confia de mais nas pessoas e acaba por ser manipulado.

-Você não acredita em mim, então só há uma forma de te fazer entender.

Goten voou em direção de Trunks, mas seu ataque foi evitado e acabou por receber um soco na cara.A luta continuou durante alguns minutos, ora pendendo para Trunks, ora pendendo para é que finalmente se separaram, muito cansados.

-Pare!Eu não vou ficar lutando com você. –Disse Trunks

-Se você não quer lutar, então vamos encerrar esta batalha, com um único golpe.

-Como assim?

Goten se afastou dez metros de Trunks e se posicionou de frente para ele.

-Meu "Kame hame ha" contra seu "Big Bang attack", eu sei que Vegeta te ensinou esta técnica.

-Se é assim que você quer, então que seja.

Trunks também tomou sua posição.

-Kame...-Começou Goten.

-Big...-Disse Trunks "O que estou fazendo?Eu não posso machucar Goten"

-Hame...-Continuou Goten.

-Bang...-Falou Trunks "Se eu não fizer isso, Goten vai acabar comigo e depois matará aquelas pessoas...mas eu não posso, eu não consigo realmente atacar Goten...eu, eu...eu o amo".

Trunks baixou as mãos e a cabeça.

-O que está fazendo?Está acovardando?-Perguntou Goten com uma bola de energia brilhante nas mãos.

-Eu não posso atacar você... você, apesar de tudo, é meu amigo e eu gosto muito de você e de todos os momentos que passamos juntos.

-Pare com isso, já me resolvi, vou encerrar tudo aqui mesmo - Apesar da voz firme, as mãos de Goten tremiam.

-Vá em frente, eu não vou resistir. Se quiser que eu desapareça, faça isso agora!-Respondeu Trunks "Eu nunca tive a chance de dizer como ele é especial para mim...acho que agora já é tarde demais"

-Eu estou te avisando, me ataque se não vai morrer.

Trunks não moveu um músculo. Apenas continuava de cabeça abaixada, olhando para o chão.

-Se é assim, morra!-Disse Goten.

O raio de energia foi disparado e mesmo a grande distância ouviu-se a explosão.

Notas Finais


[Spoilers]Esse capitulo ficou tão diferente do que eu tinha eu precisava de um "vilão" principal para esta história e justamente um amigo de Goten, foi o escolhido...originalmente Jack e Isabela iriam ser apenas dois invejosos que queriam ver Ney e Goten no lixo, mas depois achei melhor fazer com que Ney fosse o vilão e os outros personagens secundários da acabou se revelando filha de Mai, aquela mulher que andava junto com Pilaf e a raposa; isso realmente eu não esperava acontecer, mas acabou surgindo eu peço a vocês que não percam de vista o nome da gangue que Ney queria entrar, pois o significado da sigla é importante, vou dar uma dica: o "T" significa Teen (jovem).

Não será no próximo capitulo que Goten irá se vingar dos traidores, mas adianto que ele contará com a ajuda de Tanya para isso.
E caso queria ler minhas outras fica acese os links abaixo;
E outra coisa se você queria acessar minhas outras fic aki esta os links;
Uma tarde incomum: https://spiritfanfics.com/historia/uma-tarde-incomum-6719531
Uma semana na casa do vegeta:https://spiritfanfics.com/historia/uma-semana-na-casa-do-vegeta-6230023
Uma noite na casa do Trunks:https://spiritfanfics.com/historia/um-noite-na-casa-do-trunks-6200084
Espero que tenham gostado bjks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...